Arquivos do Blog

Gestão da Saúde: Hemominas em Ituiutaba faz coleta de sangue em horário alternativo

A expectativa é atender 50 candidatos à doação

A unidade da Hemominas em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, atenderá nesta quarta-feira (27), os doadores excepcionalmente das 17h às 20h, além de realizar o atendimento no horário normal, das 7h30 às 11h. A expectativa é atender cerca de 50 candidatos à doação de sangue durante o horário alternativo. A unidade está localizada na Avenida 5ª, s/nº, entre as ruas 38 e 40, no bairro Progresso.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas. Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

O hotsite www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação, principalmente para os jovens. Acesse e conheça o Projeto na Veia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-em-ituiutaba-faz-coleta-de-sangue-em-horario-alternativo-2/

Anúncios

Gestão da Saúde: aniversário de Juiz de Fora é tema de campanha pela doação de sangue

A expectativa é de que a campanha ajude a manter o fluxo adequado de doadores até 6 de junho

Na semana em que Juiz de Fora completa 162 anos, a Fundação Hemominas faz campanha para que a população se organize e dê um presente especial ao município: o cuidado com a saúde, pela prática da doação de sangue. Instituições municipais, estaduais e federais estão recebendo mensagens do Hemocentro, pedindo que estimulem os servidores públicos a realizarem a doação nos próximos dias, como forma de comemorar a data. Para o dia 31 de maio, aniversário da cidade, já confirmaram presença para doação de sangue representantes da Guarda Municipal, dos Agentes de Trânsito e da Associação Municipal de Apoio Comunitário (Amac).

Com o slogan Doe sangue, presenteie a cidade cuidando da saúde de quem mora nela, a campanha faz uma relação entre os 162 anos do município e o número de doadores que a cidade precisa todos os dias. Para atender à demanda transfusional dos hospitais da região, a Hemominas deve receber diariamente mais de 150 doadores. De janeiro a abril deste ano, 8.232 cidadãos juizforanos doaram sangue, contribuindo para o tratamento de pacientes com câncer, submetidos a cirurgias, acidentados, queimados, portadores de doenças hematológicas, além de outros casos que exigem a transfusão.

A expectativa é de que a campanha ajude a manter o fluxo adequado de doadores até o próximo dia 6 de junho, véspera do feriado de Corpus Christi. Nesta época do ano, a baixa nas temperaturas e a maior incidência das doenças respiratórias são fatores que prejudicam a mobilização para doação de sangue.

Para a organização desta campanha a Hemominas de Juiz de Fora contou com o apoio de parceiros como a Open TV, a Astransp e a Prefeitura Municipal. Foram afixados cartazes em ônibus coletivos urbanos e um vídeo está sendo veiculado em monitores distribuídos em locais de circulação pública.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/aniversario-de-juiz-de-fora-e-tema-de-campanha-pela-doacao-de-sangue/

Gestão da Saúde: Hemominas faz coleta de sangue em horário alternativo em Ituiutaba

Unidade atenderá os doadores excepcionalmente das 17h às 20h

Nesta quarta-feira (30) a unidade da Hemominas em Ituiutaba atenderá os doadores excepcionalmente das 17h às 20h, além de realizar o atendimento no horário normal, das 7h30 às 11h. A expectativa é atender cerca de 50 candidatos à doação de sangue durante o horário alternativo.

A Fundação Hemominas informa que todos os cidadãos que foram imunizados com a vacina trivalente, que protege contra três vírus diferentes, incluindo gripe sazonal e Influenza A H1N1, devem aguardar um prazo de 48 horas para se candidatarem a doação de sangue.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas. Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

Para os jovens, principalmente, o hotsite www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação. Acesse e conheça o Projeto na Veia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-faz-coleta-de-sangue-em-horario-alternativo-em-ituiutaba/

Gestão da Saúde: Hemominas reúne crianças e escolas para comemorar o “Doador do Futuro”

Ações educativas para crianças de escolas da capital celebraram o 25° aniversário do programa

Adair Gomez
Aniversário do programa "Doador do Futuro" no Hemocentro
Aniversário do programa “Doador do Futuro” no Hemocentro

Com a presença de mais de 70 crianças e jovens, a Fundação Hemominas comemorou o 25º aniversário do programa “Doador do Futuro”, na sexta-feira (18), no Hemocentro de Belo Horizonte. Através de ações educativas, o programa prepara crianças e jovens para uma futura doação de sangue consciente e responsável, além de torná-los também multiplicadores deste conhecimento. Para isso, o programa oferece informações que promovem a reflexão sobre o processo da doação de sangue e sua importância.

