Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Governo de Minas inaugura mais 50 unidades habitacionais no Centro-Oeste

Imóveis serão entregues para as famílias no dia Primeiro de Maio

Cinqüenta famílias de Martinho Campos, município do Centro-Oeste, vão receber suas novas casas no feriado de 1º maio. Os imóveis fazem parte de dois conjuntos habitacionais: o Professora Conceição Maria de Jesus e o Professora Amâncio Ferreira de Souza, cada um com 25 unidades.

Os dois conjuntos custaram R$ 1,84 milhão. Desse total, o Governo de Minas investiu com R$ 1,45 milhão. Outros R$ 390 mil foram recursos federais e mais R$ 150 mil municipais.

A entrega será às 18h de terça-feira e será feita pelo diretor Administrativo e Financeiro da Cohab Minas, Paulo Roberto Delgado, representando o presidente Octacílio Machado Júnior, e pelo prefeito Francisco Ludovico de Medeiros e o inauguram os conjuntos habitacionais.

Com os dois novos conjuntos, a Cohab Minas ultrapassou a marca do total de 30 mil famílias atendidas com as casas construídas para o Lares Geraes Habitação Popular, programa habitacional do Governo de Minas, e suas parcerias com o Minha Casa Minha Vida e o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social – FNHIS, programas do Governo Federal.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-inaugura-mais-50-unidades-habitacionais-no-centro-oeste/

 

Anúncios

Governo de Minas: famílias de Recreio e Fervedouro têm acesso à casa própria

Com os dois novos conjuntos, a Cohab Minas ultrapassou a marca de 30 mil famílias atendidas

Dentro de uma série de inaugurações de conjuntos habitacionais que vai acontecer no final da semana e início da próxima, o Governo de Minas entrega na segunda-feira (30), às 10h, em Recreio, na Zona da Mata, as 30 casas do CH José Muniz (Sr. Zacá). A obra da Cohab Minas destina-se à parceria do Lares Gerais Habitação Popular (PLHP) com o Minha Casa Minha Vida (MCMV), e custou R$ 1.103.768,71, sendo R$ 623.768,71 com recursos do Fundo Estadual de Habitação; R$ 390.000,00, do governo federal; e R$ 90.000,00, do município como contrapartida em doação do terreno e obras de infraestrutura.

As chaves das novas moradias serão entregues pelo prefeito municipal Fernando de Almeida Coimbra e pelo chefe de gabinete das Cohab Minas, João Lincoln de Almeida, representando o presidente Octacílio Machado Júnior. Na mesma data, às 20h, Carlos Corindon de Araújo, prefeito de Fervedouro, na Zona da Mata, e o Chefe de Gabinete da Companhia inauguram o Conjunto Habitacional Cidade Nova II, também com 30 unidades e para o PLHP-MCMV. Na construção, o Governo de Minas investiu R$ 691.455,19; o Minha Casa Minha Vida, R$ 390.000,00; e o município, R$ 90.000,00, totalizando cerca de R$ 1,8 milhão.

Com os dois novos conjuntos, a Cohab Minas ultrapassou a marca de 30 mil famílias atendidas com as casas construídas para o Lares Geraes Habitação Popular, programa habitacional do Governo de Minas, e suas parcerias com os municípios conveniados, com o Minha Casa Minha Vida e o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social – FNHIS, programas do governo federal.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-de-recreio-e-fervedouro-tem-acesso-a-casa-propria/

Gestão Anastasia: família de Umburatiba recebe do Governo de Minas a Casa 30 mil construída pela Cohab

Cerca de 120 mil pessoas já foram beneficiadas pelo Lares Geraes Habitação Popular

O Governo de Minas atinge, neste sábado (28), em Umburatiba, a marca de 30 mil famílias atendidas com as casas construídas pela Cohab Minas. Cerca de 120 mil pessoas já foram beneficiadas pelo Lares Geraes Habitação Popular, em parcerias avulsas e com os municípios conveniados – que doam os terrenos e assumem a construção da infraestrutura urbana -, bem como com o Minha Casa Minha Vida – MCMV e o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social – FNHIS, programas do governo federal.

Adriana Alves Vieira, mãe de três filhos, é a responsável pela 30ª milésima família mineira a ter acesso à casa própria por meio do programa habitacional do Estado. A casa 30 mil será entregue à mutuaria em solenidade que vai se iniciar às 20h, quando a prefeita Laurizete Soares dos Santos Vital e o Gerente de Serviços e Logística da Cohab Minas, José Hertz Cardoso, representando o presidente Octacílio Machado Júnior, liberam as chaves dos Conjuntos Habitacionais Recanto das Rosas I e II.

O presidente da Cohab comemora o fato como “a comprovação da capacidade produtiva da Cohab Minas, da credibilidade da companhia nas parcerias com os municípios conveniados, e da sensibilidade do Governo de Minas, ao possibilitar a famílias mineiras de baixa renda o acesso à casa própria”. E também cumprimentou todos os diretores, gerentes e empregados “pelo feito que se situa entre os mais relevantes da história da Cohab Minas e se destaca dentre as realizações dos governos de Aécio Neves e Antonio Anastasia.”

Em Umburatiba, a Cohab Minas construiu 43 unidades para a parceria PLHP e FNHIS, e 25, para o PLHP-MCMV. Nas obras das 68 moradias foi investido o total de R$ 2.116.535,60. Também neste sábado, às 9h, em Divisópolis, o Gerente José Hertz Cardoso e o prefeito Euder de Lima Rosemberg Mendes vão entregar as 30 moradias do CH Prefeito Eudes Mendes, construído para a parceria PLHP-MCMV, com investimento total de R$ 1.056.951,55. Com os novos conjuntos de Umburatiba e Divisópolis, a região já recebeu ao todo 3.439 moradias.

