Arquivos do Blog

Governo de Minas: caminhoneiros aderem à Campanha Proteja Nossas Crianças

Profissionais que circulam em estradas de todo o Estado firmam compromisso para serem multiplicadores da campanha.

Divulgação / Sedese
Motoristas profissionais se comprometeram a serem multiplicadores da campanha nas estradas de Minas
Motoristas profissionais se comprometeram a serem multiplicadores da campanha nas estradas de Minas

A Campanha Proteja Nossas Crianças ganhou o reforço de 750 caminhoneiros, que circulam pelas estradas de Minas e de todo país.  Nesta sexta-feira (29), véspera do Dia dos Caminhoneiros, eles assinaram, voluntariamente, um termo de compromisso para serem multiplicadores da campanha. A ação foi realizada na Ceasa Minas e os caminhoneiros ganharam uma bolsa ecológica, doada pelos Correios, além do material gráfico da campanha que enfatiza o número do Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19). A ideia é fazer do caminhoneiro um parceiro na divulgação da campanha.

Pai de 13 filhos, o caminhoneiro Sebastião Peixoto, de 56 anos, foi um dos primeiros a assinar o certificado e a se compromissar com a causa. “A minha filha caçula tem apenas quatro anos e sei da importância dessa iniciativa”, disse Sebastião, que mora em Esmeraldas.

Lançada pelo Governo de Minas em maio de 2008, a Campanha Proteja Nossas Crianças é uma das maiores mobilizações já realizadas no país com foco no combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Conta com a parceria das emissoras de TV, rádio e jornais impressos do Estado, além de realizar ações educativas em todos os pontos e regiões de Minas.

O carioca Josimar Targino, de 53 anos, também é pai e sabe bem a necessidade de se criar mecanismos para combater a violência.. “É uma ação muito significativa. A maioria dos caminhoneiros é responsável e pai de família. Como em toda profissão, sempre têm os desviados”, ressaltou.

Denúncias

Das 1.553 denúncias recebidas pelo Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19), de janeiro a maio deste ano, 963 foram para relatar crimes contra crianças e adolescentes. A violência física dentro da própria família (379) e a negligência e abandono (320) permanecem como os tipos mais denunciados. Em seguida, aparecem os crimes sexuais, cometidos fora e dentro do eixo familiar. Juntos, somam 78 denúncias no período em questão.

As ações permanentes da Campanha Proteja Nossas Crianças são reforçadas três vezes por ano, nos dias 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração, 30 de Junho, Dia do Caminhoneiro, e na Semana da Criança, em outubro

A campanha é coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca). A mobilização visa sensibilizar e incentivar a população a denunciar as violações dos direitos das crianças por meio do Disque Direitos Humanos.

Pontos vulneráveis

Números da Polícia Rodoviária Federal, divulgados em maio deste ano, mostram que Minas Gerais possui um ponto vulnerável à exploração sexual a cada 42,35 quilômetros de rodovia, 17ª posição no ranking. No entanto, a preocupação é grande já que Minas possui a maior malha rodoviária do país (10,6 mil km).

“Qualquer divulgação do Disque traz retorno no número de denúncias. E o papel do caminhoneiro é importante, porque ele percorre o Estado todo e tem condições de identificar e denunciar pontos de exploração”, ressaltou o coordenador do Disque Direitos Humanos, Jorge Noronha.

Parceiros

Além dos órgãos de imprensa de Minas Gerais, a campanha conta com apoio de várias instituições privadas e públicas, como Polícia Rodoviária Federal, Ceasa Minas, Correios, Associação das Mães Chefe de Família do Estado de Minas Gerais (Assmig), entre outros.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caminhoneiros-aderem-a-campanha-proteja-nossas-criancas/

Governo de Minas: Brinquedoteca Hospitalar promove atividades lúdicas para crianças em recuperação

Programa do Servas tem o objetivo de contribuir para a recuperação de crianças que estão em tratamento em hospitais públicos ou filantrópicos

Desde 2007, o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) mantém, em Minas, o programa Brinquedoteca Hospitalar, que tem o objetivo de contribuir para a recuperação de crianças que estão em tratamento em hospitais públicos ou filantrópicos, por meio de atividades lúdicas.