O evento contou com a participação do diretor Técnico-Científico da Fundação Hemominas, Fernando Basques, que enfatizou para as crianças a importância da doação de sangue. “Vocês são os nossos doadores do futuro”.

Escolas parceiras do programa na capital, como o Colégio Santo Antônio, o Senac e o Colégio Magnum, participaram do encontro. Membros do projeto “Bombeiro Mirim”, da Secretaria de Educação da Prefeitura de São José da Lapa, na região metropolitana, também estiveram presentes.   Esse projeto reúne crianças de 8 a 11 anos de idade que estão inseridos no programa “Doador do Futuro”, e que atuam como multiplicadores de informação para a população sobre a doação de sangue.

A professora do Colégio Magnum, Eliane Vivas, explicou como o programa “Doador do Futuro” acontece na escola. “Os alunos doam o tempo deles como voluntários. Eles são captadores de doadores de sangue quando tem coleta de sangue no colégio”, afirmou Eliane. O programa no Colégio Magnum faz parte, há seis anos,  de um projeto de captação de doadores do próprio colégio. Em 2010, o trabalho ganhou a Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente da Fundação Oswaldo Cruz, (Fiocruz) como melhor projeto pedagógico, concorrendo, com escolas de Minas Gerais e também estabelecimentos dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Durante a comemoração foram ainda destacados exemplos de alunos que participaram do programa “Doador do Futuro” em sua vida escolar e hoje tornaram-se doadores de sangue. Marcelo Júlio Teixeira fez sua primeira doação aos 18 anos, após participar do programa no Senac de Belo Horizonte. Ele sempre se preocupou em praticar atividades solidárias e encontrou na doação de sangue uma oportunidade. Para Marcelo, ter contato com o programa foi muito proveitoso, pois respondeu suas dúvidas dando-lhe segurança na hora de doar sangue. “O medo de doar deixou de ser um problema e o que importa é a vida que está sendo salva”, ressaltou o doador, atualmente com 20 anos e três doações efetivadas.

O programa

Tendo em vista o pioneirismo do programa “Doador do Futuro”, a Fundação Hemominas foi premiada pelo Ministério da Saúde/Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), durante as comemorações do Dia Mundial da Saúde em 2000, por ter sido a primeira instituição do país a desenvolver trabalhos, visando a formação de jovens e crianças.

Basicamente, o programa propicia aos estudantes aprenderem sobre o sangue, sua função e grupos sangüíneos; o que é a Fundação Hemominas e o que ela faz; requisitos e critérios básicos para a doação; as etapas, a importância e a necessidade da doação de sangue; além de esclarecer sobre os mitos e tabus relacionados ao tema.

Para participar do programa “Doador do Futuro”, a escola deve abrir espaço, dentro do seu conteúdo programático, para a inserção do tema da doação de sangue.  Definido isso, basta um contato da direção ou de um professor com a unidade da Hemominas mais próxima para agendar a melhor forma para o desenvolvimento do trabalho. O programa “Doador do Futuro”, em parceria com as escolas, contribui para a realização de uma hemoterapia mais segura e também para a inserção das crianças e jovens em práticas e ações de caráter social.

Os trabalhos do programa “Doador do Futuro” tiveram início em 1987, durante o XI Congresso Nacional do Colégio Brasileiro de Hematologia, realizado em Belo Horizonte, sendo a primeira experiência feita entre crianças matriculadas no ensino fundamental. Na ocasião, houve um concurso de desenhos tendo como tema a doação de sangue. O primeiro lugar no concurso foi da aluna Ana Paula Ribeiro de Oliveira, do Colégio Pitágoras de Belo Horizonte. A Fundação Hemominas utiliza o desenho de Ana Paula para ilustrar a camiseta comemorativa dos 25 anos do programa.

