Arquivos do Blog

Gestão da Saúde: Coronel Fabriciano receberá Força Tarefa de Combate à Dengue

A partir de segunda-feira, agentes da Secretaria de Saúde vão eliminar focos do mosquito transmissor da doença.

Alessandra Maximiano / SES
População de Coronel Fabriciano poderá trocar materiais que acumulam água por material escolar.
População de Coronel Fabriciano poderá trocar materiais que acumulam água por material escolar.

Coronel Fabriciano, na região do Vale do Aço, em Minas Gerais, receberá, a partir de segunda-feira (25), a Força Tarefa de Combate à Dengue, da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES). Além da eliminação de focos por equipes de agentes epidemiológicos, trocas de inservíveis – pneus, latas e pets – por material escolar serão feitas por meio do Dengue Móvel, de modo a estimular a população na tomada de hábitos preventivos. A Força Tarefa permanece no município até o dia 8 de julho.

O Dengue Móvel é um caminhão que percorre os bairros trocando materiais descartáveis por material escolar. Latas, garrafas pets e pneus serão entregues ao receber, respectivamente, borrachas, lápis e cadernos, de modo a estimular a população a retirar de casa os objetos que possam acumular água e se tornarem possíveis criadouros do mosquito. (veja programação no quadro abaixo)

Dados epidemiológicos deste ano apontam Coronel Fabriciano como o quinto município no Estado com maior número de casos notificados de dengue, foram registrados 973 casos até a terceira semana de junho. O número representa um aumento de aproximadamente 32% em relação ao mesmo período de 2011, quando o município notificou 734 casos da doença.

Desde o ano passado, a cidade, em ação integrada com a Gerência Regional de Saúde de Sete Lagoas, une esforços para reverter o panorama. Durante o ano de 2011 foram desenvolvidos mutirões de limpeza, reuniões técnicas e eliminação de potenciais focos.

Força Tarefa

Atuando nas áreas da Assistência, Comunicação e Epidemiologia, a Força Tarefa Dengue tem como arma as ações de mobilização social. Os profissionais que atuam na força tarefa têm por objetivo combater os focos que podem servir de criadouro para a dengue e conscientizar a população sobre o problema. Eles atuam como um reforço às ações que já devem existir nos municípios.

Além disso, durante a força tarefa, uma Equipe de Mobilização atua na cidade. Pesquisas indicam que 90% dos focos da dengue estão dentro das casas e que as pessoas sabem o que deve ser feito para combater o mosquito, mas não agem, daí a importância de um trabalho de mobilização.

As grandes inovações apresentadas pela Força Tarefa são o Dengue móvel e o Dengômetro. O material recolhido pelo Dengue Móvel tem destino certo. Nos municípios visitados pela Força Tarefa, cooperativas e associações de coletores de recicláveis convertem garrafas pet, latinhas e pneus e artesanato e peças de utilidade, como vassouras e artigos de cozinha.

Programação da Força Tarefa de Combate à Dengue em Coronel Fabriciano.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/coronel-fabriciano-recebera-forca-tarefa-de-combate-a-dengue/