Arquivos do Blog

Aecio Neves: Choque de Gestão desenvolve interior

Aecio Neves: Choque de Gestão – Quando assumiu governo de Minas determinação foi criar metas de serviço em diversas regiões do estado.

Aecio Neves: Choque de Gestão

Fonte: Jogo do Poder

Choque de Gestão de Aecio Neves: a ordem é interiorizar

Uma das principais metas do Choque de Gestão de Aecio Neves era interiorizar o desenvolvimento em Minas; a Gasmig se tornou um case de sucesso neste aspecto.

 Aecio Neves: Choque de Gestão desenvolve interior

Aecio Neves: Choque de Gestão – Quando assumiu governo de Minasdeterminação foi criar metas de serviço em diversas regiões do estado.

O conceito de Choque de Gestão de Aecio Neves, criado em Minas Gerais em 2003, não se ateve apenas à administração direta – superintendências, órgãos e secretarias – do Governo de Minas. As empresas controladas pelo Estado também tiveram um salto de qualidade no atendimento à população que hoje reflete diretamente no avanço da economia mineira.

A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) é um exemplo de sucesso empresarial no que se refere ao seu compromisso em levar desenvolvimento social e econômico para a população, o que é foi um dos pilares que formaram o conceito de Choque de Gestão de Aecio Neves e seu governo.

Em nove anos, o papel da empresa frente ao desenvolvimento do Estado mudou radicalmente. Deixou de ser apenas um braço da Cemigpara se tornar uma empresa sólida, com ampla presença em dezenas de cidade. Hoje, a Gasmig está entre as 50 maiores empresas de Minas Gerais e tem um plano traçado para atender o mercado mineiro com gás natural até 2030.

Uma das principais metas de Aecio Neves, quando assumiu o governo, era interiorizar o desenvolvimento em Minas Geraise, para isso, determinou que as secretarias, órgãos e empresas estaduais traçassem metas de ampliação da oferta de serviços nas diversas regiões do Estado. No caso da Gasmig, uma meta ousada foi traçada: abastecer o polo industrial do Vale do Aço.

Em 2013, quando a meta traçada por Aecio Neves completará 10 anos, o volume de vendas pelo ramal de abastecimento de gás da Gasmig no Vale do Aço chegará a 2 milhões de m³. Um crescimento superior a 50% em relação ao volume atual.

Para o próximo ano, além de expandir sua rede de distribuição para outras regiões do Estado, assim como fez com sucesso no Vale do Aço, a Gasmig tem planos para atingir 3,5 milhões de m³ de gás natural para todo o Estado.

E outra novidade na estatal reforça ainda mais o que Aecio Neves pensou ao pulverizar o conceito de Choque de Gestão no Governo de Minas: a Gasmig se prepara para atender o mercado doméstico e de pequenas empresas, ou seja, levará a máquina estatal e suas ações para mais pessoas, diminuindo desigualdades e ampliando oportunidades de desenvolvimento social e econômico.

Aecio Neves: Choque de Gestão

Gestão Anastasia: Gasmig inicia implantação da rede de gás natural para uso residencial em Minas

Atendimento ao segmento residencial é inédito em BH e obras terão início em julho

Divulgação/Gasmig
Fuad Noman durante assinatura da ordem de serviço
Fuad Noman durante assinatura da ordem de serviço

O presidente da Gasmig, Fuad Noman, anunciou, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (11), na sede da Gasmig, a assinatura da ordem de serviço para o início das obras de ampliação da rede de distribuição de gás natural, que irá abastecer as primeiras residências em Belo Horizonte. Na ocasião, Fuad Noman destacou a importância da assinatura do documento que marca o início da primeira fase. “Estamos mostrando ao mercado que a Gasmig está chegando ao bairro Santo Agostinho e que onde houver demanda iremos atender”, explicou o presidente da Gasmig.
O projeto de atendimento ao segmento residencial é inédito em Belo Horizonte e pretende atender, nesta primeira fase, aos bairros Santo Agostinho e Lourdes. As obras consistem na construção de uma linha-tronco de aço de dois quilômetros de extensão, que irá derivar do gasoduto já existente sob a Avenida Amazonas, e da rede de adensamento em polietileno, de aproximadamente 12 quilômetros, que passará sob as ruas dos bairros.
Com investimento de R$ 5,65 milhões, as obras irão empregar o método não destrutivo de instalação de dutos, com a utilização do furo-direcional. “Este método minimiza os impactos causados para a população, uma vez que a intervenção na rua é pequena e direcionada”, explicou Fuad Noman.
Primeiro cliente

Durante a apresentação do Projeto Residencial, o presidente da Gasmig assinou também o primeiro contrato de fornecimento de gás natural para residências, cujo cliente é o Edifício Chamonix, localizado à rua Paracatu, no bairro Santo Agostinho. O síndico do edifício, Sérgio Guimarães Villaça, aposta nos benefícios que o gás natural irá proporcionar ao condomínio. “O fornecimento contínuo traz mais comodidade, além da economia esperada de cerca de 10% pela substituição do outro combustível”.

