Arquivos do Blog

2014: FHC e Alckmin defendem candidatura de Aécio em Poços de Caldas

2014: FHC e Alckmin defenderam pela primeira vez publicamente que o senador Aécio seja o candidato do PSDB na disputa presidencial.

2014: Aécio Neves presidente

Fonte: Folha de S.Paulo

FHC e aliados de Serra declaram apoio a Aécio para a Presidência

Alckmin pede para senador mineiro ‘servir ao povo brasileiro’ 

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador de São PauloGeraldo Alckmin, defenderam ontem pela primeira vez publicamente que o senador mineiro Aécio Neves seja o candidato do PSDB na disputa pela presidencial de 2014.

“Chegou o momento, Aécio, de assumir a responsabilidade. A história, na sua impetuosidade, seleciona. Não sei se é justo ou injusto. É o momento, e o momento é seu”, disse Fernando Henrique em encontro do PSDB em Poços de Caldas (MG).

Nos bastidores, ele já vinha orientando Aécio a se portar como candidato, mas essa foi a primeira vez que o tucano defendeu a candidatura do mineiro em evento público.

“É a esperança que nos traz hoje, Aécio, aqui a Minas, para dizer a você: percorra o Brasil, ouça o povo brasileiro, fale ao povo brasileiro. […] Com a sua juventude, a sua experiência, sua competência para servir ao povo brasileiro”, disse Alckmin.

O paulista é do mesmo Estado que o ex-governador José Serra, que insiste no desejo de ser o candidato indicado pelo PSDB para disputar a Presidência e tem percorrido o país numa tentativa manter seu nome na disputa.

Além de Alckmin e FHC, também defenderam abertamente a candidatura de Aécio o senador Aloysio Nunes (SP), aliado histórico de Serra, o governador Antonio Anastasia (MG) e o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

“Ouvir aqui o que ouvi do governador Geraldo Alckmin na verdade só me faz dizer de forma absolutamente clara: o PSDB está pronto no ano que vem para apresentar ao Brasil uma nova proposta”, disse Aécio.

PSDB realizou ontem na cidade mineira o encontro partidário “Federação Já, Poços de Caldas +30“, com críticas à concentração de receitas na União e em defesa da “autonomia e fortalecimento” de Estados e municípios.

O encontro também fez homenagem aos 30 anos da Declaração de Poços de Caldas, documento assinado pelos então governadores Tancredo Neves (MG) e Franco Montoro (SP), no qual se comprometeram com a campanha pelas eleições diretas para presidente.

(PATRÍCIA BRITTO E MARINA DIAS)

Gestão da Segurança: Uberaba vai ganhar projeto Olho Vivo

Governo Anastasia: O investimento será de R$ 6 milhões, oriundos do financiamento realizado pela Seds com o BID

Gestão da Segurança: Govenro Anastasia

Fonte: Agência Minas

Projeto ajuda a reduzir até 50% a incidência de crimes violentos

O reforço na segurança foi anunciado durante reunião da Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp)

A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, vai ganhar uma das ferramentas de Defesa Social mais eficientes no combate à criminalidade. Até o início do próximo ano serão instaladas cerca de 50 câmeras de monitoramento do Olho Vivo, projeto que contabiliza até 50% de diminuição de crimes violentos nas regiões onde já foi implantado. A previsão é que as câmeras sejam implantadas na região do Centro Comercial da cidade. O investimento será de R$ 6 milhões, oriundos do financiamento realizado pela Seds com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Por meio do Olho Vivo as imagens das ruas onde as câmeras de videomonitoramento estão instaladas são enviadas para uma central onde passam a ser visualizadas, gravadas, reproduzidas e arquivadas. Além da inibição dos crimes, o projeto também tem bons resultados na pronta resposta das polícias na identificação e prisão de suspeitos.

O reforço foi anunciado nesta quarta-feira (8) durante reunião da Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp), na 5ª Região Integrada de Segurança Pública (5ª Risp), sediada em Uberaba. O município é o quinto do Estado a receber a cúpula da Defesa Social que, até final do ano, irá se reunir com todos os comandantes das regiões daPolícia Militar e chefes de departamentos regionais da Polícia Civil nas 18 Risps do Estado.

Nestas reuniões, o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, o comandante geral da Polícia Militar, Cel. Márcio Martins Sant´Ana, e o chefe da Polícia Civil, Dr. Cylton Brandão da Matta vão até as cidades sedes das Risps para fazer uma discussão regionalizada dos problemas. A partir deste diagnóstico, são traçadas metas objetivas e de curto prazo para a contenção da violência, como as anunciadas em Uberaba.