Com o apoio de parceiros e do Governo de Minas, o Servas se responsabiliza pela adaptação dos espaços. São projetadas alas considerando-se as necessidades afetivas, sociais e psicopedagógicas de crianças hospitalizadas. Um dos resultados do programa é tornar a criança parceira ativa de seu tratamento, aumentando a aceitabilidade em relação à internação.

As unidades são equipadas com mobiliários específicos, equipamentos eletrônicos (som, TV, DVD e computador) brinquedos pedagógicos, jogos e obras infantis, como livros, CDs e DVDs, para crianças até 14 anos.

Minas Gerais possui hoje 224 brinquedotecas, entre elas, há duas em alas pediátricas da Santa Casa, uma no Hospital Infantil João Paulo II, uma no Hospital da Baleia e outra no Centro Psíquico da Adolescência e Infância (Cepai).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/brinquedoteca-hospitalar-promove-atividades-ludicas-para-criancas-em-recuperacao/

Gestão Eficiente: mais de 240 famílias atingidas pelas chuvas já receberam recursos do Minas Solidária

O dinheiro foi arrecadado através de doações de cidadãos e empresas. No total o Movimento recebeu cerca de R$ 800 mil

Na última semana, 243 famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, receberam cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata e os recursos foram distribuídos para 137 famílias. No dia 14 de junho 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo. Na semana passada famílias de Vespasiano, Guidoval, Dona Euzébia, Santo Hipólito e Brumadinho foram beneficiadas com as doações.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Jeceaba, Dom Cavati, Paulistas, Eugenópolis, Entre Rios de Minas, Alvinópolis, Patrocínio do Muriaé, Matipó, Frei Gaspar e Mariana.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mais-de-240-familias-atingidas-pelas-chuvas-ja-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Governo de Minas: Projeto Chefs do Amanhã oferece curso de auxiliar de cozinha a alunos de escolas públicas

Iniciativa da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude conta com capacitação é gratuita; acompanhe reportagem em áudio e vídeo

Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), por meio da Subsecretaria da Juventude, lançou o projeto Chefs do Amanhã. A iniciaitva é realizada no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR) – avenida Belém, 40, bairro Esplanada, Belo Horizonte. O projeto também conta com o apoio do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O Chefs do Amanhã oferece curso gratuito de auxiliar de cozinha, para alunos de escolas públicas de 18 a 29 anos que estejam cursando, ou já tenham concluído a educação básica, trabalhadores empregados ou desempregados. Inicialmente, foram qualificados 60 jovens, divididos em três turmas. O curso é promovido de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. Os alunos recebem transporte, alimentação e certificado.

Durante o curso, são ministradas aulas sobre elaboração de pratos básicos, utilizando técnicas específicas das áreas de legumeria, açougue e cozinha quente, e são apresentados conceitos e boas práticas de logística, higiene e manipulação. Juntamente com o curso de auxiliar de cozinha, são oferecidos cursos complementares aos alunos que mais se destacam nas áreas de pães, roscas e biscoitos, pizzas, preparo de bolos e tortas, quitandas tradicionais mineiras, salgados e canapés, e bombons e trufas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/projeto-chefs-do-amanha-oferece-curso-de-auxiliar-de-cozinha-a-alunos-de-escolas-publicas/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberam recursos do Minas Solidária

Moradores que tiveram prejuízos com temporais recebem recursos doados pela população ao Servas.

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano receberam, cada uma, um cheque no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec/MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

Maria de Jesus, uma das beneficiadas, comemorou o recebimento do recurso. “O dinheiro veio em ótimo momento, vou arrumar minha casa, construir um muro”, disse. Outro morador de Vespasiano que recebeu ajuda foi Roberto Carlos Rodrigues, que vai investir em reparos na parte elétrica da casa.

