Arquivos do Blog

Aécio: aliança com DEM e PMDB na Bahia faz adversários tremerem

Aliança com DEM e PMDB reforça a oposição no maior colégio eleitoral do NE. “Essa aliança faz os adversários tremerem”, comentou Aécio.

Aécio quer mostra para o Brasil projeto alternativo de gestão

Fonte: Jogo do Poder

Aliança com DEM e PMDB na Bahia faz adversários tremerem, afirma Aécio Neves

O presidente nacional do PSDBsenador Aécio Neves (MG), afirmou nesta segunda-feira (12/05) que a aliança com o DEM e o PMDB na Bahia, o maior colégio eleitoral do Nordeste, está tirando o sono dos adversários.

“Essa é a mais bem sucedida união feita até agora para as eleições deste ano. Essa aliança faz os adversários tremerem”, disse o tucano durante discurso para lideranças regionais em Feira de Santana, interior do estado.

A aliança de oposição na Bahia lançou como pré-candidato a governador o ex-governador Paulo Souto (DEM), a vice-governador o empresário Joaci Góes (PSDB), e ao Senado o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).

O presidente nacional do PSDB ressaltou que a oposição vai apresentar ao país e aos baianos, durante a campanha eleitoral, um projeto alternativo de gestão, com ênfase na ética e na eficiência na aplicação dos recursos públicos. “É nossa obrigação apresentar um novo modelo de desenvolvimento”, afirmou Aécio Neves.

Esse novo projeto, na avaliação do pré-candidato ao governo estadual, Paulo Souto, passa por serviços públicos de qualidade para a população baiana, principalmente na área de segurança pública. Souto lembrou que o número de homicídios em Feira de Santana é alarmante.

Paulo Souto destacou a liderança do presidente nacional do PSDB na construção da aliança com o DEM e o PMDB. “Aécio tem credenciais. Ele já foi capaz de fazer em Minas e tem condições de realizar muito mais pelo destino do país. É hora da Bahia e do Brasil encontrarem um novo caminho”, ressaltou Paulo Souto.

Governo da propaganda

Para Geddel Vieira Lima, pré-candidato ao Senado, o governo petista na Bahia segue a linha da administração federal ao vender na propaganda um estado que não existe. “A propaganda do PT mostra na TV obras de ficção científica, mas na realidade a população sofre com a falta de saúde e está implorando por segurança pública”, criticouGeddel.

O pré-candidato ao Senado pela Bahia também destacou a aliança com o PSDB e o DEM e disse que a população baiana, assim como a do restante do país, anseia por mudanças. “Essa aliança tem cheiro de vitória. É hora de por em prática um princípio básico da democracia, que é a alternância de poder para fazer um país mais justo, mais sério, com menos fisiologismo”, defendeu.

O evento em Feira de Santana foi o primeiro compromisso de Aécio na Bahia nesta segunda-feira (12). Hoje à noite, o senador será homenageado com o título de Cidadão de Salvador na Câmara Municipal. “Estou extremamente feliz de iniciar essa caminhada por Feira de Santana. Por aqui passam brasileiros de todas as partes do país”, disseAécio em agradecimento ao público presente.

Aécio sela alianças com DEM e PMDB na Bahia

União das três legendas terá Paulo Souto concorrendo ao governo da BA, Joacir Goés candidato a vice, e Geddel Vieira concorrendo ao Senado.

Eleições 2014

Fonte: Estado de Minas

Aécio fecha primeira aliança com o PMDB

Partido da base da presidente Dilma estará com PSDB e DEM na disputa pelo governo da Bahia. Candidato tucano deixa claro que investidas sobre aliados do governo vão continuar

De olho em partidos da base aliada da presidente Dilma Rousseff (PT) para sangrar o apoio da adversária e fortalecer seus palanques nos estados, o senador Aécio Neves (PSDB) comemorou ontem a aliança fechada pela oposição com o PMDB na Bahia. A chapa, que terá o DEM na cabeça, o PSDB de vice e um nome peemedebista para o Senado, foi apresentada em Salvador, onde o tucano disse que, se depender dele, o acordo será apenas o primeiro desta natureza. “Espero, sim, a partir do que se construiu na Bahia, que possamos ter parceiros do PMDB em outros estados da Federação ao nosso lado”, afirmou.

