Arquivos do Blog

Gestão da Saúde: novo Independência entra na campanha contra a dengue

Painéis da campanha permanente de combate à dengue, da Secretaria de Estado de Saúde, estão expostos no estádio

O torcedor que frequenta a nova Arena Independência, em Belo Horizonte, já pode conferir dois grandes banners da campanha permanente de combate à dengue que a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais promove. Os banners se encontram próximos às portarias das ruas Pitangui e Ismênia Tunes.

O Independência foi reinaugurado no dia 25 de abril e é a nova casa do futebol mineiro. O estádio teve capacidade ampliada de 10 mil para 25 mil pessoas e toda a obra foi custeada pelo Governo de Minas, que investiu R$ 149 milhões. Esse valor equivale a R$ 6 mil por assento – o mais baixo entre os estádios em obra para a Copa do Mundo de 2014. Nos estádios em obras para a Copa essa média é de R$ 10 mil por assento.

O novo Independência tem padrão internacional e poderá ser usado como centro de treinamento durante a Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/novo-independencia-entra-na-campanha-contra-a-dengue/

Governo de Minas: Secopa participa de troca de experiências com o Reino Unido na área de segurança pública

Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos foi realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro

Sylvio Coutinho/Divulgação
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio

A Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) participou do Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos, realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro. O evento, encerrado nesta sexta-feira (25), foi iniciado na quinta (24). Autoridades britânicas apresentaram projetos de segurança aplicados aos principais estádios do Reino Unido, bem como planos de emergência e atuação dos assistentes de torcedores, conhecidos na Europa como stewards.

Um dos temas mais debatidos durante o encontro foi a necessidade de integração de todas as forças de segurança durante grandes eventos em arenas multiusos. “Os britânicos reforçaram que o segredo de um evento seguro está no trabalho conjunto entre policiais militares, civis, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e seguranças particulares. Essa nova modelagem de estádios vai exigir uma nova postura”, disse o assessor da Secopa, coronel Wilson Cardoso.

Em Belo Horizonte, os assistentes de torcedores, stewards, atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio. Eles ficam posicionados em todos os setores da nova arena, sendo um para cada cem torcedores, com o objetivo de garantir segurança e tranqüilidade aos torcedores. Em caso de aglomeração de torcedores nas escadas de circulação nas arquibancadas durante jogos, por exemplo, eles atuam para evitar desconforto entre os demais visitantes. Em caso de conflito, buscam pronto auxílio da Polícia Militar.

Foco na segurança

O Governo de Minas prepara um estudo, elaborado pelos especialistas em inteligência das principais forças de segurança do Estado, com análise de riscos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, previsto para ser finalizado em setembro deste ano. O documento vai detalhar ações preventivas e situações hipotéticas de risco com soluções correspondentes em segurança, como ataques terroristas, sequestros, sabotagens, entre outros. Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e funcionários do sistema prisional do Estado vão trabalhar de forma integrada em futura sede comum, a Sala de Situação e Controle de Crise para a Copa.

O novo espaço tem previsão de abertura no segundo semestre deste ano. “É muito importante que as decisões das forças de segurança não sejam intuitivas. A partir do treinamento, o profissional deverá agir com base em informações científicas para manter a tranqüilidade e segurança durante os espetáculos da Copa de 2014”, concluiu o coronel.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secopa-participa-de-troca-de-experiencias-com-o-reino-unido-na-area-de-seguranca-publica/

Governo de Minas: Arena Independência conta com serviço de atendimento aos torcedores

Além de assegurar conforto e seguranças aos visitantes, estádio se torna exemplo nacional no cumprimento do Estatuto do Torcedor

Sylvio Coutinho/Divulgação
Espalhados pela Arena Independência, stewards usam colete laranja
Espalhados pela Arena Independência, stewards usam colete laranja

Além de contar com uma das estruturas esportivas mais modernas do Brasil, o estádio Arena Independência oferece um novo serviço de atendimento ao visitante, com o objetivo de garantir sua segurança e tranquilidade. Trata-se do trabalho de auxílio ao visitante na localização dos assentos numerados e de orientação sobre as normas de segurança do estádio feito pelos assistentes de torcedores, denominados stewards na Europa.

