Arquivos do Blog

Gestão em Minas: escola de governo da Fundação João Pinheiro abre comemorações por seus 20 anos

Instituição é apontada pelo MEC como a melhor faculdade de Minas Gerais
Renato Cobucci/Imprensa MG
Luciana Moraes Pinto; secretárias Maria Coeli Simões e Renata Vilhena; Marilena Chaves, presidente da Fundação João Pinheiro
Luciana Moraes Pinto; secretárias Maria Coeli Simões e Renata Vilhena; Marilena Chaves, presidente da Fundação João Pinheiro

A Fundação João Pinheiro (FJP) deu início nesta terça-feira (28) ao ano comemorativo do 20º aniversário da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho. A cerimônia é a primeira de uma série de eventos a serem realizados em 2012 – conforme o decreto 45.758, de 7 de outubro de 2011.

Com as participações da secretária de Estado da Casa Civil e Relações Institucionais, Maria Coeli Simões Pires; da secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, da presidente da Fundação João Pinheiro, Marilena Chaves, da diretora-geral da Escola, Luciana Moraes Raso Sardinha Pinto, ex-diretores da Escola e ex-presidentes da fundação nesses 20 anos, entre outras autoridades, o evento teve o objetivo de resgatar a trajetória da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho e proporcionar a reflexão sobre sua filosofia nessas duas décadas.

“Mais que uma festividade, este evento é também um importante registro da história, não somente da Fundação João Pinheiro, mas especialmente da Administração Pública. Em seus 40 anos, a fundação sempre se dedicou às atividades acadêmicas na área de administração além da vertente de pesquisa, o que culminou hoje o grau de excelência adquirido pela nossa Escola de Governo Paulo Neves de Carvalho”, explica a presidente da FJP, Marilena Chaves.

A secretária Maria Coeli Simões Pires, que foi aluna de Paulo Neves de Carvalho durante a realização de seus cursos de mestrado e doutorado em Direito Administrativo, falou sobre a importância da Escola para Minas e para o Brasil, “bem como das numerosas lições dadas pelo professor, que encarnou a própria Escola da Administração Pública mineira”, depois institucionalizada. Ela ressaltou ter sido o jurista “eternamente indignado com a opressão do analfabetismo político, a ditadura da exclusão, a apropriação do interesse público e a definitividade dos poderosos”. “Referência simbólica da doutrina administrativa brasileira e semeador da concepção de um direito vivo, deixou como legado um novo paradigma para a reflexão da Ciência Jurídica e da Administração Pública”, acrescentou a secretária.

Para Renata Vilhena, “há 20 anos, a Escola de Governo presenteia o Estado com informação, capacitação e modernização da gestão governamental”. “A Escola é o eixo fundamental da estratégia de gestão do Governo de Minas e, felizmente, podemos afirmar com toda convicção que esse eixo é sólido e mantido a partir de padrões de excelência”, destacou Renata Vilhena.

História

Fundada em dezembro de 1992 com o objetivo de contribuir para a melhoria e modernização da gestão pública por meio da formação e capacitação de quadros técnicos, do desenvolvimento de pesquisas e da assessoria a órgãos e entidades governamentais na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas, a Escola de Governo oferece o curso de Administração Pública (CSAP), Mestrado em Administração Pública, diversos cursos de especialização e cursos de capacitação e treinamento. Seu nome homenageia Paulo Neves de Carvalho, professor de Direito Administrativo da UFMG e ex-secretário de Estado da Administração de Minas Gerais, falecido em 2004, aos 84 anos.

Em seus 20 anos de atuação, a Escola de Governo já formou mais de 650 especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental no Curso de Administração Pública e cerca de 340 mestres. Somente em 2011, a Escola capacitou mais de 1.800 servidores públicos do Estado de Minas Gerais.

Melhor de Minas

A Escola de Governo da Fundação João Pinheiro foi considerada a melhor faculdade de Minas Gerais no Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado pelo Ministério da Educação em novembro de 2011, alcançando o primeiro lugar no Estado. Entre as 27 instituições de ensino superior do país que alcançaram a nota máxima da avaliação, a Escola de Governo também ocupa posição de destaque com a nona colocação. Ao todo foram avaliadas 2.177 instituições de ensino, sendo 229 públicas e 1.947 privadas, entre universidades, centros universitários e faculdades.

Fonte: Agência Minas

Gestão em Minas: escola de governo da FJP abre novo processo de credenciamento de professores

BELO HORIZONTE (24/01/12) – A Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro (FJP), abriu novo processo de credenciamento de professores para os cursos de especialização. O edital EG /ESP/Nº001/2012, que dispõe sobre o processo de seleção de docentes para as disciplinas “Políticas Públicas e Segurança Pública”, “Direitos Humanos e Cidadania” e “‘Doutrina de Polícia Ostensiva”, já está disponível no site da escola.

Para se credenciar, o candidato deve entregar o Formulário de Inscrição de Docente Colaborador Externo, o curriculum vitae (modelos disponíveis no anexo II do edital) e cópia da titulação mais elevada na Secretaria de Registro e Controle Acadêmico da Escola de Governo, na sede da entidade – Alameda dos Oitis, 140, sala 103-B, bairro São Luís, Belo Horizonte – entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro, das 9h às 16h.

São considerados professores colaboradores externos, ocupantes de cargos comissionados na Fundação João Pinheiro não pertencentes ao quadro de servidores estaduais e que desenvolvam atividades docentes na Escola de Governo; servidores estaduais lotados ou à disposição de outros órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, desenvolvendo atividades docentes na Escola de Governo; e docentes sem vínculo empregatício com o Estado de Minas Gerais.

A pré-seleção, com data, horário, local e conteúdo da “aula avaliativa”, será divulgada a partir de 6 de fevereiro no site da Escola de Governo. O resultado final está previsto para 16 de fevereiro.

Escola de Governo

A Escola de Governo tem como objetivo, contribuir para a melhoria e modernização da gestão pública por meio da formação e capacitação de quadros técnicos, do desenvolvimento de pesquisas e da assessoria a órgãos e entidades governamentais na formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas.

Instituição de ensino superior credenciada junto ao Ministério da Educação e ao Conselho Estadual de Educação, a EG oferece o Curso de Administração Pública (CSAP), Mestrado em Administração Pública, diversos cursos de especialização e cursos de capacitação e treinamento.

Fonte: Agência Minas