Além do projeto Olho Vivo, a cidade vai contar com um Posto de Perícia Integrada (PPI), iniciado no primeiro semestre do ano que vem que reunirá as atividades do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Criminal. A delegacia regional da 5ª Risp também será reformada – obra estimada em 1,5 milhão – e até que o PPI fique pronto, será realizada uma reforma também no atual IML. O secretário de Defesa Social acredita que as medidas adotadas terão impacto em breve na criminalidade do município, além de refletirem na capacidade de trabalho das polícias.

Durante a reunião, o chefe da Polícia Civil, Dr. Cylton Brandão, também salientou a importância da contratação imediata de estagiários de direito para dar suporte às atividades burocráticas das delegacias da 5ª Risp e da chegada de novos delegados e escrivães à região, ainda neste ano. “Nossa previsão é que os escrivães estejam trabalhando já em outubro e os delegados, entre fevereiro e março.”

Igesp

A nova metodologia das reuniões do Igesp (Integração da Gestão em Segurança Pública) foi anunciada pelo secretário Rômulo Ferraz em maio, no lançamento do Plano Integrado de Enfrentamento à Violência. Além das reuniões regionalizadas nas Risps do interior, baseadas nas reuniões do Comitê Interinstitucional de Monitoramento dos Crimes Violentos, o novo formato da metodologia prevê a realização do Igesp Temático de Proteção Pública, voltado para o acompanhamento das metas definidas no ano para o Corpo de Bombeiros. As Risps de Montes Claros, Ipatinga, Poços de Caldas e Divinópolis já receberam reuniões da cúpula da Defesa Social, que contam também com o envolvimento da Justiça e do Ministério Público.

A Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp) é um modelo de organização e gestão do trabalho policial para integrar ações e informações de segurança. Iniciada de forma pioneira em Minas Gerais em 2003, a metodologia foi um dos fatores responsáveis pela redução de quase 50% dos índices de criminalidade no Estado nos últimos anos. O Igesp contempla áreas de atuação, procedimentos, metodologias e delimitação de territórios geográficos comuns, em níveis operacionais, táticos e estratégicos.

Link da matéria: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/uberaba-vai-ganhar-cerca-de-50-cameras-de-monitoramento-do-projeto-olho-vivo/

Gestão Eficiente: Governo de Minas libera R$ 1,5 milhão para municípios do Sul do Estado

Santa Casa de Poços de Caldas beneficiará 66 cidades da região. Secretaria de Saúde também firmou convênios em Botelhos e Muzambinho

Henrique Chendes / SES
“Investir em saúde é um dos principais objetivos do Governo de Minas para transformar a vida dos mineiros”, disse Antônio Jorge
“Investir em saúde é um dos principais objetivos do Governo de Minas para transformar a vida dos mineiros”, disse Antônio Jorge

O secretário de Estado de Saúde de Minas, Antônio Jorge de Souza Marques, esteve em Poços de Caldas nesta sexta-feira (22), onde celebrou convênio no valor de R$ 1 milhão para a construção da primeira fase da Unidade de Atendimento de Alta Complexibilidade de Oncologia (Unacon) na Irmandade do Hospital da Santa Casa. O valor é referente à primeira e segunda parcelas de  um convênio de R$ 4 milhões com a instituição.

“O Estado tem imensa preocupação com o tratamento do câncer. Por isso, tem procurado investir em unidades que possam ser referência para os pacientes. Locais que ofereçam um tratamento digno e humanizado o mais próximo possível de casa. A medida é regionalizar a rede. Com os investimentos que hoje liberamos a Santa Casa de Poços talvez seja o embrião de um grande hospital do câncer aqui no sul de Minas”, disse o secretário.

A unidade também foi contemplada com um convênio no valor de R$ 100 mil destinados a aquisição de equipamentos e materiais permanentes para equipar a Santa Casa, dentro do programa da Rede de Urgência Emergência, nível III.

Outros convênios

Antônio Jorge também firmou outros convênios com municípios do Sul de Minas. Os municípios Botelhos e Muzambinho receberam o valor de R$ 105.300 cada um para a estruturação e o custeio da Unidade da Rede Farmácia de Minas.

