Arquivos do Blog

Antonio Anastasia inaugura novo centro de distribuição supermercadista na Zona da Mata

Governador destacou empreendimento como demonstração do crescimento da economia de Minas Gerais
Carlos Alberto/Imprensa MG
Governador Anastasia inaugura as instalações do novo centro de distribuição do Grupo Bahamas em Juiz de Fora
Governador Anastasia inaugura as instalações do novo centro de distribuição do Grupo Bahamas em Juiz de Fora

O governador Antonio Anastasia participou, neste sábado (11/02), em Juiz de Fora, na Zona da Mata, da inauguração do novo Centro de Distribuição do Grupo Bahamas, 3º maior grupo do setor supermercadista mineiro. Com investimentos de R$ 23 milhões, a nova unidade irá gerar 500 novos empregos diretos e resultará em redução de custos e maior agilidade para o abastecimento das lojas do grupo no Estado.

Durante seu pronunciamento Antonio Anastasia apontou o crescimento do grupo Bahamas como símbolo do desenvolvimento da região da Zona da Mata e de Minas Gerais, destacando os índices econômicos estaduais como fundamentais para a indústria brasileira.

O governador citou dados divulgados, nesta sexta-feira (10/02), pelo IBGE que apontam Minas Gerais como principal responsável pelo aumento de 4,2% na remuneração dos empregados da indústria nacional em 2011, em comparação a 2010.

“A indústria brasileira só atingiu esse índice porque em Minas Gerais a remuneração subiu 10%. Da mesma forma a balança comercial brasileira tanto de 2010, como de 2011, só teve superávit graças às exportações de Minas Gerais. O superávit mineiro foi exatamente o superávit nacional. Portanto, é esse reconhecimento da nossa economia que nós precisamos cada vez mais ter”, afirmou o governador.

De acordo com Jovino Campos, diretor do Grupo Bahamas, o novo centro de distribuição, localizado às margens da BR-040, no trevo para Caxambu, irá sustentar a expansão do grupo, que pretende dobrar de tamanho até 2015, alcançando um faturamento de R$ 2 bilhões. Atual 20ª empresa do ranking nacional de supermercados, o Bahamas quer chegar ao primeiro lugar em Minas e estar entre os dez primeiros do Brasil.

Com 29 anos de atividade, o Bahamas emprega 5 mil pessoas e conta 28 lojas – 19 em Juiz de Fora, duas em Cataguases, duas em Barbacena, uma em Viçosa, Ponte Nova, Ubá, Além Paraíba e São João Del Rei. A intenção é chegar a 50 lojas até 2016.

O centro de distribuição ocupa área total de 380 mil m², com 25 mil m² de área construída. No prédio funciona o centro de distribuição, escritório central, departamentos comercial e financeiro. A capacidade de carregamento é de 100 caminhões diários.

Estiveram presentes à cerimônia de inauguração o secretário de Defesa Social, Lafayette Andrada, o secretário de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, além do prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos, e autoridades da região.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas anuncia ações de combate à dengue em 2012

BELO HORIZONTE (13/12/11) – O governador Antonio Anastasia anunciou nesta terça-feira (13), no Palácio Tiradentes, as ações do Governo de Minas para o enfrentamento à dengue em 2012. As novas medidas darão continuidade ao trabalho que vem sendo realizado com sucesso pela Força Tarefa de combate à doença, formada por integrantes do Exército e por agentes de saúde. O número de casos notificados em Minas caiu 77% em 2011, em relação ao ano anterior, resultado Programa Estadual de Controle Permanente da Dengue, criado pelo Estado, em 2010.

Durante a solenidade, o governador alertou para a gravidade da doença e pediu que a população continue em alerta para que ela seja erradicada. “É fundamental que cada cidadão, no âmbito de sua residência, de sua casa, consiga combater a dengue, diminuindo ou eliminando os focos do mosquito. Só assim a dengue será vencida de maneira absoluta. Então é fundamental que haja essa mobilização, para a qual a imprensa é fundamental, mas que cada pessoa, na sua casa, consiga a reversão e acabar com o foco do mosquito dentro de casa”, afirmou o governador em entrevista.

Reforço

O governador entregou, durante a solenidade, 44 veículos às equipes da Força Tarefa, sendo 31 caminhonetes Strada, dez micro-ônibus e três caminhões. Também foram entregues equipamentos de segurança para o uso dos profissionais durante a aplicação de inseticida – máscara, luvas, capacete, protetor de ouvido, óculos de segurança, avental impermeável – e bombas costais para pulverização.