A vice-presidente do Servas, Ana Campos, participou da entrega junto com o capitão Paulo Afonso Montezano, da Cedec/MG, e Meire Andréia David, representante do Ministério Público. “Agradecemos a cada um que doou e que os recursos possam ajudar na retomada da rotina de cada família beneficiada”, ressaltou Ana Campos.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, em Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberão recursos do Minas Solidária

Para o total de 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados mais de R$ 358 mil

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, irão receber cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS – Número de Inscrição Social.  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec-MG dos municípios de Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Para o total das 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados R$ 358.272,005.

Serviço: Entrega de recursos em Vespasiano

Data: 19 de junho de 2012

Local: Curumim Morro Alto – Av. Existente, 286

Horário: 14h

Obs.: Somente o representante da família, registrado no CAD, com seu documento de identificação, receberá o cheque.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberao-recursos-do-minas-solidaria/

Gestão Eficiente: Governo de Minas leva recursos a famílias atingidas pela chuva em Guaraciaba

Vice-governador Alberto Pinto Coelho entrega doações feitas pela população ao Movimento Minas Solidária.

O vice-governador Alberto Pinto Coelho e a vice-presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Ana Maria Campos Guimarães, entregaram, nesta quinta-feira (14), cheques no valor de R$ 632,00 a 124 famílias atingidas pelas chuvas do início do ano, em Guaraciaba, na Zona da Mata.

O dinheiro repassado às famílias foi arrecadado pelo Movimento Minas Solidária, iniciativa do Servas em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG), com o objetivo de mobilizar a população em torno das ações de socorro às vítimas das chuvas. As doações feitas por cidadãos e empresas foram depositadas em contas bancárias abertas exclusivamente para esse fim. Foram arrecadados R$ 772.586,04.

Ação solidária

Em seu pronunciamento, Alberto Pinto Coelho destacou a ação solidária realizada pelo Servas e pela Cedec. “Quero ressaltar o papel fundamental do Servas, que realiza um trabalho voluntário de solidariedade humana e de mão estendida. Destaco a atuação da sua presidente, Andrea Neves, cujo comprometimento torna as ações muito mais abrangentes. Também destaco a resposta imediata das empresas e das organizações. Essa mobilização só foi possível com a comunhão de esforços, com a iniciativa do Servas e o apoio dos governos”, afirmou.

Para o vice-governador, o trabalho conjunto dos governos federal, estadual e municipal de apoio à população diminuiu os impactos dos estragos causados pela chuva em Guaraciaba. “Nas cidades atingidas pelas fortes chuvas, muitas famílias ficaram desabrigadas e algumas perderam suas moradias. O Governo de Minas, por meio Defesa Civil estadual, em um primeiro momento fez o acolhimento de emergência, juntamente com a Defesa Civil do município, que tem um trabalho muito importante”, disse.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, receberam o cheque no valor de R$ 632,00 famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS). Também receberão doações famílias atingidas pelas chuvas nos municípios de Brumadinho, Dona Euzébia, Guidoval, Matipó, Santo Hipólito e Senador Firmino.

Apoio

A vice-presidente do Servas, Ana Maria Campos Magalhães, leu mensagem da presidente Andrea Neves aos moradores de Guaraciaba. “O sentimento de todos nós do movimento Minas Solidária e do Governo Minas, e falo também em nome de cada cidadão solidário que apoiou essa ação, é de ter realmente contribuído não só com bens materiais e recursos financeiros, mas com solidariedade, com carinho e respeito a cada um de vocês. Acreditamos que esse recurso seja mais uma contribuição na retomada  da rotina familiar de cada uma das famílias”, escreveu a presidente do Servas.

