Arquivos do Blog

Governo de Minas: ato pela prevenção de acidentes de trabalho reúne operários do Mineirão

Segurança dos funcionários da obra é tratada como prioridade máxima pelos gestores do empreendimento

Sylvio Coutinho/Divulgação
Craques Reinaldo e Bebeto participaram do evento no campo de obras do Mineirão
Craques Reinaldo e Bebeto participaram do evento no campo de obras do Mineirão

Os cerca de 2.600 operários que trabalham nas obras de modernização do Mineirão participaram do Ato Público pelo Trabalho Seguro na Indústria da Construção, realizado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), nesta sexta-feira (22), na nova esplanada do estádio.

O Governo de Minas, representado pelo advogado-geral do Estado, Marco Antônio Romanelli, e pelo secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, receberam o presidente do TST, ministro João Dalazen, e a presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Minas, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, em cerimônia educativa celebrada ao lado dos ex-craques Bebeto, Reinaldo e Wilson Piazza.

O operário Cícero Morais, 66 anos, foi homenageado com uma camisa da Seleção Brasileira autografada pelos atletas presentes por ser o mais experiente da obra. Após a abertura, os demais operários participaram de sorteio de brindes.

O presidente da empresa Minas Arena, responsável reforma do estádio, destacou o compromisso de concluir as obras com baixo índice de acidentes. “Trabalhar com segurança é uma das causas mais nobres dessa obra. Queremos assim manter a excelência na prevenção dos acidentes de trabalho”, diz Ricardo Barra. As obras de modernização do estádio não têm registro de acidente grave e nem óbito ou invalidez.

Em seu pronunciamento, o ministro Dalazen pediu aos operários maior atenção e observância das normas técnicas no ambiente de trabalho. “Os acidentes são, na maioria dos casos, previsíveis. Ocorrem quando há falha na prevenção. Estamos numa cruzada pelo trabalho seguro. Temos que evitar o excesso de confiança, a mesma que nos fez chorar na Copa de 1950”, comparou.

O Brasil ocupa o 4º lugar em acidentes de trabalho no mundo, atrás da China, Rússia e Estados Unidos, segundo dados do desembargador Anemar Amaral, gestor regional em Minas do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho. Romanelli destacou assim o baixo índice de acidentes na obra. “Não adianta ter trabalho, é preciso que haja segurança. O Mineirão é um caso exemplar neste sentido”, pontuou.

Craques

Bebeto, Reinaldo e Piazza emocionaram a plateia ao lembrarem de experiências como jogadores marcadas por displicência e desinformação no ambiente de trabalho. “Lembro quando cheguei para treinar no Flamengo sem caneleira. O Zico então me parou e me perguntou onde eu ia sem caneleira. Respondi que ia treinar, com um sorriso sem-graça. Ao me impedir de entrar em campo, Zico me ensinou muita coisa naquele momento”, conta Bebeto.

O maior artilheiro do Mineirão, Reinaldo, consagrado ex-jogador do Atlético, se aposentou do futebol por invalidez. “Operários deste Mineirão, vejam minha situação. Já deixei de usar muita caneleira nesta vida e hoje sofro. Vocês estão entrando para a história do futebol mundial por estarem na reforma do Mineirão. Sendo assim, se protejam, uma vez que o Governo de Minas está muito preocupado com a segurança de vocês”, conclamava.

Já o ex-volante do Cruzeiro lamentou ter sofrido “várias contusões graves”, por descuido, na época em que defendia a camisa do Brasil. “Em 02 junho de 1968, no Maracanã, lembro bem, me machuquei seriamente durante um amistoso contra o Uruguai. Quero que vocês saibam que futebol também é um esporte muito viril e que requer atenção redobrada, a mesma exigida a vocês dentro do canteiro”, lembrou Piazza.

O ato público será promovido pelo TST nas diversas capitais do país que sediarão jogos da Copa de 2014. Já foi realizado no Maracanã (Rio de Janeiro), Arena das Dunas (Natal), Verdão (Cuiabá) e Itaquerão (São Paulo). Em julho, o evento será realizado no estádio da Fonte Nova, em Salvador.

Para o secretário da Secopa, Sergio Barroso, iniciativas em defesa de segurança trabalhista são imprescindíveis no processo de expansão econômica em que vive o Estado com vistas à Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. “Segurança é ponto de preocupação máxima dos responsáveis pelas obras em Minas. Além de planejarmos uma Copa ambientalmente sustentável, também queremos uma Copa sem acidentes”, finalizou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ato-pela-prevencao-de-acidentes-de-trabalho-reune-operarios-do-mineirao/

Governo de Minas: craques da bola ditam moda entre operários do Mineirão

Além de materiais de construção e poeira, cortes de cabelos modernos, piercings e tatuagens também fazem parte da obra no estádio.

