Arquivos do Blog

Conversa com os Mineiros: Aécio fortalece o diálogo

Conversa com os Mineiros: Aécio disse que vai conversar em todo país para apresentar aos brasileiros conjunto de ideias e propostas.

Conversa com os Mineiros: Aécio Presidente 2014

Fonte: Jogo do Poder

Aécio Neves abre encontro Conversa com Mineiros

“Estou extremamente otimista de que vamos ter, em Minas, mais quatro anos de governo sério e honrado. É bom para Minas, mas também estou seguro que, no plano nacional, o sentimento é de mudanças”, afirmou Aécio.

presidente do PSDBsenador Aécio Neves, deu início nesta segunda-feira (28/10), em Uberlândia (MG), aos encontros “Conversa com os Mineiros”, organizados pelo PSDB e dez partidos aliados no estado. Mais de 1.000 pessoas, 120 prefeitos, 45 deputados e 200 vereadores participaram do encontro. Aécio Neves falou sobre a importância de Minas Gerais estar unida em defesa dos avanços conquistados e em favor de uma nova agenda de mudanças para o Brasil.

Recebido por prefeitos, vereadores, filiados e apoiadores de toda região do Triângulo MineiroAécio Neves disse que vai conversar em todo país para apresentar aos brasileiros um conjunto de ideias e propostas para o futuro do país.

“Já estivemos no Nordeste há menos de dois meses atrás. Fizemos um grande encontro da região Sul do país, em Curitiba (PR), voltarei ao Rio Grande do Sul na semana que vem e vou depois à região Norte e ao Centro-Oeste. A partir daí estaremos prontos, acredito que na primeira quinzena de dezembro, para lançar não um programa de governo, mas as linhas gerais daquilo que vamos chamar de agenda para o futuro”, afirmou Aécio.

Recebido pela presidente da Cooperativa de Catadores de Papel de Itaúna (MG), Madalena Duarte, o senador disse que a agenda do PSDB reunirá propostas para superação dos problemas que há mais de dez anos ainda permanecem sem solução pelo governo federal. Entre eles, o analfabetismo e as dificuldades das escolas públicas, o mau atendimento na área da saúde e a falta de oportunidades para os jovens.

“As principais ações e propostas serão aquelas que, na nossa visão, vão dar rapidamente condições para que o Brasil volte a crescer de forma digna para todos os brasileiros. Vamos mostrar muito o que fizemos em Minas Gerais, estado que tem hoje a melhor educação fundamental do Brasil e o melhor atendimento de saúde do Sudeste. São conquistas de governos sérios, que sabem trabalhar. E é disso que o país precisa”, disse Aécio Neves, aplaudido.

Minas unida

O governador Antonio Anastasia e seu vice, Alberto Pinto Coelho, o presidente do PSDB-MGdeputado federal Marcus Pestana, o presidente do ITV- MGPimenta da Veiga e as principais lideranças tucanas em Minas foram recebidos com entusiasmo em Uberlândia.

Por meio do Conversa com os Mineiros, a população poderá debater ideias e conhecer propostas do senador Aécio, do governador Anastasia, prefeitos e lideranças do Estado.

“Reunimos aqui as lideranças políticas dos partidos que, desde 2002, vêm dando sustentação a esse projeto transformador que hoje é conduzido em Minas, com extrema eficiência, pelo governador Anastasia. Está na hora, sim, de começarmos a definir nossas bandeiras, conversarmos com as várias regiões do Estado. Estou extremamente otimista de que vamos ter, em Minas Gerais, mais quatro anos de governo sério, de governo honrado. É bom para Minas, mas também estou seguro que, no plano nacional o sentimento é de mudanças”, afirmou Aécio em seu discurso.

Conversa com Mineiros: o papel histórico de MG para o país

Conversa com Mineiros: Marcus Pestana lembrou que partiu de Minas muitas das principais decisões que marcaram a história do país.

Conversa com Mineiros: Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Lideranças tucanas ressaltam papel histórico de Minas para o país

Durante o primeiro encontro “Conversa com os Mineiros”, parlamentares e lideranças do PSDB-MG afirmam que estado sempre foi protagonista e que sempre respondeu à altura o chamado do país

Lideranças políticas do PSDB-MG e de mais dez partidos aliados (DEM, PPS, PDT, PP, PR, PSB, PTdoB, PV, PTB e Solidariedade) iniciaram nesta segunda-feira (28/10), em Uberlândia (Triângulo Mineiro), a série de encontros “Conversa com os Mineiros“. O encontro reuniu mais de 1.000 pessoas, entre parlamentares, prefeitos, vereadores e militantes de todos os partidos do Triângulo e outras regiões do Estado.
Durante o encontro, as lideranças ressaltaram o papel de Minas Gerais  na história do país. O presidente do PSDB de Minas Geraisdeputado federal Marcus Pestana,  lembrou que partiu de Minas Gerais muitas das principais decisões políticas que marcaram a história do país.

