Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Cohab Minas entrega 150 casas a mutuários de quatro municípios

Serão beneficiados os municípios de Engenheiro Caldas, Itaobim, Ribeirão Vermelho e Itamogi

Cohab Minas / Arquivo
Investimento total nas unidades habitacionais foi de R$ 5,1 milhões, sendo R$ 2,6 milhões do Estado
Investimento total nas unidades habitacionais foi de R$ 5,1 milhões, sendo R$ 2,6 milhões do Estado

A Cohab Minas entrega, esta semana, as chaves de 150 casas a mutuários contemplados pelo Programa Lares Geraes Habitação Popular, do Governo de Minas, em parceria com programas do governo federal, nos municípios de Engenheiro Caldas (Rio Doce), Itaobim (Jequitinhonha), Ribeirão Vermelho e Itamogi (Sul).

O investimento total nas unidades habitacionais foi de R$ 5,1 milhões, dos quais R$ 2,6 milhões foram em recursos do Programa Lares Geraes Habitação Popular, do Governo de Minas. Outros R$ 2,1 milhões foram em recursos de Programa Minha Casa, Minha Vida, com contrapartida de R$ 450 mil dos municípios, que participaram com a doação dos terrenos e instalação da infraestrutura necessária.

 

Serviço:

Inauguração de 30 casas da Cohab Minas nos conjuntos Maria Delfina de Oliveira, Deco Romano e Valdemar Antônio de Santana

Local: Engenheiro Caldas (Rio Doce)

Data: 21/06/12 (quinta-feira)

Horário: 17 horas

 

Inauguração de 60 casas da Cohab Minas no Conjunto Alta Vista

Local: Itaobim  (Jequitinhonha)

Data: 22/06/12 (sexta-feira)

Horário: 16 horas

 

Inauguração de 30 casas da Cohab Minas no Conjunto Engenho da Serra II

Local: Ribeirão Vermelho (Sul de Minas)

Data: 22/06/12 (sexta-feira)

Horário: 10 horas

 

Inauguração de 30 casas da Cohab Minas no Conjunto Antônio Aparecido Gregório

Local: Itamogi (Sul de Minas)

Data: 23/06/12 (sábado)

Horário: 9h30

 

Telefone de contato: (31) 3915-1502 – Assessoria de Imprensa da Cohab Minas

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cohab-minas-entrega-150-casas-a-mutuarios-de-quatro-municipios/

Anúncios

Gestão Eficiente: Governo de Minas realiza o sonho da casa própria de mais 60 famílias no Alto Paranaíba

Cohab Minas inaugura conjuntos habitacionais em Cruzeiro da Fortaleza e Guimarânia. Investimentos do Estado já somam R$ 27 milhões em 2012

Vagner Luiz
Conjunto Dona Augusta Maria Borges, inaugurado pela Cohab Minas, em Cruzeiro da Fortaleza.
Conjunto Dona Augusta Maria Borges, inaugurado pela Cohab Minas, em Cruzeiro da Fortaleza.

O Governo do Estado, por meio da Cohab Minas, entregou mais 60 casas construídas com recursos do Fundo Estadual de Habitação (FEH) e do Programa Minha Casa, Minha Vida, nos municípios de Cruzeiro da Fortaleza e Guimarânia, no Alto Paranaíba, na sexta-feira (25). Com essas unidades, já chegam a 1.470 casas entregues pela Cohab Minas em 2012, com investimento total de R$ 48,2 milhões. Os recursos do Estado representaram 56% que equivalem a R$ 27,1 milhões.

O Conjunto Dona Augusta Maria Borges é o quinto da Cohab Minas inaugurado em Cruzeiro da Fortaleza, município que conta com cerca de 4 mil habitantes. O Governo do Estado já havia construído 186 casas populares na cidade, com investimento de R$ R$ 2,8 milhões, em recursos do Programa Lares Geraes. Com este conjunto, Cruzeiro da Fortaleza passa a contar com 216 casas entregues pela Cohab Minas, desde 2006.

Participaram da solenidade de inauguração o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento; o chefe de gabinete da Cohab Minas, João Lincoln de Almeida; prefeitos e deputados da região.

“É sempre marcante participar de um evento como este. Fazer política pública entregando casas é um grande ato e a Cohab Minas tem a certeza de que a parceria que vem empreendendo com os municípios é o caminho certo para vencer o desafio do déficit habitacional. Trabalhar com habitação de interesse social é uma luta árdua, mas ela é muito gratificante. Solenidades como esta nos dão um gás a mais para continuar trabalhando, porque sabemos que estamos no caminho certo”, disse João Lincoln, durante a solenidade.

