Arquivos do Blog

Gestão Eficiente: mais de 240 famílias atingidas pelas chuvas já receberam recursos do Minas Solidária

O dinheiro foi arrecadado através de doações de cidadãos e empresas. No total o Movimento recebeu cerca de R$ 800 mil

Na última semana, 243 famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, receberam cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata e os recursos foram distribuídos para 137 famílias. No dia 14 de junho 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo. Na semana passada famílias de Vespasiano, Guidoval, Dona Euzébia, Santo Hipólito e Brumadinho foram beneficiadas com as doações.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Jeceaba, Dom Cavati, Paulistas, Eugenópolis, Entre Rios de Minas, Alvinópolis, Patrocínio do Muriaé, Matipó, Frei Gaspar e Mariana.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mais-de-240-familias-atingidas-pelas-chuvas-ja-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Anúncios

Governo de Minas: Governador Antonio Anastasia entrega nova ponte à população de Guidoval

Estrutura havia sido destruída pelas chuvas de janeiro; Anastasia também inaugura novo de acesso à ponte sobre o rio Xopotó

Governo de Minas investiu R$ 19,8 milhões na construção da nova ponte de Guidoval
Governo de Minas investiu R$ 19,8 milhões na construção da nova ponte de Guidoval

O governador Antonio Anastasia inaugurou, nesta quinta-feira (21), em Guidoval, na Zona da Mata, ponte sobre o rio Xopotó, com 130 metros de extensão. O Governo de Minas investiu R$ 19,8 milhões na obra, concluída em cinco meses. A antiga ponte foi destruída pelas chuvas no início de janeiro deste ano.

A nova ponte, em concreto, é sustentada por quatro conjuntos de pilares duplos. A pista de rolamento tem 11 metros de largura, incluindo duas passagens de pedestres, de 1,5m cada, e guarda corpo. Uma variante para acesso à nova ponte, fazendo ligação do município com a rodovia MGC-120, numa extensão de 1,8 quilômetros, também foi construída pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), porque a ponte foi erguida em local diferente da antiga por motivos técnicos.

Guidoval foi muito castigada pela cheia do Rio Xopotó, em janeiro deste ano, vindo a decretar situação de emergência em 10 de janeiro. Duas pessoas morreram e 7 mil habitantes foram afetados. Duas mil pessoas foram desalojadas e 102 desabrigadas. Foram destruídas 122 casas e outros 617 imóveis foram danificados. Na época, o governador Anastasia visitou a cidade e determinou ao Departamento de Estrada de Rodagens de Minas Gerais (DER-MG) a construção de uma nova ponte.

“Estou voltando aqui para resgatar um compromisso perante a população. O primeiro passo, em função da emergência absoluta, era restabelecer a situação, dar conforto imediato, devolver a normalidade e construir a ponte para dar o acesso. Agora vamos dar um passo além: faremos a passarela para melhorar o acesso de quem passava pela antiga ponte”, disse o governador. A passarela vai facilitar o acesso à cidade  e deverá ser feita em parceria com a prefeitura municipal.

Melhoria de acesso

Acompanhado pelos secretários de Estado Carlos Melles (Transporte e Obras Públicas) e Bráulio Braz (Esportes e da Juventude) e do prefeito de Guidoval, Elio Lopes dos Santos, o governador descerrou fita e placa para marcar a inauguração da nova ponte. O padre Paulo Kowalski e o pastor Franklin Silva fizeram a benção da ponte.

Em seu pronunciamento, Antonio Anastasia lembrou dos momentos difíceis vividos pela população, solidarizou-se com parentes das vítimas. “As pessoas que aqui faleceram merecem sempre a nossa memória, o nosso respeito e o nosso trabalho para evitar que tragédias como estas se repitam. Por isso, naquele ambiente de destruição, percebemos a necessidade de diversas obras e a primeira tarefa foi a volta à normalidade da cidade que estava ilhada”, completou.

Exército

Antonio Anastasia lembrou do trabalho fundamental dos homens do Exército brasileiro no apoio a Guidoval. Até o fim das obras da nova ponte, a principal ligação com Ubá era a ponte provisória construída pelo Exército para evitar o isolamento dos moradores. “Agradeço o Exército brasileiro que colocou a ponte provisória que durante meses permitiu a normalidade da vida dessa cidade da zona da mata mineira”, afirmou.