Articulada pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a união das três legendas terá Paulo Souto (DEM) concorrendo ao governo da Bahia, Joacir Goés (PSDB) como candidato a vice, e o ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira, do PMDB, concorrendo ao SenadoAécio classificou a aliança de a “mais bem sucedida construção política que aconteceu até agora no Brasil para as eleições de 2014”. Além de ser uma chapa competitiva, o senador disse que o acerto trará um apoio importante para os tucanos no plano nacional.

O pré-candidato do PSDB deixou claro que as investidas no PMDB e em outros partidos aliados de Dilma serão constantes. Aécio conta com os desentendimentos dentro da base aliada ao governo federal para tentar atrair o apoio. “Hoje há setores não apenas do PMDB, mas de outros partidos da base governista, insatisfeitos com isso que está aí. As pessoas já estão percebendo que essa aliança só serve aos interesses do PT, não serve aos interesses do Brasil”, disse.

Em Minas Gerais, os tucanos também tentam conseguir o apoio do PMDB para a candidatura do ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga (PSDB) ao governo. O presidente da legenda, deputado federal Marcus Pestana, já teve um primeiro encontro oficial com o partido, que está rachado em três. Parte do PMDB mineiro quer candidatura própria e o restante se divide entre apoiar o PT e o PSDB.

 Renan se curva aos interesses do Planalto, critica AécioAécio ainda espera estreitar relações com o PP, partido que também integra a base de Dilma, especialmente depois que o ex-governador mineiro Antonio Anastasia (PSDB) deixou o cargo, deixando a vaga livre para Alberto Pinto Coelho (PP) assumir a titularidade. “Temos alianças muito avançadas com eles (do PP) no Rio Grande do Sul. Temos parcerias com o PDT, por exemplo, no Mato Grosso. Independentemente de uma aliança nacional, em muitos estados vai haver alianças do PSDB e da nossa candidatura com partidos que hoje estão na base (de Dilma)”, prevê.

Liminar

O senador tucano afirmou que vai hoje ao Supremo Tribunal Federal em busca de uma liminar que permita a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras. Segundo o tucano, a oposição não vê problemas em uma devassa ampla, que investigue inclusive contratos dos adversários da petista. Para Aécio, a presença da presidente daPetrobrasGraça Foster, no Senado, hoje, será mais uma oportunidade para o governo dar explicações. “A CPI não tem o poder de, a priori, antecipadamente, julgar e condenar quem quer que seja. Ela é um instrumento importante para fazer as investigações”, afirmou.

Mais uma vez, Aécio criticou o uso da máquina pelo governo federal que, segundo ele, faz hoje praticamente um monólogo. “Esperamos o início do contraditório, do tempo do debate, da discussão”, afirmou. O tucano voltou a dizer que o governo Dilma fracassou na economia, nos projetos de infraestrutura e nos indicadores sociais.

Alianças 2014: Aécio antecipa com DEM e PMDB na Bahia

Senador tucano marcou para final de maio a definição dos nomes que comporão chapa que disputará em outubro a Presidência da República.

Alianças 2014

Fonte: Jogo do Poder 

Aécio reúne tucanos em São Paulo e antecipa aliança com DEM e PMDB na Bahia

“Os palanques estão se solidificando. É hora de avançarmos”, diz presidente do PSDB

presidente nacional do PSDBsenador Aécio Neves, reuniu-se, nesta quinta-feira (10/04), com a bancada tucana em São Paulo. No encontro, o senador destacou a importância de São Paulo na construção do projeto nacional do partido nas próximas eleições e anunciou a aliança firmada entre o PSDBDEM e o PMDB nas eleições estaduais na Bahia.Aécio Neves disse que trabalha pela união de forças políticas em todo país.

“Acabamos de fechar uma chapa extremamente forte na Bahia, o quarto colégio eleitoral da Bahia que terá como candidato a governador, o ex-governador Paulo Souto e, como candidato ao Senado, o companheiro ex-deputado Geddel Vieira Lima. Uma aliança do PSDB, do Democratas e do PMDB, que é uma demonstração de que também teremos apoio de siglas dissidentes do governo, que hoje apoiam o governo da presidente Dilma, mas que, em determinados estados, teremos apoio de segmentos dissidentes. Os palanques estão se solidificando. É hora de avançar”, disse Aécio Neves em entrevista.

