Arquivos do Blog

Gestão da Educação: Implantação de Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos promete alavancar doações em Minas

As organizações irão atuar diretamente no auxílio ao Complexo MG Transplantes

Henrique Chendes/SES MG
Evento de lançamento das Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos
Evento de lançamento das Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) anunciou, nesta segunda-feira (25), a criação de dez unidades de Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos (OPOs) que irão atuar diretamente no auxílio ao Complexo MG Transplantes, integrante da rede Fhemig.

O processo de doações de órgãos no Estado, que vem crescendo e salvando vidas consideravelmente, funciona por meio de seis Centrais de Notificação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (CNCDOs), que agora passaram a contar com mais dez unidades de OPOs. Além de uma equipe de profissionais, carros com motoristas e cinco aeronaves já estão disponibilizados para captação e transporte de pacientes e órgãos.

Essas OPOs, por sua vez, terão o objetivo de captar um número maior de doações, além de agilizar e humanizar o processo de doação e transplante, que, só em 2011, chegou a beneficiar cerca de 500 mil pacientes em todo o país. Cerca de 90% das cirurgias de transplante foram custeadas pelo sistema público de saúde.

Participaram do lançamento do projeto, o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques; o coordenador do Sistema Nacional de transplantes, Heder Murari Borba; o presidente da Fhemig, Antônio Carlos de Barros Martins; o diretor do Complexo MG Transplante, Charles Simão Filho; o secretário Municipal de Saúde de Betim, Pedro de Oliveira Pinto; dentre outras autoridades.

De acordo com secretário Antônio Jorge, as unidades operacionais (OPOs) foram criadas inicialmente em dez macro-cidades, levando em consideração a população de cada região, o número de hospitais, número de leitos de UTI e a própria regionalização, segundo o Plano Diretor de Regionalização (PDR) adotada pela SES. “As cidades que receberão as Organizações de Procura foram selecionadas com o intuito de suprir vazios assistenciais maiores, possibilitando traçar um novo panorama para a realização de transplantes no Estado, por meio da assistência integrada e qualificada”, disse o secretário.

Captação e assistência

Como o próprio nome diz, as Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos (OPOs) funcionam como uma unidade de busca que, ladeadas pelas Centrais de Notificação e pelas Comissões Intra-hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT) já existentes, objetivam aumentar o volume de órgãos transplantados. Tais unidades são caracterizadas pela atuação pontual, na qual cada OPO torna-se responsável por um grupo de hospitais regionais pré-selecionados, buscando aumentar e aprimorar o processo de captação de doações, bem como efetivar e sensibilizar o número de doadores em cada hospital.

Cada Organização de Procura de Órgãos contará com dois médicos, cinco enfermeiros e um administrador, que após capacitação, atuarão em conjunto com cada equipe hospitalar nos serviços de coleta e transplantes.

Aumento de doadores

Com um dos maiores programas públicos de saúde do mundo, o Brasil figura entre os países que mais realizam, em números absolutos, transplantes de órgãos e tecidos. Em Minas Gerais, existem 36 instituições habilitadas para a realização de busca ativa e captação de órgãos, além de 54 instituições habilitadas para a realização de transplantes.

De 2006 a 2012, o quadro de evolução das doações de órgãos múltiplicou no Estado, saltou de 3% para 12%, segundo dados divulgados pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT). Com relação ao aumento das doações de órgãos e tecidos nos últimos anos, Minas sai na frente de estados como Rio de Janeiro, Paraná e Distrito Federal.

Após a instalação das OPOs, os processos de adesão, informação ao paciente, agilidade e ampliação das notificações serão reformulados, a fim de que o ato da doar órgãos seja encorajado cada vez mais em toda a sociedade.  “Atualmente, existe uma fila de espera para transplante de córnea equivalente a 300 pessoas. Num passado não muito distante essa fila chegava à marca de 1.500 pacientes. A melhora no quadro é uma realidade alcançada pelo sistema de saúde pública, que pretende em até oito meses atender a todos os pacientes, avançando e qualificando cada vez mais as doações”, declarou Antônio Jorge.

