Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Comitê Regional do Sul de Minas realiza segunda reunião do Estado de Rede

Encontro será em Poços de Caldas, com objetivo de identificar necessidades locais que possam ser trabalhadas de forma multidisciplinar

Paulo Boanova / Seplag
A primeira reunião do Comitê Regional do Sul de Minas foir realizada em maio, em Varginha
A primeira reunião do Comitê Regional do Sul de Minas foir realizada em maio, em Varginha

O Comitê Regional do Sul de Minas inicia sua segunda reunião nesta quarta-feira (20), em Poços de Caldas. O objetivo do encontro é identificar necessidades locais que possam ser trabalhadas de forma multidisciplinar, possibilitando, em seu desdobramento, a implementação das estratégias governamentais para a região, conforme as metas traçadas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI 2011-2030).

Os comitês regionais são formados por agentes de diversas secretarias e órgãos estaduais que possuem unidades na região, e foram criados para dar início à implementação do programa Estado em Rede, que trabalha a regionalização da gestão governamental – uma das prioridades do governo Antonio Anastasia.

No primeiro encontro, realizado em março passado, foram discutidos vários temas que afetam o cotidiano dos municípios – como a evasão escolar e a necessidade da construção de estradas vicinais – cuja solução pode ser facilitada a partir do envolvimento mútuo de órgãos e secretarias regionais. A região Sul de Minas Gerais é formado por 155 municípios, divididos em 11 microrregiões, e possui o 2º Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

A reunião tem a participação de representantes da Secretaria de Estado de planejamento e Gestão (Seplag); Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais (Seccri), da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e Ouvidoria-Geral do Estado (OGE).

Nesta reunião, que será encerrada na quinta-feira (21), a equipe técnica da Seplag dará retorno ao comitê dos temas debatidos no primeiro encontro – que foram objeto de discussão na última reunião da Câmara Multissetorial, em 24 de abril. Também serão discutidos os objetivos estratégicos do PMDI.

A coordenação técnica dos comitês regionais, a elaboração da metodologia de trabalho e a condução da experiência-piloto são de competência conjunta da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão; Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais; Ouvidoria Geral do Estado e Secretaria de Estado de Governo.

Serviço

Evento: 2ª reunião do Comitê Regional do Sul de Minas

Data: 20 e 21/06/12

Local: SEST/ SENAT – Av. Geraldo C Abrantes, 200 – Poços de Caldas

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/comite-regional-do-sul-de-minas-realiza-segunda-reuniao-do-estado-de-rede/

Anúncios

Gestão Anastasia: Montes Claros recebe reuniões do Comitê e Fórum Regional do Norte de Minas

As reuniões têm como objetivo identificar prioridades estratégicas governamentais e achar soluções intersetoriais para as demandas regionais

Paulo Boa Nova / Seplag
O encontro anterior, reunindo governo e sociedade, foi realizado em março passado
O encontro anterior, reunindo governo e sociedade, foi realizado em março passado

O município de Montes Claros recebe quarta-feira (13) e quinta-feira (14), mais uma etapa do programa Estado em Rede. No primeiro dia de encontro, será realizada a 5ª reunião do Comitê Regional do Norte de Minas, com a presença dos agentes de diversas secretarias e órgãos estaduais que possuem unidades na região. Os representantes governamentais locais irão debater os principais pontos dos planos de ação elaborados nas reuniões anteriores, além de compartilhar conteúdos de algumas das secretarias presentes, que geram impactos diretos no desenvolvimento da região.

No dia seguinte, será realizado o 3º Fórum Regional do Norte de Minas, que reúne, além dos integrantes do comitê, os representantes da sociedade civil da região, eleitos no encontro em outubro passado. Pela manhã, a equipe técnica da Seplag apresentará a algumas entidades convidadas o Projeto Estado em Rede e o desdobramento das cinco estratégias priorizadas na 1ª reunião do Fórum. À tarde, os membros do governo e da sociedade civil organizada serão informados sobre o andamento de programas e projetos relacionados às estratégias priorizadas.

O Estado em Rede trabalha a regionalização da gestão governamental, uma das principais metas do governo Antonio Anastasia. O objetivo dos comitês é identificar prioridades para implementar as estratégias governamentais de acordo com as metas traçadas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI 2011-2030) e também propor soluções intersetoriais para as demandas regionais.