O senador tucano marcou para o final de maio a definição sobre os nomes que comporão a chapa que disputará em outubro a Presidência da República. “Este é o mês das definições. A partir do final de maio, a chapa será apresentada”, afirmou.

Aécio Neves almoçou com os parlamentares tucanos em São Paulo (SP). Participaram do encontro o presidente do PSDB de São Paulo, deputado federal Duarte Nogueira, o secretário-geral do partido, Mendes Thame (SP), o vice-presidente do PSDB nacional, Alberto Goldman, os deputados estaduais João Caramez, Orlando Morando, Pedro Tobias, Carlos Bezerra Jr., Ramalho da Construção, Fernando Capez, Hélio Nishimoto, Barros Munhoz, Bruno Covas, Orlando Morando e Rubens Cury, subsecretário de relacionamento com municípios da Casa Civil de SP.

CPI da Petrobras
Aécio Neves reiterou as críticas à condução da discussão sobre a instauração da CPI da Petrobras no Senado. Segundo ele, a iniciativa do presidente do SenadoRenan Calheiros (PMDB-RN) de encaminhar o debate para a Comissão de Constituição e Justiça foi equivocada.

“Essa decisão do Renan é equivocada, é uma nódoa que ele deixa na sua história pessoal e na história do Senado Federal. E não se investigará mais nada. E isso é extremamente grave”, afirmou o ex-governador de Minas.

Aécio Neves lembrou que há um mandado de segurança impetrado pela oposição no Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a abertura da CPI da Petrobras. O senador disse ter certeza de que, uma vez instalada a CPI da Petrobras, o governo tentará manobrar para impedir as apurações.

“Neste momento todas as nossas fichas estão nas mãos do Supremo. Existem denúncias muito graves em relação à Petrobras. A população quer saber o que aconteceu lá, e eu acho que nós, da oposição, estamos fazendo o que devemos fazer”, afirmou o senador.

Descontrole

Para Aécio Neves, o governo federal vive um momento de descontrole. “O temor do governo, e temos hoje um governo à beira de um ataque de nervos, está fragilizando o Congresso de forma definitiva. É contra isso que estamos nos levantando. Usar uma ‘CPI Combo’ para impedir a investigação da Petrobras é um ato de desrespeito à sociedade brasileira e de um autoritarismo que me lembra os tempos de AI-5”, afirmou.

eleições 2014: Aécio fortalece palanques no Nordeste

Eleições 2014: senador Aécio Neves (MG) está negociando a construção de palanques na região. Bahia deve ter palanque forte.

Eleições 2014

Fonte: O Globo 

Em desvantagem, Aécio fortalece palanque no Nordeste para 2014

Tucano deve priorizar alianças em seis estados, apesar de força de Dilma e Campos na região

Mesmo com o favoritismo do PT e da dupla Lula-Dilma Rousseff no Nordeste, e de contar agora com um adversário nordestino, o governador pernambucano Eduardo Campos (PSB), o PSDB do senador Aécio Neves (MG) está negociando a construção de palanques fortes na região para amenizar o carimbo de partido do Sul e Sudeste. Aécio ainda é pouco conhecido entre os nordestinos, mas seus articuladores sustentam que, no momento, ele tem palanques mais competitivos que Eduardo Campos.

Os tucanos sabem que em Pernambuco não tem como competir com Dilma e Eduardo, por isso tratam com prioridade as coligações na Bahia, Ceará, Sergipe, Piauí, Paraíba e Alagoas. Mas costuram também palanques nos demais estados do Nordeste. Os grandes problemas, por enquanto, são Maranhão e Rio Grande do Norte, onde o aliado DEM não sabe o que fazer com a reeleição da governadora Rosalba Ciarlini, que tem uma administração má avaliada e já andou muito próxima da presidente Dilma Rousseff.

— Aqui em Minas, um em cada dois votos dos eleitores inscritos será de Aécio. Faremos uma frente de 4 milhões de votos. Nenhum candidato, em nenhum estado, terá essa frente. A frente de Eduardo em Pernambuco será de 1,5 milhão de votos — avalia o ex-ministro Pimenta da Veiga, pré-candidato do PSDB ao governo de Minas e um dos coordenadores da campanha de Aécio. — Dilma pode ter boa votação em seis estados, mas sabe que nos maiores colégios eleitorais não terá. Em Minas e Pernambuco, ela não terá. No Rio, a aliança dela virou pó. Tradicionalmente, ganhamos no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Agora vamos reforçar o Nordeste.