Bruno Sales
O soldador Ricardo Gomes se inspira no jogador inglês David Beckham
O soldador Ricardo Gomes se inspira no jogador inglês David Beckham

Operários que trabalham na reforma do Mineirão mostram que os cuidados com a beleza são indispensáveis, apesar do trabalho em meio a máquinas, ferramentas e poeira no canteiro. Para muitos, os craques da bola ditam tendências aos jovens operários: cabelos  modernos, piercings  e tatuagens são fáceis de encontrar quando se anda pela obra no estádio.

Um dos mais vaidosos do canteiro de obras é Ricardo Gomes, soldador. Há três meses trabalhando no Mineirão, ele chama atenção pelo estilo: usa pulseira de couro, cabelo moicano, brincos, colares e tem uma tatuagem que vai da cintura até o braço esquerdo. A referência dele vem do ídolo inglês David Beckham, considerado o jogador mais pop star do futebol mundial. “Para fazer o estilo dele é um pouco mais complicado, pois eu tenho que também fazer escova no cabelo”, revela Ricardo.

Antes de entrar para as obras, Ricardo era professor de dança. Ensinava axé, forró, zouk e funk. “Acho que eu sou vaidoso porque tinha que preocupar com minha aparência para as apresentações de dança. Já que tinha que me exibir, então tinha que caprichar. Daí virou rotina”, conclui o soldador.

Lucas Nogueira, operador de mini-retroescavadeira, usa a tinta da cor vermelho intenso no cabelo. Mas antes de ousar, teve que pedir autorização para sua namorada, a Ketlen. “Não sou doido de fazer uma mudança dessas sem consultá-la. Ela deu sinal verde e nós dois curtimos o resultado”, afirma. Ele, que estava cansado do seu visual antigo, disse que sempre quis ser ruivo. “Acho legal demais quem já nasce com o cabelo vermelho. Já que eu não nasci assim, apelei para os produtos químicos”, conta, às gargalhadas.

Estilo Neymar

Entre os penteados mais copiados está o do craque Neymar.  Um dos adeptos ao estilo moicano é o Márcio Rubens de Souza, servente de pedreiro. No início do mês passado, ele resolveu mudar seu visual. No salão de beleza, fez luzes “para dar uma clareada no cabelo”, diz, um corte mais moderno, estilo Neymar, e pediu muito gel para manter a franja espetada. “Vejo muita gente aqui dentro usando esse estilo de cabelo. Certamente está na moda, é uma tendência”, justifica a mudança. Ele, que é solteiro, garante que o novo visual fez sucesso com as pretendentes. “Não posso reclamar, muitas mulheres estão elogiando. E a gente nunca sabe quando é que vai encontrar um novo amor”, diz, com um sorriso tímido no rosto.

Arenildo Cardoso da Silva, operador de retroescavadeira, também é adepto do estilo moicano com luzes. Apesar de insistir que sua referência não é Neymar, confessa que muitas pessoas na rua o chamam pelo nome do craque. Sua namorada, Jéssica, aprovou as mudanças. “Ela curtiu demais, acho que sempre é bom inovar. Não vivemos somente dentro das obras, temos vida lá fora e o visual é muito importante para se relacionar com o mundo”, filosofa.

Igor Nazário Nascimento é auxiliar de montagem de andaimes e trabalha na preparação para a instalação da nova cobertura do Mineirão. Mesmo operando nas alturas e sempre de capacete, Igor fala que nunca deixa de pensar no visual. Ele, que é de Sobradinho (BA), tem um furo em cada orelha e usa piercing no nariz. “Sempre inventei moda mudando meu penteado. Tem dois meses que estou trabalhando na reforma do estádio e já cheguei aqui com moicano, luzes e piercing. Como tem muitos colegas com esse visual, o pessoal já está acostumado”, afirma.

