Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Governo de Minas anuncia novos acessos viários a Guaranésia e Guaxupé

Segundo o secretário Carlos Melles, as intervenções devem iniciar em até 15 dias e terminar em um período de até 120 dias

Divulgação / Setop
"Vamos ter no Sul de Minas dois trevos de altíssima qualidade", destacou Carlos Melles
“Vamos ter no Sul de Minas dois trevos de altíssima qualidade”, destacou Carlos Melles

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), José Elcio Monteze, autorizaram os serviços de melhoria e reformulação dos trevos de acesso à Guaxupé e à usina Alvorada do Bebedouro, em Guaranésia, no Sul de Minas. As intervenções fazem parte do trecho de 27,5 quilômetros da BR-491, inserido no Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), da Coordenadoria Regional de Passos.

“Vamos ter aqui nesta região dois trevos de altíssima qualidade e com a garantia de sempre: a obra só foi anunciada porque o governo tem os recursos em caixa para começar e terminar. Quem usa as estradas de Minas sabe o quanto o programa ProMG é bom para todos nós”, ressaltou o secretário Melles. Segundo ele, as intervenções devem iniciar em até 15 dias e terminar em um período de até 120 dias.

Para o prefeito de Guaxupé, Roberto Luciano Vieira, “a reformulação dos trevos e a recuperação dos trechos rodoviários, são diferenciais como fatores de desenvolvimento, crescimento e renda não só para Guaxupé como para toda a região da Associação dos Municípios da Baixa Mogiana (Amog), que tem quase 300 mil habitantes”. O prefeito de Guaranésia, João Carlos Minchillo, destacou os demais investimentos realizados pelo Governo de Minas na cidade. “Quanta coisa boa para a nossa cidade e região já recebemos, fruto de trabalho sério, organizado e comprometido”.

ProMG de Passos

No último dia 14, foi assinado o segundo contrato do ProMG de Passos, beneficiando 23 municípios sob jurisdição da 24ª Coordenadoria Regional do DER: Alpinópolis, Alterosa, Arceburgo, Areado, Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Conceição da Aparecida, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Guaranésia, Guaxupé, Ibiraci, Itamoji, Itaú de Minas, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.

O diretor-geral do DER-MG, José Elcio Monteze, destacou que “o ProMG, com o apoio do governador Antonio Anastasia, realmente tem conseguido dar um padrão de rodovias sem buracos, com conforto e segurança que é fundamental”. “Os novos trevos terão a geometria e dispositivos para inibir a velocidade, serão rotatórias alongadas, não vazadas e com canteiro central”, afirmou. O mais importante, completou José Elcio, é a “conscientização dos motoristas”.

Com este segundo contrato, serão recuperados e mantidos 396,8 quilômetros de rodovias estaduais, com recursos da ordem dos R$ 107 milhões, incluindo material betuminoso. O primeiro contrato do ProMG em Passos, assinado em 2007, investiu R$ 64 milhões e recuperou 355 quilômetros de rodovias.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-anuncia-novos-acessos-viarios-a-guaranesia-e-guaxupe/

Gestão Anastasia: Setop assina nesta quinta-feira ordem de serviço do ProMG no Sul de Minas

Contrato prevê investimento de R$ 107 milhões para manutenção de quase 400km de rodovias na região

 A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) assinam, nesta quinta-feira (14), Ordem de Início das obras do segundo contrato do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), na região Sul, onde se localiza a 24ª Coordenadoria Regional do DER/MG, com sede em Passos.

Com duração de quatro anos, o contrato de manutenção do ProMG prevê investimento de R$ 107 milhões destinados à recuperação e manutenção de 396,8 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas. Atualmente, nove Coordenadorias Regionais do DER/MG – Belo Horizonte, Barbacena, Ubá, Varginha, Oliveira, Ponte Nova, Formiga, Passos e Juiz de Fora – estão sob o regime de manutenção continuada.