Na Bahia, os tucanos contam com a reedição da ampla aliança que elegeu o democrata ACM Neto para a prefeitura de Salvador: o PMDB de Geddel Vieira LimaPSDBDEM e outras pequenas legendas. Geddel, que também quer ser candidato a governador, vê como positivo o cenário para Aécio no estado. O PSB deve lançar a senadora Lídice da Mata para dar palanque a Campos, e o prefeito ACM Neto, nome forte no estado, está fechado com Aécio.

— O caminho natural é repetirmos aqui a aliança da eleição de prefeito, com o PMDBPSDB e DEM. O PT está muito mal, muito rachado. O PT nacional nunca me procurou. Isso deve se definir dentro de uns 15 a 20 dias — prevê Geddel Vieira Lima.

No Ceará, o PMDB está em pé de guerra com o PT e mira no PSDB

No Ceará, onde o PMDB está em pé de guerra com o PT do líder José Guimarães e com os irmãos Cid e Ciro Gomes, o comando do PSDB não descarta uma aliança com o senador peemedebista Eunício Guimarães. Ele e o ex-senador Tasso Jereissatti são os nomes mais fortes para o governo e o Senado, segundo as pesquisas. Tasso não quer disputar o governo, mas já admite o Senado, podendo compor uma chapa com Eunício — neste caso, não daria palanque para Dilma.

— Tasso é o nome melhor avaliado para o que quiser. Ele não emergiu do nada. É um chefe político com liderança consolidada. Quando ele bater a mão na cumbuca, une a turma — diz o ex-deputado e membro do Diretório Nacional do PSDB, João Almeida (BA).

Na Paraíba, o vice-presidente do PSDB, senador Cássio Cunha Lima, pode sair candidato ao governo apenas para dar palanque a Aécio. Ele tem oito anos de mandato no Senado e não teria nada a perder. No Piauí, Aécio conta com um nome forte ao governo, do ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes, que lidera as pesquisas de intenção de votos para o governo.

Em Sergipe, o nome forte é do prefeito de Aracaju, João Alves (DEM). Em Alagoas, não existe ainda um candidato, mas a expectativa do PSDB é que qualquer nome lançado pelo governador tucano Teotônio Vilela dará um palanque competitivo para Aécio. Os grandes problemas de Aécio no Nordeste são o Rio Grande do Norte e Maranhão.

— Esses estados não são definidores de eleição. O que a tradição mostra é que nenhum candidato a presidente se elege se não vencer em Minas Gerais — diz Pimenta da Veiga.

Governo de Minas: Gestão Integrada de Bacias reúne interessados de sete estados

Ministrado pelo professor Pieter van der Zaag, do Unesco-IHE (Holanda), o curso capacita 50 profissionais para atuar na gestão de recursos hídricos

Divulgação Sectes
Curso reúne estudantes e profissionais de recursos hídricos de várias estados do país
Curso reúne estudantes e profissionais de recursos hídricos de várias estados do país

O curso internacional de Gestão Integrada de Bacias Hidrográficas, ofertado pelo Governo de Minas, por meio do Unesco-HidroEX, atraiu para Frutal, Triângulo Mineiro, desde segunda-feira (25), estudantes e  profissionais de recursos hídricos dos estados do Rio Grande do Sul, Amazonas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Minas Gerais.

As aulas estão sendo ministradas pelo professor do Instituto UNESCO-IHE de Delft, na Holanda, Pieter van der Zaag. Ele acredita na qualificação de profissionais com novos critérios, contextos e conceitos sobre a gestão integrada de recursos hídricos, com enfoque em medidas de proteção e uso sustentável.

Dividido em três módulos, o primeiro se encerra na sexta-feira (29). O destaque desta primeira semana são os aspectos políticos relacionados às questões sociais e econômicas das bacias hidrográficas. A etapa seguinte será de 2 a 6 de julho, e o terceiro e último módulo ocorre de 27 a 31 de agosto, também com as aulas de campo. Participam do curso, pesquisadores, estudantes de pós-graduação, acadêmicos do último ano de curso superior e especialistas nas áreas de recursos hídricos. “Considerando que a gestão integrada das bacias hidrográficas constitui-se um dos maiores desafios do século XXI, nossa proposta é capacitar profissionais que estarão discutindo esse tema e propondo soluções”, disse a diretora de Capacitação e Ensino do Unesco-Hidroex, Sheila Paiva.

