Arquivos do Blog

Gestão da Saúde: Força Tarefa contra a dengue chega ao município de Vespasiano

Cidade recebeu o reforço de 63 agentes da Força Tarefa de combate à dengue

Leandro Heringer/SES-MG
Os agentes vão realizar o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LirAa), juntamente com os agentes de zoonoses do município
Os agentes vão realizar o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LirAa), juntamente com os agentes de zoonoses do município

Vespasiano, cidade da região Central de Minas Gerais recebeu, nesta segunda-feira (12), o reforço de 63 agentes da Força Tarefa de combate à dengue, que vão realizar o Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LirAa), juntamente com os agentes de zoonoses do município.

A partir desta quarta-feira (14), será feito mutirão para eliminação de focos do mosquito e a intenção é atingir todos os imóveis da cidade. “Não podemos perder a oportunidade de utilizar esse pessoal. O mutirão será feito em aproximadamente oito dias úteis”, declarou o coordenador de Zoonoses e Vigilância Sanitária de Vespasiano, Claudemiro Ferreira.

Além disso, várias ações de mobilização estão programadas na cidade. Dia 20 de março acontece a panfletagem educativa no Posto São Paulo, localizado na Rua Antonio Araujo Vargas. Nos dias 22 e 23, o Dengue Móvel estará presente, respectivamente, nos bairros Jardim da Glória e Morro Alto. Haverá dia 24, o evento “Minha cidade sem dengue”, também em Morro Alto, em frente à lagoa, contando com panfletagem, cama elástica, pula-pula, denguemóvel, banda e adesivação nos carros.

O superintendente Regional de Saúde de Belo Horizonte, Paulo de Tarso Auais, enfatizou a necessidade de parceria tripartite efetiva. “Estado, municípios e cidadãos devem estar alinhados no combate à dengue. A Força Tarefa é uma iniciativa do Governo de Minas no sentido de promover ações efetivas tanto no plano epidemiológico quanto de mobilização nas cidades”.

Para Claudemiro, é fundamental a participação da população. “Nosso LirAa em janeiro foi de 3,9,o que representa alto risco. Para diminuir, o cidadão tem que participar”. O pensamento é compartilhado pelo morador Jair da Cruz, que recebeu a visita do agente de endemias em sua casa. “Tenho cuidado para mim e para minha família. Acabo fazendo para os vizinhos também. O trabalho dos agentes com informação e verificação é muito válido”, ressalta.

Fonte: Agência Minas

Gestão da Saúde: Força-tarefa de combate à dengue mobiliza Pompéu para o Carnaval

Secretaria de Saúde contará com o Dengue Móvel, caminhão que trocará lixo reciclável por material escolar, e o Dengômetro, espaço de convivência e de acesso às informações sobre a dengue

Com o objetivo de mobilizar os municípios mineiros que recebem grande quantidade de foliões durante o período do Carnaval, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em parceria com a prefeitura de Pompéu, promove a mobilização dos moradores e a circulação de informações sobre a dengue até sexta-feira (10).

Nos dias 9 e 10 de fevereiro, das 9h às 13 horas, na Praça Carlos Elói, no centro da cidade, haverá ação de troca de materiais que podem ser tornar possíveis focos de dengue por material escolar. A ação vai reforçar a guerra contra a dengue, além de estimular a participação ativa da população que pode eliminar possíveis focos da doença em suas residências.

Para isso, a SES-MG contará com o Dengue Móvel, caminhão que trocará lixo reciclável (latas, garrafas pets e pneus) por material escolar (borrachas, lápis e cadernos). E o Dengômetro, espaço de convivência e de acesso às informações sobre a dengue, instalado nos pontos de maior movimentação de pessoas. A lógica da troca adotada no município será para cada lata (1 borracha), para cada pet (1 lápis) e para cada pneu (1 caderno). As ações de mobilização acontecem no município desde 23 de janeiro.

Fonte: Agência Minas

Gestão da Saúde: município de Abaeté entra na guerra contra a dengue

Nos dias 9 e 10 de fevereiro, a cidade vai receber a Força Tarefa de Combate à Dengue

Neste ano, Abaeté, na região Central do Estado e uma das cidades de Minas que mais recebe foliões durante o carnaval, será cenário de uma ação diferenciada: a mobilização contra a dengue.

Nos dias 9 e 10 de fevereiro, o município vai receber a Força Tarefa de Combate à Dengue a fim de deixar a cidade limpa para os foliões brincarem sem riscos de contraírem a doença.

Durante esses dias, a população vai ter acesso ao Dengômetro e ao Dengue Móvel, onde poderão tirar dúvidas sobre a doença e trocar os materiais recicláveis por material escolar (uma lata de alumínio equivale a uma borracha, uma garrafa pet equivale a um lápis, e um pneu equivale a um caderno).

Os mobilizadores da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) estarão no município já na próxima quarta-feira (8), vistoriando as áreas consideradas de risco (casa, lojas comerciais e terrenos baldios) para identificar e eliminar os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, além de orientar a população sobre os riscos da doença.