O estádio está com 62% das obras concluídas. Será palco de seis partidas durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e três jogos na Copa das Confederações, em 2013. Os cerca de 2.500 empregados hoje do canteiro trabalham com o compromisso de finalizar a obra em 21 de dezembro de 2012.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/craques-da-bola-ditam-moda-entre-operarios-do-mineirao/

Governo de Minas: Fifa e Comitê Organizador Local fazem reunião com Secopa

Também estiveram presentes no encontro representantes da prefeitura e da empresa Minas Arena

Alexandra Martins/Secopa MG
Sérgio Barroso, Fábio Starling e Charles Botta participaram de reunião na Cidade Administrativa
Sérgio Barroso, Fábio Starling e Charles Botta participaram de reunião na Cidade Administrativa

Às vésperas do marco de um ano para a Copa das Confederações de 2013, o secretário de Estado Extraordinário da Copa (Secopa), Sergio Barroso, recebeu a Comissão de Monitoramento da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL) para uma reunião na tarde desta quinta-feira (14), na Cidade Administrativa.

O grupo realiza análise e visita às obras dos estádios nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. O consultor da entidade sediada na Suíça, Charles Botta, juntamente com o gerente geral de relacionamento com as sedes do COL, Fábio Starling, conheceram as obras do Mineirão antes do encontro, no qual estiveram presentes ainda representantes da prefeitura e da empresa Minas Arena.

Os participantes do encontro discutiram o projeto de mobilidade em construção na capital previsto para garantir o acesso do público ao aeroporto, estádio e zona hoteleira, bem como a situação do projeto do entorno do estádio para a Copa das Confederações 2013 destinado às chamadas vilas de hospitalidade e áreas de estacionamento complementares. “É bom estar de volta a Belo Horizonte. Tive a oportunidade de conhecer a fase atual das obras do Mineirão e devo dar assim os parabéns a todos envolvidos”, disse Botta.

O Mineirão vai receber três partidas durante o evento esportivo de 2013 e seis jogos em 2014. Já foram concluídas 62% das obras no estádio. Já o estádio Independência, inaugurado em 25 de abril de 2012, deverá ser utilizado como Campo Oficial de Treinamento (COT) pelas seleções que vierem a jogar em Belo Horizonte.

Além da infraestrutura esportiva, Minas Gerais cumpre com outros cronogramas de obras com vistas ao calendário de 2013 e 2014.

Sobre a expansão da rede hoteleira da capital, 12 novos hotéis estarão em funcionamento para a Copa das Confederações, totalizando 4.000 novos leitos. Desde 2011, três novos hotéis estão em funcionamento em Belo Horizonte. O investimento do setor hoteleiro na capital é estimado em R$ 2,7 bilhões.

A ampliação do Aeroporto Internacional de Confins vai possibilitar o atendimento de 16 milhões de passageiros por ano. Entre as principais intervenções encontram-se a adequação de estacionamentos, deslocamento de meio fio e vias de acesso, construção de pontos de ônibus e nova área de carga e descarga, ampliação da área comercial, substituição de escadas rolantes, instalação de 17 elevadores e reforma dos pontos de check-in.

“Minas Gerais cumpre seu dever de casa com foco não somente na Copa do Mundo, mas nos benefícios que a população irá usufruir após o grande evento esportivo, do qual os mineiros terão orgulho de ter vivenciado com segurança e comodidade”, conclui o secretário Sergio Barroso.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/fifa-e-comite-organizador-local-fazem-reuniao-com-secopa/

Gestão Eficiente: Polícia Militar de Minas participa de seminário em preparação para a Copa de 2014

Encontro visa preparar as forças de segurança do Estado para atuação durante o evento esportivo

José Carlos Paiva/Imprensa MG
Encontro visa preparar as forças de segurança de Minas para a Copa do Mundo de 2014
Encontro visa preparar as forças de segurança de Minas para a Copa do Mundo de 2014

A Polícia Militar de Minas Gerais deu início ao seminário Policiamento Turístico em preparação para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, nesta quarta-feira (13), na Academia de Polícia Militar de Minas Gerais, em Belo Horizonte. O secretário de Estado Extraordinário da Copa (Secopa), Sergio Barroso, e o comandante geral da PMMG, coronel Márcio Martins Sant´Ana, participaram da abertura do encontro para uma plateia formada por cerca de 300 policiais da capital, Região Metropolitana e interior do Estado. O encontro visa preparar as forças de segurança de Minas para o evento esportivo.

Um dos destaques da programação desta quarta-feira (13) foi a palestra do gerente geral de segurança do Comitê Organizador Local (COL), Hilário Medeiros, profissional com vasta experiência em segurança pública e privada. Os participantes da Polícia Militar tiveram conhecimento do trabalho a ser desempenhando em conjunto com o COL antes e durante o evento.