O prefeito de Guimarânia, Virmondes Machado, anunciou que os futuros moradores do conjunto, contarão, em breve, com uma escola municipal, uma creche e uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, ressaltou o trabalho que o Governo de Minas tem feito, em todas as regiões, para a melhoria da qualidade de vida da população. “Este é um esforço do Governo Anastasia, que começou no Governo Aécio Neves, com o Choque de Gestão, que transformou Minas Gerais. O Estado hoje trabalha em rede, trabalha em harmonia para que possa direcionar o futuro da população a dias cada vez melhores”, disse o secretário.

Sonho realizado

A dona de casa Maria Abadia Gudim, 57 anos, contemplada com o financiamento da Cohab Minas em Cruzeiro da Fortaleza, falou da alegria de ver seu sonho realizado. “É muito sofrimento viver de casa em casa. Essa casa era um sonho e vai ser muito boa para mim”, diz Maria Abadia. Ela conta que se casou aos 15 anos, quando se mudou para Cruzeiro da Fortaleza. Quando se separou do marido, pai de seus seis filhos, ficou sem moradia, passando a viver de favor na casa dos outros.

Em Guimarânia, foi entregue o Conjunto Morada do Sol II, o segundo da Cohab Minas naquele município. A nova mutuaria da Cohab Minas, Rosimeire de Souza Trevisanutto, 28 anos, é uma das 30 pessoas que receberam as chaves da casa nova. “Namoro a casa desde a preparação do terreno, porque passo por aqui para ir ao trabalho. Antes de saber qual seria a minha eu brincava que iria conseguir uma na rua de baixo e que do meu serviço ia ver a casa. E foi o que aconteceu”, contou Rosimeire, feliz com a realização do sonho.

A localização da moradia de cada beneficiado dentro do conjunto é feita em sorteio assistido por todos os futuros moradores, após a seleção dos mesmos por meio dos critérios sociais. “Todo mundo quer ter o seu cantinho. E eu vou me mudar o mais rápido possível”, disse Rosimeire, que é casada e tem um filho de seis anos.

A Cohab Minas já entregou, desde 2005, 1,9 mil casas em municípios da região do Alto Paranaíba, cujos investimentos somam R$ 46,5 milhões. Desse total, R$ 33,5 milhões foram recursos do Governo de Minas, por meio do Programa Lares Geraes. O restante foi em parceria com o governo federal e prefeituras.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-realiza-o-sonho-da-casa-propria-de-mais-60-familias-no-alto-paranaiba/

Gestão Antonio Anastasia: mulheres chefes de família recebem casas da Cohab Minas em Carmo do Paranaíba

Vagner Luiz Reis
Sônia Barbosa, que foi contemplada com uma casa, e Filho
Sônia Barbosa, que foi contemplada com uma casa, e Filho

A Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG) entregou, no sábado (12), as chaves de 60 casas a mutuários contemplados pelo programa habitacional do Estado, Lares Geraes Habitação Popular, em parceria com o Minha Casa, Minha Vida, em Carmo do Paranaíba no Alto Paranaíba. Do total, 59 foram destinadas a mulheres, chefes de família, que têm prioridade na política habitacional do Governo de Minas.

As 60 unidades inauguradas em Carmo do Paranaíba integram o Conjunto Habitacional Esperança, que vai abrigar cerca de 240 pessoas, levando em consideração uma média de quatro moradores por casa. Uma delas é Sônia Barbosa Vinhal, que deve se mudar esta semana para a casa nova com os dois filhos. Lavradora, ela recebe salário mínimo e tem de separar R$ 200 para pagar o aluguel da casa onde mora atualmente. “Estou muito feliz com essa conquista. Muitas vezes tive que sair, às pressas, à procura de outro imóvel, quando o proprietário batia na minha porta e pedia para desocupar a casa”, conta Sônia.

A entrega das casas às vésperas do dia das mães motivou as palavras das autoridades durante a solenidade, que parabenizaram as mães e as mulheres beneficiadas. Uma das mutuarias contempladas, Simônia Portilho da Silva, recebeu as chaves das mãos do prefeito de Carmo do Paranaíba, Helder Costa Boaventura, e agradeceu a oportunidade de ter acesso à casa própria. Ela falou da sua alegria e da importância da sua conquista e de todos os beneficiados.

