Arquivos do Blog

Gestão Eficiente: mais de 240 famílias atingidas pelas chuvas já receberam recursos do Minas Solidária

O dinheiro foi arrecadado através de doações de cidadãos e empresas. No total o Movimento recebeu cerca de R$ 800 mil

Na última semana, 243 famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, receberam cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata e os recursos foram distribuídos para 137 famílias. No dia 14 de junho 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo. Na semana passada famílias de Vespasiano, Guidoval, Dona Euzébia, Santo Hipólito e Brumadinho foram beneficiadas com as doações.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Jeceaba, Dom Cavati, Paulistas, Eugenópolis, Entre Rios de Minas, Alvinópolis, Patrocínio do Muriaé, Matipó, Frei Gaspar e Mariana.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mais-de-240-familias-atingidas-pelas-chuvas-ja-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Gestão da Saúde: inaugurada nova UPA em Vespasiano

Governo de Minas, Ministério da Saúde e prefeitura investiram, juntos, cerca de R$ 7,8 milhões para reforçar atendimento de urgência e emergência no município.

Henrique Chendes / SES
UPA de Vespasiano poderá realizar 400 atendimentos por dia.
UPA de Vespasiano poderá realizar 400 atendimentos por dia.

A população de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ganhou um reforço na assistência de urgência e emergência. Foi inaugurada nessa quinta-feira (21), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A UPA “Prefeito Luiz Issa” tem a capacidade de realizar mais de 400 atendimentos diários no âmbito da urgência e emergência, 24 horas por dia, sete dias por semana. O investimento total foi de R$ 7,8 milhões para a construção da unidade.

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), investiu R$ 2 milhões na UPA. Foram R$ 725 mil destinados à obra e mais R$ 1,3 milhão para aquisição de equipamentos. Já o Governo Federal, por intermédio do Ministério da Saúde, destinou R$ 2,6 milhões e a prefeitura investiu R$ 3,2 milhões para aquisição de terreno, custeio e manutenção.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a UPA foi implantada para oferecer o primeiro atendimento às pessoas com o quadro clínico de urgência/emergência, sendo capaz de diagnosticar e tratar rapidamente cada paciente. “Estão sendo construídas mais 19 UPAs em todo o Estado. As unidades, assim como o SAMU, são componentes fundamentais da rede e urgência/emergência e comprovam o avanço do SUS no em Minas. Ao ampliar e qualificar o atendimento ao cidadão aumenta a resolutividade da saúde no Estado, que incide em aspectos inovadores de gestão, racionalidade econômica, tempo e infraestrutura”, ponderou.

A Rede de Urgência e Emergência é uma parceria do Governo de Minas Gerais com o Governo Federal e os municípios que visa otimizar e melhorar a qualidade dos serviços para as pessoas que necessitam de agilidade no atendimento médico.  Desde 2011, o governo de Minas já investiu mais de R$ 20 milhões na construção de nove UPAs nos municípios de Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

O prefeito de Vespasiano, Carlos Moura Murta, reiterou a importância da unidade na redução do tempo de espera como forma de aumentar a qualidade dos serviços de saúde e o próprio índice de cura e sobrevida. “AUPA que está à disposição de toda a população só se tornou possível graças ao apoio das três esferas de governo, tanto a federal, quanto a estadual e a municipal. Minas Gerais avança cada vez com a universalidade do SUS, se preparando para oferecer atendimento ágil e humanizado para todos”, disse.

Para a moradora de Vespasiano, Vera dos Santos Moreira, 63 anos, a concretização da UPA e a sua nomeação é uma segurança e um grande apoio que a população local passa a ter. “Agora, com o atendimento 24horas por dia, qualquer emergência pode ser tratada aqui mesmo. A gente fica aliviada em saber que a assistência que precisamos, está ao lado da nossa casa”, enalteceu.