 

Ordem de Início ProMG de Passos

Dia: 14/06/2012 (quinta-feira)

Horário: 11 horas

Local: Sede do DER de Passos (Rua Doutor Carvalho, 1395, Bairro Belo Horizonte)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/setop-assina-nesta-quinta-feira-ordem-de-servico-do-promg-no-sul-de-minas/

Gestão em Minas: Departamento de Estradas de Rodagem inicia obras em trecho da MG-030

Os trabalhos estão previstos para serem executados em 120 dias aproximadamente

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/MG) inicia nesta sexta-feira (2) as obras no quilômetro 14 da MG-030. O problema no local foi provocado pelo período de chuvas intensas do mês de janeiro. A infiltração de água em excesso no lençol freático provocou o rompimento do aterro e, consequentemente, o abatimento da pista direita, o que obrigou desvio do tráfego para a pista da esquerda, sentido Nova Lima/Belo Horizonte.

Estudos técnicos – topográficos e geotécnicos – foram realizados por especialistas do DER/MG, que apontaram como melhor forma de resolver o problema a contenção do maciço empregando a técnica de cortina atirantada, que é um muro de contenção fixado no terreno através de tirantes de aço. Os trabalhos estão previstos para serem executados em 120 dias aproximadamente.

Os tapumes que foram colocados no quilômetro 14 têm como objetivo dar mais segurança aos trabalhadores e aos motoristas. As obras serão realizadas com recursos destinados ao Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária de Minas Gerais (ProMG), que gerencia na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), 524,3 km de rodovias, em um investimento total de R$ 148,6 milhões, nos quatro anos de contrato, iniciado em agosto do ano passado. Esse contrato do ProMG beneficia 30 municípios e 31 trechos rodoviários, onde se inclui a MG-030, com três trechos que somam 34,4 quilômetros: viaduto da rede ferroviária (Águas Claras) até o entroncamento para Nova Lima (8,8 quilômetros), Rio Acima até Nova Lima (20,1 quilômetros) e Itabirito a São Gonçalo do Bação (5,5 quilômetros).

Em 2011, no trecho da MG-030 entre o viaduto da rede ferroviária (Águas Claras) até o entroncamento para Nova Lima, merece destaque a recuperação do quilômetro 11,6, na pista esquerda, sentindo Nova Lima/Belo Horizonte, próximo ao Shopping Serena Mall. No local foi construído um novo bueiro e aterro para receber nova pavimentação.

No quilômetro 27, houve o rompimento de um aterro. O local está em meia pista e já foram concluídos os estudos técnicos para elaboração de projeto de engenharia que se encontra em andamento e, tão logo seja concluído, as obras entram em execução. No quilômetro 18, o abatimento da pista do lado direito deixou o tráfego em meia pista e as obras de recuperação já foram iniciadas.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: DER libera trecho da LMG-779 entre Itabira e João Monlevade

Homens e máquinas do DER-MG tiraram mais de 2.720 caminhões de terra do local, que estava interrompido por uma queda de barreira

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) liberou nesta terça-feira (31) o tráfego na LMG-779, no trecho que liga Itabira a João Monlevade, na região Central. Uma queda de barreira no quilômetro 18,5, com mais de 40 mil metros cúbicos de terra, impedia a passagem de veículos.

Homens e máquinas do DER-MG encheram mais de 2.720 caminhões de terra, que despejaram o material em três bota-foras próximos ao local. O tráfego médio no trecho é de cerca de dois mil veículos/dia e, com a interrupção, os motoristas foram obrigados a fazer um trajeto alternativo.

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, afirmou queo Governo de Minas, por meio do DER-MG, vem trabalhando de forma intensa e ininterrupta para garantir a volta da normalidade do tráfego nas rodovias mineiras.

Melles também elogiou o trabalho com as populações atingidas pelas chuvas. “Um belo trabalho, coordenado pela Defesa Civil, garantiu água, remédios, roupas e alimentos, oferecendo o mínimo de dignidade às comunidades atingidas, hoje assistidas e com a vida retornando em um ritmo de normalidade”, disse o secretário.

