Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Sul de Minas recebe a 15ª edição da Expocafé

Aproximadamente 150 empresas brasileiras e estrangeiras irão participar do evento que aborda como a negociação do café com o mercado externo

A abertura ofical da 15ª edição da Expocafé, em Três Pontas, no Sul do Estado,  feira considerada a maior do país, será na quarta-feira (20) e terá a presença do do secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento.

O evento abodará importantes temas relacionados ao setor, como a exportação e as vantagens de negociar com o mercado externo, o menejo mecanizado, custos, agricultura e cafeicutura de precisão, mecanização de lavouras adensadas e de montanha.

Além de workshops, a programação terá dinâmicas de campo e cursos de capacitação para operadores de máquinas e exposição de equipamentos e insumos. Cerca de 150 empresas participam do evento, que espera receber um público de todo o Brasil, além de países da América do Sul, América do Norte e Europa, e representantes dos diferentes elos da cadeia produtiva.

Para o secretário Elmiro Nascimento, a Expocafé representa uma grande oportunidade de estímulo ao empreendedorismo, sendo um espaço para a realização de contatos, parcerias e ampliação de negócios. “A feira aumenta a participação da cadeia produtiva do café, possibilitando a expansão das divisas comerciais dos municípios mineiros”, avalia o secretário.

A 15ª Expocafé vai até o dia 22 de junho, na Fazenda Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), que é a organizadora da feira.

Café em Minas Gerais

Minas Gerais ocupa a liderança na produção de café no país. Para 2012, a safra prevista deverá ficar entre 25,5 milhões e 27,1 milhões de sacas, o correspondente a 51,9%, da produção nacional. No ano passado, os cafeicultores mineiros exportaram o equivalente a US$ 5,8 bilhões, ou seja, 59,8% de toda a exportação do agronegócio mineiro (US$ 9,7 bilhões).

O Sul do Estado é o maior produtor do grão em Minas. Segundo dados do IBGE, a safra prevista para a região neste ano é de 11,4 milhões de sacas, o que corresponde a cerca de 44% da produção mineira. Três Pontas é o segundo maior produtor de Minas Gerais. Para 2012, a estimativa é que o município produza cerca de 550 mil sacas de café.

Serviço:

Abertura oficial da 15ª Expocafé

Data: 20 de junho (quarta-feira)

Horário: 10 horas

Local: Fazenda Experimental da Epamig – Rodovia Três Pontas/Santana da Vargem  –  Zona Rural  – Três Pontas (MG)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/sul-de-minas-recebe-a-15a-edicao-da-expocafe/

Governo de Minas: Secretário de Agricultura participa da entrega da Comenda Antônio Secundino

Este ano, 13 personalidades serão agraciadas, durante a Fenamilho, em Patos de Minas

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, participa, nesta sexta-feira (08), em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, da solenidade de entrega da Comenda Antônio Secundino de São José. Criada em 1991, a honraria é outorgada pelo Governo do Estado, anualmente, a personalidades e instituições que prestaram e continuam prestando relevantes serviços pelo desenvolvimento da agropecuária e pela preservação do meio ambiente.

Segundo o secretário Elmiro Nascimento, presidente do Conselho Diretor da comenda, a homenagem vai além de perpetuar a memória de Antônio Secundino, pois destaca e valoriza aqueles que trabalham em prol do dinamismo do setor. “Prova disso é a repercussão que a honraria vem ganhando ao longo dos anos em nosso Estado e também em todo o país”, salientou o secretário.

A solenidade de entrega das medalhas faz parte da programação oficial da 54ª Festa Nacional do Milho (Fenamilho), um dos principais eventos do agronegócio mineiro. A região do Alto Paranaíba se destaca como o principal polo produtor de milho em Minas Gerais. De acordo com o IBGE, a produção estimada do grão é de 1,8 milhão de toneladas para a safra deste ano, representando 24,2% do total no Estado. O aumento é de 18% em relação à safra do ano passado, na região. Em Patos de Minas, a produção de milho é de 156 mil toneladas, em uma área de 18 mil hectares.

Antônio Secundino

O inspirador da comenda, Antônio Secundino de São José, nasceu na Fazenda do Onça, no então distrito de Santa Rita dos Patos, hoje município de Presidente Olegário. Em 1931, formou-se como engenheiro agrônomo pela Escola Superior de Agricultura do Estado de Minas Gerais, em Viçosa. Foi estudar no exterior, e, quando retornou, fundou a Agroceres, empresa que há 60 anos se dedica à pesquisa de sementes e ao agronegócio, responsável pela introdução do milho híbrido no Brasil.

Serviço

Solenidade de outorga da Comenda Antônio Secundino de São José

Data: 8 de junho

Horário: 20h30

Local: Patos de Minas

Na edição deste ano, 13 personalidades serão agraciadas: O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais, Adriano Magalhães Chaves; o secretário-adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, professor Evaldo Ferreira Vilela; a prefeita de Patos de Minas, Maria Beatriz de Castro Alves Savassi; o diretor-presidente do Diários Associados, Álvaro Teixeira da Costa; o superintendente do Banco do Brasil em Minas Gerais, José Roberto Sardelari; a diretora-geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Cleide Izabel Pedrosa de Melo; o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Minas), Antônio do Carmo Neves; o jornalista e apresentador João Batista Olivi; o presidente do Sindicato Rural de Barbacena, Renato Laguardia; o professor da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Renato de Lima Santos; o engenheiro agrônomo e professor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), Antônio Marciano da Silva; a produtora rural Maria Denise Piva e o empresário e produtor rural Aguinaldo Alves Ribeiro (Aguinaldo das Pamonhas).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretario-de-agricultura-participa-da-entrega-da-comenda-antonio-secundino/

Governo de Minas: Secretário de Agricultura participa da solenidade de abertura da Expozebu em Uberaba

Ações de apoio ao agronegócio, desenvolvidas em Minas, serão expostas em estande

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, participa nesta quinta-feira (03) da solenidade de abertura da 78ª Exposição Internacional de Gado Zebu (Expozebu). A feira, realizada anualmente em Uberaba, no Triângulo Mineiro, é considerada a maior mostra de zebuínos do mundo.

