Arquivos do Blog

Governo de Minas: atleta pedala 24 horas consecutivas para chamar atenção para o tema drogas

O objetivo é chamar a atenção para a prevenção do uso de entorpecentes, lembrando que a prática de esportes é um bom caminho para uma vida com qualidade.

O mineiro Rogério Pacheco, triatleta com vários títulos mundiais, promete um alerta diferente contra o uso de drogas neste sábado (23.06): ele vai pedalar por 24 horas, no entorno da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, com breves paradas apenas para se alimentar. O objetivo é chamar a atenção para a prevenção do uso de entorpecentes, lembrando que a prática de esportes é um bom caminho para uma vida com qualidade. “O esporte te envolve de tal forma que nada que não contribua para a saúde do seu corpo vai te interessar”, ressalta o atleta.  Rogério possui um projeto de ajuda a ex-dependentes químicos que neste mês comemora quatro anos de atuação.

Amigos e ex-usuários atendidos pelo projeto de Rogério são esperados para a pedalada no entorno da Pampulha. Eles foram convidados para dar mais visibilidade à ação, e para fornecer informações aos cidadãos sobre o que o atleta está fazendo naquele local.

O projeto Pedalando pela Vida é uma das ações desenvolvidas pela Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod), da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), em parceria com diversas instituições públicas, privadas e não governamentais de Minas, em comemoração à Semana Estadual de Prevenção às Drogas. Entre 19 e 26 deste mês estão sendo realizados cerca de 200 eventos em todo o Estado, com o tema “Superação”.

Outra programação em BH

Neste sábado (23), também será realizada a Marcha Contra o Crack e Outras Drogas, em Belo Horizonte. O ato público tem o objetivo de chamar a atenção para o combate ao uso de entorpecentes e pretende ser uma grande mobilização dos mineiros pela vida. São esperadas cerca de 10 mil pessoas, da capital e do interior do Estado. Há caravanas das cidades de Jaboticatubas, Ravena, Santa Luzia, Divinópolis, Oliveira, Esmeraldas, Contagem, entre outros municípios.

A concentração para a caminhada será às 9h em frente ao Colégio Estadual Central, no Lourdes, com deslocamento até a Praça da Assembleia Legislativa.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/atleta-pedala-24-horas-consecutivas-para-chamar-atencao-para-o-tema-drogas/

Gestão Anastasia: Rodovias estaduais de Passos, no Sul de Minas, terão segundo contrato do ProMG

Investimentos somam R$ 107 milhões e beneficiarão, diretamente, 23 municípios sob jurisdição do DER na região

Setop / Divulgação
Subsecretário Renato Andrade, secretário Carlos Melles,  José Elcio Monteze e demais autoridades e lideranças
Subsecretário Renato Andrade, secretário Carlos Melles, José Elcio Monteze e demais autoridades e lideranças

Por meio do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), trezentos e noventa e seis quilômetros de rodovias estaduais da região de Passos, no Sul de Minas, serão recuperados e mantidos neste que já é o segundo contrato.

Com a assinatura da Ordem de Início, que aconteceu nesta quinta-feira (14), o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG), José Elcio Santos Monteze, autorizaram o Consórcio Tamasa – Pavidez a iniciar os serviços.

Os recursos somam R$ 107 milhões, incluindo material betuminoso, e beneficiarão, diretamente, 23 municípios sob jurisdição da 24ª Coordenadoria Regional do DER em Passos: Alpinópolis, Alterosa, Arceburgo, Areado, Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Conceição da Aparecida, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Guaranésia, Guaxupé, Ibiraci, Itamoji, Itaú de Minas, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.

“Este modelo de programa de recuperação e manutenção de rodovias que temos em Minas Gerais é inovador e reconhecido internacionalmente. Com as renovações dos contratos, como hoje está acontecendo aqui em Passos, a tendência é de que sempre ampliemos a quilometragem da rede contemplada, já que com as conclusões das pavimentações dos trechos de ProAcesso e Caminhos de Minas, os mesmos serão incluídos futuramente no ProMG”, destacou o secretário Carlos Melles.

