Arquivos do Blog

Governo de Minas: imagens aéreas mostram estágio avançado da obra do Mineirão

BELO HORIZONTE (20/01/12) – Imagens aéreas, produzidas na manhã desta sexta-feira (20), mostram estágio avançado das obras da terceira e última etapa da modernização do estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão.

Os destaques são para os pré-moldados, que já dão forma à esplanada no entorno do estádio, para a construção da arquibancada inferior e para a primeira grua montada dentro do Mineirão, com alcance de 75 metros. O Mineirão terá capacidade para 64 mil torcedores. As obras se encontram 100% dentro do cronograma e serão concluídas em dezembro deste ano. As imagens estão disponíveis em um novo álbum de fotos no http://www.facebook.com/NMineirao.

“Estamos a menos de um ano da conclusão das obras do Mineirão, uma das maravilhas que a Copa do Mundo está nos proporcionando. Essas imagens demonstram que o trabalho está a todo vapor. Em pouco tempo, alcançaremos o pico de operários trabalhando nas obras, chegando a dois mil”, comenta o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sergio Barroso. No momento, 1,5 mil operários trabalham na modernização do Mineirão, incluindo detentos e mulheres.

O diretor-presidente da Minas Arena, Ricardo Barra, reitera o ritmo acelerado da construção. “Estamos todos empenhados e temos trabalhado intensamente para garantir a celeridade da obra e a entrega da arena no prazo”.

Esplanada

As imagens dão boa noção da dimensão da esplanada no entorno do estádio. Serão 80 mil metros quadrados, com capacidade para 65 mil pessoas, que transformarão o Mineirão em uma arena multiuso, que poderá ser palco de eventos de diversas modalidades esportivas, culturais, de lazer e religiosas. Quando for reinaugurada, a nova arena contará com 7 mil metros quadrados para comércio e estacionamento com 2.521 vagas para carros, sendo 1.534 vagas cobertas e 987 descobertas.

Obra em etapas

A modernização do Mineirão foi planejada em três etapas. Na primeira, de 25 de janeiro a junho de 2010, foram feitos reparos estruturais das vigas de sustentação do estádio. O custo foi de R$ 8,2 milhões, investidos pelo Governo de Minas. Na segunda etapa, de 26 de junho a 20 de dezembro, foi realizada a demolição de parte da arquibancada inferior e da geral, além de rebaixamento do gramado em 3,4 metros, com recursos de R$ 3,5 milhões, também do Governo do Estado.

Já a terceira e última etapa teve início em 22 de dezembro de 2010 e será finalizada em dezembro de 2012. Nessa fase, o Mineirão vem sendo adequado ao mais alto padrão de qualidade estabelecido pela Fifa. Para viabilizar a etapa, orçada em R$ 654 milhões, o Governo de Minas Gerais optou pelo modelo da gestão compartilhada.  A empresa Minas Arena conduz a obra e terá direito a operar o estádio por 25 anos.

Fonte: Agência Minas