A Fundação Gota de Leite de Assistência à Criança recebeu R$ 130 mil para a aquisição de um aparelho de mamografia. Já a Irmandade da Santa Casa de Caridade do município de Machado foi contemplada com R$ 130 mil para a aquisição de um aparelho de mamografia. “Investir em saúde é um dos principais objetivos do Governo de Minas para transformar a vida dos mineiros”, disse o secretário.

Ambulatório da Santa Casa de Poços de Caldas

Durante a viagem oficial à região Sul, o secretário participou da inauguração da unidade médica ambulatorial da Santa Casa de Poços de Caldas. O Governo de Minas investiu R$ 296.685,15 na obra, que beneficiará 66 municípios da região. A unidade atenderá aos pacientes que realizam procedimentos médicos no hospital, como cirurgia oncológica, torácica, urológica, plástica, mastológica, oncológica clínica e procedimentos de hematologia.

Além disso, também oferecerá atendimento médico multidisciplinar contemplando psicologia, serviço social, fisioterapeuta, nutricionista e equipe de enfermagem, todos capacitados para atendimento especializado.

O provedor da Santa Casa, Márcio Roberto Corrêa, disse que a obra representa um grande avanço no tratamento dos pacientes com câncer. “A obra ira beneficiar não somente aos moradores de Poços de Caldas, mas de toda a região, disse. “Um ambulatório com essa infraestrutura permite que, ao chegar aqui, a pessoa se sinta melhor, porque este espaço transmite esperança”, destacou Maria Helena Braga, secretária municipal de Educação.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-libera-r-15-milhao-para-municipios-do-sul-do-estado/

Gestão Anastasia: em Minas, policiais civis e militares participam de treinamento integrado

Ao todo, 1.015 profissionais serão qualificados somente no primeiro semestre deste ano na capital e em cidades do interior

Policiais civis e militares aprendendo juntos. É o que acontece no Treinamento Policial Integrado, uma iniciativa da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). O curso de cinco dias acontece na Academia da Polícia Civil, em Belo Horizonte, e reúne turmas de 35 alunos para aulas práticas e teóricas.

Ao todo, 1.015 profissionais serão qualificados somente no primeiro semestre deste ano. Além da capital, outras cidades mineiras também receberão o curso, entre elas Uberlândia e Poços de Caldas. A meta é treinar todo o efetivo das duas corporações.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/em-minas-policiais-civis-e-militares-participam-de-treinamento-integrado/

Governo de Minas: professor da rede estadual de ensino retorna do Programa Liep

Aprendizados adquiridos no intercâmbio nos Estados Unidos vão aprimorar o ensino da Língua Inglesa na sala de aula

Divulgação SEE
Professor durante o intercâmbio nos Estados Unidos
Professor durante o intercâmbio nos Estados Unidos

A Escola Estadual José Severino Filho, em São João Batista da Gloria , no Sul do Estado, ligada à Secretaria de Estado de Educação recebe o professor de língua inglesa Carlos Henrique Borim que após cinco meses de intercâmbio nos Estados Unidos, pelo programa Lideres Internacionais em Educação (LIEP), retoma suas atividades na escola. Depois do curso na Universidade Clemson, no estado da Carolina do Sul, Carlos Henrique poderá aprimorar suas aulas com os conhecimentos adquiridos.

Entre os conteúdos estudados estavam: Tecnologias aplicadas à educação e orientações para o trabalho em sala como: Disciplina, avaliação e trabalhado psicológico com o aluno. O educador também teve a opção de escolher dois conteúdos específicos que foram a psicologia da educação e a educação internacional.

O contato não ficou apenas no campo da teoria. Carlos Henrique também teve uma rotina em uma escola colegial, que corresponde ao ensino médio no Brasil. “Nós também tivemos estágio em uma escola pública. Eu fiquei em uma do interior, onde eu tinha que ir para a sala e dar aula para os alunos norte-americanos”, conta.

Experiência Extra

Além da experiência na Universidade da Carolina do Sul, Carlos Henrique assistiu a uma palestra na Universidade de Harvard, com o idealizador da teoria das múltiplas inteligências, o pesquisador e cientista norte-americano, Howard Gardner.

“Esse cientista já escreveu mais de 20 livros e, em sua teoria, mostra que cada pessoa pode ter uma forma diferente de aprender, alguns têm mais aptidão com a visão, outros com a audição. Trabalhar prestando atenção a essas diferenças é muito importante para o professor”, avalia Carlos Henrique, que trabalha na rede estadual de ensino há 14 anos.