A reunião em Montes Claros conta com a participação de representantes da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag); Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais (Seccri); Secretaria de Estado de Governo (Segov) e Ouvidoria-Geral do Estado (OGE). Seplag, Seccri, Segov e Ouvidoria Geral também compartilham a coordenação técnica dos comitês regionais, a elaboração da metodologia de trabalho e a condução da experiência-piloto.

Serviço

Evento: 5ª reunião do Comitê Regional e 3ª reunião do Fórum do Norte de Minas

Data e local: 13 e 14/06/12, na sede da 11ª Região Integrada de Segurança Pública – Av. Major Alexandre Rodrigues, 301. Bairro Ibituruna – Montes Claros

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/montes-claros-recebe-reunioes-do-comite-e-forum-regional-do-norte-de-minas/

Governo de Minas: terminam nesta quinta-feira as inscrições para o cargo de Ouvidor Educacional

Interessados podem se inscrever gratuitamente na UAI da Praça Sete, no centro da capital mineira.

As inscrições para o cargo de Ouvidor Educacional da Ouvidoria Geral do Estado (OGE) terminam nesta quinta-feira (14). Os interessados podem se inscrever gratuitamente na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) da Praça Sete, na Av. Amazonas, nº 500, no centro de Belo Horizonte, das 9 às 17 horas.

O exercício dos cargos de ouvidores da OGE é realizado em jornada integral de trabalho e o subsídio é de R$ 9 mil, o que corresponde ao de um secretário-adjunto dentro da administração estadual.

De acordo com o edital, o concorrente ao cargo deve ser brasileiro nato ou naturalizado; ter mais de 35 anos (na data da posse); reputação ilibada; estar em dia com as obrigações eleitorais; e militares (se candidato masculino) e diploma registrado de conclusão de curso de graduação de nível superior, relacionado à área pedagógica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Deve, ainda, possuir notório conhecimento do serviço público educacional e não exercer ou ter exercido, nos últimos dois anos (a contar da data de publicação do Edital), mandato de Ouvidor Educacional ou de membro de Conselho Federal, Estadual ou Municipal de Educação.

O edital deste processo seletivo pode ser acessado no site da OGE, no diretório “Concurso Público”. Mais informações pelo telefone (31) 3915-1985.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/terminam-nesta-quinta-feira-as-inscricoes-para-o-cargo-de-ouvidor-educacional/

Governo de Minas: serviços públicos estaduais terão horários alterados neste feriado de Corpus Christi

Postos do Sine, UAIs, agências da Cemig, rede Fhemig, Fundação Hemominas e Ouvidoria Geral terão escalas diferenciadas

Os serviços oferecidos por fundações, companhias e órgãos públicos estaduais terão escalas diferenciadas de atendimento durante o feriado de Corpus Christi. As Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), os postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine), as agências da Cemig, a rede da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), a Fundação Hemominas e os serviços disponibilizados pela Ouvidoria Geral do Estado (OGE) terão horários especiais de funcionamento a partir desta quinta-feira (07).

Veja, abaixo, as alterações nas escalas de atendimento dos serviços públicos oferecidos por órgãos estaduais e, também, a previsão do tempo para este feriado em Belo Horizonte, nas cidades do interior de Minas e em alguns dos destinos mais visitados pelos mineiros, como os litorais do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia.

Fundação Hospitalar

As unidades da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) atenderão somente os casos de urgência e emergência, que serão realizados normalmente, conforme suas especialidades, entre esta quinta-feira (07) e o próximo domingo (10). A Fhemig garante que o paciente que necessitar de assistência será atendido por uma equipe de profissionais qualificados durante o feriado.

Clique aqui e veja quais são as unidades da Rede Fhemig e suas especialidades (arquivo PDF).

Fundação Hemominas

Entre esta quinta-feira (07) e o próximo domingo (10) os horários de funcionamento para doação de sangue nas unidades da Fundação Hemominas serão alterados devido ao feriado. A Fundação Hemominas possui unidades que fazem atendimento ao doador voluntário; cada unidade atende a uma região de influência e quem quiser ser doador pode procurar a unidade mais próxima de onde mora.

Podem doar sangue cidadãos com boa saúde e idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos. Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue ligue para 155.

Clique aqui e veja os horários de funcionamento das unidades da Fundação Hemominas neste feriado (arquivo PDF).