Para o diretor-geral do DER/MG, José Elcio Monteze, o ProMG vai muito além da recuperação e melhoria das condições do pavimento. “Estamos preocupados em aumentar a segurança e o conforto dos usuários que trafegam em nossas estradas e com isso, ainda, estimulamos o crescimento econômico e diminuímos os custos dos transportes”, finalizou.

Região de Passos

Em 2007 foi assinado o primeiro contrato de quatro anos para execução de obras pelo ProMG, na região de Passos, através do qual foram investidos R$ 64 milhões na recuperação e manutenção rodoviária de 355 quilômetros de rodovias pavimentadas.

ProMG

A meta do ProMG para 2012 é recuperar 580 quilômetros, totalizando 6.010 quilômetros desde o início do Programa. Atualmente, nove Coordenadorias Regionais do DER/MG – Belo Horizonte, Barbacena, Ubá, Varginha, Oliveira, Ponte Nova, Formiga, Passos e Juiz de Fora – estão sob o regime de manutenção permanente.

De toda a malha rodoviária pavimentada de Minas Gerais, num total de 28.593 quilômetros, 20.301 quilômetros estão sob circunscrição estadual, o que corresponde a, aproximadamente, 70% das rodovias que cortam o Estado.

Estiveram presentes à solenidade, o deputado estadual, Antônio Carlos Arantes; o subsecretário de Política Urbana, Renato Andrade; representantes da Polícia Militar da região; prefeitos beneficiados e autoridades locais; funcionários do DER/MG e diretores do Consórcio que executará as obras.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/rodovias-estaduais-de-passos-no-sul-de-minas-terao-segundo-contrato-do-promg/

Gestão Anastasia: Setop assina nesta quinta-feira ordem de serviço do ProMG no Sul de Minas

Contrato prevê investimento de R$ 107 milhões para manutenção de quase 400km de rodovias na região

 A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) assinam, nesta quinta-feira (14), Ordem de Início das obras do segundo contrato do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), na região Sul, onde se localiza a 24ª Coordenadoria Regional do DER/MG, com sede em Passos.

Com duração de quatro anos, o contrato de manutenção do ProMG prevê investimento de R$ 107 milhões destinados à recuperação e manutenção de 396,8 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas. Atualmente, nove Coordenadorias Regionais do DER/MG – Belo Horizonte, Barbacena, Ubá, Varginha, Oliveira, Ponte Nova, Formiga, Passos e Juiz de Fora – estão sob o regime de manutenção continuada.

 

Ordem de Início ProMG de Passos

Dia: 14/06/2012 (quinta-feira)

Horário: 11 horas

Local: Sede do DER de Passos (Rua Doutor Carvalho, 1395, Bairro Belo Horizonte)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/setop-assina-nesta-quinta-feira-ordem-de-servico-do-promg-no-sul-de-minas/

Gestão da Saúde: Governo de Minas libera R$ 1,5 milhão para o Hospital de Santos Dummont

Investimentos serão destinados a obras de infraestrutura e à aquisição de equipamentos

Dando continuidade à política de apoiar os hospitais que compõem a rede do SUS, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), repassou no mês de abril, por meio convênio 569/2011 firmado com o município de Santos Dummont, na Zona da Mata, o valor de R$ 1,5 milhão para beneficiar o Hospital de Misericórdia.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marque, esses investimentos serão destinados a obras de infraestrutura e à aquisição de equipamentos. “O serviço possibilitará a redução das transferências inter-hospitalares e do tempo-resposta do atendimento, oferecendo um ambiente hospitalar mais acolhedor, ágil, seguro e confortável, contando com um atendimento qualificado, equipamentos modernos e profissionais especializados” declarou.