O cabo Arilton, da diretoria de finanças da PMMG, destacou o conteúdo da agenda. “Estou adorando o seminário porque eu não tinha ideia de como seria um projeto de segurança para a Copa. O Hilário Medeiros expôs de forma clara como funciona com as seleções de futebol, como elas chegam ao estádio ou aos hotéis. É fundamental, para nós que atuamos na ponta do processo, agirmos sempre com tranquilidade para manter a ordem e segurança da população”, disse o militar.

Medeiros fez menção a incidentes ocorridos em Mundiais e alertou sobre a presença de gangues especializadas em provocar distúrbios durante os jogos. “Vocês podem estar seguros que grupos de vândalos virão para a cidade, sem ingressos, sem reserva de hotel, apenas para incomodar as seleções na porta dos hotéis e provocar tumulto. É preciso se preparar para a chegada deles”, sugeriu.

O coronel Sant´Ana destacou a importância de eventos preparatórios para a Copa destinados à Polícia Militar, reiterando a experiência da corporação em eventos de grande concentração de pessoas. “Nossos batalhões têm experiência significativa e expertise suficiente para atuar com muita responsabilidade, realizando um trabalho com maestria no nível que Minas Gerais já vem demonstrado ao país ao longo da história”, assegurou. O comandante geral da PMMG lembrou que a corporação terá um papel fundamental na segurança dos acessos ao estádio, no perímetro urbano da capital e cidades turísticas, além das Fan Fests. “O trabalho da inteligência será focado no perfil dos torcedores que visitarão nosso estado”, disse.

O Governo de Minas prepara um estudo, elaborado pelos especialistas em inteligência das principais forças de segurança do Estado, com análise de riscos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, previsto para ser finalizado em setembro deste ano. O documento vai detalhar ações preventivas e situações hipotéticas de risco com soluções correspondentes em segurança, como ataques terroristas, sequestros, sabotagens, entre outros. Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e funcionários do sistema prisional do Estado vão trabalhar de forma integrada em futura sede comum, a Sala de Situação e Controle de Crise para a Copa. O novo espaço tem previsão de abertura no segundo semestre deste ano.

Para o secretário Sergio Barroso, a Copa do Mundo será uma oportunidade de exibir ao mundo a competência de Minas Gerais na realização do grande evento esportivo. “Serão bilhões de telespectadores focados no que vai acontecer em nosso Estado. A Polícia Militar, juntamente com as outras forças de segurança do estado, estará preparada para esse grande desafio que envolve dezenas de nacionalidades e perfis de comportamento”, conclui.

A programação desta quinta-feira (14), último dia do seminário, inclui palestras de representantes da Secretaria de Estado de Turismo e Secopa, além de convidados da prefeitura.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/policia-militar-de-minas-participa-de-seminario-em-preparacao-para-a-copa-de-2014/

Governo de Minas: Secopa participa de troca de experiências com o Reino Unido na área de segurança pública

Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos foi realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro

Sylvio Coutinho/Divulgação
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio

A Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) participou do Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos, realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro. O evento, encerrado nesta sexta-feira (25), foi iniciado na quinta (24). Autoridades britânicas apresentaram projetos de segurança aplicados aos principais estádios do Reino Unido, bem como planos de emergência e atuação dos assistentes de torcedores, conhecidos na Europa como stewards.

Um dos temas mais debatidos durante o encontro foi a necessidade de integração de todas as forças de segurança durante grandes eventos em arenas multiusos. “Os britânicos reforçaram que o segredo de um evento seguro está no trabalho conjunto entre policiais militares, civis, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e seguranças particulares. Essa nova modelagem de estádios vai exigir uma nova postura”, disse o assessor da Secopa, coronel Wilson Cardoso.

Em Belo Horizonte, os assistentes de torcedores, stewards, atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio. Eles ficam posicionados em todos os setores da nova arena, sendo um para cada cem torcedores, com o objetivo de garantir segurança e tranqüilidade aos torcedores. Em caso de aglomeração de torcedores nas escadas de circulação nas arquibancadas durante jogos, por exemplo, eles atuam para evitar desconforto entre os demais visitantes. Em caso de conflito, buscam pronto auxílio da Polícia Militar.

Foco na segurança

O Governo de Minas prepara um estudo, elaborado pelos especialistas em inteligência das principais forças de segurança do Estado, com análise de riscos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, previsto para ser finalizado em setembro deste ano. O documento vai detalhar ações preventivas e situações hipotéticas de risco com soluções correspondentes em segurança, como ataques terroristas, sequestros, sabotagens, entre outros. Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e funcionários do sistema prisional do Estado vão trabalhar de forma integrada em futura sede comum, a Sala de Situação e Controle de Crise para a Copa.