Do Amazonas, a universitária Sara Sampaio Py-Daniel, 22 anos, estudante de Ciências Biológicas, considera o curso uma grande oportunidade para aprimorar seus conhecimentos em recursos hídricos; área em que pretende se especializar. “Todos que estão aqui serão multiplicadores ativos em gestão integrada de bacias hidrográficas”, disse ela.

Mineiro de Belo Horizonte, o engenheiro agrônomo e ambiental, Altair Roberto de Carvalho, 57 anos, define o curso como uma grande oportunidade para busca da atualização de conhecimentos. “A cada dia, temos novas informações e trocas de experiências”, afirmou ele. As oportunidades são direcionadas também aos moradores de Frutal. O geógrafo Arley Pinheiro Camargo, 35 anos, é um deles. “É muito gratificante poder participar de um seminário internacional na minha cidade, sem nenhum custo”, disse ele.

Durante a abertura do evento, o vice-presidente do Unesco-HidroEX,  Alexandre Saad destacou a preocupação do Governo de Minas  em oferecer cursos de qualidade, com profissionais de renome internacional como é o caso de Pieter van der Zaag. “Um curso como esse tem um custo de 2,5 mil euros na Europa. Em Frutal, ele é totalmente gratuito”, afirmou o vice-presidente.

Com essa iniciativa, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) e do Unesco-Hidroex, quer promover o intercâmbio de informações e experiências entre profissionais e gestores de recursos hídricos que atuam em diferentes áreas no Brasil e no exterior, buscando melhores soluções para os problemas hídricos atuais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/gestao-integrada-de-bacias-reune-interessados-de-sete-estados/

Governo de Minas: energia eólica é tema do III Fórum de Inovação e Tecnologia da Cemig

 

Experiência adquirida pela companhia mineira ao longo dos anos trouxe muitas contribuições para o setor elétrico brasileiro

Os desafios de inovação em energia eólica no Brasil e os avanços dos estudos e investimentos no setor serão discutidos durante o III Fórum de Inovação e Tecnologia, nesta quarta-feira (20), em Belo Horizonte. O evento é realizado pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e conta com a participação de estudantes, pesquisadores e profissionais da área de todo o país.

De acordo com o gerente de Engenharia Eletromecânica de Expansão da Geração e de Fontes Alternativas, Flávio Novaes, da Cemig, a experiência adquirida pela Companhia ao longo dos anos trouxe muitas contribuições para o setor elétrico brasileiro. “A Cemig iniciou, já na década de 60, o estudo dos ventos em Minas Gerais, sendo a primeira concessionária brasileira a instalar, em 1994, uma usina eólica conectada ao sistema elétrico integrado: a Usina Eólio-Elétrica Experimental Morro do Camelinho”, conta.

Ainda segundo Flávio Novaes, o empreendimento, que ficou em atividade durante 15 anos, cumpriu seu papel e trouxe muitas contribuições para as pesquisas que vêm sendo realizadas atualmente. O gerente também destaca como iniciativa da Cemig a edição do Atlas Eólico de Minas Gerais, que mapeou duas grandes regiões promissoras no Estado: o dorsal da Serra do Espinhaço e o Triângulo Mineiro.

Desafios

Entre os principais desafios de inovação, Flávio Novaes ressalta a necessidade de estabelecer uma rede robusta de monitoramento automático e contínuo de ventos no território nacional. “Diferentemente do que acontece no caso das hidrelétricas, o Brasil não possui um histórico de medição de ventos para dimensionar uma usina eólica. Para isso, é necessário haver uma base de dados longa, que só é possível por meio da criação de séries sintéticas longas para simulações”, explica.

Para o gerente da Cemig, estudos para a complementaridade de usinas eólicas e hidrelétricas também tornam-se fundamentais, visando possibilitar, por exemplo, a economia de água nos reservatórios em época de secas, quando é possível aproveitar a energia dos ventos. Além desses, ele cita desafios para a indústria, como a existência de fabricantes nacionais de componentes fundamentais para usinas eólicas e o desenvolvimento de torres mais baratas e compatíveis com o perfil aerodinâmico do país.