O Hospital Municipal conta com 73 leitos de internação e seis leitos de UTI. A unidade atende toda a microrregião de Santos Dummont, composta também pelos municípios de Oliveira e Araçaba.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-libera-r-15-milhao-para-o-hospital-de-santos-dummont/

Gestão Anastasia: Governo de Minas inaugura obras de saúde em Antonio Carlos e Campo Belo

Entre as ações, está a inauguração de leitos de UTI que atenderá habitantes de 15 cidades do Sul de Minas

O Governo de Minas inaugura nesta sexta-feira (01) mais duas importante obras na área da saúde nas cidades de Antônio Carlos, no Campo das Vertentes, e Campo Belo, no Sul de Minas. As solenidades contarão com a presença do secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques.

Em Antônio Carlos, será inaugurado o serviço de Fisioterapia no município.Na ocasião, o secretário Antonio Jorge vai visitar também as dependências da Unidade Básica de Saúde e da Farmácia de Minas, ambas construídas com recursos do Tesouro Estadual, em parceria com a prefeitura local. A solenidade está prevista para às 9h.

UTI

Já em Campo Belo, serão inaugurados cinco leitos de UTI na Santa Casa de Misericórdia. Os leitos são resultado do investimento do Governo de Minas de cerca de R$ 740 mil. Foram R$ 280 mil em obras de adequação e mais R$ 460 mil na compra de equipamentos, como respiradores, monitores, desfibriladores com cardioversor, eletrocardiogramas, camas, cadeiras de rodas entre outros.

O investimento beneficia cerca de 220 mil habitantes de 15 cidades da região – Santo Antônio do Amparo, Campo Belo, Camacho, Candeias; Oliveira, São Francisco de Paula, Cristais, Cana Verde, Carmópolis de Minas, Passa Tempo, Bom Sucesso, Santana do Jacaré, Carmo da Mata, Aguanil e Perdões.

Na oportunidade, o secretário Antonio Jorge de Souza também participará do lançamento de pedra fundamental da UTI Neo Natal da Santa Casa e da inauguração as obras de reestruturação do setor de mamografia do Centro Viva Vida de Campo Belo. As atividades estão previstas para começar às 14h

 

Inauguração do Serviço de Fisioterapia e visita a Farmácia de Minas e UBS de Antonio Carlos

Data: 01/06/2012

Local: Rua Padre Avelino Pereira número 06, Centro.

Horário: 09h

 

Inauguração de leitos de UTI na Santa Casa de Campo Belo

Data: 01/06/2012

Local: Rua Dom Pedro II,481, Centro.

Horário: 14h

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-inaugura-obras-de-saude-em-antonio-carlos-e-campo-belo/

Governo de Minas: Centro Histórico de Oliveira recebe tombamento estadual provisório

Popularmente conhecida como a “cidade dos palacetes”, Oliveira acaba de ter seu centro histórico tombado

Divulgação/Iepha
Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep) aprovou o tombamento
Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep) aprovou o tombamento

Popularmente conhecida como a “cidade dos palacetes”, Oliveira acaba de ter seu centro histórico tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), órgão vinculado ao Sistema Estadual de Cultura. Estudo elaborado pelo instituto para o tombamento foi apresentado, votado e a proteção foi aprovada pelo Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep), durante reunião do colegiado na manhã desta segunda-feira (12), em Belo Horizonte.

O tombamento do Centro Histórico de Oliveira vem em meio a uma fase de notável substituição de seu casario histórico, em função de grandes pressões imobiliárias na área central da cidade, tendo acontecido importantes perdas para o patrimônio nos últimos anos, com alguns casarões demolidos e outros em precário estado de conservação.

