Arquivo da categoria: Saúde

Governo de Minas: Secretaria de Saúde repassa mais de R$ 1 milhão para Sete Lagoas

A nova unidade terá a capacidade de atender mais 450 pacientes por dia

A Secretária de Estado de Saúde (SES) repassou nesta quarta-feira (25) para a Prefeitura de Sete Lagoas, na região central do estado, R$ 1.171.315,880 em recursos, que serão destinados para a aquisição de equipamentos e outros materiais permanentes e de consumo para a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Porte III.

“Considerando a importância para o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) da região central, a SES por meio desse convênio auxiliou a prefeitura com essa transferência. A intenção é contribuir de forma significativa para o fortalecimento da Saúde da população”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques.

A UPA que contará com um número mínimo de seis médicos por plantão terá capacidade para atender 450 pacientes por dia. A Unidade será equipada com leitos de observação, sala de classificação de risco, salas de exames, sala de urgência e beneficiará  cerca de 200 mil pessoas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-repassa-mais-de-r-1-milhao-para-sete-lagoas/

Anúncios

Gestão da Saúde: vacinação contra a Influenza começa dia 5 de maio em todo o Estado

A meta é imunizar 80% do público alvo, o que representa 2.522.623 milhões de mineiros

André Btant/SES-MG
A meta é, durante as três semanas da campanha, imunizar 80% do público alvo
A meta é, durante as três semanas da campanha, imunizar 80% do público alvo

Começa no dia 5 de maio e se estende até o dia 25 a campanha de vacinação contra a Influenza. Trata-se de uma vacina trivalente, que protege contra três vírus diferentes, incluindo gripe sazonal e Influenza A H1N1.

Em todo o Estado, serão imunizados idosos, gestantes, crianças com idade entre seis meses e dois anos, trabalhadores da área de saúde e indígenas que vivem em aldeias. Este ano, ainda irá receber a vacina, a população carcerária. A meta é, durante as três semanas da campanha, imunizar 80% do público alvo, o que representa 2.522.623 milhões de mineiros.

“Nosso objetivo é proteger a parcela da população que corre mais risco de ter a doença na forma mais grave. Com isso, vamos evitar as internações e, principalmente, a mortalidade em virtude da doença. A meta é vacinar pelo menos até 80% da população alvo”, afirma a coordenadora Estadual de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Tânia Brant.

Com o slogan “Proteger é Cuidar”, a campanha envolverá cerca de 13 mil profissionais de saúde em Minas Gerais. Haverá ainda 5.500 postos fixos e volantes, além de 1.525 veículos. Foram investidos R$ 2.696.972,91, sendo R$ 804.960,51 provenientes do tesouro estadual. Outros R$ 1.891.967,40 serão repassados aos Fundos Municipais de Saúde para operacionalização da campanha.

A vacina contra a influenza é composta por diferentes cepas do vírus Myxovirus influenza e inativados, fragmentados e purificados. A composição e concentração das substâncias que compõem a vacina são atualizadas a cada ano, levando em consideração os dados epidemiológicos e as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A vacina é contra indicada para pessoas que têm alergia grave a ovo de galinha e a seus derivados, bem como para aquelas que apresentaram reações anafiláticas graves a doses anteriores. “A contraindicação é válida somente nos casos de alergia grave. Ou seja, são aquelas pessoas que não podem comer sequer alimentos feitos que levem ovo”, explica Tânia.

Além disso, pessoas que estiverem com doenças agudas febris moderadas ou graves devem adiar a vacinação até o desaparecimento dos sintomas.

Doença

Os sintomas da Influenza Sazonal e da H1N1 costumam ser parecidos, sendo  que as duas são caracterizadas por febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações e coriza (nariz escorrendo). Elas, no entanto, são causadas por diferentes subtipos do vírus Influenza.