Especialidades

A Unidade de Pronto Atendimento é caracterizada como um estabelecimento de saúde de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde ou Saúde da Família e a Rede Hospitalar. Com a principal missão de atender, durante 24horas/dia, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que apresentem quadro clínico agudo de qualquer natureza, a UPA Prefeito Luiz Issa, em Vespasiano, passa a ofertar as seguintes especialidades: Cardiologia, Otorrinolatingologa, Cirurgia Vascular, Neurologia, Dermatologia, Pneumologia, Infectologia, Angiologia, Pneumologia Sanitária, Dermatologia Sanitária, Cardiologia Pediátrica, Oftalmologia, Hebiatria, Psiquiatria, Assistência Social, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia eFonoaudiologia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inaugurada-nova-upa-em-vespasiano/

Gestão da Educação: SES inaugura Pronto Atendimento em Vespasiano

A previsão é de que aproximadamente 450 pessoas sejam atendidas diariamente na nova unidade

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques irá participar da solenidade de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Prefeito Luiz Issa que será na quinta-feira (21), em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) investiu desde o final de 2010, R$ 987.737,52, para a construção da Unidade, além de R$ 1.313.809,91, repassados para a aquisição de equipamentos. Por meio do convênio, a SES disponibilizará ainda, R$ 125.000,00 para as despesas mensais da unidade. Para subsidiar a UPA, a prefeitura ofertou o terreno, a construção do abrigo de resíduo, a terraplanagem, o gerador e a instalação dos gases medicinais.

A previsão é que sejam atendidas diariamente cerca de 450 pessoas na unidade, que contará com uma equipe multiprofissional preparada para atender aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), portadores de quadro clínico agudo de qualquer natureza, durante 24 horas, 7 dias da semana, em caráter de urgência, com atendimento nas especialidades de clínica médica.

O município de Vespasiano, cuja população é estimada em 104.612 mil habitantes, poderá ter acesso a serviços de atenção primária, clínica geral, pediatria, pré-natal, serviço de enfermagem e odontologia.  A unidade oferta uma estrutura composta por salas de espera após classificação de risco, compressor odontológico, ar condicionado, quartos de isolamento, embarque e desembarque de ambulâncias, raio-x digital dentre outros serviços.

Investimento

Desde 2011, o Governo de Minas já investiu mais de 20 milhões na construção de nove UPAs nos seguintes municípios: Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

Serviço:

Evento: Inauguração da Unidade  Prefeito Luiz Issa

Local: Rua Tiradentes s/n°, Vespasiano

Horário: 17hrs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ses-inaugura-pronto-atendimento-em-vespasiano/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberam recursos do Minas Solidária

Moradores que tiveram prejuízos com temporais recebem recursos doados pela população ao Servas.

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano receberam, cada uma, um cheque no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec/MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

Maria de Jesus, uma das beneficiadas, comemorou o recebimento do recurso. “O dinheiro veio em ótimo momento, vou arrumar minha casa, construir um muro”, disse. Outro morador de Vespasiano que recebeu ajuda foi Roberto Carlos Rodrigues, que vai investir em reparos na parte elétrica da casa.

A vice-presidente do Servas, Ana Campos, participou da entrega junto com o capitão Paulo Afonso Montezano, da Cedec/MG, e Meire Andréia David, representante do Ministério Público. “Agradecemos a cada um que doou e que os recursos possam ajudar na retomada da rotina de cada família beneficiada”, ressaltou Ana Campos.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, em Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Governo de Minas: nova ponte de Guidoval será entregue à população

Série de medidas do Governo do Estado auxilia municípios afetados pelas chuvas.

A nova ponte sobre o rio Xopotó, em Guidoval, na Zona da Mata, está concluída e será entregue à população esta semana, pelo governador Antonio Anastasia. Com recursos do Tesouro Estadual de R$ 19,8 milhões, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) realizou a construção da ponte e de um novo acesso com extensão de 1,8 km.

As obras foram determinadas pelo governador após as chuvas do início do ano destruir a antiga ponte da cidade. Na época, uma estrutura provisória foi instalada no local e, no dia 21 de janeiro, teve início o trabalho para uma solução definitiva. A construção foi finalizada dentro do prazo contratual.

A nova ponte tem 130 metros de extensão e liga as duas margens, sustentada por quatro conjuntos de pilares duplos. A pista de rolamento tem 11 metros de largura, incluindo duas passagens de pedestres e guarda corpo em concreto.