Um dos poucos centros urbanos coloniais mineiros cuja fundação não se deveu à presença de ouro, a origem do povoado, por volta de 1737, esteve unicamente ligada às vantagens de sua localização, em meio a uma importante encruzilhada de caminhos. Com uma ocupação sob moldes tipicamente portugueses – com divisão entre cidade alta e cidade baixa – mantiveram-se registrados os estilos arquitetônicos e a evolução da sociedade local, de forma muito didática em Oliveira. Em seu voto, o relator do processo no Conep, Carlos Henrique Rangel destacou exatamente como, no município, ainda é possível observar o traçado original da primitiva povoação, os elementos arquitetônicos mais característicos de sua trajetória ao longo dos séculos 18, 19 e 20, como os casarões e sobrados oitocentistas em pau-a-pique e adobe e as edificações em tijolo e concreto ao gosto neoclássico, ecléticas, art déco e modernos.

Registro do Paraibuna

Outro processo de tombamento votado pelo conselho durante o encontro de hoje foi o do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Casarão do Registro do Paraibuna, em Simão Pereira. O bem, que já possuía tombamento provisório pelo Iepha desde 2010, passa agora a contar com proteção definitiva e inscrição no livro do tombo.

Posto fiscal da época do Império, instalado estrategicamente na fronteira entre Minas e Rio de Janeiro, o sobrado é uma das duas únicas construções remanescentes dentre dezenas destas “alfândegas” controladas pela Coroa Portuguesa que existiam no Estado. Com o declínio da exploração do ouro mineiro, o casarão – que pode inclusive ter hospedado D. Pedro I em viagem em 1822 – perdeu sua função original. Por mais de um século, sobreviveu como restaurante, hospedaria, depósito e até como criadouro de abelhas, até voltar a ser novamente um lugar de memória. Uma parceria entre a prefeitura local e a Associação do Portal do Caminho Novo tem projetos para que o bem seja totalmente restaurado e passe a abrigar o Centro Cultural Referencial da Memória do Registro do Paraibuna.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas inicia em março processo para ampliação do aeroporto de Governador Valadares

Recursos sairão do Proaero, programa estadual que já investiu quase R$ 300 milhões nos aeroportos mineiros
Omar Freire/Imprensa-MG
Terminal de passageiros do aeroporto de Governador Valadares receberá R$ 3,4 milhões para ampliação
Terminal de passageiros do aeroporto de Governador Valadares receberá R$ 3,4 milhões para ampliação

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), vai iniciar no próximo mês o processo para ampliação e reforma do terminal de passageiros do aeroporto de Governador Valadares, no Leste do Estado. As intervenções fazem parte do Programa Aeroportuário de Minas Gerais (Proaero) e o investimento total da obra, incluindo o projeto de engenharia, será de aproximadamente R$ 3,4 milhões, em parceira com a União.

A primeira etapa para a realização da obra é a elaboração do projeto de engenharia. Para isso, o Departamento Estadual de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop-MG) vai abrir ainda no mês de março a licitação para a contratação da empresa. O investimento somente no projeto de engenharia será de R$ 380 mil, com recursos exclusivos do Tesouro Estadual. A previsão é de que o projeto esteja pronto no mês de julho deste ano e que a licitação das obras seja feita no segundo semestre, criando condições para que o início das obras ocorra ainda em 2012.

“A reforma e ampliação do terminal de passageiros será o último passo de uma parceria entre o Estado e a União, que recebeu até agora cerca de R$ 20 milhões”, afirma o secretário de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles.

Novo terminal pode ajudar cidade a ser subsede da Copa

A ampliação do terminal de passageiros do aeroporto de Governador Valadares é uma das principais reivindicações na sociedade local, principalmente após o crescimento significativo da aviação regional em Minas nos últimos dois anos.

“É o reconhecimento da importância de Governador Valadares como cidade polo, que há muito merecia ter um aeroporto em melhores condições, para receber maior numero de voos, oferecendo conforto, qualidade de serviços e comodidade aos passageiros, o que certamente vai movimentar ainda mais o mercado local e regional”, diz o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Governador Valadares, Wellington Braga.