Potencial eólico

O Grupo Cemig é o segundo maior gerador de energia eólica no Brasil, com destaque para a Renova Energia, detentora do maior complexo eólico da América Latina, localizado na região Central da Bahia. A Cemig passou a fazer parte do grupo de controle da Renova em 2011, por meio da Light.

Além disso, a Companhia adquiriu, em 2009, 49% da participação societária em três parques eólicos (já em pleno funcionamento) de propriedade da Energimp S.A. localizados no Ceará, com potência total de cerca de 100 MW e investimento de R$ 213 milhões.

Serviço: III Fórum de Inovação e Tecnologia

Datas: 19 e 20 de junho

Local: auditório do edifício-sede da Cemig, na Avenida Barbacena, 1.200 – Santo Agostinho, em Belo Horizonte

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/energia-eolica-e-tema-do-iii-forum-de-inovacao-e-tecnologia-da-cemig/

Gestão da Educação: Minas foi o segundo Estado que mais registrou inscritos para o próximo Enem

Mais de 700 mil candidatos mineiros farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio em novembro

Minas Gerais foi o segundo Estado que mais registrou inscrições para a edição 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Das 6.497.466 de inscrições — número recorde — o Estado registrou 723.644, ficando atrás apenas de São Paulo, que ultrapassou a casa de 1 milhão de candidatos. Em seguida vem o Rio de Janeiro (474.046), Bahia (458.101) e Rio Grande do Sul (394.641).

A inscrição, que foi feita apenas pela internet, será confirmada até o dia 20, após pagamento de uma taxa de R$ 35, por meio de guia de recolhimento da União (GRU) simples. Estudantes de escolas públicas matriculados no 3º ano do Ensino Médio e que se declararem integrantes de família de baixa renda estão isentos do pagamento. As provas do Enem serão aplicadas nos dias 03 e 04 de novembro, a partir das 13h.

No primeiro dia, sábado, serão aplicadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No domingo serão aplicadas as provas de Matemática e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e a Redação. A divulgação do gabarito está prevista para 07 de novembro e o resultado final estará disponível a partir do dia 28 de dezembro.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/minas-foi-o-segundo-estado-que-mais-registrou-inscritos-para-o-proximo-enem/

Governo de Minas: serviços públicos estaduais terão horários alterados neste feriado de Corpus Christi

Postos do Sine, UAIs, agências da Cemig, rede Fhemig, Fundação Hemominas e Ouvidoria Geral terão escalas diferenciadas

Os serviços oferecidos por fundações, companhias e órgãos públicos estaduais terão escalas diferenciadas de atendimento durante o feriado de Corpus Christi. As Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), os postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine), as agências da Cemig, a rede da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), a Fundação Hemominas e os serviços disponibilizados pela Ouvidoria Geral do Estado (OGE) terão horários especiais de funcionamento a partir desta quinta-feira (07).

Veja, abaixo, as alterações nas escalas de atendimento dos serviços públicos oferecidos por órgãos estaduais e, também, a previsão do tempo para este feriado em Belo Horizonte, nas cidades do interior de Minas e em alguns dos destinos mais visitados pelos mineiros, como os litorais do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia.

Fundação Hospitalar

As unidades da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) atenderão somente os casos de urgência e emergência, que serão realizados normalmente, conforme suas especialidades, entre esta quinta-feira (07) e o próximo domingo (10). A Fhemig garante que o paciente que necessitar de assistência será atendido por uma equipe de profissionais qualificados durante o feriado.

Clique aqui e veja quais são as unidades da Rede Fhemig e suas especialidades (arquivo PDF).

Fundação Hemominas

Entre esta quinta-feira (07) e o próximo domingo (10) os horários de funcionamento para doação de sangue nas unidades da Fundação Hemominas serão alterados devido ao feriado. A Fundação Hemominas possui unidades que fazem atendimento ao doador voluntário; cada unidade atende a uma região de influência e quem quiser ser doador pode procurar a unidade mais próxima de onde mora.

Podem doar sangue cidadãos com boa saúde e idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos. Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue ligue para 155.