O prefeito de Guidoval, Elio Lopes dos Santos, ressaltou o empenho do governador Anastasia para a execução da obra em tempo recorde. “Agradeço ao Antonio Anastasia, que tanto se esforçou para fazer a obra, sem nenhum recurso do governo federal”, disse.

Apoio do Governo de Minas

Por meio da Copasa e da Cemig, o Governo de Minas concedeu prazos maiores e possibilidade de parcelamento das contas de água e luz para populações de municípios afetados. O prazo para pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) também foi prorrogado, medida que beneficiou 25 mil micros e pequenas empresas.

Os micros e pequenos empresários foram também beneficiados com a criação de linha de crédito especial do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), no valor de R$ 30 milhões. Em Guidoval, 12 empresas conseguiram financiamento total de R$ 756,92 mil, por meio do Programa Emergencial de Socorro a Empresas e Cooperativas com Empreendimentos Afetados por Chuvas Intensas (Fundese Solidário).

Um dos beneficiados pelo programa foi o comerciante Carlos Antônio dos Santos, dono da Casa dos Produtores. A loja está em funcionamento há 12 anos e foi muito afetada com a inundação da cidade. Com o empréstimo de R$ 43 mil ele minimizar os prejuízos. “Usei os recursos para o pagamento de duplicatas. Estou ainda me recuperando dos prejuízos, mas com o empréstimo pude respirar”, contou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-antonio-anastasia-entrega-nova-ponte-a-populacao-de-guidoval/

Governo de Minas: seis meses após temporal sem precedentes, Guidoval receberá nova ponte de acesso

Empreendimento será inaugurado pelo governador Antonio Anastasia; Estado investiu R$ 19,8 milhões nas obras

O município de Guidoval, na Zona da Mata, foi o mais prejudicado pelas chuvas que atingiram boa parte do Estado em janeiro deste ano. No município de 7.500 habitantes, bairros inteiros foram atingidos pelos temporais, com inúmeros danos registrados.

Seis meses após os desastres naturais, uma nova história começa a ser escrita em Guidoval. O governador Antonio Anastasia inaugura, nesta quinta-feira (21), na cidade, a nova ponte sobre o rio Xopotó, com 130 metros de extensão. O Governo de Minas investiu R$ 19,8 milhões na obra. A antiga ponte foi destruída pelas chuvas.

Também será inaugurado novo acesso à ponte, com extensão de 1,8 quilômetro, construído pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG). O acesso à cidade, que vinha sendo feito por uma passagem improvisada pelo exército, agora vai ser normalizado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/seis-meses-apos-temporal-sem-precedentes-guidoval-recebera-nova-ponte-de-acesso/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberam recursos do Minas Solidária

Moradores que tiveram prejuízos com temporais recebem recursos doados pela população ao Servas.

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano receberam, cada uma, um cheque no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec/MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

Maria de Jesus, uma das beneficiadas, comemorou o recebimento do recurso. “O dinheiro veio em ótimo momento, vou arrumar minha casa, construir um muro”, disse. Outro morador de Vespasiano que recebeu ajuda foi Roberto Carlos Rodrigues, que vai investir em reparos na parte elétrica da casa.

A vice-presidente do Servas, Ana Campos, participou da entrega junto com o capitão Paulo Afonso Montezano, da Cedec/MG, e Meire Andréia David, representante do Ministério Público. “Agradecemos a cada um que doou e que os recursos possam ajudar na retomada da rotina de cada família beneficiada”, ressaltou Ana Campos.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, em Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Governo de Minas: nova ponte de Guidoval será entregue à população

Série de medidas do Governo do Estado auxilia municípios afetados pelas chuvas.

A nova ponte sobre o rio Xopotó, em Guidoval, na Zona da Mata, está concluída e será entregue à população esta semana, pelo governador Antonio Anastasia. Com recursos do Tesouro Estadual de R$ 19,8 milhões, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) realizou a construção da ponte e de um novo acesso com extensão de 1,8 km.

As obras foram determinadas pelo governador após as chuvas do início do ano destruir a antiga ponte da cidade. Na época, uma estrutura provisória foi instalada no local e, no dia 21 de janeiro, teve início o trabalho para uma solução definitiva. A construção foi finalizada dentro do prazo contratual.