Sobre a experiência no exterior, o professor destaca que a experiência agregou  conhecimento profissional e pessoal e também serviu de exemplo para os alunos da escola em que trabalha. “Conversando com a minha diretora, ela disse que comentou com os alunos a importância de correr atrás daquilo que deseja. Ela usou o meu exemplo. Eu havia tentado uma vez participar do Ilep e não consegui, mas resolvi tentar de novo e veio a minha vez. Quero trazer para a sala de aula os conhecimentos que adquiri nesse período, não só com os norte- americanos, mas com professores de outros países que, assim como eu, também tiveram essa oportunidade”, finaliza.

Experiência às avessas

Educadores dos Estados Unidos também têm a oportunidade de conhecer a experiência brasileira em educação. Desde o dia 10 de junho, 12 professores norte-americanos estão no Brasil para conhecerem as experiências pedagógicas do país na área da educação básica. Entre esses educadores estão as professoras Alison Gisk e Shauna Waters que realizam visita a escolas mineiras da Superintendência Regional de Ensino de Poços de Caldas. As professoras foram selecionadas dentro do Programa Teachers for Global Classrooms, (TGC), do Departamento de Estado Americano e Embaixada Americana no Brasil.

A professora Rita de Cássia, da Escola Estadual David Campista, em Poços de Caldas, no Sul do Estado, é uma das responsáveis por acompanhar as professoras na visitas às escolas. Segundo a educadora, as professoras visitantes têm gostado do que viram. “Eles têm gostado de conhecer nossas escolas e as diferentes realidades. Também acham os nossos alunos muito carinhosos. Em uma visita que fizemos à Campestrinho, distrito de Andradas, os alunos fizeram uma ‘roda de viola’ para recepcioná-las”, explica Rita de Cássia que já viveu experiência semelhante ao ter participado do Ilep na edição de 2011.

Na próxima quinta-feira (21), as professoras norte-americanas participarão de um encontro com 80 professores de Língua Inglesa, organizado pela Superintendência Regional de Ensino de Poços de Caldas. O encontro contará com a participação dos especialistas do Programa de Intervenção Pedagógica/ Conteúdos Básicos Comuns.

Programa de Intercâmbio

O Programa Líderes Internacional em Educação é realizado pela Embaixada Americana, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). O Programa tem como foco capacitar professores de inglês do ensino médio da rede pública. Além de um aprimoramento na língua, os educadores terão a oportunidade de conhecer de perto a cultura norte-americana e trocar experiências com estudantes e professores dos Estados Unidos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/professor-da-rede-estadual-de-ensino-retorna-do-programa-liep/

Gestão Anastasia: Comitê Regional do Sul de Minas realiza segunda reunião do Estado de Rede

Encontro será em Poços de Caldas, com objetivo de identificar necessidades locais que possam ser trabalhadas de forma multidisciplinar

Paulo Boanova / Seplag
A primeira reunião do Comitê Regional do Sul de Minas foir realizada em maio, em Varginha
A primeira reunião do Comitê Regional do Sul de Minas foir realizada em maio, em Varginha

O Comitê Regional do Sul de Minas inicia sua segunda reunião nesta quarta-feira (20), em Poços de Caldas. O objetivo do encontro é identificar necessidades locais que possam ser trabalhadas de forma multidisciplinar, possibilitando, em seu desdobramento, a implementação das estratégias governamentais para a região, conforme as metas traçadas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI 2011-2030).

Os comitês regionais são formados por agentes de diversas secretarias e órgãos estaduais que possuem unidades na região, e foram criados para dar início à implementação do programa Estado em Rede, que trabalha a regionalização da gestão governamental – uma das prioridades do governo Antonio Anastasia.

No primeiro encontro, realizado em março passado, foram discutidos vários temas que afetam o cotidiano dos municípios – como a evasão escolar e a necessidade da construção de estradas vicinais – cuja solução pode ser facilitada a partir do envolvimento mútuo de órgãos e secretarias regionais. A região Sul de Minas Gerais é formado por 155 municípios, divididos em 11 microrregiões, e possui o 2º Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

A reunião tem a participação de representantes da Secretaria de Estado de planejamento e Gestão (Seplag); Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais (Seccri), da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e Ouvidoria-Geral do Estado (OGE).