A construção do novo terminal também será importante para os planos de Governador Valadares com relação à Copa do Mundo de 2014. A cidade se candidatou para ser um Centro de Treinamento de Seleções (CTS) e, certamente, o novo terminal será levado em consideração por seleções internacionais para a escolha da cidade do Rio Doce como local de hospedagem e preparação.

Essa não vai ser a primeira intervenção do Governo de Minas no aeroporto de Governador Valadares nos últimos anos. Em 2009, a pista do aeroporto foi reformada e ampliada, dentro do Programa Proaero, com investimentos de cerca de R$ 20 milhões. Desse total, cerca de R$ 3,5 milhões foram repassados pelo governo federal.

Proaero já investiu quase R$ 300 milhões

Desde 2003 até 2011, Governo de Minas investiu, por meio do Proaero, R$ 297 milhões na construção ou reforma de aeroportos de várias regiões do Estado. Do total de recursos aplicados, R$ 242 milhões saíram do Tesouro Estadual e R$ 48 milhões foram repassados pelo governo federal.

Além de Governador Valadares, foram beneficiados os aeroportos de São João del-Rei, Diamantina, Iturama, Ituiutaba, Manhuaçu, Poços de Caldas, Frutal, Guanhães, Araxá, Oliveira, Guaxupé, Curvelo, Ouro Fino, Divinópolis, Capelinha, Passos, Piumhi, Lavras, Cláudio, Ubá, Viçosa e o Aeroporto Regional da Zona da Mata, em Goianá.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: Epamig destaca em dia de campo a cultura da oliveira e tecnologias para processamento

Será realizado o dia de campo “A Cultura da Oliveira: Aspectos Culturais e Tecnologias para o processamento”

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) realiza no próximo dia 2 de março, a partir das 8h, na Fazenda Experimental de Maria da Fé, no Sul de Minas, o dia de campo “A Cultura da Oliveira: Aspectos Culturais e Tecnologias para o processamento”. O evento, composto por palestras e dinâmicas de campo, vai apresentar um panorama da olivicultura em Minas Gerais e abordar temas como plantio, tratos culturais e métodos para a obtenção de azeitona e azeite de ótima qualidade.

A Epamig pesquisa há mais de trinta anos a cultura da oliveira na região da Serra da Mantiqueira e em 2008 realizou em Maria da Fé a primeira extração de azeite de oliva do Brasil. O produto obtido alcançou índices de acidez entre 0,2 e 0,7% e foi classificado como virgem extra, com a qualidade similar aos melhores azeites do mundo.

Atualmente 50 municípios da região (40 em Minas Gerais e 10 no estado de São Paulo) utilizam as tecnologias da Epamig em olivicultura. O gerente do Núcleo Tecnológico Epamig Azeitona e Azeite, Nilton Caetano de Oliveira, afirma que 90% dos olivais são voltados para a produção de azeite. “Neste ano a estimativa é que a produção seja de 20 toneladas de azeitonas e três mil litros de azeite. Mas vale ressaltar que ainda estamos no começo da produção, grande parte das lavouras está com apenas cinco anos”, informa Nilton, destacando que esta é a fase inicial de produtividade da oliveira.

As primeiras amostras do azeite de oliva produzido em Minas Gerais estão sendo comercializadas pela Associação de Olivicultores dos Contrafortes da Mantiqueira (Assoolive) em eventos promocionais. De acordo com Nilton Caetano, cada litro do produto é vendido por R$200. A Assoolive foi constituída em 2009 e reúne 55 produtores de 43 municípios da região. O dia de campo apresentará novidades como cosméticos – cremes e sabonetes – desenvolvidos à base de azeite por uma empresa da cidade de Maria da Fé.