“As grandes transformações se iniciaram em Minas. O sentimento da soberania nacional, da independência, surgiu com Tiradentes em Minas. A defesa da democracia contra o Estado Novo autoritário, surgiu com o Manifesto dos Mineiros em 1943. Foi Juscelino quem lançou a base da modernização da industrialização do Brasil. E partiu de Minas. Também foi Itamar Franco que fez a estabilização, a partir de Minas. Tancredo foi grande líder da transição democrático e nos deu como herança este longo período de liberdade”, disse.

Novo tempo                               
 
O governador Antonio Anastasia ressaltou que é chegada a hora de Minas ser novamente protagonista de um tempo para o Brasil.

“É hora de Minas unida e firme mostrar ao Brasil que temos a oferecer o que há de melhor. Vamos oferecer ao governo federal as melhores práticas, os melhores instrumentos para melhor governar o país”, disse o governador.

Ao lado do ex-governador Rondon Pacheco, Anastasia destacou a parceria entre o PSDB e os partidos aliados e afirmou que os mineiros de todas as regiões estarão unidos para contribuir para a construção de uma nova agenda para o país, que beneficiará todos os brasileiros.

“Não estamos aqui só com a representação do Triângulo e das regiões mais próximas. Está aqui o espírito de Minas. O sentimento mineiro mais firme. A alma cívica de nosso Estado que quando convocada sabe responder à altura aos anseios de todos os brasileiros”, disse.

Minas mostra avanços sociais

A série de encontros regionais Conversa com os Mineiros, segundo Marcus Pestana, serão fundamentais para a população apresentar ideias que o PSDB propõe para o país. Também contribuirão para mostrar mostrar os avanços sociais promovidos por Aécio Neves e Antonio Anastasia em Minas Gerais, hoje referência para todo o país.

“Iniciamos uma nova caminhada que terá uma longa travessiaAécio e Anastasia plantaram sementes sólidas e sua capacidade empreendedora dos dois mudou o perfil de Minas Gerais com grandes avanços sociais. Aécio está se dispondo ser a ferramenta das mudanças que o Brasil precisa. As coisas não vão bem no país. Vamos percorrer todas as regiões de Minas para conversar com a sociedade. Vamos arregaçar as mangas e vamos mudar o Brasil’, disse.

No dia 18 de novembro, a Conversa com os Mineiros reunirá lideranças tucanas e aliadas do Sul de Minas, em Poços de Caldas, e, no dia 2 de dezembro, do Norte de Minas, em Montes Claros.

O presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV-MG), Pimenta da Veiga, também ressaltou a importância de Minas e de sua responsabilidade com os caminhos do país.

“Esse nosso movimento vai percorrer o estado e contagiar todo o povo brasileiro. Estamos dando aqui hoje os primeiros passos para renovar a política brasileira”, afirmou para os mais de 120 prefeitos presentes no evento em Uberlândia e que acontecerá, ainda este ano, em Poços de Caldas (18 de novembro) e Montes Claros (2 de dezembro).

O encontro de Uberlândia reuniu 120 prefeitos, 200 vereadores e 45 deputados estaduais e federais de 11 partidos.

Participaram também do primeiro encontro “Conversa com os Mineiros” em Uberlândia caravanas do PSDB Mulher, Juventude Tucana, PSDB Sindical e Tucanafro. Estavam presentes o vice-governador Alberto Pinto Coelho, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro (PP).

Participaram também os deputado federais tucanos Eduardo AzeredoDomingos SávioPaulo Abi-Ackel e Narcio Rodrigues (licenciado), além dos estaduais Carlos Mosconi, Dalmo Ribeiro, Leonardo Moreira e Luiz Humberto Carneiro, que discursou em nome dos deputados estaduais presentes.

Gestão da Educação: projeto ajuda alunos a escolherem curso universitário no Triângulo

Escola de Araguari realiza palestras e debates de alunos com profissionais já graduados sobre formação e mercado de trabalho em várias áreas.

Divulgação / SEE
Ex-alunos da escola e profissionais já formados falam para os estudantes os desafios do curso e da profissão.
Ex-alunos da escola e profissionais já formados falam para os estudantes os desafios do curso e da profissão.

