Arquivos do Blog

Aécio Neves: familiares gravam depoimento em vídeo

Aécio presidente: mãe, irmã, filha, mulher, primos e sobrinhos destacaram características do candidato à presidência da República.

Eleições 2014

Fonte: O Globo

PSDB divulgou vídeo nas redes sociais com depoimentos de parentes sobre ele

Com o desafio de se tornar conhecido no país, o candidato do PSDB à Presidência da RepúblicaAécio Neves, iniciou uma ofensiva virtual. Nesta terça-feira, um vídeo com depoimentos de familiares contando um pouco sobre a vida pessoal dele foi disparado nos perfis que o tucano mantém nas redes sociais. Em tom mais íntimo, mãe, irmã, filha, mulher, primos e sobrinhos destacaram características do candidato.

— Aécio tem muito respeito pelas pessoas — disse a mãe, Inês Maria.

— Ele sorri com os olhos e gosta do simples — afirmou a mulher, Letícia Weber.

— A gente gosta de acreditar que tem o controle absoluto sobre a nossa própria vida. Isso não é verdade. Mas algumas pessoas têm menos controle sobre o próprio destino do que as outras — completou a irmã, Andréa Neves, mais filosófica.

MÚSICOS GRAVAM APOIO

À noite, o site oficial da campanha de Aécio entrou no ar, uma semana depois do lançamento das páginas de seus principais adversários. A página aborda mais o perfil político e de gestor do candidato.

Conheça o novo site: Aécio Neves 2014 – www.aecioneves.com.br

Famosos também foram escalados para ajudar nessa aproximação do tucano com o eleitor. O cantor Zezé di Camargo e o sambista mineiro Domingos do Cavaco gravaram depoimentos declarando apoio.

O marqueteiro de AécioPaulo Vasconcelos, tem dito que o grande objetivo nesta reta inicial de campanha é fazer o senador e ex-governador mineiro conhecido fora do eixo Minas Gerais-Rio de Janeiro-São Paulo.

Além da ofensiva virtual, as viagens pelo país são consideradas fundamentais. Amanhã, Aécio vai a Florianópolis. Será a primeira viagem dele fora do Sudeste, desde o início da campanha. A ida ao Nordeste fica para agosto, quando estará pronto o plano tucano para a região.

Anúncios

Servas estimula uso de energia inteligente em Minas

Andrea Neves disse que projeto atua em favor do meio ambiente, 508 entidades serão beneficiadas com a instalação de aquecedores solares.

Gestão eficiente: energia inteligente

Energia Inteligente atende a mais de 200 instituições em Minas

Servas

Servas

Desde 2009, o Servas em parceria com a Cemig, realiza o projeto Energia Inteligente, que tem como objetivo gerar mais conforto a pessoas atendidas por Instituições de Longa Permanência Para Idosos (ILPI). A ação consiste na substituição, feita pela concessionária de energia, de chuveiros elétricos por sistemas de aquecimento solar de água.

Desde o início do projeto já foram beneficiadas 216 instituições em 182 municípios. A instalação dos aquecedores solares está prevista para ser realizada em 508 entidades, com investimento total de R$ 29 milhões.

A economia gerada por meio da utilização do sistema de aquecimento solar proporciona investimentos em infraestrutura, alimentação e outras atividades que melhorem a qualidade de vida dos idosos que vivem nessas instituições.

“Essa é uma iniciativa que visa apoiar as nossas entidades sociais, ajudando a construir um ambiente com mais conforto e segurança, além de propiciar economia no consumo de energia,  o que termina por também contribuir com a preservação do meio ambiente”, disse a presidente do Servas, Andrea Neves, no lançamento do programa.

Para Maria Cleuza Justino de Campos, presidente da Casa de Repouso Ana Souza e Silva, que fica em Santa Luzia, “os equipamentos de aquecimento solar ajudaram e muito na rotina da Casa, hoje os idosos podem tomar um banho quente com mais conforto e economia para a instituição”, destaca Cleuza.

