Arquivos do Blog

Gestão Eficiente: Anastasia assina protocolo para criar centro de consultoria de gestão e tecnologia em Minas

Projeto de expansão da empresa Accenture inclui programa de qualificação para servidores públicos do Estado e estudantes da Escola de Governo

Gil Leonardi/Imprensa MG
Antonio Anastasia e o presidente da Accenture, Roger Ingold, durante solenidade no Palácio Tiradentes
Antonio Anastasia e o presidente da Accenture, Roger Ingold, durante solenidade no Palácio Tiradentes

O governador Antonio Anastasia e o presidente da Accenture, Roger Ingold, assinaram, nesta terça-feira (12), no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, protocolo de intenções para expansão das atividades da empresa em Minas Gerais. A previsão é de geração de cerca de mil empregos diretos, voltados a atividades de gestão e tecnologia.

Como parte de seu plano de crescimento no Estado, a Accenture irá implantar um centro de excelência em consultoria de gestão e tecnologia, cujo objetivo é o desenvolvimento de conteúdo técnico-científico e de soluções inovadoras para seus clientes, em toda a América Latina.

“É com grande felicidade que recebemos esse centro de capacitação e gestão que vai permitir um salto de inovação. Temos o objetivo de sempre trazer para Minas Gerais empreendimentos voltados para a economia do conhecimento. Tenho certeza que é exatamente a prestação de serviço, de altíssimo valor agregado, que vai permitir um perfil novo da economia de Minas Gerais”, disse o governador Antonio Anastasia.

O protocolo prevê que a Accenture crie um programa de formação e de treinamento de estudantes e de profissionais vinculados ao Governo de Minas, em um modelo inovador de cooperação técnica com foco em desenvolvimento de pessoas. Participarão do programa, anualmente, 140 servidores públicos e 20 estudantes da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, que receberão formação acadêmica e prática em temas relacionados à gestão, como logística e recursos humanos, e também à tecnologia da informação.

Anastasia destacou que a vinda para Minas de um centro de excelência em consultoria de gestão e tecnologia é importante, não só pelos empregos que gera diretamente, mas pelo reconhecimento, pela confiança e pelos negócios em potencial.

“Estamos apostando no capital humano e no conhecimento de nosso Estado, das nossas universidades, da Fapemig, de toda estrutura que estamos construindo em Minas Gerais para termos um desenvolvimento sustentável”, ressaltou o governador.

O presidente da Accenture, Roger Ingold, explicou a escolha de Minas Gerais para a implantação do centro de excelência. “No processo de expansão e análise de localidades, com critérios extremamente técnicos, ficamos super satisfeitos de dizer que Minas Gerais era o nosso ponto focal. Essa seleção teve várias razões, uma delas era a qualidade de mão-de-obra, a outra é a perspectiva e a gestão exemplar que existe hoje no Estado”, disse Roger Ingold.

A Accenture é uma empresa global de consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing, com mais de 246 mil profissionais atendendo a clientes em mais de 120 países. No Brasil, conta com mais de oito mil empregados e possui escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Vitória, Campina Grande, Porto Alegre e São José dos Campos, além de fábricas de software em Alphaville (SP) e Recife (PE) e um Centro de Serviços Compartilhados, em Curitiba (PR).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/anastasia-assina-protocolo-para-criar-centro-de-consultoria-de-gestao-e-tecnologia-em-minas/

Anúncios

Governo de Minas: Alunos de Administração Pública da Fundação João Pinheiro discutem cenário sociopolítico do país

Estudantes da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho têm como foco o engajamento cívico

Aliar o conhecimento à prática da gestão pública.  Este é o objetivo do I Prática Pública, evento organizado pelos estudantes do curso de Administração Pública da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro (FJP), que acontece nesta terça-feira (08), e na quarta-feira (09), no Auditório do Campus Brasil da Fundação João Pinheiro, Av. Brasil, nº 674, Santa Efigênia.