Humanas, exatas, saúde ou sociais aplicadas. São muitas as áreas disponíveis para quem deseja se graduar. Para que o aluno não fique sozinho na hora da decisão, educadores da Escola Estadual Professor Antônio Marques, em Araguari, no Triângulo Mineiro, resolveram aproximar os alunos do mundo acadêmico e profissional, com o projeto “De Olho no Futuro”. Por meio dessa iniciativa, os estudantes do ensino médio assistem a palestras sobre as diversas áreas de graduação. O interessante do projeto é que os palestrantes são ex-alunos da escola que estudam ou já se formaram no ensino superior.

“Eu estou trazendo o aluno que está hoje na universidade. Ele vem contar o seu passo a passo, a sua trajetória até chegar à faculdade. Porém, eu também tenho que trazer o ex-aluno que já está no mercado de trabalho. Assim, eles mostram aos nossos estudantes, que assim como eles, os atuais alunos da escola também são capazes. É um exercício de motivação”, explica a especialista em educação e coordenadora do projeto, Irazilda Maria Ferreira Baltazar.

Normalmente, as palestras ocorrem uma vez ao mês e atendem 1.200 alunos do ensino médio. Os palestrantes, que atualmente estudam em universidades públicas ou particulares, informam os estudantes sobre o curso que fazem, as oportunidades no mercado de trabalho e sobre o próprio ambiente acadêmico. “Eles ficam muito curiosos e muito preocupados em entender. Após as palestras, eles aproveitam o recreio para conversarem com os ex-alunos. Nos meses de setembro e outubro, vamos trazer uma psicóloga para o trabalho de orientação vocacional com os nossos alunos”, adianta a coordenadora.

Frequentador assíduo das palestras desde o 1º ano do ensino médio, Cleidson Henrique Cordeiro Vieira, de 17 anos, acredita que o momento é uma oportunidade para os alunos escolherem a carreira que desejam seguir. “Muito interessante, porque ajuda a ter noção como é o curso, a profissão, a faculdade em si. Ajuda a pessoa a conhecer bem a área que quer seguir. Eu assisto desde o primeiro ano e já decidi que vou fazer Engenharia Elétrica”, conta o estudante que cursa o 3º ano do ensino médio.

Para a aluna Laura Caroline de Melo Fernandes, de 16 anos, o projeto vem em uma fase importante da vida dos jovens. “Sei que ainda somos muito novos, mas precisamos de um incentivo, algum que nos estimule a escolher uma carreira profissional. Vai vir um ex-aluno que fez engenharia civil na escola e eu vou ouvir ele.”, ressalta a estudante.

Desde que teve início, em 2009, o projeto “De Olho no Futuro” tem contribuído para a conscientização dos estudantes quanto ao futuro profissional. Apenas no último vestibular da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), 180 alunos da Escola foram aprovados na instituição pelo Programa de Ação Afirmativa de Ingresso no Ensino Superior (PAAES).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/projeto-ajuda-alunos-a-escolherem-curso-universitario-no-triangulo/

Gestão da Saúde: Governo de Minas lança projeto para aumentar a captação de órgãos e tecidos

Serão criadas dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos em Minas Gerais

Nesta segunda-feira (25), às 10h, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, o coordenador do Sistema Nacional de Transplantes, Heder Murari Borba, o presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Antônio Carlos de Barros Martins, e o diretor do Complexo MG Transplantes, Charles Simão Filho, anunciam a criação de dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos (OPOs) em Minas Gerais. Cada OPO terá dois médicos, cinco enfermeiros e um administrador.

Os OPOs são unidades operacionais das Centrais de Notificação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (CNCDOs), que irão coordenar grupos de hospitais por meio de suas Comissões Intra Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT). Foram criadas levando-se em consideração a população, o número de hospitais, número de leitos de UTI, logística de transporte, distâncias de centros transplantadores e o Plano Diretor de Regionalização. O objetivo das OPOs é aumentar a captação de órgãos e tecidos.

As dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos serão instaladas nos hospitais João XXIII, Risoleta Tolentino Neves e Hospital Municipal de Betim, e nas cidades de Montes Claros, Governador Valadares, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Ipatinga, Uberaba e Uberlândia.

Numa segunda etapa, deverão ser criadas OPOs em Divinópolis, Sete Lagoas, Patos de Minas, Barbacena, Teófilo Otoni, Varginha e Alfenas.

Coletiva à imprensa

Data: 25 de junho Segunda-feira

Horário:10h

Local: Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves – Prédio Minas – 12º andar – sala de reunião do Gabinete do secretário de Estado de Saúde

Tema:Lançamento de dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos em Minas Gerais – OPOs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-lanca-projeto-para-aumentar-a-captacao-de-orgaos-e-tecidos/

Governo de Minas: Hemominas organiza passeio para lembrar o Dia do Paciente

A ação teve a finalidade de promover a interação e socialização entre os pacientes.