A Força Tarefa é formada por 432 pessoas, sendo 200 soldados do Exército, 40 da Aeronáutica e 192 agentes de saúde. Para eliminar os possíveis focos do mosquito, são feitas varreduras nas áreas consideradas de risco, como casas, lojas e lotes baldios. Atualmente são utilizados dez ônibus; 70 carros fumacê; 600 bombas costais; nove caminhões (Dengue móvel) e 20 Dengômetros (estandes onde as pessoas têm acesso às informações sobre a doença).

“Nesta ação permanente, estamos intensificando aquilo que geramos e que deu resultado positivo. Acho que o resultado mais positivo foi a participação da sociedade. Então continuamos obsessivamente intensificando a mobilização das pessoas. Os focos estão nos domicílios, a maior parte dos criadouros são gerados por lixo doméstico. Precisamos, então, de fato ganhar essa guerra com uma grande adesão da sociedade. Essa não é uma inovação, é uma segurança de que continuamos no caminho certo”, afirmou o secretário de Saúde, Antônio Jorge, que apresentou o Programa Estadual de Controle Permanente da Dengue.

Mobilização

Os dois municípios mineiros que apresentaram as melhores experiências no combate à dengue, a partir dos critérios epidemiológicos e de dados da área de mobilização social da Secretaria de Saúde, foram premiados pelo governador.

Primeira colocada, a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete recebeu um Fiat Fiorino caracterizado para o combate à dengue na cidade. Representando todos os municípios mineiros que lutam contra a doença, o prefeito do município, José Milton de Carvalho Rocha, falou da importância da união e conscientização. “Essa mobilização fez com que os prefeitos de todas as comunidades de Minas Gerais despertassem para o seu dever, para a sua participação efetiva nesse esforço comum de controle da dengue no Estado”, reconheceu.

A Prefeitura de Patos de Minas recebeu um tablet (Samsung Galaxy Tablet), doado pela operadora Vivo. O equipamento será utilizado na coleta e formatação das informações sobre a doença na cidade. O prêmio foi entregue à secretária de saúde do município, Janaína Maria Silva Araújo Souza.

Durante o lançamento foi apresentado, pelo grupo de teatro Saúde em Cena, o espetáculo “Um por todos e todos contra a Dengue”. Na montagem, os personagens Athos, Porthos e Aramis têm o desafio de acabar com a Milady Gaga Dengue. A peça, uma adaptação contemporânea do texto Os Três Mosqueteiros, de Alexandre Dumas, conta a história da mosquita da espécie Aedes aegypti que deseja contaminar as pessoas com a doença e se tornar uma cantora lírica.

Cenário 2010/2011

Em 2010, o número de notificações da dengue foi de 261.915 mil casos. Em 2011, esse número caiu para 60.357 mil casos registrados (até novembro). O número de internações também diminuiu de 3.783, em 2010, para 1.227, em 2011. A Força Tarefa de combate à dengue percorreu os 42 municípios do Estado com maior incidência do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, e visitou 180 mil residências. Mais de 1 milhão de recipientes com potencial para o desenvolvimento do mosquito foram eliminados.

Os municípios com maior número de casos notificados em 2011 foram Belo Horizonte (7.858), Juiz de Fora (2.935), Governador Valadares (2.750), Uberaba (2.585) e Contagem (1.999). Eles representam 30% dos casos.

Ações previstas para 2012:

• Avaliação da semana epidemiológica;

• Regulação de acesso às internações de média e alta complexidades;

• Disponibilidade de leitos contingenciais para dengue em instituições Pro-Hosp: 803 leitos pediátricos e 1.059 leitos clínica médica;

• Transporte aéreo para casos críticos;

• Videoconferências para Centrais de Regulação Assistencial: educação continuada;

• Possibilidade de registro de denúncias via celular, por meio de aplicativo desenvolvido para o iPhone;

• Parceria com os catadores de lixo;

• Orientação quanto ao acolhimento rápido com hidratação, dados vitais e hemograma;

• Nova proposta de treinamento rápido: Modelo Recife – 10 minutos de treinamento, com alcance de 80% das equipes de saúde;

• Médicos Regionais: contratação de 50 médicos para monitoramento assistencial e apoio aos gestores municipais;

• Contratação de containers (em desenvolvimento), como local de hidratação, em caso de epidemia: seis containers equipados para serem disponibilizados para os municípios em crise.