Clique aqui e veja os horários de funcionamento das unidades da Fundação Hemominas neste feriado (arquivo PDF).

Rede Cemig

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informa que, em virtude do feriado de Corpus Christi, nas cidades em que for feriado municipal, como Belo Horizonte, por exemplo, as agências e postos de atendimento da Empresa não funcionarão nesta quinta-feira (07). As solicitações de serviços e reclamações poderão ser feitas pelo “Fale com a Cemig”, no telefone 116. O serviço funciona 24 horas e a ligação é gratuita. A Agência Virtual, disponível no site www.cemig.com.br também oferece diversos serviços com conforto e segurança.

Pelo celular, também é possível entrar em contato com a Companhia, pelo “Cemig Torpedo”, para tratar sobre falta de energia, consultar a última fatura ou enviar leitura com mensagens de texto (SMS) para o número 29810. O serviço é gratuito. As agências e postos de atendimento da Cemig voltam a funcionar normalmente na sexta-feira (08), a partir das 8h30.

Unidades de Atendimento Integrado

As Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), em todo o Estado, não funcionam nesta quinta-feira (07). Assim, neste feriado, ficam suspensos os atendimentos para serviços de emissão da Carteira de Identidade e emissão de Atestado de Antecedentes Criminais. Os atendimentos voltam ao normal já na sexta-feira (08). Para saber os endereços das postos UAI em todas as regiões de Minas, clique aqui.

Trabalho e Emprego

A Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego informa que as unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) não vão realizar atendimentos nesta quinta-feira (07). Já na sexta-feira (08), os serviços do Sine serão realizados somentes nas redes UAI, conforme o cronograma de funcionamento das Unidades de Atendimento Integrado em todo o Estado.

Nestes locais, estarão disponíveis serviços gratuitos de intermediação de mão de obra (cadastro de empresas para oferta de vagas e cadastro e encaminhamento de trabalhadores para oportunidades de trabalho); habilitação e postagem do seguro-desemprego; cadastro e encaminhamento do trabalhador para programas de qualificação profissional e também de competências básicas para o trabalho; emissão das carteiras de trabalho e previdência social. Para saber os endereços de todas as unidades do Sine em Minas, clique aqui.

Ouvidoria Geral

A Ouvidoria Geral do Estado (OGE) receberá as manifestações do cidadão somente por meio do site. Durante o feriado, não serão realizados atendimentos presenciais. Os serviços também serão suspensos pelo telefone 0800-283-9191 durante o recesso. Todas as atividades voltam ao normal na próxima segunda-feira (11), a partir das 8 horas.

Para fazer denúncia, reclamação, sugestão, crítica ou elogio sobre os serviços prestados pelos órgãos públicos estaduais, clique aqui. A OGE garante o sigilo absoluto de todas as manifestações.

Previsão do Tempo

O feriado será marcado pela passagem de uma frente fria que contribuirá para ocorrência de chuvas rápidas e isoladas em boa parte do Estado. A partir do sábado (09) haverá queda de temperatura na região Central e Sul de Minas.

Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, a previsão é de céu variando entre parcialmente nublado pela manhã com aumento de nuvens e possibilidade de chuvas à tarde e noite na quinta (07) e sexta-feira (08). No sábado (09) e domingo (10), a previsão é de tempo estável com baixa probabilidade de chuvas e temperaturas variando entre 14 ºC e 25ºC.

Durante o feriado, ocorrerão chuvas isoladas em todas as regiões de Minas, com destaque para o Noroeste, Centro, Mantiqueira e Vale do Rio Doce, na quinta-feira, e Centro e Vales do Rio Doce e Mucuri, na sexta-feira. No fim de semana, as chuvas diminuem em todo o Estado, ficando restritas aos Vales do Rio Doce e Mucuri. As temperaturas caem na sexta-feira (08) na Região Sul e no sábado (09) nas regiões Oeste, Zona da Mata e Central.

