Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: gravura rupestre mais antiga das Américas está em Minas Gerais

O desenho foi encontrado no sítio arqueológico de Lapa do Santo, em Lagoa Santa

O desenho, encontrado no sítio arqueológico de Lapa do Santo em Lagoa Santa, foi esculpido na pedra há, pelo menos, 10,5 mil anos, e pode ter até 12 mil anos de idade.

 Veja a matéria completa no site G1.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: defesa social inicia ações de segurança para o Carnaval com blitz educativa contra drogas

Em todo o Estado, mais de 33 mil policiais militares, civis e bombeiros trabalharão durante o feriado, com foco na proteção ao cidadão, fiscalização e investigação de crimes e prevenção de acidentes em estradas e rodovias
Divulgação/Seds MG
Campanhas de conscientização e fiscalização serão reforçadas em Minas
Campanhas de conscientização e fiscalização serão reforçadas em Minas

As ações de segurança elaboradas pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) para o Carnaval 2012 começaram nesta quarta-feira (15), com o lançamento da campanha “Expresso legal, carnaval sem drogas”, em Belo Horizonte. A ação, realizada pela da Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (Supod) da Seds, em parceria com a Polícia Militar (PMMG) e com as Secretarias de Estado de Saúde, Desenvolvimento Social e Turismo, contou com uma blitz educativa próxima ao BH Shopping, no bairro Belvedere. Motoristas foram abordados e receberam preservativos, leques e materiais informativos alertando sobre as consequências do uso das drogas e os cuidados que devem ser tomados para evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST’s).

Depois da ação na capital, dois ônibus plotados saíram nos sentidos Norte e Sul de Minas Gerais. Até o dia 22 de fevereiro, eles passarão por mais de 80 cidades e irão parar em pelo menos 33, para conscientizar os foliões. No total, serão mais de três mil quilômetros rodados. Entre os municípios contemplados estão as cidades históricas, destinos de grande número de turistas durante o Carnaval. Além das drogas e DST´s, os agentes alertarão sobre cuidados no trânsito e contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Está prevista a distribuição de 100 mil preservativos e 450 mil kits de prevenção, com leques, adesivos e materiais informativos. Haverá, ainda, grupos de animação e folia de carnaval, formados por jovens que participam do projeto Juventude e Polícia, da Polícia Militar.

De acordo com o subsecretário de Políticas Sobre Drogas, Cloves Benevides, o objetivo da campanha é aproximar as ações de prevenção às pessoas nessa época carnavalesca, com enfoque também no interior do Estado. “O Expresso Legal vai percorrer as cidades levando essa mensagem, de que o importante é curtir a folia com responsabilidade e consciência, sem uso de drogas”, disse. O subsecretário ressalta que, além das cidades que receberão a equipe da Supod, a campanha será potencializada por uma parceria com os conselhos municipais antidrogas, que distribuirão os materiais em 100 blitz educativas.

Os ônibus passarão pelos municípios de Belo Horizonte, Lagoa Santa, Jaboticatubas, Sabará, Itabira, Timóteo, Ipatinga, Governador Valadares, Guanhães, Teófilo Otoni, Serro, Diamantina, Bocaiúva, Montes Claros, Pirapora, Três Marias, Curvelo e Corinto, Nova Lima, Rio Acima, Itabirito, Ouro Preto, Mariana, Ouro Branco, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Carandaí, Barbacena, Tiradentes, São João del-Rei, Oliveira, Cláudio e Divinópolis.

Efetivo

Além da campanha de conscientização, a Seds elaborou uma série de ações para o Carnaval, que vão desde o aumento do efetivo até o maior rigor na fiscalização das estradas. Em todo o Estado, mais de 33 mil policiais militares, civis e bombeiros trabalharão durante o Carnaval, com foco na proteção ao cidadão, fiscalização e investigação de crimes e prevenção de acidentes em estradas e rodovias. As ações repressivas e preventivas terão como foco as cidades históricas de Minas que recebem o maior número de visitantes nos quatro dias de folia, além de Belo Horizonte e Região Metropolitana (RMBH).