As comemorações do “Doador do Futuro” vão se estender por todas as unidades da Fundação Hemominas no Estado no decorrer deste ano. As informações sobre as programações regionais serão publicadas no endereço: http://www.hemominas.mg.gov.br

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-reune-criancas-e-escolas-para-comemorar-o-doador-do-futuro/

Gestão da Saúde: Curso Técnico de Hemoterapia começa nesta segunda-feira

Educação técnica de nível médio vai qualificar servidores da Hemominas

A Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), em parceria com a Fundação Hemominas, dá início, nesta segunda-feira (14), ao Curso Técnico em Hemoterapia, inédito em Minas Gerais. Na quarta-feira (16), às 18h, no auditório da sede da ESP-MG,  avenida Augusto de Lima, 2061, Barro Preto,  a hematologista e presidente da Hemominas, Júnia Guimarães Cioffi, profere aula especial com o tema “A hemoterapia compartilhada no Estado de Minas Gerais”.

O curso terá duração de 18 meses, carga horária de 1.445 horas e será ministrado para 20 alunos, todos servidores da Hemominas, já com alguma experiência na área. O campo de atuação do profissional são os serviços de hemoterapia, tais como: hemocentros, núcleo de hemoterapia, unidade de coleta e transfusão e central de triagem laboratorial de doadores. Os profissionais terão atividades voltadas para a orientação prévia do cliente/paciente, coleta, processamento e análise do sangue e hemocomponentes. Também serão abordados conhecimentos sobre políticas de saúde, os princípios e diretrizes do SUS, aspectos históricos, sociais e culturais do sangue.

Os docentes/alunos da ESP-MG são profissionais atuantes nos serviços de Hemoterapia, com capacidade de operacionalização do curso voltado para a prática. A ESP-MG oferece ainda o Estágio Supervisionado ao final de cada unidade didática. O estágio é baseado em coleta e triagem, fracionamento, sorologia, hematologia, controle de qualidade, distribuição e transfusão. Será emitido certificado de Técnico em Hemoterapia aos participantes.

O curso piloto conta com investimentos do Ministério da Saúde, por meio do Programa de Formação de Profissionais de Nível Médio para a Saúde (PROFAPS) e integra uma das quatro áreas de formação apontadas pelo programa, que inclui, além da Hemoterapia, Radiologia, Citologia e Vigilância em Saúde.

Segundo o diretor geral da ESP-MG, Damião Mendonça, a entidade tem concentrado seus esforços e investimentos na área de Hemoterapia, realizando importante parceria com a Hemominas. “O curso técnico em Hemoterapia vem ao encontro à meta da ESP-MG de ser referência em formação de profissionais de saúde, fortalecendo ainda mais nosso intercâmbio com a Hemominas”, salienta.

Para a presidente da Hemominas, Júnia Cioffi, o curso é importante devido a hemoterapia se inserir em toda as atividades de alta e média complexidade do SUS. “A hemoterapia está presente em cirurgias, transplantes, tratamentos quimioterápicos, entre outros. O curso propicia uma maior qualificação dos profissionais com o objetivo da melhoria no atendimento ao paciente”, conclui.

Conforme a especificidade dos trabalhos relacionados à Hemoterapia, desde a criação do Programa Nacional de Sangue e Hemoderivados, em 1980, a área possui necessidade de formar um maior contingente de recursos humanos especializados na área de hemoterapia. Dessa maneira, os órgãos de regulação vêm adotando uma permanente atualização das normas técnicas e da legislação sanitária no exercício das atividades hemoterápicas, exigindo assim a formação de profissionais qualificados que integrem a equipe de saúde e atuem em todas as etapas do ciclo do sangue.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/curso-tecnico-de-hemoterapia-comeca-nesta-segunda-feira/

Gestão da Saúde: Hemominas faz coleta de sangue em Belo Horizonte e Uberlândia

Expectativa é que compareçam 50 candidatos à doação de sangue em cada dia de coleta.