Os auxiliares ficam posicionados em todos os setores da nova arena, sendo um para cada 100 torcedores. Alguns portam rádios comunicadores, mas a maioria não carrega nenhum tipo de equipamento. Em caso de aglomeração de torcedores nas escadas de circulação nas arquibancadas durante jogos, por exemplo, eles atuam para evitar desconforto entre os demais visitantes. Em caso de conflito, buscam pronto auxílio da Polícia Militar.

A atuação dos stewards faz parte do plano de segurança da Arena Independência, que estabelece as diretrizes do setor elaboradas em conjunto pela empresa BWA, administradora do estádio, e órgãos do poder público. “Estamos vivenciando um novo conceito de administração de estádio, em que os setores público e privado trabalham juntos dentro de uma linha moderna de atuação, orientada pelas experiências históricas da Polícia Militar nessa área e também pelas práticas da FIFA”, explica o gerente de operações da Arena Independência, coronel Miguel Libânio.

No jogo inaugural do estádio, no dia 25 de abril, entre América e Argentino Juniors, os stewards foram muito úteis na orientação de torcedor sobre cadeiras numeradas. O coronel lembra que o assento numerado é um direito estabelecido pelo Estatuto do Torcedor. “O artigo 22 dá essa garantia ao torcedor, que não está habituado a se sentar num lugar marcado no estádio. Esse processo educativo será gradual. É preciso que todas as partes envolvidas, desde torcidas a clubes, entendam o quão importante é esse direito”, afirma.

A nova arena contará com cerca de 600 profissionais de segurança, entre públicos e privados, em dias de grandes eventos esportivos. “O atendimento diferenciado de torcedores é um grande passo nesse trabalho de construção dos alicerces do novo e profissional futebol mineiro, em que o visitante é tratado como cliente. A Polícia Militar sempre teve papel fundamental nesse processo e continuará a tê-lo”, explica o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/arena-independencia-conta-com-servico-de-atendimento-aos-torcedores/

Gestão Eficiente: Antonio Anastasia reafirma compromisso de Minas Gerais com a Fifa

Jogadores que participaram do jogo inaugural do Independência elogiam qualidade do estádio

O governador de Minas, Antonio Anastasia, afirmou, durante a solenidade de reinauguração da Arena Independência, na noite desta quarta-feira (25), que a entrega do estádio para o torcedor mineiro é o primeiro compromisso cumprido com a Fifa para a realização da Copa do Mundo do Brasil de 2014.

“Nosso governo está entregando o primeiro novo estádio brasileiro totalmente dentro dos padrões da Fifa. Cumprimos aquela determinação feita, há alguns anos, pelo então governador Aécio, no sentido de oferecermos a Belo Horizonte, a Minas Gerais e aos clubes mineiros uma casa moderna. Agora estamos preparando a inauguração do Mineirão, no final do ano, o que cumprirá integralmente os compromissos de Minas Gerais com a Copa do Mundo e a Copa das Confederações”, disse o governador.

A modernidade e a qualidade do estádio Independência foram atestadas e elogiadas pelos jogadores que participaram da partida inaugural, em que o América-MG venceu a equipe do Argentinos Juniors por 2 a 1.

O atacante Euller, que fez sua despedida oficial dos gramados, ressaltou o fato do Governo de Minas ter entregue o primeiro estádio do país já adequado aos padrões da Fifa. “Minas Gerais está de parabéns por ter saído na frente, agora é só aguardar para que a Fifa possa vir aqui e carimbar o estádio com o selo dela”, exaltou o jogador.