Com o objetivo de elevar o senso crítico e o engajamento cívico dos estudantes, o evento terá como foco questões pertinentes aos cenários social e político de Minas Gerais e do Brasil. Ao longo dos dois dias de programação,  serão discutidos os temas “Eficiência e Inovação no Legislativo”, “O terceiro setor e o engajamento para o serviço público”, “Webcidadania e espaços de participação social na internet”, “Empreendedorismo municipal” e “20 anos da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho”. As inscrições para o I Prática Pública custam R$ 25,00 e podem ser feitas pelo endereço http://www.praticapublica.com.br.

Programação:

Dia 8

09:00 Abertura

09:30 – Eficiência e Inovação no Legislativo

Debatedores: José Geraldo (Secretário-geral da Assembleia Legislativa de Minas Gerais) e Adelmo Leão (Deputado Estadual)

11:30 –  Almoço

13:00 – Empreendedorismo municipal

Debatedores: Wagner Dutra (prefeito de Miradouro) e Roberto Marinho (Centro de Pesquisas Aplicadas da Fundação João Pinheiro)

14:50 – Coffee Break

15:10 – Espaço interativo – Salas simultâneas

 

Dia 9

09:00 – 20 anos da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho

Debatedores: Luciana Raso (Diretora-geral da Escola de Governo) e representantes de outras Escolas de Governo em Minas Gerais

11:30 – Almoço

13:00 – O terceiro setor e o engajamento para o serviço público

Debatedor:  Diomar da Silveira (diretor da OSCIP Filarmônica de Minas Gerais)

14:30 Coffee Break

14:50 – Webcidadania e espaços de participação social na internet

Debatedores: Ricardo Poppi (Técnico em telecomunicações, cientista político e coordenador de análise legislativa do Ministério da Justiça) e Caio Werneck (Movimento Minas)

17:00 – Encerramento

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/alunos-de-administracao-publica-da-fundacao-joao-pinheiro-discutem-cenario-sociopolitico-do-pais/

Gestão da Educação: prazo de inscrições para especialização em Administração Pública da FJP é prorrogado

Cursos são oferecidos pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho

Foi prorrogado para 10 de abril o prazo de inscrições para o Programa de Especialização em Administração Pública (X PROAP), oferecido pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro. Este ano serão oferecidos cursos nas áreas de Gestão Pública, Gestão de Pessoas no Serviço Público, Gestão de Logística no Setor Público, Gestão Urbana e de Cidades, e Direito Administrativo. O Edital nº 008/101, que dispõe sobre o processo seletivo pode ser acessado no site www.eg.fjp.mg.gov.br.

O valor da taxa de inscrição é R$ 25,00 e o pagamento deve ser realizado por meio de Documento de Arrecadação Estadual – DAE. A solicitação de emissão deve ser encaminhada para o endereço dcf.tesouraria@fjp.mg.gov.br, informando nome, endereço completo e CPF.

Após pagamento da taxa, os candidatos devem entregar a documentação exigida pelo Edital na Secretaria de Registro e Controle Acadêmico da Escola de Governo (Alameda das Acácias, n° 70, São Luís – Pampulha), ou na Secretaria da Especialização do Campus Brasil da Fundação João Pinheiro (Avenida Brasil, 674, Santa Efigênia), de segunda a sexta-feira, entre 9h e 16h.

A prova de seleção será realizada no dia 14 de maio, no Campus Brasil da Fundação e o resultado preliminar divulgado no dia 25 de maio no site da Escola de Governo. O resultado final será publicado em 28 de maio. O candidato integrante do quadro da Administração Pública Estadual pode requerer bolsa de estudos junto ao órgão ou instituição de origem (Resolução Seplag nº 27, de 28 de junho de 2007).

Os cursos de especialização da Fundação João Pinheiro são destinados a profissionais de diferentes esferas de governo e demais interessados na área pública, que buscam subsídios teóricos e práticos para aprofundar o conhecimento sobre políticas públicas e gestão. O programa tem como objetivos qualificar quadros técnicos nas diversas áreas da gestão pública, refletir sobre as diferentes dimensões deste tipo de gestão, desenvolver e aperfeiçoar capacidades de interlocução e concepção de políticas, programas e projetos.