Na oportunidade, foi feita, ainda, a assinatura do contrato com a Construtora Elevação, empresa responsável pelas obras de expansão das redes de distribuição de gás natural em todo o Estado de Minas Gerais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/gasmig-inicia-implantacao-da-rede-de-gas-natural-para-uso-residencial-em-minas/

Governo de Minas: presidente da Gasmig assina ordem de serviço para implantação de rede de gás natural para residências

Santo Agostinho será o primeiro bairro a contar com infraestrutura de gás natural para residências em Belo Horizont

O presidente da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), Fuad Noman, assina nesta segunda-feira (11), às 10h, na sede da empresa, em Belo Horizonte, ordem de serviço para o início da implantação da rede de gás natural que irá abastecer as primeiras residências na capital. Na oportunidade, será assinado o primeiro contrato de fornecimento de gás natural para residências na capital, cujo cliente é o Edifício Chamonix, localizado à Rua Paracatu.

Na primeira fase do projeto, circunscrita aos bairros Santo Agostinho e Lourdes, na capital, serão investidos R$ 5,65 milhões para a construção da linha-tronco de aço de dois quilômetros de extensão, que consiste na derivação do gasoduto já existente sob a Avenida Amazonas, e da rede de adensamento em polietileno (PEAD), de aproximadamente 12 quilômetros, que passará sob as ruas dos bairros. O empreendimento, submetido à licitação pública, será executado pela empresa Elecnor do Brasil, especializada neste tipo de obra, que empregará o método não-destrutivo de instalação de dutos.

O início das obras está previsto para a segunda quinzena de julho, após a liberação do alvará da prefeitura e da licença ambiental. As obras devem ser concluídas em fevereiro de 2013, mas os primeiros clientes já começam a receber o gás natural em novembro. Cento e quatorze prédios e cinquenta e sete estabelecimentos comerciais foram mapeados na região como possíveis consumidores e já estão sendo abordados pela Gasmig. A expectativa da Companhia é captar 1.900 clientes na região, até 2014.

Serviço: Assinatura de ordem de serviço para o residencial

Data: Segunda-feira, 11 de junho

Horário: 10h

Local: Sede da Gasmig, Av. do Contorno, 6594, 10° andar, sala 03, Bairro de Lourdes

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/presidente-da-gasmig-assina-ordem-de-servico-para-implantacao-de-rede-de-gas-natural-para-residencias/

Governo de Minas: novo ramal levará gás natural à região da Pampulha em 2013

Ação faz parte do projeto Linha Lateral Engenho Nogueira – São Luiz

A Gasmig está trabalhando em mais um empreendimento para expandir o uso do gás natural em Belo Horizonte. Com a implantação de um novo ramal derivado do gasoduto presente no Anel Rodoviário, o projeto “Linha Lateral Engenho Nogueira – São Luiz” tomará forma e levará gás natural para a região da Pampulha a partir de 2013.

Um dos fatores que viabilizaram o projeto foi a assinatura do contrato com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no mês de fevereiro, para fornecimento de gás natural para o aquecimento da piscina olímpica do Centro de Treinamento Esportivo (CTE), ainda em construção. O contrato, que tem duração mínima de dois anos, prevê a entrega de um volume de 29 mil m³ de gás natural por mês para o aquecimento da piscina que fará parte do Parque Aquático do CTE. A temperatura deverá ser mantida na faixa de 28ºC para garantir o conforto dos atletas e usuários. O fornecimento deve ser iniciado em março de 2013.

O Projeto Linha Lateral Engenho Nogueira – São Luiz destaca-se como um dos empreendimentos pioneiros orientados para o desenvolvimento do mercado varejista da Companhia. “Nesse sentido, a celebração do contrato com a UFMG, além de sua relevância intrínseca, constitui o ponto de partida de um processo mais amplo de captação de clientes potenciais de segmentos diversos, cujas adesões são fundamentais para a maximização da rentabilidade de nossos investimentos”, observa o gerente de Captação de Clientes da Gasmig, Leonardo Valladares.

Residencial

Parte da Linha Lateral Engenho Nogueira – São Luiz será direcionada para o abastecimento de três edifícios residenciais, em dois condomínios da construtora Habitare, localizados no bairro Alto do Engenho, região da Pampulha. “A assinatura deste contrato é de grande importância para a Companhia, trata-se do segundo projeto do segmento Residencial, categoria Novos Empreendimentos”, explica o gerente do Projeto Residencial da Gasmig, Marcelo Sant’Anna.