Além de exposição e julgamentos de animais das raças zebuínas, leilões, shoppings, concurso leiteiro, dentre outras atividades técnicas, o evento reúne lideranças e empresas de diversos segmentos, com destaque para aquelas que compõem o setor produtivo do agronegócio.

A Secretaria de Agricultura montou um estande na Expozebu, onde o público pode conhecer o trabalho desenvolvido pelo Governo de Minas, principalmente pela Emater, Epamig e IMA. O local também funciona como um plantão técnico.

“A Expozebu é um grande centro de debates sobre o desenvolvimento da pecuária nacional, destacando-se ainda como importante polo de encontro da cadeia produtiva da carne e do leite”, enfatiza o secretário Elmiro Nascimento.

Segundo a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), entidade promotora da feira, a Expozebu é a vitrine e o ponto de partida para o atual estágio de evolução e desenvolvimento genético em que se encontra o rebanho zebuíno brasileiro, que hoje corresponde a mais de 80% do rebanho bovino nacional. Ainda de acordo com a associação, a Expozebu deverá reunir este ano cerca de 3 mil exemplares de bovinos das raças nelore, gir, guzerá, indubrasil, entre outras.  O público esperado é de aproximadamente 300 mil pessoas, incluindo visitantes estrangeiros de mais de 20 países.

A 78ª Expozebu conta com o apoio do Governo de Minas e segue até o dia 10 de maio, no Parque de Exposições Fernando Costa, em Uberaba.

Serviço:

Abertura oficial da 78ª Expozebu – Exposição Internacional de Gado Zebu

Data: 3 de maio

Horário: 10 horas

Local: Parque de Exposições Fernando Costa, Uberaba

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretario-de-agricultura-participa-da-solenidade-de-abertura-da-expozebu-em-uberaba/

Gestão Anastasia: agricultura familiar de Minas avalia serviços de extensão

Secretaria debate com o setor propostas para debate nacional

Divulgação/Seapa
Abertura da 1ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais
Abertura da 1ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais

Ao abrir a 1ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais, nesta terça-feira (13), em Belo Horizonte, o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, disse que “um dos principais focos do governo estadual é o estímulo à agricultura familiar”. Por isso, acrescentou, “o poder público procura fortalecer parcerias para desenvolver ações com o objetivo de possibilitar dias melhores aos pequenos produtores e garantir a sustentabilidade do setor”.

A conferência é uma realização da Secretaria da Agricultura, por intermédio da Subsecretaria de Agricultura Familiar, com a parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O encontro reúne cerca de 150 delegados, representando os segmentos da agricultura familiar, sociedade civil, órgãos governamentais (federal e estadual) e técnicos envolvidos com o trabalho de extensão rural no Estado. O evento segue até o dia 15 na Casa de Retiro São José, no bairro Dom Bosco.

De acordo com o subsecretário de Agricultura Familiar de Minas Gerais, Edmar Gadelha, estão em pauta temas como o papel da assistência técnica e extensão rural no desenvolvimento rural sustentável; na diversidade da agricultura familiar e redução das desigualdades. Também serão abordadas a gestão, o financiamento, a demanda e oferta de serviços de Ater, além da metodologia de extensão rural.

“O objetivo da conferência estadual de Ater é definir propostas para a consolidação e alinhamento da política de assistência técnica e extensão rural em Minas Gerais, com a participação de entidades governamentais e da sociedade civil organizada, no caso ressaltando a atuação junto à agricultura familiar”, assinala Gadelha.

Ele explica que os serviços do extensionista rural são indispensáveis para a educação e transmissão da tecnologia que garantem a produção de alimentos de acordo com as normas de qualidade e segurança alimentar e os princípios da sustentabilidade. As ações da extensão em Minas Gerais já atendem a um universo da ordem de 320 mil produtores familiares.

Gadelha ainda diz que a avaliação da política de extensão rural em Minas Gerais para a agricultura familiar faz parte do esforço do governo estadual em aprimorar as condições de funcionamento do setor, que responde por 45% da produção de leite, 47 % da produção de milho, 32% de café e feijão; 83% de mandioca e 44% da produção de arroz. Em todo o Estado, são 437.415 propriedades de agricultora familiares, o que representa 79% de todos os estabelecimentos rurais em Minas.

As propostas definidas na 1ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais serão apresentadas na 1ª Conferência Nacional sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que será realizada em abril, em Brasília.

Participaram também da solenidade de abertura da conferência: o delegado federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), Alcides Guedes Filho; o presidente do  Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea-MG), Dom Mauro Morelli; o superitendente regional do Incra em Minas Gerais, Carlos Calazans; o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais (Fetaemg), Vilson Luiz da Silva; e o presidente da Assembléia Legislativa de Minas, deputado Dinis Pinheiro.

Fonte: Agência Minas