O novo espaço tem previsão de abertura no segundo semestre deste ano. “É muito importante que as decisões das forças de segurança não sejam intuitivas. A partir do treinamento, o profissional deverá agir com base em informações científicas para manter a tranqüilidade e segurança durante os espetáculos da Copa de 2014”, concluiu o coronel.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secopa-participa-de-troca-de-experiencias-com-o-reino-unido-na-area-de-seguranca-publica/

Governo de Minas: faltam 400 dias para a Copa das Confederações; Mineirão sediará três jogos

Em Minas, faltam 224 dias para o Novo Mineirão ser entregue 100% modernizado

Sylvio Coutinho/Divulgação
A obra do Novo Mineirão ficará pronta em 21 de dezembro de 2012
A obra do Novo Mineirão ficará pronta em 21 de dezembro de 2012

Pelo calendário oficial da FIFA, nesta quinta-feira (10) faltarão 400 dias para a Copa das Confederações 2013, mas em Minas a contagem regressiva é para a conclusão das obras do Mineirão. Aqui faltam 224 dias para o Novo Mineirão ser entregue 100% modernizado. A data para o final da reforma é 21 de dezembro de 2012. O estádio será palco de três partidas da Copa das Confederações. Até 2013, também serão, pelo menos, 5.000 profissionais capacitados em diversas modalidades e, pelo menos, 12 novos hotéis inaugurados.

“Para o Governo de Minas o mais importante é o legado que a Copa vai deixar. As obras estão em dia e vão melhorar a vida das pessoas. Mas queremos estar prontos para todas as demandas da FIFA para que os torcedores que vierem para a Copa das Confederações voltem para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e tragam familiares e amigos com eles. Por isso queremos receber bem os turistas já no desembarque e durante todo o período em que eles estiverem em Minas”, explica Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo.

O Mineirão está com 58% da obra concluída. São 2.000 operários em campo. A estrutura metálica da cobertura já começou a ser montada. Essa cobertura terá uma membrana translúcida e auto-limpante que permite a passagem de luz, mas dissipa o calor. A cobertura do Mineirão também terá células fotovoltaicas que captam energia solar e transformam em energia elétrica – o suficiente para abastecer 1.100 residências de médio porte. Na parte interna, 30% da arquibancada inferior estão instaladas e 80% dos bares e banheiros já receberam acabamento (reboco e piso) com instalação de bancadas e divisórias de granito (50%). Até o final do mês, a esplanada que circunda o estádio estará 100% montada. A obra do Mineirão ficará pronta em 21 de dezembro de 2012.

O Novo Mineirão, após a reforma, terá 64 mil lugares, esplanada com capacidade para 65 mil pessoas, 80 camarotes, 2.569 vagas para carros, tribuna para quase 3.000 jornalistas, 7.000 m2 para comércio e cobertura que capta energia solar e transforma em elétrica capaz de abastecer 1.500 residências de médio porte.

Novas oportunidades

Até o final deste ano, mais de 5.000 pessoas serão capacitadas para a Copa em projetos que envolvem parcerias do Governo de Minas e da Prefeitura de Belo Horizonte com a iniciativa privada (cursos de línguas, agentes de informação turística, guia de turismo, auxiliar de cozinha, camareira, garçom, recepcionista, gestão de negócio, planejamento de emergência hospitalar externa e princípios de medicina de catástrofe).

Doze novos hotéis que serão construídos no Estado estarão prontos para a Copa das Confederações em Belo Horizonte e mais 33 até a Copa de 2014. Dois já foram inaugurados. Desse total de 45, dois são cinco estrelas e 19 são quatro estrelas. Com isso serão ao todo, em um raio de até 100 km de Belo Horizonte, 52 mil leitos para a Copa de 2014. Vários hotéis possuem centro de convenção com capacidade que varia de 120 a 2.000 pessoas, uma aposta na vocação de Minas para o turismo de negócios.

Infraestrutura

Já a reforma do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, está em andamento e tem conclusão prevista para dezembro de 2013. A obra é de responsabilidade do governo federal. Após a reforma, o terminal terá capacidade ampliada de 10,2 (2011) para 16,5 milhões de passageiros por ano, sendo 11,6 milhões no terminal de passageiros 1 e 4,9 milhões no terminal de passageiros 3; nova área de carga e descarga; ampliação da área comercial; substituição de escadas rolantes; instalação de 17 elevadores e reforma dos pontos de check-in. No segundo semestre começa a obra para ampliação da pista em 600 m e do pátio em 192,4 mil metros quadrados.