A Influenza ou Gripe A (H1N1) é uma doença respiratória aguda, altamente contagiosa de pessoa para pessoa, causada por um novo subtipo do vírus Influenza, que teve origem na recombinação genética do vírus de origem suína, humana e provavelmente aviária.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/vacinacao-contra-a-influenza-comeca-dia-5-de-maio-em-todo-o-estado/

Governo de Minas: laboratórios da Funed mantêm acreditação de qualidade junto a organização nacional

Acreditação comprova a qualidade dos serviços prestados pela Funed no monitoramento de 33 enfermidades

Leo Drumond
Todos os meses são realizadas, em média, 25 mil análises, atingindo 300 mil exames ao ano
Todos os meses são realizadas, em média, 25 mil análises, atingindo 300 mil exames ao ano

Uma auditoria realizada nos laboratórios que realizam diagnóstico de doenças da Fundação Ezequiel Dias (Funed) garantiu a manutenção da acreditação junto à Organização Nacional de Acreditação (ONA). O termo “acreditação” significa a consolidação do papel de excelência das organizações e, neste caso, comprova a qualidade dos serviços prestados pela Funed no monitoramento de 33 enfermidades, a exemplo de dengue, febre amarela, meningite, tuberculose, Aids, leishmaniose, dentre outras. Todos os meses são realizadas, em média, 25 mil análises, atingindo 300 mil exames ao ano.

A ONA, entidade não governamental reconhecida pelo Ministério da Saúde (MS), avalia e certifica a qualidade de serviços de saúde, de forma voluntária e periódica, a partir de um manual próprio, que inclui critérios de biossegurança, relacionamento com clientes e fornecedores e capacitação de pessoal, por exemplo. O processo é voltado para a melhoria contínua. A Funed conquistou a primeira acreditação junto à ONA em 2009 e, no ano seguinte, numa nova auditoria, a Organização recomendou a renovação por mais três anos, ou seja, até 2013, da certificação dos Laboratórios da Funed.

Durante esse período, a Funed fica submetida a avaliações de manutenção da condição de acreditado, como a que ocorreu dessa vez. Além dos laboratórios, foram avaliadas áreas administrativas, a exemplo dos serviços de manutenção e dos setores responsáveis pelo processo de compras. Isso exigiu uma integração ainda maior entre as diretorias da Funed, que trabalham em equipe para alcançar os bons resultados. Após o processo de auditoria, a ONA recomendou novamente a manutenção da acreditação da Fundação Ezequiel Dias.

As instituições acreditadas pela ONA são reconhecidas por oferecer mais segurança para pacientes e profissionais, qualidade na assistência, capacitação contínua das equipes e gerenciamento eficaz. “Essa recomendação confirma nosso compromisso com a qualidade do serviço prestado e soma-se a outros esforços nesse mesmo sentido”, afirma o presidente da Funed, Augusto Monteiro Guimarães.

A Fundação Ezequiel Dias tem ensaios habilitados junto a outras organizações de qualidade como a Rede Brasileira de Laboratórios Analíticos em Saúde (Reblas), o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e também possui processos certificados pela norma ISO 9001:2008. “A avaliação externa é uma forma de manter constante o desafio de melhorar, sempre, a qualidade dos serviços prestados à população”, afirma o presidente.

Um relatório conclusivo da auditoria será enviado pela equipe da ONA à Funed que terá o prazo de 15 dias para desenvolver o plano de ação para correção de pequenas não conformidades verificadas. “Enviaremos evidências de atuação aos auditores que verificarão, in loco, a eficácia das ações realizadas nas próximas auditorias”, explica o analista de saúde e tecnologia da Funed, Marcelo Pimenta.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/laboratorios-da-funed-mantem-acreditacao-de-qualidade-junto-a-organizacao-nacional/

Governo de Minas: Secretaria de Saúde reforça a importância da alimentação saudável no dia Mundial da Nutrição

Secretaria ressalta importância de uma nutrição balanceada e oferece algumas dicas

André Brant/SES-MG
Uma boa alimentação está entre as necessidades mais importantes para a saúde
Uma boa alimentação está entre as necessidades mais importantes para a saúde

Neste sábado (31), comemora-se o dia Mundial da Nutrição, e a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) fala sobre a importância de uma nutrição balanceada e oferece algumas dicas para melhorar a alimentação.

Diversos estudos têm demonstrado que o Brasil, assim como outros países em desenvolvimento, convivem com a transição nutricional, determinada frequentemente pela má-alimentação. O grande avanço da ciência na área da nutrição transformou o simples ato de comer em uma ferramenta poderosa na promoção da saúde. A cada dia são descobertos novos nutrientes aptos a atuar diretamente no organismo.

De acordo com a nutricionista da SES, Luciana Rodrigues, as necessidades da vida moderna, associadas a uma alimentação inadequada, levam ao aumento excessivo de peso e ao consequente surgimento de doenças crônicas, como problemas cardiovasculares, diabetes e hipertensão arterial.