Nas cidades de Ouro Preto, Mariana, Sabará, Tiradentes, São João del-Rei e Diamantina a Polícia Militar terá 405 homens a mais nas ruas, o que representa um aumento de 43%. Estes municípios também terão aumentos que variam de 50% a 70% no efetivo da Polícia Civil (PCMG) e delegacias de plantões 24 horas. Na região metropolitana, haverá 19 mil policiais militares em atuação, sendo 7 mil apenas em Belo Horizonte.

As rodovias estaduais e federais também ganharão reforço de fiscalização entre a sexta-feira (17) e a quarta-feira de cinzas (22), principalmente nos trechos que levam aos destinos mais visados. Para garantir a segurança no trânsito, foi elaborado o “Plano Operacional Integrado Carnaval 2012”, com definições de ações conjuntas entre a Seds, a PMMG, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros (CBMMG), além do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a BHTrans, a Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) e a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec).

As rodovias estaduais ganharão o reforço de 800 policiais militares e de policiais rodoviários federais, que participaram da elaboração do Plano Integrado. As principais áreas de atuação e atenção são a BR 356 e MGT 383 (região de Ouro Preto); BR 356, MG 262 e MG 129 (região de Mariana); BR 494, BR 383, BR 265, MG 494 (região de São João del-Rei); BR 265 (na altura de Tiradentes); BR 367, MG 367 e MG 259 (região de Diamantina); e BR 262 e MG 262 (Sabará). A RMBH e as rodovias de acesso aos litorais capixaba e fluminense também terão reforço. Além das blitz repressivas, serão distribuídos, em todo o Estado, panfletos com dicas para segurança no trânsito.

Álcool e excesso de velocidade

Todos os 383 etilômetros da polícia militar serão utilizados para repressão ao trânsito de motoristas alcoolizados, além de outros 140 aparelhos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que serão distribuídos por pontos estratégicos das rodovias.

Em Belo Horizonte, a “Campanha Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, terá 12 blitze repressivas durante o Carnaval para evitar excessos na capital. Belo Horizonte, especificamente, contará com 330 policiais militares na fiscalização do trânsito.

Para coibir o excesso de velocidade, serão colocados em ação 18 radares móveis da PM e quatro da PRF, reforçando o papel dos radares fixos já instalados na malha rodoviária.

Os bombeiros desenvolverão atividades preventivas em 150 municípios, com um efetivo de aproximadamente 1.500 militares. Nas cidades históricas, haverá reforço de 88 homens. Serão montados 61 pontos base em rodovias, 85 equipes em balneário e 66 equipes em eventos, para prevenção contra incêndio e acidentes. Para a operação, serão disponibilizadas 340 viaturas.

Além disso, o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) disponibilizará duas equipes por dia para operação com helicópteros e uma equipe de sobreaviso para atuação em casos de emergência. Como no ano passado, em um dos helicópteros haverá uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para realizar atendimento pré-hospitalar.

Transporte clandestino

O DER, por sua vez, contará com 256 fiscais durante o carnaval e 103 veículos caracterizados com acesso remoto à internet, para fiscalização dos condutores e dos transportadores regulares e clandestinos e para a verificação preventiva da situação das vias. Também haverá 22 pontos onde serão desenvolvidas ações educativas, com orientação e distribuição de materiais informativos.

As blitze acontecerão, principalmente, nos acessos às regiões mais procuradas nesse período: Serrra do Cipó, Diamantina, Pirapora, Ouro Preto, Mariana, São João del-Rei, RMBH e outros pontos mais regionalizados.

Já o transporte de cargas e passageiros será fiscalizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, que empregará 36 servidores nos terminais rodoviários de Belo Horizonte (15), Juiz de Fora (7), Montes Claros (2), Pouso Alegre (3), Uberlândia (4), Uberaba (3) e Teófilo Otoni (2).