Mobilização e avanço

De acordo com o coordenador do Sistema Nacional de transplantes, Heder Murari Borba, as novas políticas públicas adotadas com o intuito de fortalecer e aprimorar o Sistema Nacional de Transplantes (SNT) buscam traçar, em todo o pais, um novo panorama no que diz respeito aos transplantes de órgãos e tecidos. Ele também ressalta a atuação da população nessa nova perspectiva. “Estamos melhorando a assistência e a informação sobre os procedimentos de transplante para toda a sociedade. Contudo, faz-se necessário que as pessoas estejam dispostas a atuar em prol dos demais. Para que a doação ocorra, basta que o paciente comunique junto a sua família sobre a concessão de órgãos. Um gesto nobre e enaltecedor que salva milhares de vidas todos os anos”, finalizou.

As dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos estão sendo instaladas nos hospitais João XXIII, Risoleta Tolentino Neves e Hospital Municipal de Betim, e nas cidades de Montes Claros, Governador Valadares, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Ipatinga, Uberaba e Uberlândia.Em uma segunda etapa, serão instaladas unidades em Divinópolis, Sete Lagoas, Patos de Minas, Barbacena, Teófilo Otoni, Varginha e Alfenas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/implantacao-de-organizacoes-de-procura-de-orgaos-e-tecidos-promete-alavancar-doacoes-em-minas/

Anúncios

Gestão da Saúde: Governo de Minas lança projeto para aumentar a captação de órgãos e tecidos

Serão criadas dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos em Minas Gerais

Nesta segunda-feira (25), às 10h, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, o coordenador do Sistema Nacional de Transplantes, Heder Murari Borba, o presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Antônio Carlos de Barros Martins, e o diretor do Complexo MG Transplantes, Charles Simão Filho, anunciam a criação de dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos (OPOs) em Minas Gerais. Cada OPO terá dois médicos, cinco enfermeiros e um administrador.

Os OPOs são unidades operacionais das Centrais de Notificação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (CNCDOs), que irão coordenar grupos de hospitais por meio de suas Comissões Intra Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT). Foram criadas levando-se em consideração a população, o número de hospitais, número de leitos de UTI, logística de transporte, distâncias de centros transplantadores e o Plano Diretor de Regionalização. O objetivo das OPOs é aumentar a captação de órgãos e tecidos.

As dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos serão instaladas nos hospitais João XXIII, Risoleta Tolentino Neves e Hospital Municipal de Betim, e nas cidades de Montes Claros, Governador Valadares, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Ipatinga, Uberaba e Uberlândia.

Numa segunda etapa, deverão ser criadas OPOs em Divinópolis, Sete Lagoas, Patos de Minas, Barbacena, Teófilo Otoni, Varginha e Alfenas.

Coletiva à imprensa

Data: 25 de junho Segunda-feira

Horário:10h

Local: Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves – Prédio Minas – 12º andar – sala de reunião do Gabinete do secretário de Estado de Saúde

Tema:Lançamento de dez Organizações de Procura de Órgãos e Tecidos em Minas Gerais – OPOs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-lanca-projeto-para-aumentar-a-captacao-de-orgaos-e-tecidos/

Gestão da Saúde: inaugurada nova UPA em Vespasiano

Governo de Minas, Ministério da Saúde e prefeitura investiram, juntos, cerca de R$ 7,8 milhões para reforçar atendimento de urgência e emergência no município.

Henrique Chendes / SES
UPA de Vespasiano poderá realizar 400 atendimentos por dia.
UPA de Vespasiano poderá realizar 400 atendimentos por dia.

A população de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ganhou um reforço na assistência de urgência e emergência. Foi inaugurada nessa quinta-feira (21), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A UPA “Prefeito Luiz Issa” tem a capacidade de realizar mais de 400 atendimentos diários no âmbito da urgência e emergência, 24 horas por dia, sete dias por semana. O investimento total foi de R$ 7,8 milhões para a construção da unidade.