“Por outro lado, uma nutrição adequada é capaz de diminuir o estresse, a ansiedade e  a irritabilidade, além de facilitar o controle de peso e do humor. Ela também auxilia no controle de diversas doenças, tornando o tratamento mais eficaz e favorecendo o paciente com uma recuperação mais rápida. Igualmente, pode promover a melhora no rendimento de esportistas, potencializar o desenvolvimento físico e cognitivo de crianças e adolescentes, contribuir para uma gestação plena e saudável e, por fim, ajudar a pessoa a lidar com as alterações naturais do envelhecimento”, completa.

Dicas sobre alimentação saudável

• Uma boa alimentação está entre as necessidades mais importantes para a saúde, associada à prática de atividade física.

• Para uma alimentação saudável, devemos escolher os cereais integrais associados às frutas, verduras e legumes – de preferência orgânicos – boas fontes de vitaminas e minerais antioxidantes, além de consumir fibras.

• Os óleos vegetais, como azeite, óleo de linhaça, de gergelim, são fontes de gorduras insaturadas, benéficas à saúde do coração e devem ser consumidos diariamente. Experimente substituir a manteiga nos pães integrais por um fio de azeite e algumas folhas de manjericão.

• Mantenha seu corpo hidratado: água, sucos de frutas e infusão de ervas são opções.

• Evite os alimentos refinados, industrializados, cheios de conservantes, corantes e gorduras trans. Diminua o consumo de sal, frituras, gorduras animais e álcool.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-reforca-a-importancia-da-alimentacao-saudavel-no-dia-mundial-da-nutricao/

Gestão Anastasia: Secretaria de Saúde alerta população para os sintomas da tuberculose

Dia de combate à doença é lembrado em todo o mundo dia 24 de março

No Dia Mundial de Combate à Tuberculose, lembrado neste sábado (24), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), alerta a população para os sintomas da doença que aparentemente são inofensivos.

Para evitar o contágio e proliferação da patologia, que chega a matar cerca de dois milhões de pessoas no mundo todo, a Secretaria de Saúde, por meio da Coordenação Estadual de Pneumologia Sanitária, atua em todo o Estado com o objetivo de formar e capacitar agentes de saúde e referências técnicas em TB das regionais e dos municípios prioritários, com relação aos principais cuidados, formas de tratamento e a própria sensibilização da sociedade civil no engajamento ao combate da tuberculose. O Estado também investe no monitoramento da doença, bem como a premiação das unidades que apresentam melhores indicadores, a divulgação de experiências exitosas (cases) para que outros municípios possam aplicá-las, além da otimização da Rede de Monitoramento e Avaliação para o Controle da Tuberculose.

De acordo com a coordenadora Estadual de Pneumologia Sanitária da SES, Fabiana Almeida, todos os municípios de Minas Gerais possuem capacidade para realizarem o tratamento contra a tuberculose na atenção primária (postos de saúde), salvo os casos mais complexos que necessitam de internação, uma vez que os medicamentos usados no combate à patologia são disponibilizados gratuitamente pelo SUS e ministrados por agentes de saúde capacitados. “O paciente infectado pela tuberculose, muitas vezes, após dar início ao tratamento, observa uma melhora significativa nos sintomas, e acaba abandonando a terapia, sem a ter concluído. Esta atitude pode acarretar no agravamento do caso, tanto no combate ao bacilo, no custo financeiro, quanto na transmissão para demais pessoas”, declarou.

A doença

A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada pelo bacilo de koch, afeta principalmente os pulmões podendo também ocorrer em outros órgãos do corpo como, por exemplo, ossos, rins e meninges. O sintoma característico da doença é tosse contínua por mais de três semanas podendo, posteriormente, apresentar secreções, como pus ou sangue, além do cansaço excessivo, febre, prostração, sudorese noturna (suor excessivo), falta de apetite e emagrecimento. Em Minas, por exemplo, 6% dos pacientes não seguem as recomendações médicas até estarem definitivamente curados, fazendo assim que as bactérias presentes no organismo fiquem ainda mais fortes.