O foco do trabalho da ANTT é o transporte interestadual de passageiros e o reforço na operação começa nos dias anteriores ao carnaval, quando um número maior de pessoas utiliza o transporte rodoviário. São dadas orientações ao passageiros e feitas fiscalizações dos veículos, verificando, por exemplo, as condições dos pneus, retrovisores, entre outros aspectos que atestam a condição de fazer a viagem.

Fonte: Agência Minas

Governador Anastasia destaca importância da Copa do Mundo para Minas

Cidades candidatas lotam Centro de Convenções para Seminário de Centros de Treinamento de Seleções

Wellington Pedro/Imprensa MG
Anastasia durante pronunciamento durante III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção (CTS)
Anastasia durante pronunciamento durante III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção (CTS)

O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira (10), no Centro de Convenções de Uberlândia, no Triângulo Mineiro do III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção (CTS). O evento reuniu cerca de 200 pessoas e contou ainda com a presença do secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso, do ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol, campeão mundial em 1994 e 2002, Cafu, e de entidades parceiras e representantes da maioria das cidades mineiras candidatas a CTS.

“A Copa da Mundo em Minas é uma oportunidade única e particular para nós mineiros, que temos tido nos últimos anos um desenvolvimento econômico grande. Teremos a chance inequívoca de projetar Minas Gerais de forma internacional e mostrar ao mundo nossas tradições. O Estado inteiro está mobilizado e a Copa do Mundo é um bom negócio, cujas oportunidades não podemos perder. Se soubermos aproveitar bem, teremos Minas em outro patamar. Temos de deixar de ser tímidos e mostrar Minas para o mundo”, afirmou Anastasia.

Para Sergio Barroso, os municípios mineiros estão empenhados em fazer o melhor para receber a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. “Isso fica claro quando percebemos o entusiasmo das cidades mineiras candidatas, que se revela na preparação para receber turistas e seleções internacionais durante a Copa do Mundo. Já estamos gerando resultados e é isso que vamos mostrar para todo o mundo”, disse o secretário, durante a abertura do evento.

E a divulgação internacional de Minas Gerais foi o ponto defendido por Cafu durante sua palestra. “Esse é o momento de se preparar, mas também de mostrar para todos, como o estado é rico e tem recursos para receber qualquer seleção de futebol do planeta. Pela minha experiência de ter disputado quatro Copas do Mundo, sei que esse evento gera benefícios para todos, principalmente com a geração de empregos. O Mundial passa, mas o legado que fica é para sempre”, disse o ex-jogador.

Para Peter Keen, consultor do governo britânico, as nações mudam com eventos de grande porte bem-sucedidos. “O esporte é um caminho para o desenvolvimento social de um país. Essa é a hora de potencializar equipamentos esportivos para mudar a realidade do país”, comentou. Em sua palestra, ele apresentou programas de desenvolvimento social internacional, com incentivos do Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID). “São exemplos que podem e devem ser seguidos pelos brasileiros”, pontuou.

Qualificação

Na segunda parte do evento, palestrantes abordaram a preparação de micro e pequenas empresas, além da necessidade de capacitação profissional, desenvolvimento dos empresários do segmento de bens, serviços e turismo, e ações de promoção e divulgação para o Mundial. “Queremos capacitar e qualificar os mineiros para se prepararem para as oportunidades que já estão sendo criadas com a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014”, disse Lázaro Luiz Gonzaga, presidente do Sebrae-MG, Sistema Fecomércio-MG, Sesc-MG, Senac-MG e Sindicatos.

A assessora de Relações Institucionais da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), Mariana Bahia, apresentou o projeto do Governo de Minas para as copas das Confederações da FIFA 2013 e do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Cidades candidatas

As 19 cidades mineiras candidatas a CTS são: Araxá, Caeté, Caxambu, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Lagoa Santa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia e Varginha.

Requisitos para CTS

Equipamento

Características

Hotel

Deve ter disponibilidade de mínimo de 55 quartos com ar-condicionado ou aquecedor (considerando o clima na região nos meses de junho e julho).