Foram investidos R$ 2 milhões no Conjunto Habitacional Esperança, em Carmo do Paranaíba, entre recursos do Tesouro do Estado, do governo federal e da prefeitura.

Carmo do Paranaíba é um dos 208 municípios incluídos na segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida. A prefeitura já possui terreno para a construção das 50 unidades e já firmou convênio para a execução em parceria com a Cohab Minas.

Mulheres têm prioridade

A proporção de mulheres como titulares dos financiamentos habitacionais é resultado da adoção de critérios de seleção socioeconômicos que permitem às mulheres a aquisição de casa própria em condições compatíveis com sua capacidade de pagamento.

Famílias mineiras que têm mulheres como arrimo de família já somam mais da metade dos mutuários atendidos pelo programa habitacional do Estado executado pela Cohab Minas, em parceria com o governo federal e municípios. Das 30 mil casas já entregues pela Cohab Minas, desde 2005, 15 mil foram destinadas a mulheres.

Estiveram presentes na solenidade o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento; o diretor de Habitação da Cohab Minas, Fradique Gurita; o prefeito de Carmo do Paranaíba, Helder Costa Boaventura; o assessor especial da Secretaria de Assuntos Federativos da Presidência da República, Joóedis Marques; o deputado estadual Ely Tarquínio, o prefeito de São Gonçalo do Abaeté e presidente da Associação dos Municípios do Alto Paranaíba (Amapar), Fabiano Magella Lucas de Carvalho, e lideranças da região.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mulheres-chefes-de-familia-recebem-casas-da-cohab-minas-em-carmo-do-paranaiba/

Gestão Anastasia: na véspera do Dia das Mães, Cohab Minas entrega casas a mulheres no Alto Paranaíba

Das 60 unidades entregues em Carmo do Paranaíba, 58 são destinadas a mulheres, chefes de família

A Cohab Minas vai entregar, neste sábado (12), as chaves de 60 casas a mutuários contemplados pelo Programa Lares Geraes Habitação Popular, em Carmo do Paranaíba, região do Alto Paranaíba. Deste total, 58 são destinadas a mulheres, chefes de família, que têm prioridade na política habitacional do Governo de Minas.

As 60 unidades a serem inauguradas em Carmo do Paranaíba integram o Conjunto Habitacional Esperança, que deverá abrigar cerca de 240 pessoas, levando em consideração uma média de quatro moradores por casa. O investimento total na obra foi de R$ 2 milhões, entre recursos do Tesouro do Estado, do governo federal (Programa Minha Casa, Minha Vida) e da prefeitura.

Famílias mineiras que têm mulheres como arrimo de família já somam mais da metade dos mutuários atendidos pelo programa habitacional do Estado executado pela Cohab Minas, em parceria com o governo federal e municípios. Das 30 mil casas já entregues pela Cohab Minas, desde 2005, 15 mil foram destinadas a mulheres.

Essa proporção é resultado da adoção de critérios de seleção socioeconômicos que permitem às mulheres a aquisição de casa própria em condições compatíveis com sua capacidade de pagamento.

A solenidade de inauguração do Conjunto Habitacional Esperança contará com a presença do Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento; do diretor de Habitação da Cohab Minas, Fradique Gurita; do prefeito de Carmo do Paranaíba, Helder Costa Boaventura; e lideranças políticas da região.

 

Serviço:

Inauguração de 60 unidades habitacionais pelo Programa Lares Geraes Habitação Popular

Data: 12/05/12 (sábado)

Local: Conjunto Habitacional Esperança – bairro Santa Cruz (próximo à penitenciária)

Horário: 15 horas

Telefone de contato: (31) 9824-9567 – Vagner Luiz (Assessoria de Imprensa da Cohab Minas)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/na-vespera-do-dia-das-maes-cohab-minas-entrega-casas-a-mulheres-no-alto-paranaiba/

Governo de Minas: Cohab Minas entrega casas a 178 famílias do Sul do Estado

 

Trinta famílias de Ibiraci e 148 de Poços de Caldas receberão as casas do Estado

Trinta famílias de Ibiraci e 148 de Poços de Caldas receberão, nesta quarta (11) e sexta-feira (13), respectivamente, as chaves da casa própria nos conjuntos habitacionais construídos pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas) nos dois municípios do Sul de Minas.