Para os mineiros que viajarem para o litoral, o deslocamento da frente fria provocará pancadas de chuva no litoral do Rio de Janeiro e Espírito Santo, principalmente na quinta (07) e sexta-feira (08). No litoral sul da Bahia há previsão de pancadas de chuva apenas no domingo (10).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/servicos-publicos-estaduais-terao-horarios-alterados-neste-feriado-de-corpus-christi/

Gestão Eficiente: Minas investe em Educação acima do valor previsto na Constituição, aponta Ministério

Segundo o Ministério da Educação, o Governo de Minas destina 27,25% da arrecadação para o setor; patamar constitucional é de 25%

Minas Gerais figura entre os Estados brasileiros que investem, no setor da Educação, valores acima do patamar previsto em Constituição, segundo dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope), do Ministério da Educação. De acordo com o Siope, em 2010 o Governo de Minas destinou 27,25% de sua arrecadação para a área educacional – percentual superior aos 25% estabelecidos pela Constituição Federal. As informações se referem a 2010, já que os dados de 2011 ainda não foram consolidados pelo Ministério da Educação.

De acordo com o levantamento do Siope – que foi divulgado em reportagem da Agência Brasil, o portal de notícias oficial do Governo Federal – Minas Gerais ocupa a 11ª posição entre as 27 unidades da federação no ranking de investimentos públicos em Educação. Conforme pode ser conferido no quadro abaixo, nessa matéria o Estado está à frente do Rio de Janeiro (27,17%), da Bahia (26,28%), de Pernambuco (26,45%), de Santa Catarina (26,19%), do Mato Grosso (26,01%) e do Acre (26,21%), dentre outros. O Rio Grande do Sul é o estado que, percentualmente, investe menos (19,70%).

O Siope é um sistema eletrônico de informações, operacionalizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ele foi instituído para coleta, processamento, disseminação e acesso público às informações referentes aos orçamentos de Educação da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Confira o percentual de investimento em educação de cada Estado em 2010:

Clique aqui e confira a íntegra da reportagem da Agência Brasil.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/minas-investe-em-educacao-acima-do-valor-previsto-na-constituicao-aponta-ministerio/

Governo de Minas: Cemig informa atendimento e previsão do tempo para o feriado de Corpus Christi

Nas cidades em que for feriado municipal, cidadãos poderão utilizar os canais de comunicação da companhia

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informa que, em virtude do feriado de Corpus Christi, nas cidades em que for feriado municipal, como Belo Horizonte, por exemplo, as agências e postos de atendimento da Empresa não funcionarão no dia 7 de junho, quinta-feira.

Neste dia, solicitações de serviços e reclamações poderão ser feitas pelo “Fale com a Cemig”, no telefone 116. Esse serviço funciona 24 horas e a ligação é gratuita. A Agência Virtual, disponível no site da Cemig (www.cemig.com.br), também oferece diversos serviços com conforto e segurança.

Pelo celular, também é possível comunicar à empresa, pelo Cemig Torpedo, falta de energia, consultar última fatura vencida não paga ou enviar leitura com mensagens de texto (SMS) para o número 29810. O serviço é gratuito. As agências e postos de atendimento da Cemig voltam a funcionar normalmente na sexta-feira, dia 8, a partir das 8h30.

Previsão do Tempo

O feriado será marcado pela passagem de uma frente fria que contribuirá para ocorrência de chuvas rápidas e isoladas em boa parte do Estado. A partir do sábado haverá queda de temperatura na região Central e Sul de Minas.

Capital e RMBH

Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, a previsão é de céu variando entre parcialmente nublado pela manhã com aumento de nuvens e possibilidade de chuvas à tarde e noite na quinta e sexta-feira. No sábado e domingo, a previsão é de tempo estável com baixa probabilidade de chuvas e temperaturas variando entre 14 e 25ºC.

Interior

Durante o feriado, ocorrerão chuvas isoladas em todas as regiões de Minas, com destaque para o Noroeste, Centro, Mantiqueira e Vale do Rio Doce, na quinta-feira, e Centro e Vales do Rio Doce e Mucuri, na sexta-feira. No fim de semana, as chuvas diminuem em todo o Estado, ficando restritas aos Vales do Rio Doce e Mucuri. As temperaturas caem na sexta-feira na Região Sul e no sábado nas regiões Oeste, Zona da Mata e Central.

Litoral

O deslocamento da frente fria provocará pancadas de chuva no litoral do Rio de Janeiro e Espírito Santo, principalmente na quinta e sexta-feira. No litoral sul da Bahia há previsão de pancadas de chuva apenas no domingo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cemig-informa-atendimento-e-previsao-do-tempo-para-o-feriado-de-corpus-christi/