A expectativa é que o evento reúna 250 produtores dos estados de Minas Gerais e São Paulo. As inscrições, no valor de R$30, devem ser feitas no local. Mais informações pelo telefone (35) 3662-1227 ou e-mail femf@epamig.br

Serviço:

Dia de campo “A Cultura da Oliveira: Aspectos Culturais e Tecnologias para o processamento”

Data: 2 março

Horário: 8h (inscrições)

Local: Fazenda Experimental da EPAMIG em Maria da Fé – Rua Washington Alvarenga Viglione s/n, bairro Vargedo

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas inaugura anexo da Penitenciária de Três Corações

O Governo de Minas investiu R$ 1,3 milhão na contrução do espaço, que conta com 148 novas vagas
Secretário Lafayette Andrada disserra a placa do anexo da unidade prisional
Secretário Lafayette Andrada disserra a placa do anexo da unidade prisional

A Penitenciária de Três Corações, no Sul de Minas, ampliou em 148 vagas sua capacidade. O secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, e o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira, inauguraram nesta quarta-feira (15), o anexo da unidade. Além de pátios para banho de sol e local para visita, o espaço conta com uma cela destinada a presos com necessidades especiais. Para a construção do novo espaço, o Governo de Minas investiu cerca de R$ 1,3 milhão.

Para Lafayette Andrada, a humanização do sistema prisional e a ressocialização dos presos passa, necessariamente, pelos investimentos nessa área. “Minas Gerais é o Estado que mais avançou em termos de qualidade do sistema prisional no Brasil ao longo desses últimos anos”, disse.

O secretário destacou ainda que o Estado tem conhecimento da realidade do Sul de Minas e que novas vagas estão previstas. “Estamos com um projeto avançado no Ministério da Justiça, em que buscamos recursos com o Governo Federal para a construção de mais três unidades prisionais na região, uma em Poços de Caldas, uma em Lavras e outra, possivelmente, em Machado, além da ampliação do presídio de Itajubá,” concluiu.

No próximo mês, está prevista também a inauguração do presídio de Oliveira, com capacidade para mais 116 vagas.

Anexo
A nova estrutura da Penitenciária de Três Corações atenderá os presos do regime provisório do município. O anexo é composto por 17 celas, equipadas com beliches e divididas em três alas. Um alojamento, que corresponde a 20 vagas, será destinado aos presos albergados.

O local conta ainda com duas celas para visita íntima, uma para portadores de necessidades especiais, dois pátios, guaritas externas, sete salas destinadas a atendimentos administrativo, odontológico, médico, jurídico e de assistência social e psicológica, além de um parlatório, duas salas de revista, um espaço destinado à inspeção de alimentos e uma portaria.

“O Sul de Minas é uma das regiões com maior número de unidades prisionais do estado. Com a inauguração do anexo da penitenciária, vamos oferecer uma melhor condição de custódia para os presos”, destacou o subsecretário.

História

A Penitenciária de Três Corações, com capacidade para 396 vagas, foi inaugurada em março de 2006. Para sua construção, foram investidos R$ 14,8 milhões, sendo R$ 10,4 milhões em recursos estaduais e R$ 4,4 milhões em recursos federais.

Atualmente, a unidade oferece trabalho a 280 presos e conta com seis parceiros nesse projeto.  A empresa Tigre, de Pouso Alegre, já é parceira da penitenciária há cerca de três anos e leva tubos para serem montados lá dentro.  Há, também, parcerias com a Prefeitura Municipal e com o Corpo de Bombeiros, que oferecem aos presos oportunidade de trabalho fora da unidade.

A Escola Estadual Hebert de Souza, que fica dentro da unidade, tem, atualmente, 310 alunos. Para as detentas há, inclusive, professoras de artes, música e teatro.