O Lar dos Idosos Santa Terezinha, em São José da Lapa, é uma das instituições beneficiadas. Segundo o coordenador, Lauro Souza Marques, “com o aquecimento solar melhorou o conforto, e não existem problemas, antes freqüentes, como a queima de chuveiros e o gasto excessivo com energia elétrica”, ressaltou o coordenador. Ele explicou que, “irá gerar uma economia de cerca de 40% com energia que será revertida em benfeitorias para o Lar, como uma nova pintura”.

Para participar do projeto as instituições devem estar localizadas na área de abrangência da Cemig e serem cadastradas no Servas. O Cadastro pode ser feitoon line pelo link http://www.servas.org.br/termo-adesao-eficiencia-energetica/termo-adesao-eficiencia-energetica.aspx.

Governo de Minas: Secretaria de Esporte e Juventude lança programa de capacitação

Iniciativa busca qualificar jovens para atuar no setor de gastronomia

Felipe Diniz / SEEJ
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho

Vinte jovens deram início, nesta segunda-feira (23), a mais uma edição do programa Chefs do Amanhã da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ). O objetivo é qualificar profissionais, com idade entre 18 e 29 anos, em auxiliar de cozinha. Na edição deste ano, serão 60 jovens capacitados, divididos em três turmas, com carga horária de 200 horas/aula. Desde o início do programa, em 2008, mais de 1.300 jovens foram formados em culinária saudável.

O programa é realizado por meio da Subsecretaria da Juventude da SEEJ, em parceria com vários órgãos do Governo de Minas, como o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam) e do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), além do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Durante o lançamento do programa, o subsecretário da Juventude, Gabriel Azevedo, destacou que a marca da atual gestão do Governo de Minas é o da empregabilidade e do trabalho em rede para servir ao cidadão. “Agregamos parceiros e tornamos o programa mais robusto, com vistas à profissionalização e ao ingresso ao mercado de trabalho. O projeto é oportunidade de inclusão social, educação e sustentabilidade”, explicou o subsecretário.

Para a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, mais do que qualificar jovens, a proposta é oferecer um ambiente com atrativos que os façam gostar do curso. “Espero que os jovens que frequentem esse espaço encontrem aqui felicidade, responsabilidade e solidariedade”, ressaltou a presidente.

Oportunidade

Nas aulas, os jovens aprenderão sobre elaboração de pratos básicos utilizando técnicas específicas das áreas de legumeria, açougue e cozinha quente, bem como conceitos e boas práticas de logística, higiene e manipulação. Juntamente com o curso de auxiliar de cozinha, serão oferecidos aos alunos que mais se destacarem cursos complementares nas áreas de pães, roscas e biscoitos; pizzas; preparo de bolos e tortas; quitandas tradicionais mineiras; salgados e canapés; bombons e trufas.

O diretor-geral do Senac, José Carlos Cirilo da Silva, disse que, após formados, os jovens serão inscritos no Banco de Oportunidades da entidade – um espaço onde os empresários de várias regiões buscam por mão-de-obra qualificada. “Hoje, a demanda na área gastronômica é latente, principalmente devido aos grandes eventos internacionais que se aproximam, como as copas das Confederações e do Mundo. Os donos de bares, hotéis e restaurantes estão à procura de gente preparada e é isso que estamos propondo. Esses jovens sairão do curso aptos a trabalharem”. De acordo com o Senac, a média salarial de um auxiliar de cozinha, atualmente, é de 800 reais.

O curso será realizado de segunda a sexta-feira, de 13h às 17h, no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR). Os alunos receberão gratuitamente transporte e alimentação, além do certificado. A previsão é a de que as aulas terminem em 5 de junho.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-esporte-e-juventude-lanca-programa-de-capacitacao/

Governo de Minas: Antonio Anastasia participa da entrega do Prêmio Bom Exemplo 2012

Governador destaca trabalho voluntário como exemplo de cidadania e inclusão social, que vai se reproduzindo pelo Estado

Wellington Pedro/Imprensa MG
Anastasia participou da solenidade de entrega do Prêmio Bom Exemplo 2012, em Belo Horizonte
Anastasia participou da solenidade de entrega do Prêmio Bom Exemplo 2012, em Belo Horizonte

O governador Antonio Anastasia participou, na noite dessa terça-feira (17), na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Belo Horizonte, da solenidade de entrega do Prêmio Bom Exemplo 2012. Anastasia destacou a iniciativa de valorização das ações sociais realizadas por pessoas e instituições que contribuem para a melhoria da qualidade de vida em Minas Gerais.