Algumas seleções podem precisar de 100 quartos ou mais.

Serviço de restaurante deve atender, no mínimo, 55 pessoas, estilo Buffet, que seja reservado 24 horas para uso exclusivo da seleção.

Sala para conferência de imprensa em estilo cinema e capacidade mínima de 100 pessoas

Aeroporto

Aeroporto nas proximidades, com capacidade para receber aeronaves de aproximadamente 120 passageiros e permissão para vôos noturnos.

Tempo máximo de deslocamento hotel-aeroporto, por ônibus, não pode ultrapassar 60 minutos.

Centro de treinamento

Centro de treinamento deve ter, pelo menos, um campo em excelentes condições e medidas oficiais, além de SPA, piscina e área fitness.

Tempo de deslocamento hotel-centro de treinamento, em ônibus, deve ser de, no máximo, 20 minutos.

Gestão Anastasia: cidade de Uberlândia recebe III Seminário para Copa do Mundo

O evento reunirá representantes das 19 cidades mineiras candidatas a ser Centros de Treinamento de Seleção

Na próxima sexta-feira (10), será realizado o III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção (CTS), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O evento reunirá representantes das 19 cidades mineiras candidatas. O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, fará a abertura do seminário. O ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol, campeão mundial em 1994 e 2002, Cafu, falará ao público sobre as qualidades e requisitos que uma cidade deve ter para receber uma seleção internacional de futebol.

Além dele, o consultor do governo britânico, Peter Keen, fará palestra sobre o legado pós-copa e programas de desenvolvimento social internacional junto ao Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Para o secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, esse momento é importante para a transparência e a troca de informações oficiais com as cidades participantes. “Esse é o nosso terceiro evento de capacitação de cidades candidatas a CTS para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. Já percebemos um amadurecimento de cada uma das cidades participantes. Essa é uma prova de que o Estado estará preparado para o maior evento esportivo do mundo”, comenta Sergio Barroso.

Na segunda parte do evento, representantes do Sebrae-MG, Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e sindicatos abordarão a preparação de micro e pequenas empresas, além da necessidade de capacitação profissional, desenvolvimento dos empresários do segmento de bens, serviços e turismo, e ações de promoção e divulgação para o Mundial. Ainda na parte da tarde, a Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) apresentará o projeto do Governo de Minas para as copas das Confederações da Fifa 2013 e do Mundo da Fifa Brasil 2014.

O evento, que será realizado no Center Convention, é uma parceria entre a Secopa, Prefeitura de Uberlândia, Sebrae-MG, Fecomércio Minas, Senac Minas e Sesc-MG.

As 19 cidades mineiras candidatas a CTS são: Araxá, Caeté, Caxambu, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Lagoa Santa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia e Varginha.

Pré-requisitos para CTS

A escolha de um CTS está baseada em critérios rigorososde avaliação de hotéis, aeroportos e campos de treinamento, como:

Hotel- Deve ter disponibilidade de mínimo de 55 quartos com ar-condicionado ou aquecedor (considerando o clima na região nos meses de junho e julho). Algumas seleções podem precisar de 100 quartos ou mais. O serviço de restaurante deve atender, no mínimo, 55 pessoas, estilo Buffet, que seja reservado 24 horas por dia para uso exclusivo da seleção. A sala para conferência de imprensa deve ter estilo cinema e capacidade mínima de 100 pessoas.

Aeroporto – A cidade deve ser próxima de um aeroporto com capacidade para receber aeronaves de, aproximadamente, 120 passageiros e que permita voos noturnos. As seleções exigem uma distância máxima de até 60 minutos de deslocamento hotel-aeroporto, via ônibus.

Centro de treinamento -O centro de treinamento deve ter, pelo menos, um campo em excelentes condições e medidas oficiais, além de SPA, piscina e área fitness. O tempo de deslocamento hotel-centro de treinamento, em ônibus, deve ser de, no máximo, 20 minutos.