A nova ponte tem 130 metros de extensão e liga as duas margens, sustentada por quatro conjuntos de pilares duplos. A pista de rolamento tem 11 metros de largura, incluindo duas passagens de pedestres e guarda corpo em concreto.

“Cumprimos a missão determinada pelo Governador Anastasia, realizando um trabalho importante para a população de Guidoval, ao construir uma nova ponte, de qualidade, capaz de resistir à força das águas e evitar o que aconteceu durante as chuvas de janeiro, quando a cidade ficou isolada. Estabelecemos uma comunicação rodoviária definitiva para a cidade de Guidoval”, destaca o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles.

Obras

Além da construção da ponte de Guidoval, o Governo de Minas adotou uma série de medidas de apoio à população e empresas atingidas pelas chuvas. Na última semana, foi inaugurado, em Ubá, mais um depósito avançado do Governo de Minas, estruturado pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil (Cedec). Construído no 21º Batalhão da Polícia Militar, o local receberá e armazenará materiais de ajuda humanitária adquiridos pela Cedec, que serão distribuídos aos municípios da região que forem prejudicados por desastres.

Antes, no local, havia um ponto de distribuição que, nos períodos chuvosos de 2010/2011 e 2011/2012, entregou quase 32 mil toneladas de alimentos, mais de dois mil colchões, dois mil cobertores, quatro mil telhas, além de kits de produtos de higiene pessoal e rolos de lonas, mas o armazenamento era realizado em um espaço menor e não totalmente estruturado para a função. O novo espaço, com 100 metros quadrados de área, atenderá a cerca de 90 municípios próximos a Ubá. A capacidade de armazenamento é de 1.500 cestas básicas, 500 colchões, 500 cobertores, 300 kits higiênicos, 300 kits de limpeza e dez bobinas de lona.

“A Cedec de Minas atua de forma descentralizada, através de regionais de Defesa Civil que coincidem com as regiões da Polícia Militar. Temos, hoje, 13 depósitos avançados, para atender prontamente às demandas, além de ficarem mais próximos das comunidades afetadas”, afirma o coronel Luis Carlos Dias Martins, coordenador da Defesa Civil do Estado.

Parcelamento de contas e isenção

Por meio da Copasa e da Cemig, o Governo de Minas concedeu prazos maiores e possibilidade de parcelamento das contas para populações e municípios afetados pelas chuvas. O prazo de pagamento do ICMS também foi prorrogado, beneficiando cerca de 25 mil micros e pequenas empresas, e foi proposta a isenção de IPVA  e da Taxa de Licenciamento do Veículo, do exercício de 2012, mediante a comprovação de perda total dos veículos nos municípios afetados.

Ainda visando auxiliar aos micros e pequenos empresários e cooperativas, foi criado o Programa Emergencial de Socorro a Empresas e Cooperativas com Empreendimentos Afetados por Chuvas Intensas (Fundese Solidário VI), com destinação de R$ 30 milhões por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), para reparação de danos causados pelas chuvas. Também foi disponibilizada linha de crédito especial para produtores rurais que sofreram prejuízos.

O Governo de Minas antecipou, ainda, o repasse dos recursos do Piso Mineiro de Assistência Social para 92 municípios que decretaram situação de emergência. Desse total, 38 municípios receberam, entre abril e maio deste ano, o adiantamento de seis parcelas, totalizando R$ 1,17 milhão.

Movimento Minas Solidária

Por meio do Movimento Minas Solidária, do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e da Cedec, 91 famílias de Guidoval afetadas pelas chuvas do início do ano também vão receber, no próximo dia 21 de junho, cheques no valor de um salário mínimo. Além disso, nesta semana, mais 98 famílias de Vespasiano e Brumadinho, na região Central, serão beneficiadas, assim com outras 261 de Além Paraíba e Guaraciaba, que já receberam os cheques.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec, podem receber o valor famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS (Número de Inscrição Social).

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Defesa Civil dos seguintes municípios: Dona Euzébia (29); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Os recursos, um total de R$ 772.586,04, foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias. Além disso, no período de chuvas o Movimento distribuiu 538 toneladas de donativos a 76 municípios.