Nesta reunião, que será encerrada na quinta-feira (21), a equipe técnica da Seplag dará retorno ao comitê dos temas debatidos no primeiro encontro – que foram objeto de discussão na última reunião da Câmara Multissetorial, em 24 de abril. Também serão discutidos os objetivos estratégicos do PMDI.

A coordenação técnica dos comitês regionais, a elaboração da metodologia de trabalho e a condução da experiência-piloto são de competência conjunta da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão; Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais; Ouvidoria Geral do Estado e Secretaria de Estado de Governo.

Serviço

Evento: 2ª reunião do Comitê Regional do Sul de Minas

Data: 20 e 21/06/12

Local: SEST/ SENAT – Av. Geraldo C Abrantes, 200 – Poços de Caldas

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/comite-regional-do-sul-de-minas-realiza-segunda-reuniao-do-estado-de-rede/

Gestão Eficiente: Minas Gerais cresce mais que a média nacional em índice de competitividade do turismo

Secretário de Turismo, Agostinho Patrus Filho, atribui o bom resultado ao trabalho integrado realizado no Estado

Valter Campanato/ABr
Cidades históricas de Minas impulsionam Índice de Competitividade do Turismo Nacional
Cidades históricas de Minas impulsionam Índice de Competitividade do Turismo Nacional

Os destinos turísticos mineiros cresceram mais do que a média nacional, de acordo Índice de Competitividade do Turismo Nacional, divulgado pelo Ministério do Turismo e pelo Sebrae. Em 2011, o índice médio dos municípios mineiros pesquisados foi 10,3% maior do que a média nacional (57,5), atingindo o valor de 63,4.

De acordo como o estudo, a capital mineira, Belo Horizonte, obteve uma média de 75,5. Este número é 15,3% maior do que a média das outras capitais nacionais pesquisadas que obtiveram uma média de 65,5. Os demais municípios mineiros pesquisados, além da capital mineira, Diamantina, Ouro Preto e Tiradentes, obtiveram um índice médio de 59,4, ou seja, 14,7% acima dos municípios nacionais considerados como não capitais que atingiram o valor médio de 51,8. A cidade histórica de Tiradentes também foi considerada destaque em 2011 como não capital que mais evoluiu no indicador referente à capacidade empresarial com um aumento de 63,2% em relação ao valor alcançado em 2010.

O secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, comentou o crescimento do turismo mineiro atribuindo o bom resultado ao trabalho integrado realizado no Estado. “O Índice de Competitividade nos fornece informações que subsidiam o planejamento estratégico do Governo de Minas na atividade turística. Por meio dele, podemos monitorar a evolução da atividade nos destinos e no país para melhor atender o turista e planejarmos as nossas Políticas Públicas”, afirmou.

Índice de Competitividade

O Índice de Competitividade é uma ferramenta de gestão que tem como finalidade identificar pontos fortes e a serem desenvolvidos nos destinos turísticos. O Índice é apurado anualmente, desde 2008, em pesquisas de campo realizadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional, priorizados pelo Ministério do Turismo. Em Minas Gerais, os municípios pesquisados foram Belo Horizonte, Diamantina, Ouro Preto e Tiradentes. O estudo avalia 13 dimensões, como infraestrutura turística, serviços e equipamentos, atrativos, aspectos sociais e ambientais, dentre outros.

Em uma iniciativa inédita no Brasil, o Governo de Minas, através da Secretaria de Estado de Turismo ampliou este estudo para outras 17 cidades mineiras que também, periodicamente, recebem pesquisa da Fundação Getúlio Vargas para analisar a sua evolução e competitividade. Integram esta política os seguintes municípios: Sete Lagoas, Santana do Riacho (Serra do Cipó), Poços de Caldas, São Lourenço, Juiz de Fora, Camanducaia (Monte Verde), Caxambu, Maria da Fé, Caeté, Araxá, Capitólio, Brumadinho, Montes Claros, Ipatinga, Uberlândia, Governador Valadares e Itabira.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/minas-gerais-cresce-mais-que-a-media-nacional-em-indice-de-competitividade-do-turismo/

Governo de Minas: Seplag recebe inscrições para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico

Terminam dia 22 as inscrições para formação de cadastro de reserva para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico para a Unidade Pericial Central

Terminam no próximo dia 22 as inscrições para formação de cadastro de reserva para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico para a Unidade Pericial Central. As inscrições se estendem também para cadastro de reserva, somente para médico-perito, para as Unidades Periciais Regionais de Almenara, Araçuaí, Barbacena, Caratinga, Coronel Fabriciano, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Itabira, Janaúba, Juiz de Fora, Lavras, Leopoldina, Montes Claros, Muriaé, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, São João Del Rei, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha, Viçosa.