Rede Cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informa que, em virtude do feriado de Corpus Christi, nas cidades em que for feriado municipal, como Belo Horizonte, por exemplo, as agências e postos de atendimento da Empresa não funcionarão nesta quinta-feira (07). As solicitações de serviços e reclamações poderão ser feitas pelo “Fale com a Cemig”, no telefone 116. O serviço funciona 24 horas e a ligação é gratuita. A Agência Virtual, disponível no site www.cemig.com.br também oferece diversos serviços com conforto e segurança.

Pelo celular, também é possível entrar em contato com a Companhia, pelo “Cemig Torpedo”, para tratar sobre falta de energia, consultar a última fatura ou enviar leitura com mensagens de texto (SMS) para o número 29810. O serviço é gratuito. As agências e postos de atendimento da Cemig voltam a funcionar normalmente na sexta-feira (08), a partir das 8h30.

Unidades de Atendimento Integrado

As Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), em todo o Estado, não funcionam nesta quinta-feira (07). Assim, neste feriado, ficam suspensos os atendimentos para serviços de emissão da Carteira de Identidade e emissão de Atestado de Antecedentes Criminais. Os atendimentos voltam ao normal já na sexta-feira (08). Para saber os endereços das postos UAI em todas as regiões de Minas, clique aqui.

Trabalho e Emprego

A Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego informa que as unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) não vão realizar atendimentos nesta quinta-feira (07). Já na sexta-feira (08), os serviços do Sine serão realizados somentes nas redes UAI, conforme o cronograma de funcionamento das Unidades de Atendimento Integrado em todo o Estado.

Nestes locais, estarão disponíveis serviços gratuitos de intermediação de mão de obra (cadastro de empresas para oferta de vagas e cadastro e encaminhamento de trabalhadores para oportunidades de trabalho); habilitação e postagem do seguro-desemprego; cadastro e encaminhamento do trabalhador para programas de qualificação profissional e também de competências básicas para o trabalho; emissão das carteiras de trabalho e previdência social. Para saber os endereços de todas as unidades do Sine em Minas, clique aqui.

Ouvidoria Geral

A Ouvidoria Geral do Estado (OGE) receberá as manifestações do cidadão somente por meio do site. Durante o feriado, não serão realizados atendimentos presenciais. Os serviços também serão suspensos pelo telefone 0800-283-9191 durante o recesso. Todas as atividades voltam ao normal na próxima segunda-feira (11), a partir das 8 horas.

Para fazer denúncia, reclamação, sugestão, crítica ou elogio sobre os serviços prestados pelos órgãos públicos estaduais, clique aqui. A OGE garante o sigilo absoluto de todas as manifestações.

Previsão do Tempo

O feriado será marcado pela passagem de uma frente fria que contribuirá para ocorrência de chuvas rápidas e isoladas em boa parte do Estado. A partir do sábado (09) haverá queda de temperatura na região Central e Sul de Minas.

Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, a previsão é de céu variando entre parcialmente nublado pela manhã com aumento de nuvens e possibilidade de chuvas à tarde e noite na quinta (07) e sexta-feira (08). No sábado (09) e domingo (10), a previsão é de tempo estável com baixa probabilidade de chuvas e temperaturas variando entre 14 ºC e 25ºC.

Durante o feriado, ocorrerão chuvas isoladas em todas as regiões de Minas, com destaque para o Noroeste, Centro, Mantiqueira e Vale do Rio Doce, na quinta-feira, e Centro e Vales do Rio Doce e Mucuri, na sexta-feira. No fim de semana, as chuvas diminuem em todo o Estado, ficando restritas aos Vales do Rio Doce e Mucuri. As temperaturas caem na sexta-feira (08) na Região Sul e no sábado (09) nas regiões Oeste, Zona da Mata e Central.

Para os mineiros que viajarem para o litoral, o deslocamento da frente fria provocará pancadas de chuva no litoral do Rio de Janeiro e Espírito Santo, principalmente na quinta (07) e sexta-feira (08). No litoral sul da Bahia há previsão de pancadas de chuva apenas no domingo (10).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/servicos-publicos-estaduais-terao-horarios-alterados-neste-feriado-de-corpus-christi/

Governo de Minas: Ouvidoria Geral empossa novos ouvidores de Polícia e do Sistema Penitenciário

Rodrigo Xavier da Silva e Marcelo José Gonçalves da Costa tomaram posse para um mandato de dois anos