Adair Gomez / Hemominas
Rosalina de Jesus, uma das pacientes mais antigas da Hemominas aproveita o Dia do Paciente em visita ao zoológico de Belo Horizonte
Rosalina de Jesus, uma das pacientes mais antigas da Hemominas aproveita o Dia do Paciente em visita ao zoológico de Belo Horizonte

A Fundação Hemominas realizou, nesta sexta-feira (22), um passeio com pacientes na Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte para lembrar o Dia do Paciente da instituição, comemorado no 24 de junho. A ação, organizada pela equipe interdisciplinar do ambulatório do Hemocentro de Belo Horizonte, teve a finalidade de promover a interação e socialização entre os pacientes.

Para Rosângela de Castro, assistente social da Hemominas, o retorno é positivo, pois muitos dos pacientes têm nessas atividades a possibilidade do acesso ao lazer. “Nossos pacientes ficam ansiosos, aguardando e nos perguntando quando haverá novas ações”, afirma Rosângela.

Para muitos pacientes, essa foi uma oportunidade de conhecer o local pela primeira vez. Gabriel Marcos de Oliveira, 10, paciente da Hemominas desde o primeiro ano de vida, nunca havia ido ao zoológico. “Essa foi uma oportunidade de realizar um passeio divertido. Ele nunca havia conhecido o zoológico devido à dificuldade de locomoção e graças à Hemominas, eu pude trazê-lo”, destaca Aparecida do Rosário Fernandes, mãe de Gabriel.

Rosalina de Jesus, 65, é uma das pacientes mais antigas da Fundação Hemominas. Fazendo acompanhamento e tratamento para anemia falciforme há aproximadamente 50 anos, ela não perde o humor e brinca dizendo que “a Hemominas cuida do corpo e da alma”.

Referência

A Fundação Hemominas é referência no diagnóstico e tratamento de pacientes portadores de coagulopatias e hemoglobinopatias em Minas Gerais, atendendo uma média diária de 120 pacientes no Hemocentro de Belo Horizonte. A instituição possui cerca de 7 mil pacientes em todo o Estado.

Na busca constante pela qualidade de vida do paciente, os ambulatórios da Fundação Hemominas investem em atividades lúdicas, como pintura, leitura de contos e brincadeiras, promovendo assim o bem-estar daqueles que procuram o ambulatório para tratamentos.

“A Fundação tenta amenizar da melhor forma as dificuldades que nossos pacientes encontram na sua vida”, ressalta Davidson de Oliveira Correa, pedagogo da Fundação Hemominas.

Atualmente, das 24 unidades que integram a rede Hemominas, 16 possuem atendimento ambulatorial para os pacientes, sendo elas: Belo Horizonte, Montes Claros, Governador Valadares, Divinópolis, Sete Lagoas, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Patos de Minas, Uberaba, Uberlândia, Manhuaçu e Diamantina. As unidades que atendem, exclusivamente, os portadores de coagulopatias hereditárias são Ponte Nova, Ituiutaba, São João del-Rei e Passos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-organiza-passeio-para-lembrar-o-dia-do-paciente/

Gestão da Educação: escolas iniciam aulas do Aprofundamento de Estudos

Secretaria de Estado de Educação já autorizou 270 escolas da rede estadual a iniciarem as aulas do Aprofundamento de Estudos

A Secretaria de Estado de Educação desenvolveu o programa Aprofundamento de Estudos, voltado para os alunos do ensino médio da rede estadual. O programa tem como objetivo incentivar o hábito de estudo em tempo integral e assim melhorar o desempenho dos alunos em sala de aula e em atividades externas. A SEE já autorizou 270 escolas a iniciarem as aulas do Aprofundamento de Estudos.

A Escola Estadual Deputado Simão da Cunha, em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte, está entre as escolas que já receberam autorização da SEE para iniciar as aulas do programa. Esse é o segundo ano que a escola participa do projeto, lá as aulas do programa são ministradas três vezes por semana. “Este ano, para formar as turmas fizemos um mutirão e levamos os alunos para tirar o CPF, que é documento necessário para a inscrição do estudante. Os alunos gostam muito das aulas do projeto e o resultado positivo pode ser comprovado com os bons resultados nos vestibulares. Os professores também fazem um trabalho maravilhoso”, afirma a diretora da escola, Marli Souza.