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), investiu R$ 2 milhões na UPA. Foram R$ 725 mil destinados à obra e mais R$ 1,3 milhão para aquisição de equipamentos. Já o Governo Federal, por intermédio do Ministério da Saúde, destinou R$ 2,6 milhões e a prefeitura investiu R$ 3,2 milhões para aquisição de terreno, custeio e manutenção.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a UPA foi implantada para oferecer o primeiro atendimento às pessoas com o quadro clínico de urgência/emergência, sendo capaz de diagnosticar e tratar rapidamente cada paciente. “Estão sendo construídas mais 19 UPAs em todo o Estado. As unidades, assim como o SAMU, são componentes fundamentais da rede e urgência/emergência e comprovam o avanço do SUS no em Minas. Ao ampliar e qualificar o atendimento ao cidadão aumenta a resolutividade da saúde no Estado, que incide em aspectos inovadores de gestão, racionalidade econômica, tempo e infraestrutura”, ponderou.

A Rede de Urgência e Emergência é uma parceria do Governo de Minas Gerais com o Governo Federal e os municípios que visa otimizar e melhorar a qualidade dos serviços para as pessoas que necessitam de agilidade no atendimento médico.  Desde 2011, o governo de Minas já investiu mais de R$ 20 milhões na construção de nove UPAs nos municípios de Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

O prefeito de Vespasiano, Carlos Moura Murta, reiterou a importância da unidade na redução do tempo de espera como forma de aumentar a qualidade dos serviços de saúde e o próprio índice de cura e sobrevida. “AUPA que está à disposição de toda a população só se tornou possível graças ao apoio das três esferas de governo, tanto a federal, quanto a estadual e a municipal. Minas Gerais avança cada vez com a universalidade do SUS, se preparando para oferecer atendimento ágil e humanizado para todos”, disse.

Para a moradora de Vespasiano, Vera dos Santos Moreira, 63 anos, a concretização da UPA e a sua nomeação é uma segurança e um grande apoio que a população local passa a ter. “Agora, com o atendimento 24horas por dia, qualquer emergência pode ser tratada aqui mesmo. A gente fica aliviada em saber que a assistência que precisamos, está ao lado da nossa casa”, enalteceu.

Especialidades

A Unidade de Pronto Atendimento é caracterizada como um estabelecimento de saúde de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde ou Saúde da Família e a Rede Hospitalar. Com a principal missão de atender, durante 24horas/dia, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que apresentem quadro clínico agudo de qualquer natureza, a UPA Prefeito Luiz Issa, em Vespasiano, passa a ofertar as seguintes especialidades: Cardiologia, Otorrinolatingologa, Cirurgia Vascular, Neurologia, Dermatologia, Pneumologia, Infectologia, Angiologia, Pneumologia Sanitária, Dermatologia Sanitária, Cardiologia Pediátrica, Oftalmologia, Hebiatria, Psiquiatria, Assistência Social, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia eFonoaudiologia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inaugurada-nova-upa-em-vespasiano/

Gestão da Educação: SES inaugura Pronto Atendimento em Vespasiano

A previsão é de que aproximadamente 450 pessoas sejam atendidas diariamente na nova unidade

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques irá participar da solenidade de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Prefeito Luiz Issa que será na quinta-feira (21), em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) investiu desde o final de 2010, R$ 987.737,52, para a construção da Unidade, além de R$ 1.313.809,91, repassados para a aquisição de equipamentos. Por meio do convênio, a SES disponibilizará ainda, R$ 125.000,00 para as despesas mensais da unidade. Para subsidiar a UPA, a prefeitura ofertou o terreno, a construção do abrigo de resíduo, a terraplanagem, o gerador e a instalação dos gases medicinais.

A previsão é que sejam atendidas diariamente cerca de 450 pessoas na unidade, que contará com uma equipe multiprofissional preparada para atender aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), portadores de quadro clínico agudo de qualquer natureza, durante 24 horas, 7 dias da semana, em caráter de urgência, com atendimento nas especialidades de clínica médica.