“É uma grande alegria aplaudir os vencedores deste belíssimo prêmio que nos dão excelentes exemplos de cidadania, de inclusão, que vão se reproduzindo pelo Estado afora. Ficamos muito orgulhosos de vermos nossos conterrâneos, instituições e pessoas físicas receberem o reconhecimento pelo seu trabalho social de educação e de inclusão. É a cidadania em primeiro lugar”, afirmou o governador.

Vencedores

O Prêmio Bom Exemplo tem o objetivo de destacar ações sociais que contribuem para a melhoria da qualidade de vida em Minas e valorizar pessoas que trabalham para mudar a realidade em suas comunidades. O prêmio tem nove categorias. É coordenado pela Fundação Dom Cabral e Rede Globo Minas, com apoio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e jornal O Tempo.

Entre os vencedores desta edição está a Escola Estadual Bolivar Tinoco Mineiro, na categoria Educação. Localizada no bairro Ribeiro de Abreu, em Belo Horizonte, destacou-se pelo desempenho no Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), conseguindo reduzir os índices de evasão escolar. O exame implantado pelo Governo de Minas com o objetivo de medir o nível de leitura e escrita dos alunos com até oito anos de idade.

Na categoria Cidadania, o Prêmio Bom Exemplo foi entregue pelo governador Anastasia a Rodrigo Barcelos de Medeiros. O técnico em informática se destacou por oferecer transporte a pessoas em tratamento de saúde. Rodrigo Medeiros dá carona a 35 crianças e nove idosos com dificuldades de locomoção para escolas, cursos e hospitais. Ele arca com todos os custos.

Antonio Anastasia disse que todos devem aplaudir e torcer para que estes exemplos se espalhem por toda Minas Gerais. “São todos vencedores. É um trabalho voluntário, um trabalho amoroso feito com muito carinho. O Rodrigo tem um trabalho belíssimo, porque, com seus próprios recursos, leva as pessoas portadoras de deficiência. Ele foi o primeiro colocado na escolha popular. Mas são todos vencedores”, ressaltou o governador.

Também participaram da solenidade de entrega do Prêmio Bom Exemplo 2012 o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, a secretária de Estado de Cultura, Eliane Parreiras, a secretária adjunta de Estado de Educação, Maria Ceres Pimenta Spinola Castro, e a presidente do Serviço Voluntário de assistência Social (Servas), Andrea Neves, entre outras autoridades.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/antonio-anastasia-participa-da-entrega-do-premio-bom-exemplo-2012/

Governador Antonio Anastasia vistoria trabalhos de remoção de terra em Ouro Preto

 

OURO PRETO (17/01/12) – O governador Antonio Anastasia, acompanhado do senador Aécio Neves, da presidente do Servas, Andrea Neves, e do coordenador estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec-MG), coronel Luis Carlos Dias Martins, vistoriou, nesta terça-feira (17), os trabalhos finais de remoção de terra e entulhos em Ouro Preto, um das 174 cidades mineiras que decretaram situação de emergência em função dos estragos da chuva. No último dia 2, um deslizamento de terra no Morro do Piolho avançou sobre trecho da rua Padre Rolim, principal via de acesso à cidade, soterrando parte do terminal rodoviário, provocando a morte de duas pessoas.

Recebido pelo prefeito Ângelo Oswaldo, o governador Anastasia acompanhou os trabalhos de máquinas e caminhões para a remoção da terra. Ele se solidarizou com familiares dos dois taxistas mortos, devido ao soterramento. Antonio Anastasia também participou de manifestação religiosa, na Igreja São Francisco de Paula, em solidariedade às vítimas. Ao lado do pároco da igreja, padre Marcelo Moreira Santigo, e de Dom Francisco Barroso Filho, Anastasia assinou o livro de registro da sua visita.

“Essa visita de solidariedade a Ouro Preto também é uma demonstração para Minas e o Brasil de que a cidade histórica está em plenas condições de receber os turistas. O turismo é muito importante para a cidade, sendo a principal fonte de renda para Ouro Preto”, afirmou o governador.