O diretor geral, Leonardo Brocaneli Fagundes, está à frente da unidade há cinco anos e meio e consegue visualizar melhoras significativas alcançadas desde então. “No começo houve muita resistência da população, mas graças aos investimentos nas áreas de segurança e ressocialização, hoje a cidade tem outro olhar para a penitenciária”, avalia. “O nosso objetivo é fazer com que o preso possa cumprir sua pena com dignidade”, finalizou.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: defesa social inicia ações de segurança para o Carnaval com blitz educativa contra drogas

Em todo o Estado, mais de 33 mil policiais militares, civis e bombeiros trabalharão durante o feriado, com foco na proteção ao cidadão, fiscalização e investigação de crimes e prevenção de acidentes em estradas e rodovias
Divulgação/Seds MG
Campanhas de conscientização e fiscalização serão reforçadas em Minas
Campanhas de conscientização e fiscalização serão reforçadas em Minas

As ações de segurança elaboradas pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) para o Carnaval 2012 começaram nesta quarta-feira (15), com o lançamento da campanha “Expresso legal, carnaval sem drogas”, em Belo Horizonte. A ação, realizada pela da Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (Supod) da Seds, em parceria com a Polícia Militar (PMMG) e com as Secretarias de Estado de Saúde, Desenvolvimento Social e Turismo, contou com uma blitz educativa próxima ao BH Shopping, no bairro Belvedere. Motoristas foram abordados e receberam preservativos, leques e materiais informativos alertando sobre as consequências do uso das drogas e os cuidados que devem ser tomados para evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST’s).

Depois da ação na capital, dois ônibus plotados saíram nos sentidos Norte e Sul de Minas Gerais. Até o dia 22 de fevereiro, eles passarão por mais de 80 cidades e irão parar em pelo menos 33, para conscientizar os foliões. No total, serão mais de três mil quilômetros rodados. Entre os municípios contemplados estão as cidades históricas, destinos de grande número de turistas durante o Carnaval. Além das drogas e DST´s, os agentes alertarão sobre cuidados no trânsito e contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Está prevista a distribuição de 100 mil preservativos e 450 mil kits de prevenção, com leques, adesivos e materiais informativos. Haverá, ainda, grupos de animação e folia de carnaval, formados por jovens que participam do projeto Juventude e Polícia, da Polícia Militar.

De acordo com o subsecretário de Políticas Sobre Drogas, Cloves Benevides, o objetivo da campanha é aproximar as ações de prevenção às pessoas nessa época carnavalesca, com enfoque também no interior do Estado. “O Expresso Legal vai percorrer as cidades levando essa mensagem, de que o importante é curtir a folia com responsabilidade e consciência, sem uso de drogas”, disse. O subsecretário ressalta que, além das cidades que receberão a equipe da Supod, a campanha será potencializada por uma parceria com os conselhos municipais antidrogas, que distribuirão os materiais em 100 blitz educativas.

Os ônibus passarão pelos municípios de Belo Horizonte, Lagoa Santa, Jaboticatubas, Sabará, Itabira, Timóteo, Ipatinga, Governador Valadares, Guanhães, Teófilo Otoni, Serro, Diamantina, Bocaiúva, Montes Claros, Pirapora, Três Marias, Curvelo e Corinto, Nova Lima, Rio Acima, Itabirito, Ouro Preto, Mariana, Ouro Branco, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Carandaí, Barbacena, Tiradentes, São João del-Rei, Oliveira, Cláudio e Divinópolis.

Efetivo

Além da campanha de conscientização, a Seds elaborou uma série de ações para o Carnaval, que vão desde o aumento do efetivo até o maior rigor na fiscalização das estradas. Em todo o Estado, mais de 33 mil policiais militares, civis e bombeiros trabalharão durante o Carnaval, com foco na proteção ao cidadão, fiscalização e investigação de crimes e prevenção de acidentes em estradas e rodovias. As ações repressivas e preventivas terão como foco as cidades históricas de Minas que recebem o maior número de visitantes nos quatro dias de folia, além de Belo Horizonte e Região Metropolitana (RMBH).

Nas cidades de Ouro Preto, Mariana, Sabará, Tiradentes, São João del-Rei e Diamantina a Polícia Militar terá 405 homens a mais nas ruas, o que representa um aumento de 43%. Estes municípios também terão aumentos que variam de 50% a 70% no efetivo da Polícia Civil (PCMG) e delegacias de plantões 24 horas. Na região metropolitana, haverá 19 mil policiais militares em atuação, sendo 7 mil apenas em Belo Horizonte.