A estudante Débora Marçal de Souza vai para escola, em horários alternativos, aprimorar seus conhecimentos em Matemática, Língua Portuguesa, Física e Química. “Eu decidi fazer as aulas para aprender mais. Tem coisas que estão sendo ensinadas no Aprofundamento que eu já tinha visto na aula, mas tinha esquecido. Além disso, as aulas podem me ajudar na hora do vestibular”, ressalta a estudante do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Deputado Simão da Cunha.

Na Escola Estadual Messias Pedreiro, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, as aulas também são oferecidas três vezes por semana. Além de Língua Portuguesa e Matemática também são ofertadas as disciplinas de Química, Física e Biologia. O professor de Biologia, Ulisses Pagliuso Júnior, conta como são as aulas. “Aqui na escola são seis turmas. O Aprofundamento se baseia mais em exercícios. Pegamos questões que já foram aplicadas em vestibulares, principalmente no concurso da Universidade Federal de Uberlândia, que é o foco dos nossos alunos. A partir dos exercícios ministramos os conteúdos”.

Escolas ainda podem se inscrever no Aprofundamento de Estudos

As inscrições para o Aprofundamento de Estudos continuam abertas. A inscrição de alunos, turmas e professores que irão atuar no Aprofundamento deverá ser feita pelo diretor da escola no link do site da Secretaria de Estado de Educação. Desde que foi aberto o período de inscrições, mais de 33 mil estudantes já foram inscritos.

Para efetivação do cadastro é necessário que as escolas tenham turmas de no mínimo 25 alunos e no máximo 30. Além disso, os professores interessados em ministrar as aulas do projeto deverão ter, entre outras coisas, experiência pedagógica no desenvolvimento de atividades inovadoras, além de disponibilidade para participar de cursos de capacitação que poderão ser ofertados pela SEE. As aulas do projeto serão ministradas no contraturno escolar do aluno. Porém, as escolas também poderão utilizar sextos horários para o desenvolvimento do projeto.

Em 2012, serão ofertadas 100 mil vagas aos alunos do ensino médio. Os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática serão ofertados em todas as turmas. Além disso, poderão ser incorporadas mais três disciplinas de interesse dos alunos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/escolas-iniciam-aulas-do-aprofundamento-de-estudos/

Gestão Anastasia: em Minas, policiais civis e militares participam de treinamento integrado

Ao todo, 1.015 profissionais serão qualificados somente no primeiro semestre deste ano na capital e em cidades do interior

Policiais civis e militares aprendendo juntos. É o que acontece no Treinamento Policial Integrado, uma iniciativa da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). O curso de cinco dias acontece na Academia da Polícia Civil, em Belo Horizonte, e reúne turmas de 35 alunos para aulas práticas e teóricas.

Ao todo, 1.015 profissionais serão qualificados somente no primeiro semestre deste ano. Além da capital, outras cidades mineiras também receberão o curso, entre elas Uberlândia e Poços de Caldas. A meta é treinar todo o efetivo das duas corporações.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/em-minas-policiais-civis-e-militares-participam-de-treinamento-integrado/

Gestão Anastasia: Uberlândia é a segunda cidade que mais abre novas empresas em Minas Gerais

Por meio do programa Minas Fácil, 23.658 empresas foram instaladas, em tempo médio de oito dias, no município

As cartilhas são uma parceria do Minas Fácil com o Sebrae, e orientam os empresários sobre abertura e manutenção de uma empresa

Desde 2007, quando foi implantado o serviço Minas Fácil, gerido pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), em Uberlândia, 23.658 novas empresas foram abertas, trazendo benefícios para a cidade do Triângulo Mineiro. Mensalmente, são cerca de 260 empresas constituídas, com destaque para comércio, serviços e indústria, que fazem de Uberlândia a segunda no ranking em Minas Gerais, atrás apenas de Belo Horizonte.

O Minas Fácil garante aos empreendedores mineiros mais facilidade e agilidade para abrir seu próprio negócio. Em média, a formalização se dá em oito dias. Antes do programa, o prazo médio para constituir o negócio era de 90 dias e o empreendedor tinha que percorrer vários órgãos para finalizar o processo de registro.

De acordo com a coordenadora do Minas Fácil em Uberlândia, Dilvânia Arantes, o bom momento econômico, bem como a facilidade de abertura de empresas, possibilitam a entrada de novos empresários no mercado de trabalho. “Garantimos todo o processo com agilidade e comodidade em apenas oito dias, além de orientarmos os usuários, através de cartilhas, com informações sobre planejamento, abertura, formalização, financiamento e capacitação de empresas, juntos com parceiros como o Sebrae-MG e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Estimulamos a formalidade e, ainda, a possibilidade de mais investimentos para o município através da arrecadação de impostos”, disse.