O diretor-geral do DER-MG, José Elcio Monteze, destacou os investimentos que o Estado vem fazendo na recuperação da infraestutura de Minas, através do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária (ProMG). “Se não fossem esses investimentos, os prejuízos poderiam ser maiores, devido ao grande volume de chuva”, explicou.

Balanço

Outro ponto da LMG-779 que sofreu as consequências das chuvas intensas foi o quilômetro 22, que está com o tráfego em meia pista, em função de afundamento do asfalto. Técnicos do DER-MG estimam que até a próxima semana o pavimento seja recuperado e o problema, resolvido, com a reconstrução de um novo bueiro.

Desde o início do período chuvoso, o DER-MG já liberou mais de 66 trechos de estradas estaduais e federais delegadas, de um total de186 ocorrências. O órgão tem intensificado os trabalhos em diversas regiões atingidas pelas chuvas, com a mobilização de máquinas e homens para atuar na desobstrução e recuperação de estradas afetadas.

Atualmente há sete trechos totalmente interrompidos, 77 com tráfego em meia pista, 24 segmentos precários, nove operando com variantes e três com limite de peso. Todos os trechos estão sinalizados e monitorados pelas equipes do DER-MG.

Fonte: Agência Minas

Governo Aécio Neves investe R$ 2 bilhões em obras em Minas Gerais

Serviço Público

Fonte:Agência Minas

Ações do Governo Aécio Neves vem mudando a realidade de milhões de pessoas nos últimos sete anos com os programas ProacessoProMGMinas Avança, entre outros. Somente na área de Transportes e Obras, o Governo investiu, em 2009, cerca de R$ 2 bilhões em obras de infraestrutura.

No Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (Proacesso) foram destinados recursos da ordem de R$ 950 milhões para a conclusão de 33 novos trechos do programa, o que corresponde a 1.085 quilômetros de novas rodovias pavimentadas. Trata-se do maior volume de obras executadas dentro do Programa, em um ano.

Pelo Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG) foram investidos mais de R$ 261 milhões, em 2009.  O programa já atingiu 30% da malha estadual pavimentada, que hoje é de 17.896 quilômetros. Outros R$ 300 milhões foram destinados à construção de obras urbanas, como a duplicação da avenida Antonio Carlos e construção e recuperação de estradas que compõem outros programas de Governo.

Para o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fuad Noman, o Proacesso tem um alcance social muito alto. “O programa melhora a vida das pessoas facilitando o acesso a bens e serviços com a pavimentação dos trechos”, disse.

O secretário informou que “estão contratados, por meio do ProMG, 4.334 quilômetros de rodovias pavimentadas, dos quais 3.513 já recuperados e em fase de manutenção”. Estão incluídas no programa rodovias sob jurisdição das coordenadorias regionais do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) de Belo Horizonte, Formiga, Oliveira, Passos, Pará de Minas, Itajubá, Poços de Caldas, Juiz de Fora, Varginha e Ubá. O ProMG prevê a recuperação de estradas pavimentadas e manutenção por um período de quatro anos.

Fuad destacou também a parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, lembrando o convênio para a duplicação de 2,2 quilômetros da avenida Antonio Carlos, com investimentos de R$ 190 milhões para as obras, que incluem a construção de sete novos viadutos, no trecho entre a rua dos Operários até a Lagoinha. Dois viadutos situados na confluência da rua dos Operários e 650 metros de pistas duplicadas, já entregues a população.

Por meio de convênios, foram investidos cerca de R$ 171 milhões em 706 contratos, beneficiando cerca de 430 municípios mineiros. Os recursos estão sendo aplicados em obras de infraestrutura básica, tais como melhoramentos de vias, pontes e edificações, saneamento, urbanização.

No setor de edificações públicas, foram investidos cerca de R$ 212 milhões em 234 obras – escolas, postos fiscais, postos de saúde e hospitais, entre outras.