Utilização de recursos

O Governo de Minas apresentou ao governo federal, em janeiro, conjunto de 318 projetos, detalhando obras e ações de prevenção a inundações no valor de R$ 3,9 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão de competência do Estado e o restante de responsabilidade da União.

Até o momento, a utilização dos recursos envolve ações de socorro e assistência em 39 municípios (R$ 6,5 milhões); e reconstrução e recuperação em 17 municípios (R$ 60,3 milhões).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/nova-ponte-de-guidoval-sera-entregue-a-populacao/

Gestão Eficiente: famílias atingidas pelas chuvas em Vespasiano receberão recursos do Minas Solidária

Para o total de 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados mais de R$ 358 mil

Nesta terça-feira (19), 64 famílias de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, irão receber cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata, onde 137 famílias receberam recursos. No último dia 14, outras 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o NIS – Número de Inscrição Social.  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec-MG dos municípios de Brumadinho (34 famílias); Dona Euzébia (29); Guidoval (91); Matipó (14); Paulistas (29); Presidente Bernardes (64); Santo Hipólito (22); e Senador Firmino (32). Para o total das 576 famílias beneficiadas nessa primeira remessa, estão sendo destinados R$ 358.272,005.

Serviço: Entrega de recursos em Vespasiano

Data: 19 de junho de 2012

Local: Curumim Morro Alto – Av. Existente, 286

Horário: 14h

Obs.: Somente o representante da família, registrado no CAD, com seu documento de identificação, receberá o cheque.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/familias-atingidas-pelas-chuvas-em-vespasiano-receberao-recursos-do-minas-solidaria/

Gestão Anastasia: Governo de Minas leva recursos a famílias atingidas pela chuva em Além Paraíba

Vice-governador Alberto Pinto Coelho entrega doações feitas pela população ao Movimento Minas Solidária, uma iniciativa parceira do Servas e da Cedec

O vice-governador Alberto Pinto Coelho e a vice-presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Ana Maria Campos Guimarães, entregaram, nesta terça-feira (29), cheques no valor de R$ 632,00 (um salário mínimo), a 137 famílias atingidas pelas chuvas do início do ano, em Além Paraíba, na Zona da Mata.

O dinheiro repassado às famílias foi arrecadado pelo Movimento Minas Solidária, iniciativa do Servas em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG), com o objetivo de mobilizar a população em torno das ações de socorro às vítimas das chuvas. As doações feitas por cidadãos e empresas foram depositadas em contas no Bradesco e no Banco do Brasil. O total arrecadado foi de R$ 772.586,04.

Ação solidária

Em seu pronunciamento, Alberto Pinto Coelho destacou a ação solidária realizada pelo Servas e pela Cedec. Ele também ressaltou o trabalho conjunto dos governos federal, estadual e municipal para apoiar a população e diminuir os estragos causados pela chuva em Além Paraíba.

“Todas as medidas de caráter preventivo valeram muito, o que representa a importância de se ter uma Defesa Civil organizada em cada um dos municípios mineiros. Quero ressaltar o papel fundamental do Servas, que realiza um trabalho voluntário de solidariedade humana e da mão estendida. Destaco a atuação da sua presidente, Andrea Neves, ao longo dos últimos nove anos. O seu comprometimento torna as ações muito mais abrangentes. Também nos conforta a sensibilidade e, mais do que isso, a resposta imediata das empresas e das organizações. Essa mobilização só foi possível com a comunhão de esforços, com a iniciativa do Servas e o apoio dos governos”, afirmou Alberto Pinto Coelho.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec/MG, receberam o cheque no valor de R$ 632,00 famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).

Cheques no mesmo valor serão entregues a famílias atingidas pelas chuvas nos municípios de Brumadinho, Dona Euzébia, Guidoval, Matipó, Santo Hipólito e Senador Firmino.

Carinho e respeito

A vice-presidente do Servas, Ana Maria Campos Magalhães, leu mensagem da presidente Andrea Neves aos moradores de Além Paraíba:

“O sentimento de todos nós do Movimento Minas Solidária e do Governo de Minas – e falo também em nome de cada cidadão solidário que apoiou essa ação – é de ter realmente contribuído não só com bens materiais e recursos financeiros, mas com solidariedade, com carinho e respeito a cada um de vocês”, escreveu a presidente do Servas.