O lateral esquerdo Gilberto, que participou da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e fazia sua estreia no América, se disse impressionado com a nova arena.“O gramado está em excelentes condições e o estádio está muito bem organizado, foi muito bem construído. Agora é esperar para que possamos receber os grandes jogos e também os grandes espetáculos”, comentou.

Para o técnico do Argentinos Juniors, Leonardo Astrada, o Independência não fica atrás de outros bons estádios pelo mundo. “Está muito bom, muito bonito, no nível dos estádios europeus. O campo está em perfeito estado e foi uma honra para nós ter participado dessa inauguração”.

Já o atacante Fábio Junior acredita que o novo estádio ajudará os times do Estado na busca por títulos. “Não tem o que falar. O estádio está excelente. Esperamos que traga sucesso, não só para o América, mas para todos os clubes de Minas”, disse ele.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/antonio-anastasia-reafirma-compromisso-de-minas-gerais-com-a-fifa/

Governo de Minas: grupo de estudo vai buscar soluções para visibilidade no Independência

Grupo será formado para estudar durante 90 dias a questão da visibilidade da arquibancada

Sylvio Coutinho
Arena Independência passou por obras de modernização para garantir conforto e segurança ao torcedor
Arena Independência passou por obras de modernização para garantir conforto e segurança ao torcedor

Após reunião entre Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop), Corpo de Bombeiro de Minas Gerais, Arena Independência e Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, realizada nesta quinta-feira (8), sobre o estádio Raimundo Sampaio, o Independência, ficou acertado que será constituído um grupo para estudar durante 90 dias a questão da visibilidade da arquibancada. Depois desse prazo, o Ministério Público, o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MG), o Corpo de Bombeiros e demais órgãos competentes terão 30 dias para avaliar o estudo e a possível solução apresentada.

Esse grupo deverá ser formado por no mínimo três profissionais de arquitetura de engenharia e mais um coordenador que não precisa ser da área. O estudo terá que sugerir e avaliar opções técnicas para o problema da visibilidade, sendo que o parâmetro para análise será o custo-benefício da solução.

Durante esse período, os assentos do anel superior (seis mil assentos) terão 50% de desconto em relação ao valor dos ingressos do anel inferior determinados pelos clubes, respeitado o direito à meia entrada  dos idosos e estudantes; os ingressos do anel superior deverão conter a informação de que a visibilidade é parcial. Além disso, não serão vendidos os ingressos da primeira fileira do anel intermediário.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sérgio Barroso, informa que o torcedor será sempre informado no momento da comercialização ou locação da arena Independência sobre essas limitações decididas na reunião desta quinta-feira.

“É importante o torcedor compreender que o Governo de Minas ao modernizar o Independência quer justamente promover o retorno das famílias ao estádio com conforto, tranqüilidade, mas sobretudo segurança. Apoiamos qualquer solução que conjugue visibilidade e segurança dentro de um custo benefício adequado”, explica Sergio Barroso, secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas aguarda novo contrato entre Atlético e Arena Independência

Uma vez modificado, o novo contrato ainda será reavaliado do ponto de vista jurídico pela Advocacia Geral do Estado

Após reunião promovida pela Procuradoria-Geral de Justiça, presentes o Estado de Minas Gerais, por meio da Advocacia-Geral e Secretaria Extraordinária de Estado da Copa – SECOPA, e dirigentes dos clubes Atlético, Cruzeiro e América, ficou ajustado que o contrato firmado entre o Atlético e a empresa Arena Independência Operadora de Estádios S.A., será modificado para que não fiquem dúvidas sobre o estrito respeito ao princípio da legalidade, notadamente à Lei de Licitações, ao Edital e ao contrato de concessão, reafirmando, desse modo, seu caráter de ajuste puramente comercial e explicitando, ainda mais, a impossibilidade de participação do Clube Atlético Mineiro na administração do estádio Raimundo Sampaio (Independência). Uma vez modificado, o novo contrato ainda será reavaliado do ponto de vista jurídico pela Advocacia Geral do Estado.

Fonte: Agência Minas