Evento: Carnaval nas cidades históricas – A guerra contra a dengue continua

Data: 9 e 10 de fevereiro

Local: Praça Dr. Canuto, s/nº – Centro

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: São João del-Rei e Tiradentes mobilizam população contra a dengue

Dengômetro e o dengue móvel estarão nas cidades para levar informações e experiências no combate ao mosquito

Nos dias 9 e 10 de fevereiro, São João del-Rei  e Tiradentes, no Campo das Vertentes, vão reforçar suas ações de combate à dengue, por meio de ações promovidas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

O Dengômetro, espaço para troca de informações e experiências no combate à dengue, e o dengue móvel, veículo que percorre os bairros trocando objetos que poderiam se tornar foco do mosquito por material escolar, estarão nas cidades.

Com uma população aproximada de 85 mil pessoas, São João del-Rei foi uma das cidades históricas castigadas pelas últimas chuvas. Essa situação aumenta a necessidade de informar as pessoas sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti.

Fonte: Agência Minas

Gestão da Saúde: município de Ipatinga recebe Força Tarefa de combate à dengue recebe Força Tarefa de combate à dengue

Os mobilizadores vão percorrer casas, lojas comerciais e lotes baldios para eliminar os possíveis criadouros do Aedes aegypti

Na próxima semana, entre os dias 7 e 14 de fevereiro, é a vez da cidade de Ipatinga, no Leste de Minas, receber a equipe da Força Tarefa de combate à dengue. Para reforçar a luta contra a doença, será feita uma vistoria nas áreas consideradas de risco, e os mobilizadores vão percorrer casas, lojas comerciais e lotes baldios para eliminar os possíveis criadouros do Aedes aegypti.

Nos dias 10, 11 e 13, o município vai receber o Dengue Móvel, onde as pessoas poderão trocar objetos que acumulam água por material escolar. Haverá também, no dia 12, uma blitz educativa para conscientizar a população sobre a importância de se combater os focos do mosquito diariamente.

Programação

Dia 10 (sexta-feira) – Dengue Móvel

Hora: 8h às 14h

Local: Praça Principal – Avenida Esperança / Bairro: Esperança (próximo à Drogaria Itacolomy).

Dia 11 (sábado) – Dengue Móvel

Hora: 9h às 12h – Evento Minha cidade sem dengue

Local: Praça 1º de Maio – Avenida João Valentim Pascoal / Bairro Centro

Dia 12 (domingo) – Blitz educativa e panfletagem

Hora: 8h às 11h

Local: Avenida Selim José de Sales / Bairro: Canãa (perto do Banco do Brasil)

Dia 13 (segunda-feira) – Dengue Móvel

Hora: 8h às 11h

Local: Campo do Bigode – Rua: Mangaratiba / Bairro: Veneza (perto da UBS do Veneza II)

Hora: 13h às 16h

Local: Praça Principal – Avenida das Flores / Bairro: Bom Jardim

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Secretaria de Saúde reforça guerra contra a dengue no bairro Heliópolis

BELO HORIZONTE (09/01/12) – A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), em parceria com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (PBH), realizou, no sábado (7), uma ação intensiva de mobilização no bairro Heliópolis, localizado na região Norte de Belo Horizonte. O evento, primeira parte do projeto “Meu bairro contra a dengue”, que se inicia neste período chuvoso, ocorreu no espaço BH Cidadania e contou com a participação de aproximadamente 600 moradores.

A SES-MG esteve presente com o Dengue Móvel – caminhão que realiza trocas de pneus, latas e pets por cadernos, borrachas e lápis – e com o Dengômetro – espaço de convivência e de acesso às informações sobre a dengue, onde o cidadão toma conhecimento da situação da doença em sua região e conhece os métodos de prevenção e mobilização. Ao final do evento, foram trocados 2702 garrafas pet; 3268 latas e 84 pneus.

O operário da construção civil Valdivino dos Santos conseguiu recolher um total de 100 garrafas e as trocou no Dengue Móvel. “Sei que a dengue é uma doença muito grave porque já tive parentes que a tiveram e passaram muito mal. Por isso tento colaborar do jeito que eu posso”, explicou.

Valdivino tomou conhecimento da ação de mobilização por meio de seu filho Rafael, que recebeu as instruções de prevenção à dengue em sua escola. Rafael aproveitou também para conferir o Dengueville, um aplicativo em forma de jogo para as redes sociais que ensina como combater o mosquito da dengue e evitar a doença de forma lúdica. “Achei muito legal porque você vai subindo de nível quando consegue ajudar a tirar a dengue das casas”, contou Rafael.

Além do Dengueville, outra atração que encantou as crianças foi a esquete teatral encenada pelo Grupo de Teatro do Mobiliza SUS, que sensibilizou a população para o cuidado diário e frequente no combate à doença. “Se não dobrarmos a atenção, o que vai dobrar é a dengue!”, alertou a personagem Dona Conceição, uma senhora, que pela intervenção do agente de saúde Taquinho, aprende a importância de se prevenir a dengue pela eliminação constante dos possíveis focos.

Para o superintendente da Regional de Saúde de Belo Horizonte, responsável por 39 municípios da região Central de Minas Gerais, Paulo de Tarso Machado Auais, o evento representa uma tríplice aliança. “A mobilização ocorre com a participação do Governo de Minas, da Prefeitura de Belo Horizonte e do cidadão. Somente somando forças na guerra contra dengue é que vamos vencê-la. Para isso, é preciso que o cidadão também faça sua parte não tendo pratos de plantas, cuidando das caixas d’água e não deixando água parada em pneus e garrafas pet, por exemplo”, afirmou.