Participaram da solenidade o prefeito de Guaraciaba, Eli Dorneles Gonçalves; a assessora do procurador Geral do Ministério Público de Minas Gerais, Mary Andréia; o presidente da Câmara Municipal de Guaraciaba, vereador José de Souza; e o coordenador da Defesa Civil Municipal de Guaraciaba, Helisson Moreira Reis, representando a Cedec, além de autoridades locais e da região.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-leva-recursos-a-familias-atingidas-pela-chuva-em-guaraciaba/

Governo de Minas: Movimento Qualidade de Vida promove aulão no Parque das Mangabeiras

Aula é parte do projeto de intervenção artística em espaços públicos realizado pela área de dança do Valores de Minas

O programa Valores de Minas, uma iniciativa do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e do Governo de Minas, realiza, no próximo sábado (16), mais uma edição do “Aulão: Movimento Qualidade de Vida”, que é parte do projeto de intervenção artística em espaços públicos realizado pela área de dança do programa.

Os jovens interagem com as pessoas por meio de intervenções e ocupação cultural e artística. Na aula são ensinados aquecimentos simples, movimentos e gestos em dança coreografados.

Em 2011, foram realizadas, em Belo Horizonte e região metropolitana, outras edições do Aulão. A Praça da Liberdade, a Praça Floriano Peixoto e a região do Barreiro já foram palco do projeto.

O Programa Valores de Minas integra o Plug Minas, centro de formação e experimentação digital, desde junho de 2009, como o primeiro núcleo. Lançado em abril de 2005, beneficia, a cada ano, 500 jovens e oferece oportunidades para o desenvolvimento pessoal de estudantes de escolas públicas da rede estadual. Já formou mais de 3.500 pessoas, entre alunos, multiplicadores e professores de Arte da rede estadual.

Serviço:

Aulão: Movimento Qualidade de Vida

Local: Parque das Mangabeiras

Data: 16 de junho de 2012

Horário: 11h30

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/movimento-qualidade-de-vida-promove-aulao-no-parque-das-mangabeiras/

Gestão Anastasia: cidade da Zona da Mata recebe recursos do Minas Solidária

Famílias do município de Guaraciaba afetadas pelas fortes chuvas do início do ano vão receber um salário mínimo.

Nesta quinta-feira (14), 124 famílias de Guaraciaba, na Zona da Mata, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano irão receber cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG), e os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 29 de maio, na cidade de Além Paraíba, também na Zona da Mata. O vice-governador Alberto Pinto Coelho e a vice-presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Ana Maria Campos Guimarães, distribuíram os recursos para 137 famílias.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS (Número de Inscrição Social).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Brumadinho (34); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Para o total das 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, que reúne 10 municípios, estão sendo destinados R$ 358.272,005.

Entrega de recursos em Guaraciaba

Data: 14 de junho de 2012

Local: Quadra Municipal

Horário: 11h

Obs. Somente o representante da família, registrado no CAD, com seu documento de identificação, poderá receber o cheque.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cidade-da-zona-da-mata-recebe-recursos-do-minas-solidaria/

Governo de Minas: Centro Mineiro de Referência em Resíduos ensina a transformar lixo em artesanato

Resultado representa um benefício para o meio ambiente e, ainda, geração de renda para a população

O Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), em Belo Horizonte, ensina a transformar lixo em artesanato. O resultado representa um benefício para o meio ambiente e, ainda, geração de renda para a população.

Segundo o coordenador da Escola de Gestão de Resíduos, Daniel Dias, qualquer pessoa pode participar das oficinas do CMRR. Diariamente, são produzidos cerca de 20 mil toneladas de resíduos em Minas Gerais.

O Centro Mineiro de Referência em Resíduos é um programa do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), em parceria com Sebrae-MG.

Através de uma iniciativa pioneira no Brasil, o Centro Mineiro de Referência em Resíduos atua como núcleo irradiador de informações, projetos e parcerias com a finalidade de estimular a reflexão e a ação da cidadania para os desafios da gestão integrada de resíduos.

O objetivo é promover a articulação entre os setores público e privado, terceiro setor, comunidade acadêmica e sociedade civil na busca por alternativas para transformar resíduos em oportunidades de trabalho, renda e preservação dos recursos naturais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/centro-mineiro-de-referencia-em-residuos-ensina-a-transformar-lixo-em-artesanato/