Clique aqui para ver entrevista e imagens da visita de Antonio Anastasia a Ouro Preto.

Projetos

Em entrevista coletiva, o governador de Minas disse que a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru) recebeu da prefeitura de Ouro Preto uma lista de projetos de recuperação e prevenção de desastres de chuva. Com investimentos da ordem de R$ 9,1 milhões, as intervenções incluem contenção de encostas, drenagem de ruas e construção de muros de arrimo.

“Os projetos apresentados pelo prefeito Ângelo Oswaldo foram recebidos pela Sedru, estão sendo compatibilizados e serão nencaminhados ao Ministério do Planejamento. São projetos que visam basicamente à contenção de encostas, na medida que Ouro Preto, pela sua geografia, é uma cidade que sofre muito com o deslizamento das encostas”, afirmou.

É a segunda vez que o governador Anastasia visita a cidade histórica em razão dos estragos da chuva. Há duas semanas, Anastasia foi ao local do deslizamento de terra para acompanhar os trabalhos do Corpo de Bombeiros para o resgate das vítimas do acidente.

Solidariedade

Antonio Anastasia lembrou que medidas da ordem tributária, de estímulo às empresas, de recomposição da vida das pessoas, como o adiamento do pagamento de tarifas de energia e de água, entre outras ações, estão contribuindo para a volta a normalidade dos municípios atingidos. Ele aproveitou para agradecer mais uma vez a solidariedade do povo mineiro, diante dos desastres.

“Queria agradecer a solidariedade de todos os mineiros na campanha que está sendo feita pelo Servas, de doação de bens, alimentos, água, e todos os tipos de utensílios, para recompor um pouco as perdas que aconteceram”, disse.

O senador Aécio Neves disse que, graças às ações integradas, Ouro Preto se recompôs rapidamente e está pronta para receber turistas. Ele cobrou do governo federal agilidade na liberação de recursos para a reconstrução da cidade. “Não vou dizer que não há boa vontade, mas temos tantos trâmites burocráticos que acabam fazendo, como já ocorreu no passado, os recursos chegem alguns ou muitos meses depois do acontecido. É preciso que haja uma parceria mais efetiva do governo federal com os governos estaduais e municípios onde tradicionalmente as chuvas ocorrem”, disse.

Turismo

A expectativa da prefeitura municipal é que o trecho da rua Padre Rolim, afetado pelo deslizamento, seja liberado para tráfego de carros e pedestres na próxima semana. Um terminal rodoviário provisório foi instalado próximo ao posto oficial de informações turísticas da cidade, a menos de 500 metros da rodoviária.

O prefeito Ângelo Oswaldo agradeceu a visita do governador Antonio Anastasia. Ele ressaltou que Ouro Preto venceu os obstáculos trazidos pelos temporais e conjuga hoje obras de recuperação dos pontos críticos com a plena normalização da vida urbana. Segundo a prefeitura, existem no município 32 famílias desabrigadas e outras 85 desalojadas.

“A cidade voltou a receber intensos fluxos turísticos e todos que desejam conhecer esse patrimônio que compartilhamos com o mundo inteiro são muito bem-vindos e serão testemunhas da beleza da nossa cidade. O centro histórico não foi afetado e todas as cidades do Circuito do Ouro estão de igual modo de portas abertas para o turismo, responsável pro milhares de empregos da nossa comunidade”, afirmou o prefeito.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: entidades empresariais vão ajudar na construção das casas dos atingidos pelas chuvas

 

BELO HORIZONTE (17/01/12) – O governador Antonio Anastasia se reuniu, nesta terça-feira (17) com o senador Aécio Neves, o coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Luis Carlos Martins, a presidente do Servas, Andrea Neves, e os presidentes da Fiemg, Olavo Machado, e da Fecomércio, Lázaro Luiz Gonzaga. Eles discutiram propostas para ajuda do setor privado para a reconstrução de casas destruídas pelas chuvas que assolaram o Estado.

