Arquivos do Blog

Minas amplia saneamento básico em municípios

Abastecimento de água e esgotamento sanitário serão ampliados em municípios mineiros

Governo de Minas: esgotamento sanitário

Fonte: Agência Minas

Com recursos de R$ 40 milhões, Alberto Pinto Coelho assinou ordens de serviço que autorizam a Copasa a dar início a obras de saneamento em 38 cidades do Estado

O vice-governador Alberto Pinto Coelho assinou, na  tarde desta segunda-feira (21), na Cidade Administrativa, novas ordens de serviço que autorizam a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a dar início às obras para melhorias e ampliação dos sistemas de abastecimento de água (SAA) e de esgotamento sanitário (SES) em mais 38 municípios mineiros. Desta vez, os investimentos são da ordem de R$ 40 milhões para serem aplicados em cidades nas regiões Sul,Alto Paranaíba, Norte, Central e Metropolitana. Os recursos fazem parte do maior programa de investimento em saneamento da história do Estado, o Água da Gente.

Lançado pelo Governo de Minas no ano do cinquentenário da Copasa, o programa garante aporte da ordem de R$ 4,55 bilhões que serão aplicados, até 2016, nas 625 cidades em que a empresa atua. Os recursos serão destinados à ampliação e à implantação de sistemas de água e esgoto, beneficiando mais de 15 milhões de pessoas, em todo o Estado.

Alberto Pinto Coelho destacou a importância do Água da Gente. Segundo ele, o programa traz não só água de boa qualidade, mas também provém os municípios mineiros de esgotamento sanitário, o que, de acordo com o vice-governador é fundamental para a melhoria da qualidade de vida da população. “O programa se propõe a fazer a expansão das redes em todos os 625 municípios que atua. O saneamento é um dos grandes desafios da nação brasileira e Minas sai à frente avançando com esse programa e com a Copasa, que é uma empresa de referência nacional”, destacou.

De acordo com o diretor presidente da CopasaRicardo Simões, já foram investidos, desde março deste ano, quando o programa foi lançado pelo governador Antonio Anastasia, cerca de R$ 450 milhões.

O prefeito de Resende Costa, Aurélio Suenes de Resende, falou em nome dos municípios contemplados e agradeceu o governo estadual e a Copasa pelos investimentos. “O Água da Gente investe em saúde primária, que é a maior demanda dos municípios. Investir em saneamento é investir em saúde”, concluiu.

Confira abaixo a lista dos municípios beneficiados.

municipiosvice  Esgotamento sanitário em mais 38 municípios mineiros

Gestão Anastasia: contas da Copasa e Cemig terão regras especiais para atingidos pelas chuvas

BELO HORIZONTE (06/01/12) – O governador Antonio Anastasia determinou que as contas de água daqueles consumidores que ainda não foram processadas deverão ser faturadas pela média de consumo, até que a situação decorrente dos danos causados pelas chuvas seja normalizada no município. Os imóveis com sério comprometimento, identificados pela Defesa Civil, terão as contas cobradas com base no consumo mínimo.

Outra medida é o adiamento por 15 dias do pagamento das contas a partir desta sexta-feira (6). O processamento de contas que ainda não foi feito também será adiado pela Copasa. Os usuários também poderão solicitar alteração na data do vencimento das contas para, no máximo, 31 de março de 2012, ou o parcelamento, com a primeira parcela vencendo em março. Caso haja, na conta de fevereiro, aumento motivado por problemas relacionados às chuvas, o consumidor poderá solicitar a retificação, com base na média de consumo referente ao faturamento de dezembro de 2011.

Contas de luz

Também os consumidores da Cemig diretamente atingidos, de acordo com constatação da Defesa Civil, terão o prazo de vencimento das contas prorrogados para a data do vencimento do mês seguinte, sem juros ou correção.  A companhia energética poderá, individualmente, como forma de facilitar para o consumidor, caso haja vencimento de duas contas, dividir os valores acumulados pelas dívidas vencidas, em pelo menos duas parcelas.

Abastecimento de água

Nesta sexta-feira, as cidades de Alpercata, Pingo D’Água, São Domingos do Prata, Itueta, Capela Nova, Naque, Nanuque e Nova Era estão com o abastecimento de água prejudicado devido às chuvas dessa madrugada, que afetaram as unidades de produção e distribuição de água da Copasa.

Em Divinópolis, cerca de 90% da cidade já está com o abastecimento normalizado. A estação ficou paralisada nos momentos mais intensos das cheias do Rio Itapecerica. A produção de água foi retomada ontem (05), assim que o nível de água nos sistemas baixou. Somente alguns pontos mais altos na cidade  estão com o abastecimento prejudicado.

Nas cidades de Barão de Cocais, Belo Vale e Cataguases, os sistemas de produção já estão funcionando, mas a normalização completa do abastecimento ainda está ocorrendo gradativamente. Equipes da empresa, em todas essas regiões, continuam mobilizadas para solucionar os problemas o mais rápido possível.