Participaram da solenidade o prefeito de Além Paraíba, Wolney Freitas; o major da PM, Edylan Arruda, representando a Cedec; e a promotora de Justiça da Comarca de Além Paraíba, Sandra Ban.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-leva-recursos-a-familias-atingidas-pela-chuva-em-alem-paraiba/

Gestão em Minas: nova ponte de Guidoval, determinada por Anastasia, está próxima de ser concluída

 

Com investimentos de R$ 18 milhões do Governo de Minas, obra já atingiu 98% das ações previstas

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, acompanhado do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), José Elcio Santos Monteze, realizaram nesta quarta-feira (16) uma visita técnica às obras de construção da nova ponte sobre o rio Xopotó e do novo acesso a ponte, em Guidoval. As chuvas de janeiro, que castigaram a Zona da Mata, destruíram a ponte da cidade.

O governador Antonio Anastasia, em visita ao município, na época, determinou ao DER-MG que tomasse as medidas necessárias para a realização da construção de uma nova ponte. Para o secretário Melles, “desde o primeiro momento, em que o governador Anastasia determinou a construção de uma nova ponte, o DER vem executando as ações necessárias para concluir esta missão de estabelecer uma comunicação rodoviária definitiva para a cidade de Guidoval”. “Hoje, a ponte está praticamente pronta, instalada em local seguro, com previsão de ser inaugurada até o final do próximo mês”, adiantou Melles.

Melles lembrou, ainda, que durante as visitas de janeiro, acompanhando o governador Antonio Anastasia e, depois, com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, a situação era crítica. “Hoje, o DER vem cumprindo a missão determinada pelo Governador Anastasia, realizando um trabalho importante para a população de Guidoval, ao construir uma nova ponte, de qualidade, capaz de resistir a força das águas e evitar o que aconteceu durante as chuvas de janeiro, quando a cidade ficou isolada”, concluiu o secretário.

De imediato, com a destruição da ponte antiga, a população de Guidoval, na Zona da Mata, reestabeleceu a comunicação, utilizando uma ponte metálica instalada pelo Exército Brasileiro e recebeu ajuda humanitária prestada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

A ponte

A nova ponte sobre o Rio Xopotó terá 130 metros de extensão, ligando as duas margens, sendo sustentada por quatro conjuntos de pilares duplos, para sustentação da pista de rolamento com 11 metros de largura, incluindo duas passagens de pedestres de 1,5 metro cada e guarda corpo em concreto. O trabalho de construção teve início em 21 de janeiro, com orçamento previsto de R$ 18 milhões, incluindo a construção de um novo acesso à ponte com a extensão de 1,8 quilômetro.

O diretor-geral do DER, José Elcio Monteze, explica “que a obra da ponte já atingiu 98% das ações previstas”. “Estamos concentrados na execução do acesso, que está com as obras dentro do cronograma. A terraplenagem está quase pronta, falta ainda a execução das etapas de pavimentação, drenagem superficial e sinalização. A previsão de entrega da obra é no final de junho”, explicou.

Estiveram presentes à vistoria, além do secretário Melles e do diretor geral do DER, o diretor de operações do DER, Luiz Alberto Dias Mendes, prefeitos e autoridades da região, e os representantes da construtora Aterpa M.Martins S/A, responsável pela execução da obra.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/nova-ponte-de-guidoval-determinada-por-anastasia-esta-proxima-de-ser-concluida/

Governo de Minas: obras de construção da ponte de Guidoval estão a todo vapor

O contrato, assinado no dia 18 de janeiro, tem prazo previsto de cinco meses para a conclusão dos trabalhos
Divulgação/Setop
Obras para a construção da ponte sobre o Rio Xopotó, no município de Guidoval
Obras para a construção da ponte sobre o Rio Xopotó, no município de Guidoval

As obras para a construção da ponte sobre o Rio Xopotó, em Guidoval, destruída com as chuvas que castigaram grande a Zona da Mata, em janeiro, estão dentro do cronograma acertado pelo Departamento de Estradas de Rodagens de Minas Gerais (DER/MG). O contrato, assinado no dia 18 de janeiro, tem prazo previsto de cinco meses para a conclusão dos trabalhos.