Quadrimestre

Além da inauguração da casa 30 mil, o Governo de Minas começa o ano de 2012 com resultados expressivos na política habitacional executada pela Cohab. De 6 de janeiro até o dia 30 de abril, estarão entregues 1.246 casas em 36 municípios de diversas regiões do Estado, dando novos passos rumo ao esforço continuado para a redução do déficit habitacional no estado.

Somados os conjuntos habitacionais inaugurados desde meados de 2005, quando se iniciou a execução do Lares Geraes, até dezembro do ano passado, mais conjuntos serão liberados até a próxima terça-feira (1º), quando será alcançada a marca de 30.111 casas com as chaves já liberadas em 342 municípios, fora os repetidos. Estão prontas, aguardando apenas a execução da infraestrutura, a cargo dos municípios, mais 2.419 unidades habitacionais construídas pela Cohab Minas em 78 municípios. Por sua vez, em Jaíba (Norte de Minas), se acham em construção outras 17 moradias restantes de um conjunto de 60 unidades.

Computados todos os números realizados até o final do primeiro quadrimestre de 2012, a companhia já construiu 32.530 casas, fora as 17 em obras no município de Jaíba. Esse total é praticamente o dobro do número das 16.483 casas construídas pela Cohab em Minas Gerais entre os anos de 1987 e 2002. O Governo de Minas e seus parceiros já investiram o total de R$ 789.252.464,30, sendo R$ 563.132.724,38 (71,35%) com recursos do Estado, via Fundo Estadual de Habitação – FEH; R$ 132.624.507,53 (16,80%) com recursos do governo federal; e R$ 93.495.232,39 (11,85%) com recursos dos municípios conveniados sob a forma de doação e urbanização de terrenos.

Além da entrega de conjuntos habitacionais pelo Programa Lares Geraes Habitação Popular e parceiros, a Cohab Minas, em convênio com o DER-MG, construiu 17 casas e adquiriu 7 para reassentar as famílias que precisaram ser deslocadas pelas obras do Proacesso em 16 municípios.

O projeto-padrão da casa tem 36,76 m² de área, incluindo dois quartos, sala, cozinha, instalação sanitária e área de serviço coberta. O lote de cada unidade tem em média 242,57 m². As pessoas com deficiência física recebem casas com 51,45 m², adaptadas ao uso de cadeira de rodas. Quinze mil unidades estão sendo equipadas com aquecedor solar, graças ao convênio da Cohab Minas com a Cemig. O aquecedor permite às famílias economizarem cerca de 30% em suas contas de energia elétrica, destinando essa parcela a outras despesas necessárias à melhoria do padrão de vida.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familia-de-umburatiba-recebe-do-governo-de-minas-a-casa-30-mil-construida-pela-cohab/

Governo de Minas: Cohab-MG prepara nova parceria entre o Lares Geraes e o Minha Casa, Minha Vida

O trabalho visa orientar as prefeituras sobre os procedimentos para participar dos novos empreendimentos habitacionais.

Marco Evangelista/Secom MG
Casas entregues pela parceria Lares Geraes/Minha Casa Minha Vida
Casas entregues pela parceria Lares Geraes/Minha Casa Minha Vida

Um grupo de trabalho interno criado pela Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab/MG) começou a preparar a  implementação da segunda etapa da parceria do Programa Lares Gerais – Habitação Popular com o Minha Casa, Minha Vida (MCMV), visando orientar as prefeituras, que vierem a ser atendidas neste ano, sobre os procedimentos para participarem dos novos empreendimentos habitacionais. Está previsto que a Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades irá divulgar a lista dos municípios beneficiários da parceria nesta sexta-feira (3).

Por isso, o presidente da Cohab, Octacílio Machado Júnior, orientou que todos os setores da Companhia envolvidos diretamente com as operações de  implementação da nova parceria elaborem as instruções a serem seguidas pelas administrações municipais. De imediato, o grupo de trabalho, coordenado pelo chefe de gabinete da Companhia, João Lincoln de Almeida, e composto de vários gerentes e assessores da área técnica, se incumbiu de adequar os procedimentos da Companhia aos requisitos estabelecidos pela Portaria 610 do Ministério das Cidades para a segunda fase do MCMV, quanto à inscrição de candidatos à casa própria e à comercialização das unidades a serem construídas a partir deste ano.

As mudanças da segunda fase incluem a divulgação ampla dos critérios de seleção de candidatos, os detalhes do novo projeto de construção das casas, a explicitação das contrapartidas dos municípios no Termo de Acordo e Compromisso (TAC) e no convênio da prefeitura com a Companhia, e o novo fluxo de desembolso financeiro nas medições da construção das casas.

Até o final da semana, o grupo concluirá a redação das minutas do Termo de Acordo e Compromisso e do seu extrato, a serem assinados pelos prefeitos dos municípios que serão atendidos; do novo convênio a ser firmado pela Cohab e municípios; do decreto que obriga a divulgação dos critérios adicionais para seleção de candidatos à casa própria. No mesmo prazo, a Cohab  vai finalizar a elaboração de dois manuais. Todas as orientações operacionais constarão de um kit a ser entregue a cada prefeito.

O primeiro manual informa, por exemplo, a necessidade de designar, formalmente, um representante da administração municipal para fazer a interlocução com a Cohab  em relação às medidas administrativas ligadas à concretização dos empreendimentos. O segundo vai mostrar o passo a passo do processo de inscrição e seleção de candidatos à aquisição das casas. A Cohab combinou o seu sistema de seleção, mediante pontuação dos dados da situação socioeconômica de cada candidato, com o sorteio final das unidades entre os selecionados, adotado pelo Ministério das Cidades para  o MCMV 2.

Fonte: Agência Minas