Renato Cobucci/Imprensa MG
Posse dos novos ouvidores de Polícia e do Sistema Penitenciário, nesta segunda-feira (4), na Cidade Administrativa
Posse dos novos ouvidores de Polícia e do Sistema Penitenciário, nesta segunda-feira (4), na Cidade Administrativa

Os novos ouvidores de Polícia e do Sistema Penitenciário da Ouvidoria Geral do Estado (OGE) tomaram posse na tarde desta segunda-feira (4). Nomeados para um mandato de dois anos, os ouvidores de Polícia, Rodrigo Xavier da Silva, e do Sistema Penitenciário, Marcelo José Gonçalves da Costa, foram empossados pela ouvidora-geral, Célia Barroso, e pelo ouvidor-geral adjunto, Agílio Monteiro. A solenidade aconteceu na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, sede do Governo de Minas.

Falando pela primeira vez como ouvidor de Polícia, Rodrigo Xavier disse estar honrado pela indicação e esperarretribuir a altura. “A melhor maneira de agradecer a confiança depositada em meu nome virá na forma de trabalho, na dedicação integral à ouvidoria de Polícia, no respeito às instituições policiais, no rigor com a verdade e lisura dos procedimentos e, principalmente, na garantia aos cidadãos em confiarem suas dores a este ouvidor, que irá ouvi-las e apura-las, de forma transparente e isenta”, declarou.

Em seguida, Marcelo Gonçalves da Costa ressaltou o prazer em assumir o cargo de ouvidor do Sistema Penitenciário e citou os direitos da população e os deveres do ouvidor. “Todo e qualquer cidadão merece ser bem atendido, seja em suas reclamações ou em situações pertinentes às transgressões de seus direitos. Ao ouvidor, cabe agir e estar presente apurando, registrando e dando encaminhamento jurídico às diversas manifestações do cidadão”, afirmou. Marcelo Gonçalves acrescentou ainda que irá trazer sua experiência para ouvidoria na busca do aprimoramento e da humanização do sistema penitenciário.

Célia Barroso encerrou a cerimônia de posse destacando a vocação dos novos ouvidores para os cargos que irão exercer. “Doutor Rodrigo, doutor Marcelo, os senhores  demonstraram, pela  peculiar história da vida profissional de cada um, a mais pura vocação para cuidar dos interesses sociais, na  área da segurança pública. Na vocação, quem se realiza é a alma e é através dela que os frutos também serão colhidos pela sociedade mineira, destinatária final do nosso trabalho”, afirmou a ouvidora-geral. “Temos esperança e confiança no esforço e na dedicação que cada um dos senhores destinará à Ouvidoria Geral do Estado de Minas Gerais”, completou.

Estiveram presentes na solenidade, entre autoridades civis e militares, o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz; o subsecretário de Integração de Defesa Social, Robson Lucas; o comandante geral da Polícia Militar, Cel. Márcio Santana; o chefe de Estado Maior do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Cel. Ivan Gamaliel; o subsecretário de Administração Prisional de Minas Gerais, Murilo Andrade; o diretor de Assuntos Institucionais, Cel. Matuzail Martins; o delegado geral e chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Cylton Brandão; o chefe adjunto da Polícia Civil de Minas Gerais, Jesus Barreto; o corregedor geral de Polícia Civil de Minas Gerais, Renato Patrício; o subcorregedor da Polícia Civil de Minas Gerais, Antônio Gama Junior; a chefe de gabinete da OGE, Mônica Coelho,e as ouvidoras de Saúde, Ana Piterman,e de Fazenda, Patrimônio e Licitações Públicas, Maria Celeste Cardoso Pires.

Currículo

O novo ouvidor de Polícia, Rodrigo Xavier da Silva, tem 36 anos, é formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e pós-graduado em Criminologia pelo Instituto de Educação Continuada (IEC) PUC-MG. Servidor público da Secretaria de Estado de Defesa Social desde 2008, Rodrigo Xavier da Silva tem cursos de aperfeiçoamentos em Gestão Local de Política de Prevenção do Crime e da Violência, pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro; em Direitos Humanos e Direitos dos Cidadãos, pela PUC-Minas; e de Segurança Pública Cidadã pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Sensp). Já exerceu os cargos de presidente do Conselho Penitenciário de Minas Gerais; secretário-geral da Comissão de Assuntos Penitenciário da OAB-MG; mediador da Integração da Gestão em Segurança Pública (Igesp) – 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), consultor de Mobilização – Secretaria Nacional de Segurança Pública, e supervisor de Metodologia do Programa de Reintegração Social de Egressos do Sistema Penitenciário de Minas Gerais.