“Cumprimos a missão determinada pelo Governador Anastasia, realizando um trabalho importante para a população de Guidoval, ao construir uma nova ponte, de qualidade, capaz de resistir à força das águas e evitar o que aconteceu durante as chuvas de janeiro, quando a cidade ficou isolada. Estabelecemos uma comunicação rodoviária definitiva para a cidade de Guidoval”, destaca o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles.

Obras

Além da construção da ponte de Guidoval, o Governo de Minas adotou uma série de medidas de apoio à população e empresas atingidas pelas chuvas. Na última semana, foi inaugurado, em Ubá, mais um depósito avançado do Governo de Minas, estruturado pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil (Cedec). Construído no 21º Batalhão da Polícia Militar, o local receberá e armazenará materiais de ajuda humanitária adquiridos pela Cedec, que serão distribuídos aos municípios da região que forem prejudicados por desastres.

Antes, no local, havia um ponto de distribuição que, nos períodos chuvosos de 2010/2011 e 2011/2012, entregou quase 32 mil toneladas de alimentos, mais de dois mil colchões, dois mil cobertores, quatro mil telhas, além de kits de produtos de higiene pessoal e rolos de lonas, mas o armazenamento era realizado em um espaço menor e não totalmente estruturado para a função. O novo espaço, com 100 metros quadrados de área, atenderá a cerca de 90 municípios próximos a Ubá. A capacidade de armazenamento é de 1.500 cestas básicas, 500 colchões, 500 cobertores, 300 kits higiênicos, 300 kits de limpeza e dez bobinas de lona.

“A Cedec de Minas atua de forma descentralizada, através de regionais de Defesa Civil que coincidem com as regiões da Polícia Militar. Temos, hoje, 13 depósitos avançados, para atender prontamente às demandas, além de ficarem mais próximos das comunidades afetadas”, afirma o coronel Luis Carlos Dias Martins, coordenador da Defesa Civil do Estado.

Parcelamento de contas e isenção

Por meio da Copasa e da Cemig, o Governo de Minas concedeu prazos maiores e possibilidade de parcelamento das contas para populações e municípios afetados pelas chuvas. O prazo de pagamento do ICMS também foi prorrogado, beneficiando cerca de 25 mil micros e pequenas empresas, e foi proposta a isenção de IPVA  e da Taxa de Licenciamento do Veículo, do exercício de 2012, mediante a comprovação de perda total dos veículos nos municípios afetados.

Ainda visando auxiliar aos micros e pequenos empresários e cooperativas, foi criado o Programa Emergencial de Socorro a Empresas e Cooperativas com Empreendimentos Afetados por Chuvas Intensas (Fundese Solidário VI), com destinação de R$ 30 milhões por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), para reparação de danos causados pelas chuvas. Também foi disponibilizada linha de crédito especial para produtores rurais que sofreram prejuízos.

O Governo de Minas antecipou, ainda, o repasse dos recursos do Piso Mineiro de Assistência Social para 92 municípios que decretaram situação de emergência. Desse total, 38 municípios receberam, entre abril e maio deste ano, o adiantamento de seis parcelas, totalizando R$ 1,17 milhão.

Movimento Minas Solidária

Por meio do Movimento Minas Solidária, do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e da Cedec, 91 famílias de Guidoval afetadas pelas chuvas do início do ano também vão receber, no próximo dia 21 de junho, cheques no valor de um salário mínimo. Além disso, nesta semana, mais 98 famílias de Vespasiano e Brumadinho, na região Central, serão beneficiadas, assim com outras 261 de Além Paraíba e Guaraciaba, que já receberam os cheques.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec, podem receber o valor famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS (Número de Inscrição Social).

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Defesa Civil dos seguintes municípios: Dona Euzébia (29); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Os recursos, um total de R$ 772.586,04, foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias. Além disso, no período de chuvas o Movimento distribuiu 538 toneladas de donativos a 76 municípios.

Utilização de recursos

O Governo de Minas apresentou ao governo federal, em janeiro, conjunto de 318 projetos, detalhando obras e ações de prevenção a inundações no valor de R$ 3,9 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão de competência do Estado e o restante de responsabilidade da União.