Empresário e dono de um escritório de contabilidade há 20 anos, Areno Cardoso da Silva constitui mensalmente dez empresas em Uberlândia e municípios vizinhos. Para ele, o Minas Fácil, por reunir em um único espaço órgãos e entidades responsáveis pela abertura de empresa, facilita todo o processo, desde o trabalho no escritório, que conta com a colaboração de 32 funcionários, à satisfação do cliente, que rapidamente está com toda a documentação aprovada.

“Antes, era necessário irmos à Junta Comercial, Receitas Federal e Estadual e outros órgãos, com longos prazos para a consolidação das empresas. Agora, em um único local temos toda a documentação analisada e o melhor, CNPJ e inscrição estadual liberados em, no máximo, oito dias”, comemora o empresário. Areno lembra, ainda, que nove consultas para abertura de empresas estão no Minas Fácil neste momento. “Recentemente, consolidamos uma empresa em apenas três dias, muito ágil”, comentou.

Aumento ano a ano

Dados da Jucemg apontam crescimento ano a ano em Uberlândia e região. Em 2011, foram constituídas 7.516 empresas na cidade, cerca de 30% a mais que no ano anterior, com 5.406 aberturas.

O mesmo crescimento também foi observado nas unidades Jucemg Minas Fácil instaladas em Araguari, Ituiutaba e Uberaba. Na comparação entre os anos de 2010 e 2011, o crescimento foi cerca de 12%, ou seja, 472 novas empresas a mais em toda a região.

Para 2012, a perspectiva também é de aumento, como demonstram os números nos cinco primeiros meses. Em Uberlândia já são 3.377 novos estabelecimentos; Uberaba (1.037); Araguari (347) e Ituiutaba (285).

De acordo com a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rosalina Vilela, esses números são resultado de políticas públicas voltadas para os micro e pequenos empreendedores, em parceria com o Governo de Minas, para a abertura de negócios realizados de modo simplificado em Uberlândia.

“Desde que aderimos ao Programa Minas Fácil, Uberlândia ratificou a sua competência como cidade ideal para instalação de novos negócios. Passou a reunir todos os requisitos para o sucesso empresarial. São avanços históricos que geram emprego, renda e melhor qualidade de vida à nossa população”, afirmou.

Para o empresário Milton Damasceno Júnior, este ano se torna mais importante, pois a abertura da nova empresa no último mês vai garantir a expansão dos negócios. Em apenas seis dias, sua empresa de locação de maquinário para a construção civil já contava com CNPJ e inscrição estadual. “Me surpreendi com a rapidez para a formalização da empresa. Vamos trabalhar com máquinas importadas da China em Uberlândia e Goiânia, e a agilidade permitiu o início do processo de importação mais rapidamente”, falou.

Minas Fácil

O Minas Fácil, criado pelo Governo de Minas em 2004, é uma iniciativa do Projeto Estruturador Descomplicar, coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e de responsabilidade operacional da Junta Comercial do Estado. Presente atualmente em 91 municípios, tem por objetivo prestar atendimento simplificado, interligar os principais órgãos públicos envolvidos na abertura de empresas e trazer mais agilidade para o empreendedor na formalização de negócios. O passo a passo para abertura da empresa e a lista de todas as unidades está disponível no site da Jucemg.

Atualmente, mais de 60% das empresas no Estado são concebidas por meio do serviço Minas Fácil. Praticamente todo o sistema de abertura é feito por meio da Internet. A simplificação na abertura de um empreendimento pode ser medida pelos números da Junta Comercial. Desde setembro de 2005, quando foi implantado o Minas Fácil, foram abertas no Estado 111.067 novas empresas. Pesquisa de satisfação realizada entre os usuários do Minas Fácil apontou um índice de 91% de ótimo e bom nos serviços de atendimento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/uberlandia-e-a-segunda-cidade-que-mais-abre-novas-empresas-em-minas-gerais/

Governo de Minas: blitze da Lei Seca serão diárias a partir de julho

Campanha “Sou pela Vida Dirijo sem Bebida” vai intensificar ainda mais a fiscalização a motoristas da capital mineira.

Renato Cobucci / Imprensa MG
Campanha abordou mais de 20 mil motoristas desde sua implantação
Campanha abordou mais de 20 mil motoristas desde sua implantação

Minas Gerais se prepara para um aperto na fiscalização da Lei Seca, cujos quatro anos de criação são comemorados nesta terça-feira (19). As blitze da campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, que há quase um ano fazem parte da rotina dos belorizontinos de forma permanente e com regras de abordagem mais rígidas, serão realizadas diariamente a partir do mês de julho. O objetivo da medida é reduzir ainda mais os acidentes de trânsito, que já caíram 15,9% na capital desde o lançamento da campanha.