Prevenção, tratamento e transmissão

Para prevenir o contágio com a doença é necessário imunizar todas as crianças de até quatro anos de idade, obrigatoriamente as menores de um ano, com a vacina BCG (Bacilo Calmette-Guérin). As crianças portadoras do vírus HIV não devem receber a vacina. A transmissão da patologia é feita de forma direta, podendo ocorrer de pessoa para pessoa via gotículas de saliva, e por meio do contato prolongado em ambientes fechados e pouco ventilados. Já o tratamento é feito a base de antibióticos, compostos por quatro fármacos, gratuitamente distribuídos pelos postos municipais de atendimento e dura em média seis meses.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-alerta-populacao-para-os-sintomas-da-tuberculose/

Gestão da Saúde: Hemominas realiza coleta noturna de sangue em Diamantina

A expectativa é atender cerca de 50 candidatos à doação de sangue

Hemominas realiza coleta noturna de sangue em Diamantina, nesta terça-feira (27), das 19h às 22h. A ação acontece na própria unidade, localizada na rua da Glória, 469, Centro. A expectativa é atender cerca de 50 candidatos à doação de sangue.

Segundo a Portaria 1.353/2011 do Ministério da Saúde, podem doar sangue cidadãos com boa saúde, idade entre 18 e 67 anos. Os candidatos devem pesar acima de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, e que não tenham doença de Chagas.  Jovens com 16 e 17 anos, somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

A idade máxima para a primeira doação de sangue é 60 anos. Os candidatos, que já tiverem doado pelo menos uma vez antes dos 60 anos, poderão doar até a idade de 67 anos. Para mais informações sobre os critérios para doação de sangue acessar http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/menu/cidadao/doacao/condicoes_doacao ou ligar para o 155.

Para os jovens, principalmente, o hotsite www.projetonaveia.com.br promove interatividade e participação também na divulgação da doação. Acesse e conheça o Projeto na Veia.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hemominas-realiza-coleta-noturna-de-sangue-em-diamantina/

Gestão da Saúde: Fhemig abre Processo Seletivo Público Simplificado para contratação de profissionais

As inscrições poderão ser feitas somente pela internet

Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informa que se iniciam às 9h do dia 26 de março, com encerramento às 17h do dia 2 de abril, as inscrições para o cadastramento de currículos para a contratação de profissionais em várias funções e em diversas cidades. As inscrições poderão ser feitas somente pela internet no endereçowww.fhemig.mg.gov.br  Processo Seletivo – Área do candidato.

As vagas destinam-se às funções de Engenheiro de Segurança do Trabalho (Patos de Minas); Terapeuta Ocupacional (Betim); Técnico em Farmácia (Barbacena, Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora, Patos de Minas e Sabará); Técnico em Contabilidade (Barbacena); Técnico em Patologia Clínica (Barbacena, Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora, Patos de Minas e Sabará); Técnico em Informática (Belo Horizonte, Betim, Juiz de Fora, Patos de Minas e Ubá); Técnico em Segurança do Trabalho (Belo Horizonte e Patos de Minas).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/fhemig-abre-processo-seletivo-publico-simplificado-para-contratacao-de-profissionais/

Governo de Minas: hidratação é fundamental para saúde da gestante e do bebê

A água é essencial para o funcionamento adequado do organismo

André Brant/SES-MG
O leite materno oferece ao bebê, até os seis meses de idade, quantidade de água suficiente para sua hidratação
O leite materno oferece ao bebê, até os seis meses de idade, quantidade de água suficiente para sua hidratação

Nesta quinta-feira (22), data em que se comemora o Dia Mundial da Água, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), preparou algumas dicas para alertar as mamães sobre a importância da hidratação, tendo em vista que a água é fundamental para a vida, porque compõe aproximadamente 60 a 70% do corpo humano, sendo essencial para o funcionamento adequado do organismo.

De acordo com a nutricionista da SES, Joyce Xavier, as crianças necessitam repor líquidos mais cedo e com maior frequência. “As crianças normalmente não tomam instintivamente a quantidade suficiente de líquidos para repor a água perdida, é importante que o adulto fique atento. É fundamental lembrar às mães que elas também não podem descuidar de sua própria hidratação”, explicou.

Diariamente nosso corpo perde água de diversas formas: pela urina, fezes, transpiração e processo respiratório. Conforme Joyce Xavier, se essas perdas diárias não forem repostas, pode ocorrer a desidratação, que em casos extremos pode ser fatal. Os primeiros sintomas da desidratação são: dores de cabeça, fadiga e desempenho físico e mental reduzidos. Por outro lado, o consumo excessivo de água pode causar hiponatremia (diminuição dos níveis sanguíneos de sódio).