Até o momento, a utilização dos recursos envolve ações de socorro e assistência em 39 municípios (R$ 6,5 milhões); e reconstrução e recuperação em 17 municípios (R$ 60,3 milhões).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/nova-ponte-de-guidoval-sera-entregue-a-populacao/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberão recursos do Minas Solidária

Para o total de 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados mais de R$ 358 mil

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, irão receber cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS – Número de Inscrição Social.  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec-MG dos municípios de Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Para o total das 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados R$ 358.272,005.

Serviço: Entrega de recursos em Vespasiano

Data: 19 de junho de 2012

Local: Curumim Morro Alto – Av. Existente, 286

Horário: 14h

Obs.: Somente o representante da família, registrado no CAD, com seu documento de identificação, receberá o cheque.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberao-recursos-do-minas-solidaria/

Governo de Minas: Policiais civis e militares participam de Treinamento Policial Integrado

Qualificação profissional de segurança pública em Minas já capacitou mais de 500 agentes apenas neste ano

Um total de 537 agentes da Polícia Civil e da Polícia Militar de Minas Gerais já foram capacitados, apenas em 2012, no Treinamento Policial Integrado (TPI), uma das principais estratégias de qualificação dos profissionais de segurança pública de Minas Gerais. Desde o começo do ano, o curso já foi realizado nos municípios de Belo Horizonte, Ipatinga, Contagem, Vespasiano, Barbacena e Teófilo Otoni e, até o mês de dezembro, serão treinados também policiais de Uberlândia, Curvelo e outras cidades da Região Metropolitana da capital. Ao todo serão 1.015 profissionais qualificados em todo o Estado.

A integração e a descontração entre os integrantes das duas forças policiais durante os treinamentos que vêm sendo realizados chamaram a atenção do gestor da Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social, José Francisco da Silva. Para ele, a atuação conjunta das corporações policiais é um dos pilares do sistema de Defesa Social de Minas Gerais. “A interação proporcionada por este curso a partir das práticas pedagógicas torna-se precioso instrumento para a construção de uma práxis voltada para beneficiar a comunidade”, afirma.

Experiências

Na cidade de Ipatinga, no Vale do Aço, o Treinamento Policial Integrado foi realizado entre 28 de maio e 1º de junho. Segundo o coordenador do curso no local, Capitão PM Márcio Conrado de Oliveira, o receio inicial diante de um colega desconhecido foi superado pelos policiais. “Eles realmente não tinham histórico de trabalhar juntos, mas rapidamente trocaram informações e aprenderam a somar as experiências”, destacou.

No treinamento realizado entre 14 e 18 de maio, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, os policiais também demonstraram integração e boa vontade em compartilhar algumas rotinas de trabalho. Para a coordenadora do curso pela Polícia Civil, Anne Ferreira Ramos Correia, hoje os policiais estão mais à vontade para trocar informações e atuar juntos. “Isso certamente vai reforçar a segurança pública no município e região, trazendo benefícios para toda a comunidade”.

Em Barbacena, na Zona da Mata, o TPI foi realizado entre os dias 23 e 27 de abril. Para o coordenador do curso na cidade, capitão PM Gilberto Fonseca da Cunha Júnior, o treinamento possibilitou o aprendizado de técnicas importantes. “Os policiais da nossa região conseguiram aprofundar conhecimentos em técnicas de isolamento, preservação do local de crime e exercício nas aulas de tiro. A turma foi bastante proativa nos debates e o resultado foi um entrosamento que certamente se refletirá em atuações conjuntas no combate ao crime e à violência”, ressaltou.

O treinamento

O Treinamento Policial Integrado (TPI) capacita os policiais para que se tornem defensores e multiplicadores dos direitos humanos durante o exercício de suas funções. Com 40 horas/aula de duração por turma, o curso visa incentivar a ação integrada das forças policiais militares e civis a partir da reflexão sobre os modelos comportamentais das corporações, conscientizando os profissionais sobre a importância de pautar sua conduta nos limites da lei, da ética e dos direitos humanos. Além disso, o treinamento busca também padronizar as rotinas das policias a partir de uma maior eficiência e agilidade no trabalho policial, de modo a satisfazer as necessidades de segurança da população.