Credenciamento de jornalistas

Para acompanhar a realização do III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção, em Uberlândia, os jornalistas devem fazer credenciamento pelo email bruno.azevedo@copa.mg.gov.br até quinta-feira (9).

Serviço:

Evento: III Seminário de Centros de Treinamento de Seleção (CTS)

Data: Sexta-feira, 10 de fevereiro

Horário: 9h às 17h
Local: Center Convention, Uberlândia (MG)

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas dá mais um passo para construção de escolas técnicas no Triângulo

Assinado protocolo de intenção que prevê a construção das unidades pelo Programa Brasil Profissionalizado
Divulgação/SEE MG
Secretários Ana Lúcia Gazzola e Narcio Rodrigues firmam acordo com prefeitos de Tupaciguara e Sacramento
Secretários Ana Lúcia Gazzola e Narcio Rodrigues firmam acordo com prefeitos de Tupaciguara e Sacramento

Nessa terça-feira (31), a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, assinou com os prefeitos de Tupaciguara e Sacramento, protocolos de intenção para a construção de duas escolas técnicas nos municípios, por meio do Programa Brasil Profissionalizado, do Ministério da Educação. O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, também participou da assinatura dos protocolos, já que a pasta atua como colaboradora da Educação na continuidade das ações.

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) já assinou convênio com o MEC no valor de R$ 14 milhões para a construção das duas unidades. As prefeituras agora devem apresentar a documentação necessária para viabilizar a assinatura do convênio com a SEE, para que os recursos sejam liberados e as obras, iniciadas.

Segundo Ana Lúcia Gazzola, as escolas técnicas possibilitarão o desenvolvimento dessas regiões. “A assinatura desses protocolos firma a parceria com essas prefeituras, para que possamos iniciar a construção dessas escolas e atender melhor a demanda das comunidades locais”, completou.

As escolas seguem o padrão estabelecido pelo Programa Brasil Profissionalizado. O valor previsto para a construção é de R$ 7,2 milhões e cada unidade tem capacidade para 1.200 alunos. A previsão é de que as obras durem um ano e meio.

Narcio Rodrigues reforçou a importância das ações do programa em Minas. “A disponibilidade da SEE fez com que ela pudesse ser a protagonista do Brasil Profissionalizado, até porque a educação técnica está ligada à educação. Nós passamos a ser coadjuvantes e a participar com apoio tecnológico”, afirmou o secretário.

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) deu prioridade a 13 municípios para receberem as escolas técnicas, a partir das vocações e demandas locais. São eles: Bocaiúva, Brasília de Minas, Espinosa, Grão Mogol, Janaúba, Joaíma, Lagoa Santa, Manga, Monte Azul, Pompéu, Ibirité, Taiobeiras e Unaí.

“Uma escola com a proposta de aprimorar o ensino técnico é de extrema importância. É uma oportunidade de capacitação que possibilita que as pessoas ingressem no mercado de trabalho que está surgindo na nossa região”, avaliou o prefeito de Tupaciguara, Alexandre Berquó Dias. O prefeito de Sacramento, Wesley de Santi de Melo, também comemorou o acordo.

As duas cidades ficam no Triângulo Mineiro, sendo que Tupaciguara está mais próxima de Uberlândia e Sacramento, de Uberaba. O município de Tupaciguara vai sediar um dos polos aeronáuticos que integram o Complexo Aeronáutico de Minas Gerais, razão pela qual os cursos serão voltados para a aviação. O projeto é coordenado pela Sectes, com a parceria das Secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Educação.

Brasil profissionalizado

A iniciativa repassa recursos do Governo Federal para que os estados invistam em suas escolas técnicas. Criado em 2007, o Brasil Profissionalizado possibilita a modernização e a expansão das redes públicas de ensino médio integradas à educação profissional, uma das metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Os recursos do MEC podem ser empregados em obras de infraestrutura, desenvolvimento de gestão, práticas pedagógicas e formação de professores.

Fonte: Agência Minas