As rodovias estaduais e federais também ganharão reforço de fiscalização entre a sexta-feira (17) e a quarta-feira de cinzas (22), principalmente nos trechos que levam aos destinos mais visados. Para garantir a segurança no trânsito, foi elaborado o “Plano Operacional Integrado Carnaval 2012”, com definições de ações conjuntas entre a Seds, a PMMG, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros (CBMMG), além do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a BHTrans, a Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) e a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec).

As rodovias estaduais ganharão o reforço de 800 policiais militares e de policiais rodoviários federais, que participaram da elaboração do Plano Integrado. As principais áreas de atuação e atenção são a BR 356 e MGT 383 (região de Ouro Preto); BR 356, MG 262 e MG 129 (região de Mariana); BR 494, BR 383, BR 265, MG 494 (região de São João del-Rei); BR 265 (na altura de Tiradentes); BR 367, MG 367 e MG 259 (região de Diamantina); e BR 262 e MG 262 (Sabará). A RMBH e as rodovias de acesso aos litorais capixaba e fluminense também terão reforço. Além das blitz repressivas, serão distribuídos, em todo o Estado, panfletos com dicas para segurança no trânsito.

Álcool e excesso de velocidade

Todos os 383 etilômetros da polícia militar serão utilizados para repressão ao trânsito de motoristas alcoolizados, além de outros 140 aparelhos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que serão distribuídos por pontos estratégicos das rodovias.

Em Belo Horizonte, a “Campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, terá 12 blitze repressivas durante o Carnaval para evitar excessos na capital. Belo Horizonte, especificamente, contará com 330 policiais militares na fiscalização do trânsito.

Para coibir o excesso de velocidade, serão colocados em ação 18 radares móveis da PM e quatro da PRF, reforçando o papel dos radares fixos já instalados na malha rodoviária.

Os bombeiros desenvolverão atividades preventivas em 150 municípios, com um efetivo de aproximadamente 1.500 militares. Nas cidades históricas, haverá reforço de 88 homens. Serão montados 61 pontos base em rodovias, 85 equipes em balneário e 66 equipes em eventos, para prevenção contra incêndio e acidentes. Para a operação, serão disponibilizadas 340 viaturas.

Além disso, o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) disponibilizará duas equipes por dia para operação com helicópteros e uma equipe de sobreaviso para atuação em casos de emergência. Como no ano passado, em um dos helicópteros haverá uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para realizar atendimento pré-hospitalar.

Transporte clandestino

O DER, por sua vez, contará com 256 fiscais durante o carnaval e 103 veículos caracterizados com acesso remoto à internet, para fiscalização dos condutores e dos transportadores regulares e clandestinos e para a verificação preventiva da situação das vias. Também haverá 22 pontos onde serão desenvolvidas ações educativas, com orientação e distribuição de materiais informativos.

As blitze acontecerão, principalmente, nos acessos às regiões mais procuradas nesse período: Serrra do Cipó, Diamantina, Pirapora, Ouro Preto, Mariana, São João del-Rei, RMBH e outros pontos mais regionalizados.

Já o transporte de cargas e passageiros será fiscalizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, que empregará 36 servidores nos terminais rodoviários de Belo Horizonte (15), Juiz de Fora (7), Montes Claros (2), Pouso Alegre (3), Uberlândia (4), Uberaba (3) e Teófilo Otoni (2).

O foco do trabalho da ANTT é o transporte interestadual de passageiros e o reforço na operação começa nos dias anteriores ao carnaval, quando um número maior de pessoas utiliza o transporte rodoviário. São dadas orientações ao passageiros e feitas fiscalizações dos veículos, verificando, por exemplo, as condições dos pneus, retrovisores, entre outros aspectos que atestam a condição de fazer a viagem.

Fonte: Agência Minas