Em relação à mobilidade urbana, segundo relatório do Ministério Público Federal, a Caixa Econômica Federal liberou, até janeiro deste ano, R$ 206 milhões para as 12 sedes, dos quais R$ 130 milhões são para Belo Horizonte. Das nove obras do PAC da Copa do Mundo que estão em andamento, seis estão em Belo Horizonte. Belo Horizonte vai ganhar, até a Copa de 2014, três corredores exclusivos para ônibus articulados, os chamados Bus Rapid Transit (BRT), que transportarão cerca de 750 mil pessoas e que estarão concluídos em 2013. A implantação dos BRTs nas avenidas Cristiano Machado, Antônio Carlos/Pedro I e região central vão tirar do centro da cidade cerca de 130 linhas de ônibus. O BRT da avenida Antônio Carlos será fundamental no transporte dos torcedores ao Mineirão.

Fonte http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/faltam-400-dias-para-a-copa-das-confederacoes-mineirao-sediara-tres-jogos/

Gestão em Minas: cobertura do Novo Mineirão começa a ser montada

Com as obras mais avançadas do Brasil, estádio será referência na Copa do Mundo de 2014

Sylvio Coutinho/Divulgação
Material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural
Material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural

Os trabalhos de modernização do estádio da Pampulha avançam com a recente chegada da estrutura metálica da cobertura do novo Mineirão. As novas treliças tubulares de aço vão receber uma membrana translúcida e auto-limpante em sua parte superior. O material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural e oferece maior resistência contra intempéries, além de ser mais econômico.

A cobertura está sendo instalada para proporcionar maior segurança e conforto a todos os visitantes da nova arena. A estrutura atual será expandida em 26 metros com a instalação das treliças para proteger os assentos mais próximos ao gramado. As cerca de 500 peças em fabricação vão totalizar aproximadamente mil toneladas. O projeto da nova cobertura foi concebido pela empresa Engserj, de renomados acadêmicos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). As treliças, fabricadas em São Paulo, são empregadas também no estádio de Durban, África do Sul, e em outros de futebol americano dos EUA.

Iniciado em outubro de 2011, o trabalho de reforço da estrutura atual deu início à preparação para instalação da nova cobertura. Nessa etapa, foi construída a estrutura que hoje recebe os chamados tirantes, que são cabos de tração com a finalidade de sustentar o peso da cobertura. Esses cabos serão tensionados à uma força equivalente ao peso de 5 mil toneladas. Foi necessário, inclusive, fazer reforço na fundação do estádio.

O trabalho será executado por cerca de 100 operários especializados, incluindo profissionais com formação em montanhismo. Tem previsão de término para novembro deste ano. “Será uma nova cobertura feita com estruturas mais leves, material com alto desempenho, além de esteticamente agradáveis”, conclui José Severiano Braga da Silva, gerente de operações da obra.

Estágio avançado

Esta semana, a obra atingiu o pico máximo de trabalhadores, com 2.000 operários em campo, e a marca de 58% dos trabalhos concluídos. Cerca de 80% das peças da esplanada já foram instaladas ao redor da fachada 100% já tratada. Na parte interna, 30% da arquibancada inferior está instalada e 80% dos bares e banheiros já receberam acabamento (reboco e piso) com instalação de bancadas e divisórios de granito (50%).

As instalações do novo fosso de segurança também estão em fase final, com 90% de execução. Seguem em andamento as atividades de infraestrutura elétrica, hidráulica e de drenagem, além da execução dos pisos da esplanada e do estacionamento coberto. Serão disputadas no novo estádio três partidas durante a Copa das Confederações, em 2013, e outros seis jogos na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (quatro na primeira fase, um na oitava de final e outro na semifinal).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cobertura-do-novo-mineirao-comeca-a-ser-montada/

Governo de Minas: camarotes para a Copa são apresentados a empresários mineiros

16h50m – 24 de Abril de 2012 Atualizado em 19h10m

Anúncio foi feito durante evento organizado pela Secopa e pela Fiemg, em Belo Horizonte

Alexandra Martins/Secopa MG
Secretário Sergio Barroso e o diretor financeiro da Fiemg, Lincoln Gonçalves Fernandes
Secretário Sergio Barroso e o diretor financeiro da Fiemg, Lincoln Gonçalves Fernandes

Detalhes sobre a venda de camarotes do Mineirão para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 foram anunciados, na noite dessa segunda-feira (23), a empresários de Minas Gerais. O anúncio foi feito durante a apresentação do Programa Comercial de Hospitalidade da Fifa pela empresa Match, em evento organizado pela Secopa e pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), na sede da Fiemg, em Belo Horizonte. Designada pela Fifa, a empresa é responsável pelo chamado setor de Hospitalidade em Copas, que compreende as áreas de passagem aérea, hospedagem e ingressos.