Antes do lançamento da campanha, era registrado média de 18,96 acidentes com vítima por mês no município. De julho do ano passado até agora, a média mensal caiu para 15,94 acidentes com vítima por mês, uma redução de 15,9%. Entre os acidentes de trânsito sem vítima também houve redução de 5,9%, passando de uma média de 41,52 acidentes por mês, antes do lançamento da campanha, para 39,08.

Desde que foi lançada, em agosto de 2008, a Lei Seca já levou ao recolhimento de 3.322 carteiras de habilitação por embriaguez e à prisão de 1.123 condutores em Minas Gerais, contabilizadas em ações específicas da Polícia Militar e nas blitze integradas da “Sou pela Vida”. Somente a partir de julho de 2011, com lançamento da campanha em Belo Horizonte, 20.390 veículos já foram abordados na capital mineira.

O subsecretário de Integração e Promoção da Qualidade Operacional do Sistema de Defesa Social, Robson Lucas da Silva, lembra que a fiscalização do cumprimento da Lei Seca sempre existiu. “A fiscalização sempre foi realizada pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar. Depois de julho de 2011, foi reforçada com a integração de outros órgãos do sistema de Defesa Social, especialmente o Detran, resultando em maior eficiência e celeridade no que se refere à aplicação das penalidades administrativas”, explicou.

Dos mais de 20 mil motoristas abordados desde 14 de julho do ano passado, 451 foram processados por crime de trânsito, por terem apresentado nível de álcool no sangue acima de 0,34 mg/l. Eles também perderam o direito de dirigir por um ano e pagaram multa de R$957,70.

Outros 1.229 motoristas foram autuados por infração de trânsito. Nesse caso, eles perderam o direito de dirigir e pagaram a multa, sem responder a processo criminal. A infração acontece quando os condutores sopram o bafômetro e é detectado nível de álcool entre 0,14 e 0,33 mg/l ou, a partir do dia 5 de agosto, quando os motoristas se recusam a fazer o teste.

Ampliação

No segundo semestre de 2012, a campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” chegará a outras cidades da Região Metropolitana e aos municípios de Uberlândia, Juiz de Fora, Montes Claros e Governador Valadares. A ampliação foi anunciada pelo secretário de Estado de Defesa Social (Seds), Rômulo Ferraz, no lançamento do Plano Integrado de Enfrentamento à Violência. O plano também prevê, para os próximos meses, a aquisição de um micro-ônibus que funcionará como um Posto Integrado itinerante nas blitze da campanha.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/blitze-da-lei-seca-serao-diarias-a-partir-de-julho/

Gestão Eficiente: Governador Anastasia anuncia instalação de Condomínio das Águas Unesco-HidroEX

Unidade, em Frutal, no Triângulo Mineiro, atenderá países da América Latina e da Comunidade de língua portuguesa
Wellington Pedro/Imprensa MG
Unesco HidroEX / Divulgação
Condomínio Temático da Cidade das Águas é composto por 16 universidades e organismos oficiais
Condomínio Temático da Cidade das Águas é composto por 16 universidades e organismos oficiais

O governador Antonio Anastasia anunciou, nesta terça-feira (19), durante solenidade no Palácio Tiradentes, a instalação oficial do “Condomínio Temático de Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa de Desenvolvimento em Águas”, a Cidade das Águas Unesco-HidroEX, em Frutal, no Triângulo Mineiro.  O evento teve a participação da diretora geral da Unesco,  Irina Georgieva Bokova.

“Nós, mineiros, somos extremamente orgulhosos e ciosos das nossas riquezas, não só do minério de ferro, do ouro, das pedras preciosas, da nossa riqueza industrial, do capital humano tão diferenciado, mas fundamentalmente somos orgulhosos das nossas águas. As águas de Minas Gerais são conhecidas em todo o mundo. Somos igualmente apelidados ou intitulados como o estado caixa d’água do Brasil. Fora da Bacia Amazônica temos o nascimento das maiores bacias hidrográficas do país. Temos águas minerais conhecidas e aplaudidas pela sua qualidade e por isso mesmo sabemos da riqueza, do que é, e do que são as águas de Minas Gerais”, destacou o governador.