Melhor de Minas

A Escola de Governo da Fundação João Pinheiro foi considerada a melhor faculdade de Minas Gerais no Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado pelo Ministério da Educação em novembro de 2011, alcançando o primeiro lugar no Estado. Entre as 27 instituições de ensino superior do país que alcançaram a nota máxima da avaliação, a Escola de Governo também ocupa posição de destaque com a nona colocação. Ao todo foram avaliadas 2.177 instituições de ensino, sendo 229 públicas e 1.947 privadas, entre universidades, centros universitários e faculdades.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas participa de programa do Departamento de Estado dos EUA

Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais representará o governo mineiro

Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais (Seccri), vai participar, pela primeira vez, do programa “Parceiros Legislativos das Américas”, que é financiado pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado dos Estados Unidos (Ministério das Relações Exteriores dos EUA). Os objetivos são examinar a relação entre a sociedade civil e o governo; conhecer organizações engajadas nos temas de transparência e processo legislativo, trazendo experiências para o aperfeiçoamento e consolidação do Estado em Rede, novo modelo de gestão do governo mineiro.

Esta é a primeira vez que um representante do Poder Executivo de Minas participa do programa, tendo sido selecionado, entre numerosos candidatos, o servidor indicado pela Seccri, Thiago Hollerbach Athayde, que é assessor-chefe de Gestão Estratégica e Inovação. O escolhido é graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais e formado em Gestão Pública pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, que há 20 anos vem desenvolvendo sua missão na Fundação João Pinheiro de apoiar a modernização e a profissionalização da administração pública, por meio da difusão de novas técnicas de gestão, estudos e pesquisas para o aperfeiçoamento de quadros técnicos dos governos municipais, estaduais e federal. Em um total de 1.828 Instituições avaliadas pelo MEC em 2011, a escola é a 3ª melhor Instituição Pública de Ensino Superior do Brasil.

Thiago Athayde vai participar, no período de 23 de março a 12 de maio, do “Parceiros Legislativos das Américas”, onde estarão também representantes da Colômbia, República Dominicana, Guatemala, Haiti, México, Nicarágua, Paraguai e EUA. Segundo ele, “a participação do Governo de Minas é extremamente importante, pois o programa constitui uma relevante rede internacional de desenvolvimento de políticas públicas, orientadas para a transparência e a participação cidadã. Essa rede desenvolverá, a partir de uma agenda de trabalho definida, projetos a serem implementados nos países participantes”.

Ao falar de seus objetivos, Thiago Athayde acrescentou que irá “compartilhar com os demais participantes as experiências e avanços que o Estado de Minas Gerais vem alcançando nos últimos anos, especialmente com a Gestão para a Cidadania, como é conhecida a 3ª etapa do Choque de Gestão. Essa nova forma de governar agrega aos já consolidados princípios de eficiência e “ accountability”, o exercício da participação cidadã por meio de iniciativas como, entre outros instrumentos, a Governança em Rede, o Movimento Minas, as Consultas Públicas, as Conferências Participativas de Políticas Públicas, a Conferência de Serviços e as Agendas Intersetoriais.

Ele disse que também espera “conhecer na prática os métodos e sistemas que diferentes países utilizam para fomentar a transparência e a participação cidadã no desenho de políticas públicas e na agenda legislativa e de governança institucional, trazendo para Minas as lições aprendidas pelos parceiros e as boas práticas identificadas”.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Fundação João Pinheiro abre inscrições para Programa de Especialização em Administração Pública

As inscrições vão até o dia 5 de março. O valor da taxa de inscrição é R$ 25,00

Estão abertas até o dia 5 de março as inscrições para o X Programa de Especialização em Administração Pública (PROAP), oferecido pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro.