O município de Vespasiano, cuja população é estimada em 104.612 mil habitantes, poderá ter acesso a serviços de atenção primária, clínica geral, pediatria, pré-natal, serviço de enfermagem e odontologia.  A unidade oferta uma estrutura composta por salas de espera após classificação de risco, compressor odontológico, ar condicionado, quartos de isolamento, embarque e desembarque de ambulâncias, raio-x digital dentre outros serviços.

Investimento

Desde 2011, o Governo de Minas já investiu mais de 20 milhões na construção de nove UPAs nos seguintes municípios: Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

Serviço:

Evento: Inauguração da Unidade  Prefeito Luiz Issa

Local: Rua Tiradentes s/n°, Vespasiano

Horário: 17hrs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/ses-inaugura-pronto-atendimento-em-vespasiano/

Gestão Anastasia: Rodovias estaduais de Passos, no Sul de Minas, terão segundo contrato do ProMG

Investimentos somam R$ 107 milhões e beneficiarão, diretamente, 23 municípios sob jurisdição do DER na região

Setop / Divulgação
Subsecretário Renato Andrade, secretário Carlos Melles,  José Elcio Monteze e demais autoridades e lideranças
Subsecretário Renato Andrade, secretário Carlos Melles, José Elcio Monteze e demais autoridades e lideranças

Por meio do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), trezentos e noventa e seis quilômetros de rodovias estaduais da região de Passos, no Sul de Minas, serão recuperados e mantidos neste que já é o segundo contrato.

Com a assinatura da Ordem de Início, que aconteceu nesta quinta-feira (14), o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG), José Elcio Santos Monteze, autorizaram o Consórcio Tamasa – Pavidez a iniciar os serviços.

Os recursos somam R$ 107 milhões, incluindo material betuminoso, e beneficiarão, diretamente, 23 municípios sob jurisdição da 24ª Coordenadoria Regional do DER em Passos: Alpinópolis, Alterosa, Arceburgo, Areado, Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Conceição da Aparecida, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Guaranésia, Guaxupé, Ibiraci, Itamoji, Itaú de Minas, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.

“Este modelo de programa de recuperação e manutenção de rodovias que temos em Minas Gerais é inovador e reconhecido internacionalmente. Com as renovações dos contratos, como hoje está acontecendo aqui em Passos, a tendência é de que sempre ampliemos a quilometragem da rede contemplada, já que com as conclusões das pavimentações dos trechos de ProAcesso e Caminhos de Minas, os mesmos serão incluídos futuramente no ProMG”, destacou o secretário Carlos Melles.

Para o diretor-geral do DER/MG, José Elcio Monteze, o ProMG vai muito além da recuperação e melhoria das condições do pavimento. “Estamos preocupados em aumentar a segurança e o conforto dos usuários que trafegam em nossas estradas e com isso, ainda, estimulamos o crescimento econômico e diminuímos os custos dos transportes”, finalizou.

Região de Passos

Em 2007 foi assinado o primeiro contrato de quatro anos para execução de obras pelo ProMG, na região de Passos, através do qual foram investidos R$ 64 milhões na recuperação e manutenção rodoviária de 355 quilômetros de rodovias pavimentadas.

ProMG

A meta do ProMG para 2012 é recuperar 580 quilômetros, totalizando 6.010 quilômetros desde o início do Programa. Atualmente, nove Coordenadorias Regionais do DER/MG – Belo Horizonte, Barbacena, Ubá, Varginha, Oliveira, Ponte Nova, Formiga, Passos e Juiz de Fora – estão sob o regime de manutenção permanente.

De toda a malha rodoviária pavimentada de Minas Gerais, num total de 28.593 quilômetros, 20.301 quilômetros estão sob circunscrição estadual, o que corresponde a, aproximadamente, 70% das rodovias que cortam o Estado.