Seis jogos serão disputados no Mineirão, sendo quatro na primeira fase, um nas oitavas de final e outro na semifinal. “Essa é uma oportunidade para que o empresário mineiro tenha oportunidade de conhecer o plano de hospitalidade da Fifa e a estrutura dos novos camarotes para assim definir o que melhor atenderá a seus clientes”, disse o secretário Sergio Barroso.

Existem três categorias de camarotes e cada uma delas comercializa diferentes tipos de produtos. A Luxury oferece os pacotes Match Private Suite e o Bossa Nova Studio; a Business oferece o Match Business Seat e o Match Pavilion; e a Leisure tem disponível o pacote Match Premier. Os pacotes se distinguem pela oferta de serviços oferecidos, tais como alimentação, estacionamento, assistência multilíngue e estrutura mobiliária. Os preços variam entre US$ 2,3 mi, envolvendo 19 partidas, e US$ 4.600, para seis jogos.

“Belo Horizonte é uma das cidades mais importantes neste Mundial. Prova disso é que o Mineirão vai abrigar seis partidas, sendo uma na semifinal, que é uma fase que atrai muitos visitantes, independente dos times que jogarão no estádio. Queremos que os clientes tenham uma experiência única com as facilidades oferecidas”, destacou o diretor executivo da Match, Ray Whelan.

O diretor financeiro da Fiemg, Lincoln Gonçalves Fernandes, defendeu a iniciativa como uma oportunidade de estreitamento dos procedimentos preparativos para a Copa de 2014. “BH é uma das cidades do país que mais respondeu às necessidades da hotelaria, com boa infraestrutura esportiva, para ser uma excelente anfitriã”, disse.

Estratégias comerciais, como a de oferta de camarotes a clientes, é uma boa ferramenta publicitária que reforça marcas. A diretora-presidente da Vert Hotéis, Érica Drumond, reitera a ideia. “Copa é oportunidade para fazer negócios, exibir sua marca a públicos nacionais e estrangeiros, dependendo de sua estratégia. Oferecer camarote de uma Copa a seu público na sua cidade é uma chance única”, comentou a empresária.

A mesma motivação tem o gerente de receptivo da empresa Viagens Master, Lucas Davis. “Seguramente, vamos adquirir pacotes tanto no Mineirão para a Copa, como também para o Independência, durante os campeonatos mineiro e nacional”, adianta.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/camarotes-para-a-copa-sao-apresentados-a-empresarios-mineiros/

Governo de Minas: BDMG disponibiliza linhas de crédito para mercado voltado para Copa

Objetivo é que empresas possam fomentar seus negócios visando à Copa das Confederações 2013 e à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014

Renato Cobucci/Imprensa MG
Durante o evento, secretário Sergio Barroso falou sobre planejamento e negócios para a Copa
Durante o evento, secretário Sergio Barroso falou sobre planejamento e negócios para a Copa

Empresas mineiras dos setores de turismo e entretenimento se reuniram, nesta terça-feira, em Belo Horizonte, no workshop sobre linhas de crédito do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O encontro foi organizado para que essas empresas possam fomentar seus negócios visando à Copa das Confederações 2013 e à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014.

Cerca de 60 pessoasestiveram presentes, em sua maioria representantes de micro e pequenas empresas, como bares, restaurantes, agências de viagem, hotéis, pousadas etc. Para esse segmento, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, por exemplo, o banco disponibiliza financiamentos com taxas fixas de 0,96% ao mês (sem indexador variável), e prazos de até 36 meses para pagamento.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, falou sobre Planejamento e Negócios para a Copa. De acordo com ele, essa é uma oportunidade de gerar negócios e empregos a partir da grande movimentação de turistas durante o Mundial. “Essas linhas de crédito têm abrangência diferenciada, pois o BDMG permite aos empresários financiarem obras, reformas e mobiliário, mas também capacitação de mão de obra, um dos grandes legados que o maior evento esportivo do mundo pode nos deixar”, afirma.