Este ano serão oferecidos cursos nas áreas de Gestão Pública, Gestão de Pessoas no Serviço Público, Gestão de Logística no Setor Público, Gestão Urbana e de Cidades, e Direito Administrativo. O Edital nº 008/101, que dispõe sobre o processo seletivo pode ser acessado na página da Escola (www.eg.fjp.mg.gov.br).

Inscrições e seleção

O valor da taxa de inscrição é R$ 25,00 e o pagamento deve ser realizado por meio de Documento de Arrecadação Estadual – DAE. A solicitação de emissão deve ser encaminhada para o endereço dcf.tesouraria@fjp.mg.gov.br, informando nome, endereço completo e CPF.

Após pagamento da taxa, os candidatos devem entregar a documentação exigida pelo Edital na Secretaria de Registro e Controle Acadêmico da Escola de Governo (Alameda das Acácias, n° 70, São Luís – Pampulha), ou na Secretaria da Especialização do Campus Brasil da Fundação João Pinheiro (Av. Brasil, 674, Santa Efigênia), de segunda a sexta-feira, entre 9h e 16h.

A prova de seleção será realizada no dia 19 de março, no Campus Brasil da Fundação e o resultado preliminar será divulgado no dia 16 de abril no site da Escola de Governo. O resultado final será publicado em 20 de abril.

O candidato integrante do quadro da Administração Pública Estadual pode requerer bolsa de estudos junto ao órgão ou instituição de origem (Resolução Seplag nº 27, de 28 de junho de 2007).

Especialização

Os cursos de especialização da Fundação João Pinheiro são destinados a profissionais de diferentes esferas de governo e demais interessados na área pública, que buscam subsídios teóricos e práticos para aprofundar o conhecimento sobre políticas públicas e gestão. O programa tem como objetivos qualificar quadros técnicos nas diversas áreas da gestão pública, refletir sobre as diferentes dimensões deste tipo de gestão, desenvolver e aperfeiçoar capacidades de interlocução e concepção de políticas, programas e projetos.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: escola de governo da FJP abre novo processo de credenciamento de professores

BELO HORIZONTE (24/01/12) – A Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro (FJP), abriu novo processo de credenciamento de professores para os cursos de especialização. O edital EG /ESP/Nº001/2012, que dispõe sobre o processo de seleção de docentes para as disciplinas “Políticas Públicas e Segurança Pública”, “Direitos Humanos e Cidadania” e “‘Doutrina de Polícia Ostensiva”, já está disponível no site da escola.

Para se credenciar, o candidato deve entregar o Formulário de Inscrição de Docente Colaborador Externo, o curriculum vitae (modelos disponíveis no anexo II do edital) e cópia da titulação mais elevada na Secretaria de Registro e Controle Acadêmico da Escola de Governo, na sede da entidade – Alameda dos Oitis, 140, sala 103-B, bairro São Luís, Belo Horizonte – entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro, das 9h às 16h.

São considerados professores colaboradores externos, ocupantes de cargos comissionados na Fundação João Pinheiro não pertencentes ao quadro de servidores estaduais e que desenvolvam atividades docentes na Escola de Governo; servidores estaduais lotados ou à disposição de outros órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, desenvolvendo atividades docentes na Escola de Governo; e docentes sem vínculo empregatício com o Estado de Minas Gerais.

A pré-seleção, com data, horário, local e conteúdo da “aula avaliativa”, será divulgada a partir de 6 de fevereiro no site da Escola de Governo. O resultado final está previsto para 16 de fevereiro.

Escola de Governo

A Escola de Governo tem como objetivo, contribuir para a melhoria e modernização da gestão pública por meio da formação e capacitação de quadros técnicos, do desenvolvimento de pesquisas e da assessoria a órgãos e entidades governamentais na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas.

Instituição de ensino superior credenciada junto ao Ministério da Educação e ao Conselho Estadual de Educação, a EG oferece o Curso de Administração Pública (CSAP), Mestrado em Administração Pública, diversos cursos de especialização e cursos de capacitação e treinamento.

Fonte: Agência Minas