Arquivos do Blog

Aécio acusa Renan de engavetar requerimentos de informação

Aécio Neves: senador encaminhou 79 pedidos de informação, apenas 21 foram atendidos dentro do prazo constitucional.

Governo do PT é blindado por Renan Calheiros

Fonte: O Globo

Aécio acusa Renan de segurar votações de requerimentos de informação

Tucano afirma que encaminhou 79 pedidos a vários órgãos da administração federal, mas apenas 21 foram respondidos no prazo

presidente do PSDBsenador Aécio Neves (MG), acusou, em plenário nesta terça-feira, o presidente do SenadoRenan Calheiros (PMDB-AL) de engavetar requerimentos encaminhados por ele pedindo informações ao governo sobre vários temas. Ele reclamou especialmente do requerimento de informações 985, sobre motivos de paralisação de obras com recursos públicos. Aécio lembrou a Renan que a não apreciação desses requerimentos no prazo constitucional de 30 dias, pode levar o presidente a incorrer em crime de responsabilidade.

Segundo Aécio, ele encaminhou 79 requerimentos de informação a vários órgãos da administração federal, mas apenas 21 foram respondidos no prazo constitucional. Nos últimos dias, a presidente Dilma Rousseff tem travado um bate-boca com o Tribunal de Contas da União (TCU) por causa da paralisação de obras por irregularidades.

– Já disse aqui que o Brasil virou um cemitério de obras inacabadas. E o Senado tem obrigação de analisar os motivos que têm levado às paralisações e ao desperdício de recursos públicos pelo TCU. A presidente Dilma é a maior interessada em saber esses motivos. Ela deveria estudar melhor os motivos das paralisações, ao invés de atacar o TCU – discursou Aécio Neves.

Renan disse que o requerimento 985 já tinha passado pela Mesa Diretora e estava pronto para ser votado no plenário, só precisando que houvesse uma solicitação nesse sentido. Aécio então disse que já tinha feito essa solicitação, mas mesmo assim a matéria não tinha sido incluída na ordem do dia para votação em plenário.

– A matéria está pronta para ser votada a qualquer momento. Então vamos incluí-la na ordem do dia de amanhã – anunciou Renan.

Anúncios

Irregularidades com ministros e funcionários de alto escalão: Aécio critica governo Lula e Dilma por causa das denúncias de corrupção

Corrupção no Brasil, Corrupção no Governo do PT,  Fraudes, Irregularidades

Fonte: Veja Online

Aécio critica conivência do governo Dilma com corrupção

Sérgio Guerra, presidente do PSDB, pediu o afastamento do ministro do Trabalho. Edição de VEJA desta semana mostra cobrança de propina na pasta

O senador Aécio Neves (PSDB), ex-governador de Minas Gerais

O senador Aécio Neves (PSDB), ex-governador de Minas Gerais (Ayrton Vignola/Folha Imagem)

O senador e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, fez nesta segunda-feira críticas ao governo da presidente Dilma Rousseff e de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, e destacou a série de denúncias de corrupção que envolvem ministros e funcionários de alto escalão. “Para usar uma expressão da presidente, o malfeito para este governo só é malfeito quando vira escândalo. Até lá, é bem feito”, disse Aécio, na chegada ao seminário organizado pelo PSDB, no Rio de Janeiro. “O governo age reativamente.”

O presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), defendeu o afastamento do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, depois da revelação de um esquema de corrupção no ministério, mostrada por VEJA desta semana. “Todos os que forem denunciados com lógica e sentido devem sair”, afirmou Guerra.

Aécio definiu o seminário do partido como a “largada para um novo momento do PSDB”. Possível candidato à Presidência em 2014, Aécio disse, porém, que a discussão é sobre temas nacionais e não sobre eleições. E criticou o governo Lula por não ter “enfrentado contenciosos”, como a reforma previdenciária e política.

O seminário reúne tucanos como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador Geraldo Alckmin e economistas como Pérsio Arida e Armínio Fraga. O ex-governador de São Paulo José Serra, que estava em viagem ao exterior, não deverá participar. Alguns tucanos, no entanto, brincavam que ele ainda poderia aparecer, “atrasado, como sempre”.

(Com Agência Estado)

Leia também: Lupi afasta operador de esquema de extorsão no Trabalho

Link da matéria: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/aecio-critica-reacao-do-governo-a-casos-de-corrupcao