Estiveram presentes à solenidade, o deputado estadual, Antônio Carlos Arantes; o subsecretário de Política Urbana, Renato Andrade; representantes da Polícia Militar da região; prefeitos beneficiados e autoridades locais; funcionários do DER/MG e diretores do Consórcio que executará as obras.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/rodovias-estaduais-de-passos-no-sul-de-minas-terao-segundo-contrato-do-promg/

Governo de Minas: Seplag recebe inscrições para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico

Terminam dia 22 as inscrições para formação de cadastro de reserva para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico para a Unidade Pericial Central

Terminam no próximo dia 22 as inscrições para formação de cadastro de reserva para médico-perito, fisioterapeuta-perito e auxiliar de apoio logístico para a Unidade Pericial Central. As inscrições se estendem também para cadastro de reserva, somente para médico-perito, para as Unidades Periciais Regionais de Almenara, Araçuaí, Barbacena, Caratinga, Coronel Fabriciano, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Governador Valadares, Itabira, Janaúba, Juiz de Fora, Lavras, Leopoldina, Montes Claros, Muriaé, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, São João Del Rei, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha, Viçosa.

De acordo com a Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional, da Seplag, a remuneração prevista para médico-perito é de R$ 2.967,54 com carga horária semanal de 20h, fisioterapeuta-perito R$ 1.854,72 com carga horária semanal de 30h e auxiliar de apoio logístico: R$ 840,43 com carga horária semanal de 40h. Para mais informações, clique aqui.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/seplag-recebe-inscricoes-para-medico-perito-fisioterapeuta-perito-e-auxiliar-de-apoio-logistico/

Gestão Anastasia: Setop assina nesta quinta-feira ordem de serviço do ProMG no Sul de Minas

Contrato prevê investimento de R$ 107 milhões para manutenção de quase 400km de rodovias na região

 A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) assinam, nesta quinta-feira (14), Ordem de Início das obras do segundo contrato do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), na região Sul, onde se localiza a 24ª Coordenadoria Regional do DER/MG, com sede em Passos.

Com duração de quatro anos, o contrato de manutenção do ProMG prevê investimento de R$ 107 milhões destinados à recuperação e manutenção de 396,8 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas. Atualmente, nove Coordenadorias Regionais do DER/MG – Belo Horizonte, Barbacena, Ubá, Varginha, Oliveira, Ponte Nova, Formiga, Passos e Juiz de Fora – estão sob o regime de manutenção continuada.

 

Ordem de Início ProMG de Passos

Dia: 14/06/2012 (quinta-feira)

Horário: 11 horas

Local: Sede do DER de Passos (Rua Doutor Carvalho, 1395, Bairro Belo Horizonte)

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/setop-assina-nesta-quinta-feira-ordem-de-servico-do-promg-no-sul-de-minas/

Governo de Minas: Policiais civis e militares participam de Treinamento Policial Integrado

Qualificação profissional de segurança pública em Minas já capacitou mais de 500 agentes apenas neste ano

Um total de 537 agentes da Polícia Civil e da Polícia Militar de Minas Gerais já foram capacitados, apenas em 2012, no Treinamento Policial Integrado (TPI), uma das principais estratégias de qualificação dos profissionais de segurança pública de Minas Gerais. Desde o começo do ano, o curso já foi realizado nos municípios de Belo Horizonte, Ipatinga, Contagem, Vespasiano, Barbacena e Teófilo Otoni e, até o mês de dezembro, serão treinados também policiais de Uberlândia, Curvelo e outras cidades da Região Metropolitana da capital. Ao todo serão 1.015 profissionais qualificados em todo o Estado.

A integração e a descontração entre os integrantes das duas forças policiais durante os treinamentos que vêm sendo realizados chamaram a atenção do gestor da Qualidade da Atuação do Sistema de Defesa Social, José Francisco da Silva. Para ele, a atuação conjunta das corporações policiais é um dos pilares do sistema de Defesa Social de Minas Gerais. “A interação proporcionada por este curso a partir das práticas pedagógicas torna-se precioso instrumento para a construção de uma práxis voltada para beneficiar a comunidade”, afirma.