Em Ibiraci, o Conjunto Habitacional Residencial Carloto Ferreira, com 30 unidades, será inaugurado às 17h30. Em Poços de Caldas, a solenidade acontece às 10h, quando o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, Bilac Pinto, e o presidente da Cohab Minas, Octacílio Machado Júnior, entregam as 148 casas do Conjunto Habitacional Loteamento Vila Matilde.

Das 148 unidades do novo conjunto de Poços de Caldas, 99 foram financiadas por mulheres responsáveis pelo domicílio e 31 por pessoas idosas, que também têm prioridade, segundo os critérios de seleção de candidatos à aquisição das casas ofertadas pelo Lares Geraes Habitação Popular, programa habitacional do Governo de Minas. Na construção do Conjunto Habitacional Loteamento Vila Matilde, o Governo de Minas investiu R$ 4.566.452,21. Em contrapartida, a prefeitura aplicou R$ 444.000,00 na doação do terreno e nas obras das redes de água, esgoto e energia elétrica.

Já em Ibiraci, 22 unidades foram adquiridas por mulheres e uma por idoso do total de casas do Conjunto Habitacional Residencial Carloto Ferreira. O investimento na construção feita pela Cohab Minas foi de R$ 1.019.930,70, sendo R$ 539.930.70 em recursos do Governo de Minas; R$ 390.000,00, do programa federal Minha Casa, Minha Vida; e R$ 90.000,00, da prefeitura municipal em doação e urbanização do terreno.

Sul de Minas

No ano de 2011 foram entregues no Sul de Minas 741 casas, em 19 municípios. Em 2012 já receberam novos conjuntos os municípios de Conceição da Aparecida; Alterosa; Itamonte; Piranguinho; Lambari e Serrania, totalizando outras 141 moradias, fora as 148 unidades de Poços de Caldas e 30 em Ibiraci.

De 2006 até agora, foram investidos R$ 183 milhões na construção de 7.432 casas (7.014 já entregues e 418 concluídas), sendo 6.827 do PLHP – Programa Lares Geraes Habitação Popular; 591 da parceria do PLHP com o Minha Casa, Minha Vida; e 14 da parceria com o FNHIS – Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social. Ao todo, 95 municípios da região já foram atendidos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cohab-minas-entrega-casas-a-178-familias-do-sul-do-estado/

Governo de Minas: famílias de Conceição de Ipanema recebem chaves da casa própria

Do total das 30 casas construídas pela Cohab Minas, 17 foram compradas por mulheres, e 5 por idosos

Governo de Minas entrega, nesta sexta-feira (23), a famílias de baixa renda de Conceição de Ipanema, na região Leste, o Conjunto Habitacional Atalício Antônio da Silva. Do total das 30 casas construídas pela Cohab Minas, 17 foram compradas por mulheres, e 5 por idosos.

A construção custou o total de R$ 1.019.988,27, sendo investidos R$ 539.988,27 pelo Lares Gerais, do Governo de Minas; R$ 390.000,00, pelo programa Minha Casa, Minha Vida; e R$ 90.000,00 pela Prefeitura em doação do terreno e construção da infraestrutura.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-de-conceicao-de-ipanema-recebem-chaves-da-casa-propria/

Governo de Minas: Serrania recebe conjunto da Cohab neste sábado

No Sul de Minas, o Governo de Minas, por meio da Cohab, já construiu 7.000 casas

O Governo de Minas entrega neste sábado (17), às 16h, 30 casas a famílias de baixa renda de Serrania, no Sul de Minas. As moradias compõem o Conjunto Habitacional Vitória, e foram construídas pela Cohab Minas para o Programa Lares Geraes Habitação Popular – PLHP e sua  parceria com o Minha Casa, Minha Vida.

Estarão presentes à cerimônia de entrega das chaves o vice-presidente da Cohab, Mauro Brito, e o prefeito Salvador Rodrigues Moreira. Na construção do conjunto foram aplicados R$ 1.075.912,95, sendo R$ 595.912,95, pelo Governo de Minas, por meio do Fundo Estadual de Habitação; e R$ 390.000,00, pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida. A Prefeitura Municipal participou com R$ 90.000,00 sob a forma de doação e urbanização do terreno.

No Sul de Minas, o Governo de Minas, por meio da Cohab, já construiu 7.000 casas, e tem outras 432 em construção. Os empreendimentos fazem parte do PLHP e programas parceiros.