Cada turma do TPI é composta por 35 policiais civis e militares que estudam, dentre outras, as disciplinas de Política de Integração do Sistema de Defesa Social e Gestão Operacional Integrada, Atuação de Qualidade, Atuação em Local de Crime, Direitos Humanos e Técnicas Policiais. Ao longo do curso são abordados ainda a operacionalização dos sistemas informatizados de segurança pública, o policiamento comunitário e o treinamento com arma de fogo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/policiais-civis-e-militares-participam-de-treinamento-policial-integrado/

Governo de Minas: Secretaria de Saúde inaugura Pronto Atendimento em Varginha

450 pacientes devem ser atendidos diariamente na UPA que irá funcionar 24 horas, todos os dias da semana

Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, inaugura nesta sexta-feira (08), no município de Varginha, no Sul de Minas, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Francisco Corrêa de Carvalho.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) investiu desde o final de 2010, em parceria com o Ministério da Saúde e a Prefeitura de Varginha, mais de R$ 7milhões para a construção da UPA. O Governo de Minas destinou R$ 987.737,52 em obras e R$ 1.313.809,91 para aquisição de equipamentos.

A expectativa é que sejam atendidas diariamente aproximadamente 450 pessoas na unidade, que contará com uma equipe multiprofissional preparada para atender usuários do SUS, portadores de quadro clínico agudo de qualquer natureza, durante 24 horas, 7 dias da semana em caráter de urgência, com atendimento nas especialidades de clínica médica.

A população de Varginha poderá ter acesso a serviços de atenção primária, clínica geral, pediatria, pré-natal, serviço de enfermagem e odontologia.  A unidade oferta uma estrutura composta por salas de espera após classificação de risco, compressor odontológico, ar condicionado, quartos de isolamento, embarque e desembarque de ambulâncias, raio-x digital dentre outros serviços.

Investimento

Desde 2011, o governo de Minas já investiu mais de 20 milhões na construção de nove UPAs nos seguintes municípios: Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

Serviço

Evento: Inauguração da Unidade Francisco Corrêa de Carvalho, em Varginha

Local: Av. Farmacêutico Jair Santana, 113 – Padre Vitor

Data: 08/06/2012

Horário: 10hrs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-inaugura-pronto-atendimento-em-varginha/

Governo de Minas: Parreira encerra primeira rodada de vistorias como consultor do Estado para a Copa

Consultor tem a missão de atrair seleções a Minas Gerais durante a Copa do Mundo de 2014

Alexandra Martins/Secopa
Carlos Alberto Parreira e o secretário Sérgio Barroso
Carlos Alberto Parreira e o secretário Sérgio Barroso

O ex-técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, terminou nesta sexta-feira (18) sua primeira rodada de vistorias como consultor da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) no Estado. O segundo e último dia da agenda começou com visitas à unidade de treinamentos do Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), à Toca da Raposa II, do Cruzeiro, e ao Centro de Treinamento Lanna Drumond, do América. Parreira encerrou suas atividades nesta tarde com participação em debate dentro do 4º Salão Mineiro do Turismo, no Minascentro, em Belo Horizonte. Nessa quinta-feira (17), Parreira também visitou dois hotéis e a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e a Cidade do Galo, em Vespasiano.

O consultor da Secopa destacou a qualidade da infraestrutura esportiva oferecida pelos três clubes da capital ao resumir sua estada de dois dias em Belo Horizonte. “Foram dois dias muito agradáveis pela qualidade das instalações que visitei. Gostei de tudo que vi. Eu não conhecia os hotéis, a Cidade do Galo e nem a Arena do Jacaré. Alguns espaços precisariam de algumas pequenas adaptações, mas irão sim atrair boas seleções. A Toca II eu já conhecia da época em que fiquei hospedado durante uma semana com a Seleção Brasileira, em 2010. É fantástica. O CT do América está muito bem localizado, numa área verde com bom clima e topografia”, elogiou.