De acordo com a Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional, da Seplag, a remuneração prevista para médico-perito é de R$ 2.967,54 com carga horária semanal de 20h, fisioterapeuta-perito R$ 1.854,72 com carga horária semanal de 30h e auxiliar de apoio logístico: R$ 840,43 com carga horária semanal de 40h. Para mais informações, clique aqui.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/seplag-recebe-inscricoes-para-medico-perito-fisioterapeuta-perito-e-auxiliar-de-apoio-logistico/

Governo de Minas: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, recebe a fase final do Campeonato Mineiro de Rugby

Semifinais serão neste domingo; a grande decisão do torneio estadual será no próximo dia 24

Gil Leonardi / Imprensa MG
É a primeira vez que a Arena do Jacaré receberá partidas de rugby
É a primeira vez que a Arena do Jacaré receberá partidas de rugby

O Estádio Joaquim Henrique Nogueira, mais conhecido como Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, recebe neste domingo (10), a partir das 10 horas, as semifinais do Campeonato Mineiro de Rugby. Será a primeira vez que o estádio, administrado pela Administração de Estádios do Estado de Minas Gerais (Ademg), receberá eventos desta modalidade esportiva.

As partidas das semifinais serão entre o BH Rugby A e o Inconfidentes Rugby. Em seguida, se enfrentarão o Varginha Rugby e BH Rugby B. A expectativa dos organizadores é que mais de mil espectadores acompanhem as partidas deste domingo, em Sete Lagoas. A grande decisão da competição também acontecerá na Arena do Jacaré, no próximo dia 24 de junho.

Rugby

O Rugby possui diversas modalidades, sendo as mais tradicionais Seven a Side, com sete jogadores em cada time e XV, com quinze jogadores em cada time. Para todas as modalidades são dois tempos de jogo. Na modalidade Seven, o jogo conta com sete minutos cada tempo e na modalidade XV, são 40 minutos cada tempo.

Embora o Rugby seja um esporte com uma história centenária e tradicional em países como a Inglaterra, Nova Zelândia e Escócia, a prática dessa modalidade de forma organizada é recente em Minas Gerais. A Federação Mineira de Rugby foi fundada em 2009 e, desde então, divulga o esporte em todo o Estado.

O esporte tem crescido muito no estado, reflexo disso é a quantidade de clubes que estão surgindo e que tem procurado a federação para acertar o registro e participar dos torneios em 2013. Isso se deve ao fator do Rugby voltar a ser esporte olímpico e com as propagandas que tem veiculado na mídia”, afirma o presidente da FMRugby, Bruno Verçosa.

Rugby em Minas

Este ano, o Campeonato Mineiro de Rugby contou com 10 times na primeira divisão e três na segunda divisão. De acordo com a FMRugby, além de Belo Horizonte, há equipes nas cidades de Uberlândia, Varginha, Ouro Preto, Poços de Caldas, Campo Belo, São João Del Rey, Lavras e Uberaba.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/arena-do-jacare-em-sete-lagoas-recebe-a-fase-final-do-campeonato-mineiro-de-rugby/

Governo de Minas: oficina capacita profissionais e gestores em atendimento prisional

As atividades acontecem no SEST/SENAT, em Poços de Caldas

Nesta quinta-feira (31) o Núcleo de Atenção à Saúde da Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre (SRS), promoverá uma oficina aos profissionais e gestores que atuam com a população prisional da regional. As atividades, que acontecem no SEST/SENAT, em Poços de Caldas, a partir das 8h, tem como objetivo apresentar o diagnóstico dos serviços de saúde para discutir, alinhar e pactuar diretrizes de trabalho para este ano.

A oficina está direcionada aos secretários, coordenadores da Atenção Básica, Regulação, Redes Assistenciais, coordenador Municipal de Saúde Mental, diretores gerais das Unidades Prisionais, entre outros.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds-MG) têm trabalhado desde 2002 pela melhoria da qualidade da assistência em saúde para os privados de liberdade, nas unidades prisionais do Estado.  As Secretarias buscam promover o acesso dos detentos às redes de atenção à saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio da ampliação e fortalecimento da atenção primária à saúde.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/oficina-capacita-profissionais-e-gestores-em-atendimento-prisional/