O novo ouvidor do Sistema Penitenciário, Marcelo José Gonçalves da Costa, tem 54 anos, é bacharel em Direito e em Psicologia pela Fumec e pós-graduado em Criminologia pelo IEC-PUC-Minas/Acadepol. Servidor público da Secretaria de Estado de Defesa Social desde 2011, Marcelo José Gonçalves da Costa tem cursos de aperfeiçoamentos em Direitos Fundamentais, Criminologia e Gestão Organizacional do Sistema Penitenciário pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já exerceu também os cargos de diretor da Unidade Setorial da PPP Penitenciária; assessor da Unidade Setorial da PPP Penitenciária; diretor-geral do Centro de Apoio Médico e Pericial; e psicólogo da Superintendência de Articulação Institucional e Gestão de Vagas – Presídio Floramar, em Divinópolis.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ouvidoria-geral-empossa-novos-ouvidores-de-policia-e-do-sistema-penitenciario/

Governo de Minas: inscrições para ouvidor educacional começam nesta quinta-feira

O exercício dos cargos de ouvidores é realizado em jornada integral e o subsídio é de R$ 9 mil

A partir desta quinta-feira (31) a Ouvidoria Geral do Estado (OGE) abre inscrições para o processo seletivo público para provimento do cargo de Ouvidor Educacional. Os interessados poderão se inscrever gratuitamente na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) da Praça Sete, na avenida Amazonas, nº 500, no centro de Belo Horizonte, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. As inscrições vão até o próximo dia 14 de junho.

De acordo com o edital, o concorrente ao cargo deve ser brasileiro nato ou naturalizado; ter mais de 35 anos (na data da posse); reputação ilibada; estar em dia com as obrigações eleitorais; e militares (se candidato masculino) e diploma registrado de conclusão de curso de graduação de nível superior, relacionado à área pedagógica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Deve, ainda, possuir notório conhecimento do serviço público educacional e não exercer ou ter exercido, nos últimos dois anos (a contar da data de publicação do Edital), mandato de Ouvidor Educacional ou de membro de Conselho Federal, Estadual ou Municipal de Educação.

O exercício dos cargos de ouvidores da OGE é realizado em jornada integral de trabalho e o subsídio é de R$ 9 mil, que corresponde ao de um secretário-adjunto dentro da administração estadual.

O edital deste processo seletivo pode ser acessado no site da OGE, no diretório “Concurso Público”. Mais informações pelo telefone (31) 3915-1985.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inscricoes-para-ouvidor-educacional-comecam-nesta-quinta-feira/

Governo de Minas: Comitê e Fórum Regional do Rio Doce se reúnem em Governador Valadares

Estado em Rede trabalha a regionalização da gestão governamental, uma das principais metas do governo Antonio Anastasia

Mais uma etapa do programa Estado em Rede acontece nesta quarta (30) e quinta-feira (31), em Governador Valadares. O evento terá duas etapas: no primeiro dia será realizada a 5ª reunião do Comitê, com a participação dos agentes de diversas secretarias e órgãos estaduais que possuem unidades na região. No dia seguinte acontece o 3º Fórum Regional do Rio Doce, que reúne, além dos integrantes do comitê, os representantes da sociedade civil da região, eleitos no encontro em agosto passado.

O Estado em Rede foi criado para trabalhar a regionalização da gestão governamental, uma das principais metas do governo Antonio Anastasia. O objetivo dos comitês é identificar prioridades para implementar as estratégias governamentais – conforme as metas traçadas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI 2011-2030) – e também propor soluções intersetoriais para as demandas regionais.

A novidade no fórum de 31 de maio é a participação de inúmeros representantes de entidades diversas, como a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Ministério Público, Universidade Vale do Rio Doce (Univale) e Celulose Nipo-Brasileira S/A (Cenibra), entre outras.

A reunião em Governador Valadares conta com a participação de representantes da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag); Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais (Seccri); Secretaria de Estado de Governo (Segov) e Ouvidoria-Geral do Estado (OGE).

Na quarta-feira, os representantes governamentais locais irão debater os principais pontos dos planos de ação elaborados nas reuniões anteriores, além de compartilhar conteúdos de algumas das secretarias presentes – que têm desdobramentos diretos no desenvolvimento da região.