As entidades se comprometeram com o governador a doar material para a construção de casas para a população atingida pelas chuvas em Minas. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) já fez um levantamento das famílias que precisarão de apoio do poder público, constatando que hoje seria preciso a construção de cerca de 650 unidades.

“Depois dos anúncios relativos ao adiamento do recolhimento de ICMS, às tarifas de energia e de água, a entrega de materiais, a questão tributária, a questão do Fundese, nós tivemos uma reunião com a presença do presidente da Federação do Comércio e da Federação das Indústrias para tomar uma iniciativa sugerida pelo senador Aécio, que é a reconstrução das casas totalmente destruídas pelas enchentes. Nós vamos contar mais uma vez com a parceria das entidades empresariais e das prefeituras. Estamos estimando em cerca de 650 casas. Vamos entregar para as prefeituras o material de construção, que será originário de doações organizadas pela Fiemg e a Fecomércio, bem como assistência técnica”, anunciou o governador.

Anastasia explicou que a ação faz parte das duas primeiras etapas da estratégia do Governo para o atendimento às vítimas das chuvas, que são a volta à normalidade e a reconstrução das regiões afetas. A ideia é que terminado o período de chuvas já se tenha toda logística do sistema montado e identificado qual apoio técnico será necessário.

“É um esforço importante que o Governo vai realizar em parceria com a sociedade com o objetivo de restaurar essa normalidade no prazo mais curto. Claro que só vamos começar esse tipo de procedimento tão logo haja o término do período chuvoso e que deve ser, no mais tardar, no final do mês de fevereiro. Enquanto isso, vamos identificar todas as questões de logística. E vamos continuar sempre identificando outras possibilidade de minimizar as questões relativas aos danos das enchentes”, assegurou Anastasia.

A intenção é que o material de construção seja repassado para as prefeituras que ficarão encarregadas de construir as casas. O governo do Estado e as entidades, que participarão desse esforço, vão solicitar ao Ministério Público Estadual que fiscalize a aplicação dos recursos. “A Federação das Indústrias e a Federação do Comércio serão responsáveis, junto com as empresas, pela doação do material de construção. Vão identificar qual o material necessário para a construção dessas casas e vão ser responsáveis para que esse material seja doado. Nós vamos levá-los às prefeituras e também vão participar com assistência técnica, com engenheiros, com técnicos para orientarem as prefeituras, claro, de acordo com cada realidade, na reconstrução das casas”, explicou.

Referência

O senador Aécio Neves, presente na reunião que discutiu o plano para reconstrução das casas, destacou o trabalho que o governo de Minas vem fazendo para atendimento das regiões mais afetadas pelas chuvas. “Desde o início do período chuvoso, mesmo no ano passado, tenho conversado quase que diariamente com o governador Anastasia. A nossa Cedec é reconhecida pelo Governo Federal hoje como a mais bem estruturada do país”, disse.

“Eu trouxe ao governador Anastasia essa sugestão, que obviamente ele já trabalhava, e hoje nós iniciamos uma conversa com as duas principais entidades de classe de Minas Gerais para que nós voltemos a ter o apoio solidário das empresas que podem contribuir para a reconstrução. Acho que é uma resposta efetiva que nós podemos dar a partir da experiência que nós acumulamos ao longo dos últimos nove anos”, afirmou o senador mineiro.

Depois da intervenção do governador, que pediu a União agilidade na liberação dos recursos para ajuda aos municípios, o Estado recebeu hoje o primeiro repasse do Governo Federal para o atendimento emergencial para as vítimas das chuvas. O dinheiro será gasto para garantir a volta da normalidade aos municípios mais atingidos, primeira etapa do plano feito pelo Governo de Minas para atendimento às comunidades mineiras.

“Depois que o governador Anastasia requereu ao ministro da Integração o repasse dos recursos, o Governo do Estado conseguiu, hoje, receber o primeiro depósito, que é pertinente ao Estado. Foram R$ 3 milhões de R$ 10 milhões que serão repassados ao Estado de Minas. Outros quatro municípios, Muriaé, Ouro Preto, Vespasiano e Cipotânea, também receberam recursos do repasse emergencial direto do Governo Federal”, afirmou o coordenador da Cedec, coronel Luis Carlos Martins.

Fonte: Agência Minas