Em seguida, a gerente de divisão do Departamento de Médias Empresas do BDMG, Maria Cecília Falabella Farah, apresentou as linhas de crédito do banco voltadas às necessidades  das empresas de turismo. Ao final, uma equipe de funcionários do Departamento de Micro e Pequenas Empresas atendeu, individualmente, os empresários interessados no financiamento. Um deles, Armando da Cunha, de Uberlândia, prevê a construção do Executive Inn Hotel, em maio deste ano, com previsão de conclusão para o início de 2014. “Nossa cidade é candidata a Centro de Treinamento de Seleção e estamos investindo para atender às demandas da Copa”, informa Armando.

“O banco está preparado para atender a todo o trade turístico, com oportunidades para todos os segmentos. Todas as demandas relacionadas a capital de giro e investimentos serão avaliadas”, informa o diretor da área de negócios com setor privado do BDMG, Fernando Lage de Melo, que  fez a abertura do workshop.

Turistas

Segundo estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas, sob encomenda do Ministério do Turismo, a previsão é de que 600 mil turistas estrangeiros virão ao Brasil no período da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. Eles realizarão quase 2 milhões de viagens pelas 12 cidades-sede. O número esperado de turistas brasileiros é de 3 milhões, que farão 6 milhões de viagens pelas cidades-sede do Mundial. A perspectiva é de que o número de turistas estrangeiros chegue a 2,98 milhões nos próximos três anos, o equivalente a um aumento de 79%.

Em Belo Horizonte, a expectativa é receber aproximadamente 197 mil visitas de turistas estrangeiros durante o Mundial, ainda de acordo com a Fundação Getúlio Vargas. Esse número sobe para 430 mil, quando o estudo analisa as visitas de brasileiros à capital de Minas Gerais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/bdmg-disponibiliza-linhas-de-credito-para-mercado-voltado-para-copa/

Governo de Minas: mulheres do Mineirão embelezam arena da Copa do Mundo

Funcionárias das obras do estádio participaram de homenagem ao Dia Internacional da Mulher
Sylvio Coutinho
Ana Cláudia Fernandes Silva ganhou novo visual
Ana Cláudia Fernandes Silva ganhou novo visual

As mulheres que trabalham nas obras do Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, voltaram para a casa mais belas depois de participarem da homenagem oferecida pelo Governo de Minas, Minas Arena e Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, nesta quinta-feira (8), no canteiro de obras do estádio.

Cerca de 60 trabalhadoras receberam massagem, fizeram corte e escova no cabelo, além de massagem nas mãos em tendas e no caminhão Senac Móvel de Imagem Pessoal horas antes do final do expediente. O veículo é equipado com lavadores de cabelo e SPA das mãos. “Todo dia é dia da mulher. Hoje é apenas uma data para homenagear todas elas, que gostam de se valorizar, que ora estão em ambiente de trabalho, ora estão cuidando dos filhos, ora desfrutando da vida, enfim, o universo feminino é encantador por seu ecletismo de valores e exemplos”, disse o secretário Sergio Barroso, da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa), durante cerimônia. Na ocasião, também esteve presente a secretária-adjunta de Turismo, Silvana Nascimento. “Se eu pudesse, ficava o dia inteiro aqui. Iniciativas como essa servem para lembrar essas características da mulher de hoje, de cuidado com o corpo e a beleza, além de ser um paralelo com seu papel cada vez mais predominante no mercado de trabalho”, frisou.

As funcionárias do departamento pessoal da Minas Arena, Ana Cláudia Fernandes Silva e Francine Brito Silva, adoraram a iniciativa. “Vou fazer de tudo: lavar, cortar, escovar e maquiagem. Excelente iniciativa. Se tiver que sair daqui, estou prontíssima”, avisa Ana Cláudia.

Capacitação

Por meio do Sesc Minas, o Sistema Fecomércio Minas realiza um trabalho de mobilização e sensibilização da sociedade para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. O Programa Senac Gratuidade, por exemplo, vai oferecer 37 mil vagas em cursos gratuitos para pessoas com renda familiar de até dois salários mínimos em todo Estado, incluindo cidades próximas a Centros de Treinamentos de Seleção, àquelas indutoras de turismo ou perto de regiões metropolitanas. Inscrições e informações no site http://www.mg.senac.br.

Fonte: Agência Minas