No dia seguinte, pela manhã, a equipe técnica da Seplag apresentará a alguns atores convidados o Projeto Estado em Rede e as cinco estratégias priorizadas na 1ª reunião do Fórum. No período da tarde, os membros do governo e da sociedade civil organizada serão atualizados sobre o andamento de programas e projetos relacionados às estratégias priorizadas.

A coordenação técnica dos comitês regionais, a elaboração da metodologia de trabalho e a condução da experiência-piloto são de competência conjunta da Seplag, Seccri, OGE e Segov.

Nesta quarta-feira (30), a 5ª reunião do Comitê Regional e o 3ª reunião do Fórum do Rio Doce ocorre de 14h às 17h20; nesta quinta-feira (31), o encontro será realizado de 9h às 18h; na sede da 8ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), Av. Minas Gerais, nº 2100, Bairro Gran Duquesa, em Governador Valadares.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/comite-e-forum-regional-do-rio-doce-se-reunem-em-governador-valadares/

Governo de Minas: Ouvidoria Geral do Estado abre processo seletivo para ouvidor educacional

Exercício dos cargos se dará em jornada integral de trabalho e o subsídio é de R$ 9 mil mensais

A Ouvidoria Geral do Estado de Minas Gerais (OGE) abriu processo seletivo para provimento do cargo de ouvidor educacional. O edital foi publicado na edição da desta quinta-feira (24) do jornal Minas Gerais, Diário Oficial dos Poderes do Estado. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no período de 31 de maio a 14 de junho deste ano, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h, na Unidade de Atendimento Integrado (UAI Praça Sete), na Avenida Amazonas, nº 500, Centro, em Belo Horizonte.

De acordo com o edital, o interessado ao cargo deve ser brasileiro nato ou naturalizado; ter mais de 35 anos (na data da posse); reputação ilibada; estar em dia com as obrigações eleitorais; e militares (se candidato masculino) e diploma registrado de conclusão de curso de graduação de nível superior, relacionado à área pedagógica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O candidato deve, ainda, possuir notório conhecimento do serviço público educacional e não exercer ou ter exercido, nos últimos dois anos (a contar da data de publicação do Edital), mandato de Ouvidor Educacional ou de membro de Conselho Federal, Estadual ou Municipal de Educação.

O exercício dos cargos de ouvidores da Ouvidoria Geral do Estado (OGE) se dará em jornada integral de trabalho e o subsídio é de R$ 9 mil. Para acessar o edital completo clique aqui. Outras informações também podem ser obtidas pelo telefone (31) 3915-1985.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ouvidoria-geral-do-estado-abre-processo-seletivo-para-ouvidor-educacional/

Gestão Anastasia: Ouvidoria Geral e Secretaria de Educação firmam parceria para divulgar boas práticas

Iniciativas de destaque em escolas públicas poderão ser retratadas em vídeos, que serão exibidos na Rede Minas e na internet

Divulgação / SEE
Boas práticas de alunos e professores da rede de ensino serão retratadas em vídeos
Boas práticas de alunos e professores da rede de ensino serão retratadas em vídeos

Alunos produzem filtro biológico para reduzir poluição da água; professores criam projeto ambiental de recuperação de nascentes; estudantes aprendem Física viajando pelo mundo dos quadrinhos; versos, estrofes e rimas de alunos, impressos em sacos para embalar pães circulam pela cidade; estudantes, professores e comunidade fazem ações de combate a dengue; escola cria horta para estimular consumo de alimentos saudáveis.

Esses são alguns exemplos de boas práticas desenvolvidas todos os dias nas escolas da rede estadual de ensino em Minas Gerais. Ações que partem de alunos, professores, especialistas, pais e membros da comunidade, e que modificam, transformam, contribuem para uma atitude reflexiva na formação desses protagonistas, que se habituam a serem cidadãos mais participativos, com um comportamento mais ético, responsáveis e tolerantes.

Com o objetivo de disseminar essas e outras iniciativas, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e a Ouvidoria Geral do Estado (OGE), com participação da Rede Minas, firmaram uma parceria para divulgar na TV e mídias sociais as iniciativas de boas práticas desenvolvidas pelas escolas mineiras. A decisão foi tomada pela ouvidora-geral, Célia Barroso, e a Secretária de Educação, Ana Lúcia Gazzola. O projeto conta também com a participação da Rede Minas.