Experiências

Na cidade de Ipatinga, no Vale do Aço, o Treinamento Policial Integrado foi realizado entre 28 de maio e 1º de junho. Segundo o coordenador do curso no local, Capitão PM Márcio Conrado de Oliveira, o receio inicial diante de um colega desconhecido foi superado pelos policiais. “Eles realmente não tinham histórico de trabalhar juntos, mas rapidamente trocaram informações e aprenderam a somar as experiências”, destacou.

No treinamento realizado entre 14 e 18 de maio, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, os policiais também demonstraram integração e boa vontade em compartilhar algumas rotinas de trabalho. Para a coordenadora do curso pela Polícia Civil, Anne Ferreira Ramos Correia, hoje os policiais estão mais à vontade para trocar informações e atuar juntos. “Isso certamente vai reforçar a segurança pública no município e região, trazendo benefícios para toda a comunidade”.

Em Barbacena, na Zona da Mata, o TPI foi realizado entre os dias 23 e 27 de abril. Para o coordenador do curso na cidade, capitão PM Gilberto Fonseca da Cunha Júnior, o treinamento possibilitou o aprendizado de técnicas importantes. “Os policiais da nossa região conseguiram aprofundar conhecimentos em técnicas de isolamento, preservação do local de crime e exercício nas aulas de tiro. A turma foi bastante proativa nos debates e o resultado foi um entrosamento que certamente se refletirá em atuações conjuntas no combate ao crime e à violência”, ressaltou.

O treinamento

O Treinamento Policial Integrado (TPI) capacita os policiais para que se tornem defensores e multiplicadores dos direitos humanos durante o exercício de suas funções. Com 40 horas/aula de duração por turma, o curso visa incentivar a ação integrada das forças policiais militares e civis a partir da reflexão sobre os modelos comportamentais das corporações, conscientizando os profissionais sobre a importância de pautar sua conduta nos limites da lei, da ética e dos direitos humanos. Além disso, o treinamento busca também padronizar as rotinas das policias a partir de uma maior eficiência e agilidade no trabalho policial, de modo a satisfazer as necessidades de segurança da população.

Cada turma do TPI é composta por 35 policiais civis e militares que estudam, dentre outras, as disciplinas de Política de Integração do Sistema de Defesa Social e Gestão Operacional Integrada, Atuação de Qualidade, Atuação em Local de Crime, Direitos Humanos e Técnicas Policiais. Ao longo do curso são abordados ainda a operacionalização dos sistemas informatizados de segurança pública, o policiamento comunitário e o treinamento com arma de fogo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/policiais-civis-e-militares-participam-de-treinamento-policial-integrado/

Gestão Anastasia: depósito avançado do Governo de Minas será inaugurado em Ubá

Agora, o Estado passa a contar com 14 centros de ajuda humanitária espalhados por diversas regiões de Minas

Osvaldo Afonso / Imprensa MG
Minas passa a contar com 14 depósitos, como o que foi inaugurado em janeiro em Pouso Alegre
Minas passa a contar com 14 depósitos, como o que foi inaugurado em janeiro em Pouso Alegre

Será inaugurado nesta quinta-feira (14), em Ubá, na Zona da Mata, mais um depósito avançado do Governo de Minas, sob articulação da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil (Cedec-MG). O depósito, construído no 21º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais, receberá e armazenará material de ajuda humanitária e donativos adquiridos pela Cedec, que serão distribuídos aos municípios atingidos por desastres naturais.

O Coordenador Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, coronel PM Luis Carlos Dias Martins, explicou que, por meio dos depósitos avançados, é possível fazer com que os materiais de ajuda humanitária cheguem com mais rapidez às populações afetadas.

“A Cedec de Minas atua de forma descentralizada por meio de regionais de Defesa Civil que coincidem com as regiões da Polícia Militar. Temos 13 depósitos avançados que funcionam em instalações da Polícia Militar, para atender prontamente às demandas, além de ficarem mais próximos das comunidades afetadas. O município afetado faz a solicitação de ajuda humanitária pelo meio mais rápido possível, seja telefone, fax ou e-mail e, a partir daí, emitimos a autorização de retirada do material desses depósitos”, disse coronel Martins.

