Arquivos do Blog

Gestão Eficiente: mais de 240 famílias atingidas pelas chuvas já receberam recursos do Minas Solidária

O dinheiro foi arrecadado através de doações de cidadãos e empresas. No total o Movimento recebeu cerca de R$ 800 mil

Na última semana, 243 famílias que foram afetadas pelas fortes chuvas do início do ano, receberam cheques no valor de um salário mínimo. A iniciativa é do Movimento Minas Solidária, que reúne o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais (Cedec-MG). Os recursos foram arrecadados por meio de doações de cidadãos e empresas em duas contas bancárias.

A entrega de cheques teve início no último dia 28 de maio, na cidade de Além Paraíba, na Zona da Mata e os recursos foram distribuídos para 137 famílias. No dia 14 de junho 124 famílias de Guaraciaba também receberam cheques no valor de um salário mínimo. Na semana passada famílias de Vespasiano, Guidoval, Dona Euzébia, Santo Hipólito e Brumadinho foram beneficiadas com as doações.

Por definição do conselho gestor dos recursos, formado pelo Ministério Público Estadual, Servas e Cedec-MG, podem receber o valor referente a um salário mínimo famílias atingidas pelas chuvas que estão registradas no Cadastro Único e tenham o Número de Inscrição Social (NIS).  No total, o Movimento Minas Solidária arrecadou R$ 772.586,04, depositados em contas no Bradesco e Banco do Brasil.

Nos próximos dias, também serão entregues recursos para famílias cadastradas na Cedec/MG dos seguintes municípios: Jeceaba, Dom Cavati, Paulistas, Eugenópolis, Entre Rios de Minas, Alvinópolis, Patrocínio do Muriaé, Matipó, Frei Gaspar e Mariana.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mais-de-240-familias-atingidas-pelas-chuvas-ja-receberam-recursos-do-minas-solidaria/

Anúncios

Gestão Anastasia: mais um criminoso, que integrava a lista do “Procura-se”, é detido em Minas Gerais

No mês de abril, pela segunda vez consecutiva, o Disque Denúncia Unificado bateu recorde histórico de denúncias recebidas

SEDS / Divulgação
Em abril, o Disque Denúncia recebeu 8.319 ligações, o maior número desde o lançamento do serviço
Em abril, o Disque Denúncia recebeu 8.319 ligações, o maior número desde o lançamento do serviço

Foi preso na madrugada desta quinta-feira (03) mais um integrante da lista do “Procura-se”, programa que lista os criminosos mais procurados do Estado. Wagner Luiz da Silva, 31 anos, também conhecido como “Fumaça”, foi detido pela Polícia Civil no município de Alvinópolis, na região Central de Minas Gerais, após investigações da Delegacia de Homicídios Leste. Ele é o décimo primeiro integrante do “Procura-se” a ser preso.

Wagner Luiz da Silva é procurado por homicídio e tráfico de drogas e teve o rosto estampado nas duas fases do programa “Procura-se”. Desde o lançamento da campanha, em outubro de 2011, o serviço 181 Disque Denúncia Unificado (DDU) recebeu 18 denúncias anônimas sobre o paradeiro do criminoso. Uma dessas denúncias, recebida no dia 14 de fevereiro, informava um possível endereço onde “Fumaça” estaria escondido, no município de Alvinópolis, bem como detalhes da moto usada por ele. A denúncia foi encaminhada à Polícia Civil como complemento às investigações.

Recorde

No mês de abril, pela segunda vez consecutiva, o Disque Denúncia Unificado bateu seu recorde histórico de denúncias recebidas. Foram 8.319 denúncias feitas ao 181 no mês passado, o maior número desde o lançamento do serviço, em 2007.

O programa “Procura-se” consiste na afixação de cartazes pelas cidades com fotos de foragidos da Justiça, com o objetivo de efetuar a prisão dos criminosos e inibir a sua circulação, por meio da participação da sociedade com denúncias ao 181. O projeto é da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Minas pela Paz.

Em sua primeira fase, o “Procura-se” teve início pela 1ª Região Integrada de Segurança Pública (1ª RISP) e, em dezembro de 2011, se estendeu para a Região Metropolitana de Belo Horizonte, abrangendo também a 2ª e a 3ª RISPs.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mais-um-criminoso-que-integrava-a-lista-do-procura-se-e-detido-em-minas-gerais/