Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Governo de Minas entrega agências do Banco Travessia a mais dois municípios da região Norte

Iniciativa visa incentivar o retorno das pessoas aos estudos e, assim, aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho

Os moradores de São João do Pacuí e Campo Azul, no Norte de Minas, passam agora a contar com os benefícios do Banco Travessia. As agências foram inauguradas nesta quinta-feira (17). A estimativa é que famílias de quase 1.500 domicílios sejam beneficiadas nas duas cidades.

Os municípios de Natalândia e Santa Fé de Minas foram os primeiros do ano a receberem as agências. Os moradores de Lagoa dos Patos também já contam com a unidade, inaugurada na última terça-feira (15). Até o final de junho, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), vai inaugurar outras 25 unidades, em várias regiões do Estado, totalizando 30 agências. A expectativa é que famílias de quase 22 mil domicílios sejam beneficiadas.

O projeto faz parte do novo escopo do Programa Travessia, coordenado pela Sedese. Com a iniciativa, o Banco Travessia passa a atender 40 cidades, já que outras unidades estão em funcionamento em 10 municípios: Sabará, Confins, Capim Branco, Presidente Kubitschek, Arinos, Matutina, Juiz de Fora, Ninheira, Santo Antônio do Jacinto e Itinga.

Banco Travessia

Lançado pelo Governo de Minas, em setembro de 2011, o Banco Travessia visa incentivar o retorno das pessoas aos estudos e, consequentemente, aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho.

Para conhecer a real demanda das famílias por escolaridade, o projeto utiliza o diagnóstico do Porta a Porta, também coordenado pela Sedese. Cada morador dessas cidades inserido no programa e que retomar os estudos vai abrir uma poupança para a família no Banco Travessia. Se passar de ano, garante mais dinheiro no banco.

Cada ação da família que garanta qualificação profissional ou eleve o nível de escolaridade também será transformada em mais dinheiro na poupança. A permanência no programa pode ser de dois ou três anos, e uma família pode receber, no máximo, R$ 5 mil.

Confira as próximas inaugurações de agências do Banco Travessia: 

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-entrega-agencias-do-banco-travessia-a-mais-dois-municipios-da-regiao-norte/

Governo de Minas inaugura Banco Travessia em Juiz de Fora

BELO HORIZONTE (15/12/11) – O Banco Travessia, que incentiva a retomada dos estudos, abrirá as portas nesta sexta-feira (16), em Juiz de Fora, na Vila Olavo Costa. O projeto, uma iniciativa pioneira do Governo de Minas em parceria com a Prefeitura da cidade, oferece uma poupança para as famílias carentes que retornam aos estudos. A pessoa recebe uma moeda de troca chamada “Travessia” e cada Travessia equivale a R$ 1,00.

Se um membro passar de ano, garante mais dinheiro no banco. Cada ação da família que garanta mais qualificação profissional ou eleve o nível de escolaridade também é transformada em mais dinheiro na poupança. Depois de dois ou três anos, a família retira toda a quantia depositada, que pode chegar a R$ 5 mil.

A Vila Olavo Costa foi escolhida para receber o Banco Travessia após outro projeto do Governo de Minas, o Porta a Porta, identificar forte privação no âmbito da educação no bairro. Em mais de 50% dos domicílios pesquisados (cerca de 1.350), foi apontada pelo menos uma grave privação em educação, ultrapassando os índices avaliados no âmbito de padrão de vida (19,5%) e saúde (10,3%).

“O desenvolvimento social deve ser pensado a fim de realmente mudar a vida das pessoas. E esse é um desafio difícil, mas que pode ser alcançado se soubermos, de fato, o que as pessoas precisam. Então, o Porta a Porta veio para identificar as privações das famílias e consequentemente da sociedade”, ressalta o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Wander Borges.

Novas agências no Estado

No início de dezembro, as primeiras agências do Banco Travessia foram inauguradas em Sabará, Confins e Capim Branco, municípios localizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Até o dia 22 deste mês, mais unidades serão instaladas em outras seis cidades (Presidente Kubitschek, Arinos, Matutina, Ninheira, Santo Antônio do Jacinto e Itinga), além de Juiz de Fora. A previsão é que mais de 14 mil famílias sejam atendidas em todas as cidades.

Para 2012 também está prevista a inauguração de novas agências do Banco Travessia. Na Zona da Mata, a cidade de Oratórios deverá ser contemplada.

Programa Travessia

O Banco Travessia foi criado este ano pelo governador Antonio Anastasia e integra o Programa Travessia, que combate a pobreza nas cidades mineiras com graves privações sociais. O combate é feito por meio da ação integrada e simultânea de secretarias e órgãos estatais, nas áreas de saúde, educação, geração de renda, infraestrutura urbana, saneamento e capacitação profissional.

Fonte: Agência Minas