Desde abril deste ano, Carlos Alberto Parreira se dedica à revisão do material técnico-promocional das cidades candidatas a Centro de Treinamento de Seleção (CTS), local onde as equipes fazem treinamento cerca de duas semanas antes do início da Copa. O trabalho de Parreira junto à Secopa prevê ainda a possibilidade de visitas às 19 cidades de Minas que pretendem receber seleções e contatos com as federações e confederações para mostrar as estruturas disponíveis no Estado.

As seleções são as responsáveis por escolherem aonde vão se hospedar. Parreira lembrou que, durante a Copa de 2010, na África do Sul, a equipe brasileira preferiu um hotel que não fazia parte do catálogo da FIFA. “A escolha depende da comissão técnica, do treinador e da cultura daquela seleção. A seleção holandesa, por exemplo, já afirmou que pretende ficar em Copacabana, no Rio de Janeiro. Outras preferem a tranquilidade. A Seleção Brasileira gosta de equilibrar entre o sossego e a movimentação. Se houver só tranquilidade, vira também uma panela de pressão depois de uma semana de concentração”, revelou.

O secretário da Secopa, Sergio Barroso, espera obter bons resultados através da parceria do Governo de Minas com o treinador. “Parreira é um profissional dedicado com muita experiência internacional. Seu trabalho tem um valor enorme porque nosso Estado está preparado para receber seleções internacionais que aqui poderão desfrutar de uma infraestrutura esportiva moderna, além das inúmeras atrações turísticas, como nossas cidades históricas”, reiterou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/parreira-encerra-primeira-rodada-de-vistorias-como-consultor-do-estado-para-a-copa/

Gestão Anastasia: Carlos Alberto Parreira destaca nível de “excelência” dos centros de treinamentos de Minas

Com a missão de atrair seleções estrangeiras para Minas, consultor da Secopa vistoria locais na Grande BH

Alexandra Martins / Secopa
Parreira realizou uma série de vistorias por centros de treinamentos esportivos
Parreira realizou uma série de vistorias por centros de treinamentos esportivos

Com uma extensa agenda de trabalho em Minas Gerais, o ex-técnico da Seleção Brasileira e consultor da Secretaria de Estado Extraordinária para a Copa do Mundo (Secopa), Carlos Alberto Parreira, realizou, nesta quinta-feira (17), uma série de vistorias por centros de treinamentos esportivos da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Parreira cumpre agenda de visitas em Belo Horizonte, Sete Lagoas, Lagoa Santa e Vespasiano. O consultor da Secopa destacou a qualidade dos centros de treinamentos de Minas. “Quem vier aqui, com certeza, vai levar uma impressão muito boa do trabalho que está sendo feito. São centros de treinamento de primeiro mundo, de excelência. Não tenho a menor dúvida em dizer que qualquer seleção vai se sentir muito bem aqui”, afirmou Parreira.

Parreira tem a missão de atrair seleções a Minas Gerais durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014. Nesta quinta-feira, Parreira visitou a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, além de resorts na região, que são candidatos a hospedarem delegações das seleções. Ele esteve, ainda, na Cidade do Galo, do Atlético, em Vespasiano; e na unidade de treinamentos do Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), na capital. “O Brasil está muito bem representado para a Copa do Mundo”, completou o ex-técnico da Seleção Brasileira.

Agenda de visitas

Nesta sexta-feira (18), o consultor do Governo de Minas visita, pela manhã, a Toca da Raposa II, do Cruzeiro, e o Centro de Treinamento Lanna Drumond, do América. À tarde, Carlos Alberto Parreira participa do Salão Mineiro do Turismo, no Minascentro, em Belo Horizonte. A programação termina com a visita às obras do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Lagoa Santa.

Desde abril deste ano, Carlos Alberto Parreira se dedica à revisão do material técnico-promocional das cidades candidatas a Centro de Treinamento de Seleção (CTS) – local onde as equipes fazem treinamento cerca de duas semanas antes do início da Copa. O trabalho de Parreira junto à Secopa prevê ainda a possibilidade de visitas às 19 cidades de Minas que pretendem receber seleções e contatos com as federações e confederações para mostrar as estruturas disponíveis no Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/carlos-alberto-parreira-destaca-nivel-de-excelencia-dos-centros-de-treinamentos-de-minas/