Posições estratégicas

O depósito avançado da Cedec em Ubá, que é o segundo construído com estrutura de PVC, tem capacidade de armazenar 1.500 cestas básicas, 500 colchões, 500 cobertores, 300 kits higiênicos, 300 kits de limpeza e dez bobinas de lona. O novo depósito tem 100 metros quadrados e 6 metros de altura, e atenderá a cerca de 90 municípios próximos a Ubá.

Com esse, são 14 os depósitos implantados, desde 2003, pelo Governo de Minas. Eles estão estrategicamente distribuídos por todas as regiões do Estado – Belo Horizonte, Barbacena, Bom Despacho, Diamantina, Governador Valadares, Lavras, Manhuaçu, Montes Claros, Passos, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Ubá, Uberaba e Uberlândia.

Durante a solenidade de inauguração, o coronel Martins fará uma homenagem especial ao prefeito de Ubá, Edvaldo Baião Albino, e ao comandante do 21° batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Carlos José Bratiliere, pelos serviços desempenhados em apoio à Defesa Civil de Minas Gerais.

Distribuição de ajuda humanitária

Nos períodos chuvosos de 2010/2011 e 2011/2012, foram distribuídos pelo antigo depósito de Ubá, quase 32 mil toneladas de alimentos, mais de dois mil colchões, dois mil cobertores, quatro mil telhas, além de kits de produtos de higiene pessoal, rolos de lonas, aos municípios da região afetados pelas chuvas. O armazenamento dos materiais era realizado em um espaço menor e não totalmente estruturado para a função.

Serviço: Inauguração do Depósito Regional da Defesa Civil em Ubá

Local: 21º Batalhão de Policia Militar – Rua Farmacêutico José Rodrigues de Andrade, n° 555, bairro São Sebastião

Data: 14 de junho de 2012, quinta-feira.

Horário: 15h30

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/deposito-avancado-do-governo-de-minas-sera-inaugurado-em-uba/

Governo de Minas: Secretaria de Saúde inaugura Pronto Atendimento em Varginha

450 pacientes devem ser atendidos diariamente na UPA que irá funcionar 24 horas, todos os dias da semana

Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, inaugura nesta sexta-feira (08), no município de Varginha, no Sul de Minas, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Francisco Corrêa de Carvalho.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) investiu desde o final de 2010, em parceria com o Ministério da Saúde e a Prefeitura de Varginha, mais de R$ 7milhões para a construção da UPA. O Governo de Minas destinou R$ 987.737,52 em obras e R$ 1.313.809,91 para aquisição de equipamentos.

A expectativa é que sejam atendidas diariamente aproximadamente 450 pessoas na unidade, que contará com uma equipe multiprofissional preparada para atender usuários do SUS, portadores de quadro clínico agudo de qualquer natureza, durante 24 horas, 7 dias da semana em caráter de urgência, com atendimento nas especialidades de clínica médica.

A população de Varginha poderá ter acesso a serviços de atenção primária, clínica geral, pediatria, pré-natal, serviço de enfermagem e odontologia.  A unidade oferta uma estrutura composta por salas de espera após classificação de risco, compressor odontológico, ar condicionado, quartos de isolamento, embarque e desembarque de ambulâncias, raio-x digital dentre outros serviços.

Investimento

Desde 2011, o governo de Minas já investiu mais de 20 milhões na construção de nove UPAs nos seguintes municípios: Varginha, Vespasiano, Sabará, Sete Lagoas, Patos de Minas, Diamantina, Divinópolis e Barbacena.

Serviço

Evento: Inauguração da Unidade Francisco Corrêa de Carvalho, em Varginha

Local: Av. Farmacêutico Jair Santana, 113 – Padre Vitor

Data: 08/06/2012

Horário: 10hrs

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-inaugura-pronto-atendimento-em-varginha/