Durante a solenidade, foi firmada parceria entre o Governo de Minas e o Centro Internacional de Excelência em Acidentes Naturais e Gestão de Riscos (Icharm), entidade japonesa especializada no enfrentamento de situações de risco e representada pelo diretor Kuniyoshi Takeuchi. O objetivo é ampliar a base de conhecimento para o uso sustentável da água, a gestão dos recursos hídricos e a prevenção e gestão de desastres urbanos. O Icharm, vinculado à Unesco, sediado em Sukuba (Japão) e considerado um dos mais avançados do mundo, desenvolve estudos e contribui de maneira significativa para o enfrentamento de situações de risco ocorridas no Japão e em outros lugares do mundo.

Cidade das Águas

A diretora geral da Unesco, Irina Georgieva Bokova, falou sobre o HidroEx. “Temos um grande orgulho desta parceria com os governos de Minas e federal. Acreditamos no desenvolvimento sustentável que não pode ocorrer sem a água. Á água é social, é política, é vida, é paz. Sabemos que o HidroEx aborda essa questão da mesma forma e o vemos como o nosso projeto”, disse.

Para o governador Anastasia, as pesquisas que serão desenvolvidas na Cidade das Águas e nos centros congêneres espalhados pelo mundo, servirão para garantir o futuro da humanidade. “Tenho certeza de que a Unesco ao se associar, ao apadrinhar, ao albergar, ao nos dar a guarida da sua respeitabilíssima instituição para esse trabalho do HidroEX, certamente está permitindo que Minas Gerais e o Brasil avancem mais na questão tão delicada que é gestão das águas”, afirmou Anastasia.

Condomínio Temático

O condomínio é composto por 16 universidades e organismos oficiais voltados para o tema.  Nele estão oito universidades federais de Minas Gerais (UFMG), Lavras (Ufla), Viçosa (UFV), Ouro Preto (Ufop), Uberlândia (UFU), Uberaba (UFTM),  Itajubá (Unifei) e  Alfenas (Unifal), as estaduais Unimontes e Uemg, e a PUC Minas. Também estarão lá a Agência Nacional de Águas (ANA), Embrapa, por meio do Núcleo de Irrigação (NURII) e Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Emater e Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec).

A Cidade das Águas é um dos 20 centro de categoria II reconhecidos pela Unesco, criado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), com apoio da Unesco e ancorado no Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Água (Unesco-HidroEX).

Ocupa uma área de 374.400 m², onde estão instalados a sede do Centro e os dois primeiros prédios do campus da Uemg, com 66 salas de aula, seis laboratórios e um anfiteatro. Na semana passada, a equipe do arquiteto e urbanista Jaime Lerner concluiu a concepção do projeto urbanístico e paisagístico da Cidade das Águas, que terá perfeita integração com a cidade de Frutal.  O Governo de Minas e o Governo Federal já investiram R$ 50 milhões na consolidação do conglomerado, com a previsão de mais R$ 80 milhões nos próximos dois anos, totalizando R$ 130 milhões.

“A previsão é de que possamos entregar a estrutura física do Unesco HidroEX no final de 2014. Já temos cerca de 30% da estrutura feita. Contratamos mais R$ 62 milhões em obras que incluem os alojamentos, o centro de educação à distância, os laboratórios, que vão permitir o início das atividades do Unesco HidroEX”, explicou secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nárcio Rodrigues.

Todas as instituições presentes no complexo terão como eixo central a gestão, preservação e recuperação das águas, superficiais e subterrâneas. Outro objetivo será a formação de uma nova geração de líderes na gestão da água. Além de atender ao Brasil, a Cidade das Águas tem suas atividades voltadas para os países da América Latina e da África de Língua Portuguesa, promovendo a transferência de tecnologia em gestão de águas para a produção de alimentos.

Além de protocolo de cooperação com o Centro Unesco ICCE, o Unesco-HidroEX já assinou acordos de cooperação com o Centro de Dundee (na Escócia, voltado para a legislação ligada à gestão hídrica) e com o Icharm (no Japão, que estuda e prevê catástrofes). Estão em estudo parcerias com o Centro de Cinara (Colômbia) e o Iciwarm (Estados Unidos). No Brasil, mantém uma estreita ligação com o Centro de Itaipu, especializado em Hidroinformática.

Espaço Cousteau

A Cidade das Águas vai abrigar o Espaço Cousteau para as águas, projeto a ser desenvolvido em parceria com o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM). Trata-se de moderna estrutura arquitetônica, com padrão internacional, para abrigar um amplo espaço de visitação com a exposição das atividades de pesquisa desenvolvidas pelo Comandante Cousteau pelos rios e mares do mundo, incluindo o material de expedição pela Amazônia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-anastasia-anuncia-instalacao-de-condominio-das-aguas-unesco-hidroex/