Arquivos do Blog

Gestão Anastasia: Governo de Minas vai implantar projeto Agente Cousteau nas escolas públicas

Na primeira etapa, serão 150 mil alunos beneficiados; meta é atender mais de quatro milhões de estudantes

O crescimento industrial, atrelado ao aumento desordenado da população e a escassez de recursos naturais, fortaleceu a discussão sobre ações voltadas para a preservação ambiental. Com esse compromisso, o Governo de Minas, por meio da Unesco-Hidroex, em parceria com a Sociedade Cousteau e a Secretaria de Estado da Educação (SEE), decidiu implantar em todas as escolas públicas estaduais, o projeto Agente Cousteau – Educação para as Águas. O objetivo é alertar, instruir e incutir senso de ética ambiental nos alunos do ensino fundamental da 1ª à 6ª série.

O programa terá início em agosto deste ano, nas escolas públicas dos municípios pertencentes à Superintendência Regional de Ensino de Uberaba (SRE), no Triângulo Mineiro, atendendo a 150 mil crianças. Até 2014, a proposta é abranger todas as escolas públicas do Estado. Ao todo, quatro milhões de alunos serão capacitados no que se refere à compreensão da interdependência dos seres vivos e a importância da água.

Além de um ambiente virtual de aprendizagem, o projeto terá o mascote Cousteau em histórias em quadrinhos, que vai ensinar às crianças a importância da água e como elas podem contribuir para a preservação e seu uso sustentável. Haverá também integração com os estudantes pelo site http://www.agentecousteau.org.br, onde eles podem se inscrever para ser um agente Cousteau, participar de atividades lúdicas e realizar pesquisas sobre a água.

Sociedade Costeau

A metodologia utilizada pelo Governo de Minas se baseia no projeto desenvolvido pela Sociedade Cousteau. Fundada em 1973, por Jacques Cousteau, a organização, sem fins lucrativos, dedica-se à proteção de ecossistemas aquáticos e à melhoria da qualidade de vida, tanto da geração presente, como das futuras. Entre os projetos desenvolvidos pela organização está o de educação para as águas, que conta com um arquivo riquíssimo de filmes, fotografias, marcas e objetos sobre a descoberta dos oceanos e a vida que eles sustentam.

Com a mesma filosofia da Sociedade Cousteau, o Governo de Minas acredita que apenas um público instruído pode tomar decisões coerentes e necessárias à proteção e gestão dos recursos hídricos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-vai-implantar-projeto-agente-cousteau-nas-escolas-publicas/