O contrato, firmado em outubro de 2011, prevê a entrega de 2 mil m³ mensais de gás natural e o início do fornecimento está marcado para janeiro de 2013. O gás natural será utilizado para cocção de alimentos, aquecimento central de água e de churrasqueira da área gourmet e beneficiará moradores de 114 apartamentos. Além da rede externa, a Gasmig subsidiará também a rede interna dos condomínios.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/novo-ramal-levara-gas-natural-a-regiao-da-pampulha-em-2013/

Governo de Minas: Gasmig publica resultados financeiros de 2011

Empresa registrou resultados históricos no faturamento e fornecimento de gás natural

A Diretoria Executiva da Gasmig publicou os resultados financeiros apurados no ano de 2011 nos jornais O Tempo e Minas Gerais, na edição da última quarta-feira (4). A publicação mostra que 2011 será sempre lembrado na história da empresa como o ano dos “dois bilhões”.

O valor se refere a dois resultados históricos registrados pela companhia no ano em questão. O primeiro, que é relacionado ao faturamento de R$ 1 bilhão, representa um crescimento excepcional de 46% da receita bruta, colocando a Gasmig dentre o seleto grupo das 500 maiores empresas brasileiras.

O segundo tem a ver com o recorde de comercialização obtido com o fornecimento de um bilhão de metros cúbicos de gás ao mercado em 2011. Em termos de quantidade consumida, o mercado industrial da Gasmig, que consome 90% do volume distribuído pela companhia, já é o segundo maior do país, atrás apenas de São Paulo.

O lucro líquido, que também foi recorde, atingiu R$ 123 milhões. Além dos reflexos positivos da entrada em operação do Gasoduto do Vale do Aço, os bons resultados são fruto também do esforço empreendido pela companhia para aproveitar oportunidades de aumentar suas vendas a partir da estrutura de rede já existente. A captação de clientes com perfil para o chamado “mercado secundário de gás natural”, modalidade de aquisição de gás lançada pela Petrobras há um ano, é um exemplo. Antes do final do ano, a Gasmig já vendia 500 mil m³ por dia nesta modalidade, e há identificada demanda suficiente para dobrar esse volume até o final de 2012.

De modo similar, a companhia teve participação de destaque nos leilões de gás promovidos pela Petrobras, mantendo-se como uma das três maiores compradoras desse produto dentre todas as distribuidoras de gás natural do país, o que contribuiu para manutenção de tarifas competitivas para o gás natural frente aos combustíveis concorrentes.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/gasmig-publica-resultados-financeiros-de-2011/

Governo de Minas: Gasmig amplia benefícios para taxistas que aderirem ao gás natural veicular

Parceria com Sincavir garante serviço gratuito de despachante, além de um bônus de 600 metros cúbicos de GNV

Gasmig/Divulgação
Desde 1998, a Gasmig é responsável pelo fornecimento do gás natural veicular em Minas
Desde 1998, a Gasmig é responsável pelo fornecimento do gás natural veicular em Minas

Além de conceder bônus de 600 metros cúbicos de gás natural, a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) está oferecendo serviços gratuitos de despachante, necessários à regularização da documentação dos veículos que forem convertidos para uso do gás natural veicular (GNV).

O benefício, fruto de convênio celebrado entre a Gasmig e o Sindicato dos Condutores Autônomos (Sincavir), é concedido aos primeiros 300 veículos que solicitarem o serviço no período de 15 de março de 2012 a 22 de agosto deste ano, quando também se encerra a promoção “Vou no Gás”. Têm direito ao benefício taxistas sindicalizados ao Sincavir.

Outras informações sobre este benefício concedido pela Gasmig estão disponíveis pelo telefone (31) 3426-3466 ou na sede do Sindicato dos Condutores Autônomos, à Rua Jacuí, 3761, Bairro Ipiranga, em Belo Horizonte.

Vou no Gás

A promoção “Vou no Gás” consiste na distribuição de bônus de 300 metros cúbicos e 600m³ de gás natural para proprietários de veículos que forem convertidos para o GNV a partir de 1° de maio de 2011. O bônus de conversão poderá ser utilizado em até 300 dias após o encerramento da promoção, ou seja, 20 de junho de 2013.

Para obter o bônus, o motorista deverá levar as notas fiscais do kit de GNV e da instalação a um dos Organismos de Inspeção Acreditados (OIAs) participantes da promoção. O benefício vale também para o consumidor que vai comprar ou que adquiriu, depois de 1º de maio de 2011, um veículo zero quilômetro movido a GNV, de fábrica. Basta levar a nota fiscal de compra do veículo a um dos OIAs e retirar os bônus.

Economia

Com 600 metros cúbicos de gás natural, bônus oferecido a frotistas e taxistas, o veículo pode rodar cerca de 8 mil quilômetros. O GNV é um combustível moderno, menos poluente e que apresenta menor custo e maior rendimento frente aos seus concorrentes (etanol, gasolina e diesel).

Desde 1998, a Gasmig é responsável pelo fornecimento do GNV em Minas Gerais e o projeto “Vou no Gás”, é um incentivo à conversão de veículos e ao aumento do consumo do gás natural.

Para mais informações sobre a promoção, onde converter, organismos de inspeção, postos GNV e calculadora da economia, acesse o site www.promocaovounogas.com.br.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/gasmig-amplia-beneficios-para-taxistas-que-aderirem-ao-gas-natural-veicular/