Os exemplos de boas práticas reunidos a partir das escolas serão, gradativamente, transformados em vídeos que serão veiculados na programação da emissora. Inicialmente a proposta consiste na produção de três séries, contemplando, cada uma, 10 de vídeos com duração de até dois minutos.  A expectativa é que a série vá ao ar no segundo semestre deste ano. As datas e os horários ainda estão sendo definidos. O material também será veiculado pelo canal da Secretaria de Educação no YouTube.

Para a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, destacar as boas ações e exemplos das escolas é fundamental para que a sociedade comprove como a rede pública tem buscado iniciativas inovadoras de ensino. “Essas ações são resultado de um trabalho compartilhado e integrado, que conta com o envolvimento de alunos, professores, servidores e da comunidade”, destaca. “E, agora, com a possibilidade de contarmos com o apoio da Ouvidoria, que é um canal importante de comunicação entre o Estado e o cidadão, teremos ainda mais condições de conhecer e divulgar boas iniciativas realizadas por nossas escolas”, completa.

A ouvidora-geral do Estado, Célia Barroso, explicou que a iniciativa é um projeto que decorre da consolidação da “Ouvidoria Pedagógica”, que consiste em ouvir boas práticas e capilarizar a informação para todo o Estado de Minas, utilizando as redes sociais (Facebook, Twitter e YouTube) e a mídia tradicional. A OGE Pedagógica também pretende ouvir informações sobre boas práticas nas áreas de saúde, polícia, sistema penitenciário, meio ambiente, licitações entre outros temas.

A ampliação da parceria foi referendada em recente encontro com a SEE, e reuniu a secretária-adjunto, Suely Pires, a chefe de Gabinete da SEE, Maria Cláudia Peixoto, o diretor-executivo da Associação de Desenvolvimento da Radiodifusão de Minas Gerais (ADTV) da Rede Minas, Hugo Teixeira, e os assessores de Comunicação Marcílio Lana, da SEE, e Telma Santos, da OGE. Célia Barroso destacou que os projetos em andamento consolidam os novos objetivos da OGE, solidamente construídos para atender a gestão para a cidadania.

Outras práticas

Outra iniciativa da SEE para divulgar as boas iniciativas escolares já vem sendo colocada em prática desde o início da atual gestão. A partir de janeiro do ano passado, a Secretaria de Estado de Educação iniciou a divulgação de bons exemplos de projetos e ações no Blog da Educação. O site é um canal direto entre as escolas e a Secretaria e já publicou mais de 200 matérias jornalísticas sobre boas experiências praticadas pelas unidades escolares.

Além do Blog da Educação e da veiculação de vídeos pela Rede Minas, a Secretaria de Educação também construiu um novo canal de divulgação e comunicação. É o site dito&feito, que foi ao ar em março deste ano.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ouvidoria-geral-e-secretaria-de-educacao-firmam-parceria-para-divulgar-boas-praticas/

Governo de Minas: durante encontro em Juiz de Fora, Comitê da Mata define objetivos estratégicos para a região

Redes de atenção a saúde, atração de investimentos, infraestrutura e segurança pública estão entre as prioridades

O Comitê Regional da Mata encerrou sua segunda reunião, nesta quinta-feira (17), em Juiz de Fora, priorizando objetivos estratégicos que serão trabalhados no âmbito intragovernamental. O objetivo do comitê é identificar prioridades dentre as estratégias de governo traçadas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI 2011-2030) – e também propor soluções e iniciativas intersetoriais para as demandas regionais.

Formados por agentes de diversas secretarias e órgãos estaduais que possuem unidades na região, os comitês regionais foram criados para dar início à implementação do programa Estado em Rede, que trabalha a regionalização da gestão governamental – uma das prioridades do governo Antonio Anastasia.

A reunião, que teve início na quarta-feira (16), contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag); Secretaria de Estado de Governo (Segov), Governadoria e Ouvidoria-Geral do Estado (OGE).

Na abertura do evento, a superintendente central de Coordenação Geral da Seplag, Silvia Listgarten Dias, apresentou o painel de contextualização dos trabalhos, reforçando “a importância de se avançar na discussão de estratégias regionais” que tenham como foco central a intersetorialidade entre secretarias e órgãos governamentais.