A nova ponte de Guidoval terá 130 metros de comprimento por 11 de largura, com cinco metros de altura a mais e está sendo construída em local próximo a que havia anteriormente. Estão sendo investidos cerca de R$ 18 milhões, valor que também inclui a implantação de uma variante de 1,8 quilômetros que garante a mobilidade entre os dois lados da cidade.

Segundo o diretor de operações do DER/MG, Luiz Alberto Dias Mendes, tudo está acontecendo dentro do previsto. “Estamos cumprindo a etapa de fundação da ponte, faltando apenas à construção de dois pilares.” Para concluir essa fase é necessária a desapropriação de dois imóveis às margens do rio, e isso está programado para acontecer até o final da semana seguinte.

Para garantir a mobilidade dos moradores, o DER providenciou a melhoria dos acessos por estradas municipais e estaduais como alternativas de tráfego. A reconstrução imediata da ponte foi uma determinação do Governador Antônio Anastasia, em visita ao município. A força das águas destruiu além da ponte, casas, estradas e deixou famílias desabrigadas.

O município de Guidoval, localizado na Zona da Mata Mineira, foi um dos mais castigados pelas fortes chuvas do final do ano, que derrubaram a ponte que existia no local. O Exército Brasileiro construiu uma ponte provisória para garantir o acesso à região e não interromper o fluxo de caminhões.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Congonhas recebe Sine Móvel para prestação de serviços aos trabalhadores

Chuvas inundaram a unidade do Sine na cidade e os serviços tiveram que ser temporariamente suspensos, até que um novo local seja providenciado

Desde janeiro, Sine Móvel emitiu 874 carteiras de trabalho em municípios afetados pelas chuvas
Desde janeiro, Sine Móvel emitiu 874 carteiras de trabalho em municípios afetados pelas chuvas

O Sine Móvel, unidade itinerante de atendimento ao trabalhador da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), vai estar nesta quinta (9) e sexta-feira (10), na cidade de Congonhas, região Central do Estado, prestando os serviços de emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social e postagem do benefício do seguro-desemprego.

Por intermédio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), a iniciativa da Sete conta com o apoio do Sindicato dos Oficiais do Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado de Minas Gerais (Recivil), que também estará presente, emitindo a segunda via das certidões de nascimento, casamento e óbito aos moradores que perderam os seus documentos com as fortes chuvas dos meses de dezembro e janeiro.

A calamidade que atingiu o município também prejudicou o atendimento aos trabalhadores, pois com a completa inundação da unidade do Sine de Congonhas, todos os serviços foram temporariamente suspensos. A Sete já está avaliando as perdas e providenciando, junto à Prefeitura Municipal, novo local para a instalação da unidade. Todavia, não há previsão para retorno do expediente.

A caravana do Sine Móvel já esteve, desde o dia 16 de janeiro, nos municípios de Guidoval, Além Paraíba, Dona Euzébia e Cataguases, tendo emitido 874 carteiras de trabalho e postado 6 requerimentos do seguro-desemprego.

Documentos necessários

Para a emissão da Carteira de Trabalho o trabalhador deve levar um documento de identificação, que pode ser Carteira de Identidade, Certificado de Reservista, Registro de Conselho de Classe, Dispensa de Incorporação, Certidões de nascimento ou casamento. Casados ou viúvos deverão apresentar certidão de casamento original. Também são necessárias três fotos 3X4.

Para a postagem do seguro-desemprego são exigidos: requerimento do seguro-desemprego SD/CD (2 vias – verde e marrom); cartão do PIS-Pasep, extrato atualizado ou Cartão do Cidadão; Carteira de Trabalho e Previdência Social (todas que o requerente possuir); Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – TRCT devidamente quitado; documento de identidade – Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento ou Carteira Nacional de Habilitação (modelo novo) ou Passaporte ou Certificado de Reservista; CPF; e documento de levantamento dos depósitos do FGTS (CPFGTS) ou extrato comprobatório dos depósitos ou relatório da fiscalização ou documento judicial (Certidão das Comissões de Conciliação Prévia/ Núcleos Intersindicais / Sentença / Certidão da Justiça).

Serviço: Atendimento do Sine Móvel em Congonhas

Local: Praça da Matriz (ao lado da igreja)

Data: 09 e 10/02

Horário: das 9h às 17h

Fonte: Agência Minas