Fonte: Agência Minas

Gestão Antonio Anastasia: mais 60 famílias mineiras recebem as chaves da casa própria

As casas serão entregues nos municípios de Tapira e Nova Ponte

Sessenta famílias mineiras, moradoras dos municípios de Tapira e Nova Ponte, receberão nesta quinta-feira (1º) as chaves da casa própria. Às 10h será entregue em Tapira o Conjunto Habitacional Brisa da Mata, com 30 casas. No mesmo dia, às 18h, será a vez de serem liberadas, em Nova Ponte, as chaves dos Conjuntos Habitacionais São João e Parque das Árvores, totalizando também 30 moradias. As casas foram construídas pela Cohab Minas, de acordo com a parceria do Lares Geraes Habitação Popular, programa do Governo de Minas, com o Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

Em Tapira, a entrega das casas será feita pelo diretor de Habitação da Cohab Minas, Fradique Gurita, e pelo prefeito Lavater Pontes Júnior. As obras custaram R$ 1.011.489,84, sendo R$ 531.489,84 do Governo de Minas e R$ 390 mil do governo federal. A prefeitura municipal participou com R$ 90 mil, referentes à doação e urbanização da área.

Nos conjuntos habitacionais São João e Parque das Árvores, em Nova Ponte, a solenidade de inauguração também será presidida pelo diretor Fradique Gurita e contará com a presença do prefeito, José Divino da Silva. Neste empreendimento, o Governo de Minas investiu R$ 572.474,45; o Minha Casa, Minha Vida, R$ 390.000,00; e a prefeitura municipal, R$ 90.000,00.

Esta será a segunda vez que o Governo de Minas realiza a entrega de conjuntos habitacionais nesses dois municípios. Em 2007, 50 famílias de Tapira foram atendidas com as casas do conjunto habitacional Bela Vista. Em 2010, foram inauguradas as 50 moradias do conjunto Medalha Milagrosa.

Fonte: Agência Minas

Gestão Anastasia: chega a 2.875 o número de casas entregues pelo Governo de Minas na região Norte

Nesta semana, mais 90 casas serão entregues nos municípios de Engenheiro Navarro, Francisco Dumont e Joaquim Felício

O Norte de Minas receberá, nesta quarta (29) e quinta-feira (1º), mais 90 casas destinadas a famílias de baixa renda dos municípios de Engenheiro Navarro, Francisco Dumont e Joaquim Felício. Com as entregas, a região chegará à marca de 2.875 de novas moradias com chaves já liberadas a seus donos. Outras 1.272 unidades já estão prontas, à espera somente do término de obras infraestrutura, a cargo das prefeituras, para serem entregues. O total de casas já construídas no Norte de Minas soma 4.167 unidades em 60 municípios, correspondendo ao investimento de R$ 104 milhões e à geração de 12.500 empregos diretos e indiretos durante as obras.

As solenidades de inauguração dos três conjuntos começam pelo município de Engenheiro Navarro, onde a Cohab Minas construiu o Conjunto Habitacional Carlúcio Barbosa da Luz Duarte, com 30 casas. A cerimônia será realizada nesta quarta-feira (29), às 16h, e contará com a presença do prefeito municipal, Sileno Dias Lopes da Silva, e do gerente de Serviços e Logística da Cohab Minas, José Hertz Cardoso, representando o presidente Octacílio Machado Júnior.

Ainda nesta quarta, às 19h, o representante da Cohab Minas e o prefeito municipal de Francisco Dumont, João Geraldo Azevedo, liberam as chaves das casas do Conjunto Habitacional Maria José Alves Pinto. Serão 29 casas no padrão convencional e uma casa especial para pessoa cadeirante.

Na quinta-feira (1º), às 17h, em Joaquim Felício, o gerente José Hertz e a prefeita municipal, Eliana Colen Pimenta de Abuabara, inauguram o Conjunto Habitacional Benjamim José Antônio, também com 30 casas.

Os três empreendimentos foram implantados mediante parceria do Lares Gerais Habitação Popular, programa habitacional do Governo de Minas, com o programa federal Minha Casa, Minha Vida. Na construção das obras foram investidos R$ 2.953,500,00, sendo R$ 1.512.500,00 oriundos do Governo do Estado; R$ 1.170.000,00, do Minha Casa, Minha Vida; e R$ 270.000,00 das prefeituras, sob a forma de doação e urbanização dos terrenos onde foram construídos os conjuntos.

Fonte: Agência Minas