A Fundação Hemominas realiza coleta de sangue, nesta quinta-feira (10), na Caixa de Assistência dos Advogados, no bairro Barro Preto, em Belo Horizonte. Já nesta quarta (09) e quinta-feira (10), a Fundação Hemominas realiza coleta de sangue na Faculdade Esamc, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A expectativa é que compareçam 50 candidatos à doação de sangue em cada dia de coleta.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.

Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155. Com foco no público jovem, o hotsite www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação. Acesse e conheça o Projeto na Veia.

Serviço:

Fundação Hemominas promove coleta de sangue

Belo Horizonte

Local: Caixa de Assistência dos Advogados, rua Ouro Preto, 67, Barro Preto.

Data: 10 de maio.

Horário: De 8h às 11h30.

Uberlândia

Local: Faculdade Esamc, Av. Vasconcelos Costa, 270, bairro Martins

Data: 09 e 10 de maio.

Horário: De 7h30 às 11h30.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-faz-coleta-de-sangue-em-belo-horizonte-e-uberlandia/

Gestão da Saúde: Hemominas alerta sobre prazo para doação de sangue após vacinação

Cidadãos imunizados com a vacina trivalente devem aguardar quatro semanas para doar sangue

A Fundação Hemominas informa que todos os cidadãos que foram imunizados com a vacina trivalente, que protege contra três vírus diferentes, incluindo gripe sazonal e Influenza A H1N1, devem aguardar um prazo de quatro semanas para se candidatar à doação de sangue.

A Hemominas solicita aos candidatos que façam a sua doação antes de se vacinar.

Segundo a Portaria 1.353/2011, do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e não ter doença de Chagas. Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site da Hemominas.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-alerta-sobre-prazo-para-doacao-de-sangue-apos-vacinacao/

Gestão da Saúde: Hemominas promove coleta de sangue em Muriaé, na Zona da Mata

Expectativa é atender a cerca de 120 candidatos à doação, para abastecer banco de sangue

Neste mês de maio, a Fundação Hemominas em Juiz de Fora, na Zona da Mata, irá atender aos candidatos a doação de sangue de Muriaé, nos dias 09 e 23, de 7h30 às 15h, no Posto Avançado de Coleta Externa, na Policlínica de Safira, na rua Silvério Campos, Centro. A expectativa é atender a cerca de 120 candidatos à doação de sangue.

Podem doar sangue cidadãos com boa saúde e que tenham idade entre 18 e 67 anos, conforme determina a Portaria 1.353/2011, do Ministério da Saúde. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.

Jovens com 16 e 17 anos somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis, com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site http://www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acesse o site  http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligue para o 155. Para os jovens, principalmente, o hotsite http://www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação na divulgação da doação.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-promove-coleta-de-sangue-em-muriae-na-zona-da-mata/

Gestão da Saúde: Hemominas realiza coleta de sangue em Bom Despacho

A expectativa é de que em apenas um dia, 200 pessoas participem da ação

A Fundação Hemominas realiza neste sábado (5), das 7 às 17 horas, coleta de sangue na Associação de Doadores de Sangue de Bom Despacho. A Associação de Doadores fica na Praça Olegário Maciel, n° 831, Centro. A expectativa é que 200 doadores participem da ação.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar á doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site http://www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

Para os jovens, o hotsite http://www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-realiza-coleta-de-sangue-em-bom-despacho/

Gestão da Saúde: Hemominas realiza coleta de sangue em Ouro Preto

São esperadas mais de 200 candidatos a doação

A Fundação Hemominas realiza sábado (5) e domingo (6), coleta de sangue em Ouro Preto. No primeiro dia, a coleta será das 8h às 16h e no dia seguinte, das 8h às 12h, na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Campus Morro do Cruzeiro, no prédio do curso de Medicina. A expectativa da Unidade da Hemominas de Coleta e Transfusão no Hospital Júlia Kubitschek, unidade responsável pela ação, é atender até 260 candidatos a doação de sangue. Toda a população está convidada a participar.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site http://www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos.

Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

Para os jovens, principalmente, o hotsite www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-realiza-coleta-de-sangue-em-ouro-preto/