Após a apresentação dos participantes, foram repassados alguns dos temas levantados pelo comitê na primeira reunião, que irão envolver o trabalho conjunto de áreas afins, como educação e segurança (policiamento nas escolas), saúde e meio ambiente (tratamento de resíduos sólidos) e desenvolvimento social e segurança (educação sexual de jovens e prevenção ao uso de drogas).

Redes de Desenvolvimento

Em seguida, foi discutida a priorização dos objetivos estratégicos dentro do PMDI. Foi selecionada uma prioridade para cada rede de desenvolvimento.

Na rede de Educação e Desenvolvimento do Capital Humano, foi priorizada a estratégia “consolidar a rede pública como uma rede inclusiva de alto desempenho”. No Atendimento em Saúde, “consolidar as redes de atenção em saúde em todo o Estado”. Na Defesa e Segurança, “ampliar a segurança e a sensação de segurança”. No Desenvolvimento Social e Proteção, “romper o ciclo da pobreza e diminuir a desigualdade social”.

Na rede de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, a prioridade é “incrementar a promoção, a atração e a retenção de investimentos”. Em Ciência, Tecnologia e Inovação, “ampliar os ambientes de inovação, gerando emprego de qualidade, retendo e atraindo talentos”. No Desenvolvimento Rural, “valorizar os produtos e serviços da agricultura familiar, proporcionando segurança alimentar, sustentabilidade ambiental e aumento de renda”.

“Aumentar a geração de negócios relacionados ao setor de cultura, esporte e turismo no Estado” é a prioridade da rede de Identidade Mineira. Na rede de Cidades, “garantir o ordenamento territorial com governança ambiental e infraestrutura customizada”, e na rede de Infraestrutura, “ampliar e diversificar a infraestrutura, proporcionando competitividade logística, maior dinamismo e integração das diversas regiões do Estado”.

Visão de futuro

O diretor de Coordenação da Ação Governamental, Leonardo Ladeira, apresentou a Priorização da estratégia governamental, mostrando a lógica do funcionamento do governo. Ele explicou o PMDI, que estabelece a visão de futuro (até 2030), o PPAG (programas plurianuais, de médio prazo) e o instrumento de curto prazo, que é a Lei Orçamentária Anual (LOA), mostrando a relação entre esses instrumentos de planejamento.

Nesta quinta-feira, Leonardo Ladeira apresentou aos membros do comitê os programas governamentais que se relacionam com as estratégias priorizadas. Os programas estruturadores têm sintonia fina com o PMDI. Os representantes de órgãos e secretarias regionais que formam o comitê irão compartilhar e acompanhar as estratégias priorizadas em suas entidades, definindo planos de ações intersetoriais.

Para a diretora regional da Superintendência Regional de Ensino de Ponte Nova, Ana Maria Gomes, o planejamento que existe hoje nas ações do Estado permite que o trabalho seja feito de forma continuada. “Essa aproximação do Governo de Minas com as comunidades do interior é um momento muito oportuno para Minas Gerais. Essa equipe do governo realiza um trabalho bastante detalhado, com muita credibilidade”, elogiou.

Debate amplo

De acordo com delegada Juliana Amélia Campos, assessora do 4º Departamento de Polícia Civil, a reunião permitiu a todos uma visão intersetorial que nem sempre se percebe no dia-a-dia. “Essa apresentação de programas e estratégias governamentais permitiu que realizássemos uma discussão muito ampla dos temas mais importantes para a Zona da Mata.

Ela explicou que a troca de informações entre setores do governo irá possibilitar de forma efetiva a ação intersetorial, que é um foco central do Estado em Rede. “Essa interação será primordial para melhorar a qualidade do nosso trabalho. A segurança pode desenvolver ações conjuntas com a educação e com a saúde, por exemplo. Isso com certeza vai nos ajudar muito”.

Na última quinzena de junho tomam posse na Cidade Administrativa mais quatro comitês: Central, Alto Paranaíba, Centro-Oeste e Noroeste, implementando a gestão regionalizada nas dez regiões de planejamento do Estado.

A coordenação técnica dos comitês regionais, a elaboração da metodologia de trabalho e a condução da experiência-piloto são de competência conjunta da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão; Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais; Ouvidoria Geral do Estado e Secretaria de Estado de Governo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/durante-encontro-em-juiz-de-fora-comite-da-mata-define-objetivos-estrategicos-para-a-regiao/