Reforço na hidratação durante a gravidez

Alguns fatores aumentam a necessidade de água do nosso organismo. Na gravidez, por exemplo, a água é de fundamental importância para a formação do líquido amniótico e o aumento no volume de sangue e também para atender às necessidades do feto em desenvolvimento.

A amamentação também constitui um fator que aumenta a necessidade de água. O leite é composto de 87% de água, sendo sua produção dependente da ingestão adequada de líquidos. Um bebê que é amamentado não necessita de água, chá ou suco. O leite materno oferece ao bebê, até os seis meses de idade, quantidade de água suficiente para sua hidratação.

Lembrando que a criança ao nascer é constituída de aproximadamente 79% de água, de 70 a 75% nas primeiras semanas de vida e, no primeiro ano de vida, atinge de 60 a 65%. Como o estômago e intestino do bebê até os seis meses de vida ainda estão imaturos, mesmo uma “inocente” água pode provocar diarréia e vômitos, aumentando as chances de desidratação. Por isso, nessa etapa da amamentação, quem precisa de muita água para garantir a quantidade de nutrientes suficientes para o leite materno é a mamãe.

Para os bebês que já passaram dos seis meses e estão se alimentando de outros alimentos, a oferta de água é extremamente necessária para hidratá-los. Por isso, é importante oferecer água quando a criança estiver acordada. Deve-se aumentar a oferta de líquidos nos dias quentes e quando o bebê estiver com febre. Crianças precisam mais de água do que um adulto, pois são mais suscetíveis ao estresse por calor já que possuem pouca massa corporal e com isso absorvem mais calor. Também tem uma menor capacidade de suar que os adultos, tendo assim menos capacidade de dissipar o calor do corpo.

“A água se faz necessária para o crescimento das crianças e para o melhor funcionamento do organismo, melhorando as funções dos rins, bexiga e intestino. As frutas, sucos, legumes e verduras também são fontes de água para o corpo humano. Mas as crianças devem beber pelo menos quatro copos com água fervida ou filtrada para garantir a harmonia do seu corpo”, completa a nutricionista. Além disso, a boa hidratação da criança previne a prisão de ventre, pois a água melhora o trânsito intestinal e umidifica as fezes.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/hidratacao-e-fundamental-para-saude-da-gestante-e-do-bebe/

Gestão da Saúde: município de Ipatinga recebe Força Tarefa de combate à dengue recebe Força Tarefa de combate à dengue

Os mobilizadores vão percorrer casas, lojas comerciais e lotes baldios para eliminar os possíveis criadouros do Aedes aegypti

Na próxima semana, entre os dias 7 e 14 de fevereiro, é a vez da cidade de Ipatinga, no Leste de Minas, receber a equipe da Força Tarefa de combate à dengue. Para reforçar a luta contra a doença, será feita uma vistoria nas áreas consideradas de risco, e os mobilizadores vão percorrer casas, lojas comerciais e lotes baldios para eliminar os possíveis criadouros do Aedes aegypti.

Nos dias 10, 11 e 13, o município vai receber o Dengue Móvel, onde as pessoas poderão trocar objetos que acumulam água por material escolar. Haverá também, no dia 12, uma blitz educativa para conscientizar a população sobre a importância de se combater os focos do mosquito diariamente.

Programação

Dia 10 (sexta-feira) – Dengue Móvel

Hora: 8h às 14h

Local: Praça Principal – Avenida Esperança / Bairro: Esperança (próximo à Drogaria Itacolomy).

Dia 11 (sábado) – Dengue Móvel

Hora: 9h às 12h – Evento Minha cidade sem dengue

Local: Praça 1º de Maio – Avenida João Valentim Pascoal / Bairro Centro

Dia 12 (domingo) – Blitz educativa e panfletagem

Hora: 8h às 11h

Local: Avenida Selim José de Sales / Bairro: Canãa (perto do Banco do Brasil)

Dia 13 (segunda-feira) – Dengue Móvel

Hora: 8h às 11h

Local: Campo do Bigode – Rua: Mangaratiba / Bairro: Veneza (perto da UBS do Veneza II)

Hora: 13h às 16h

Local: Praça Principal – Avenida das Flores / Bairro: Bom Jardim

Fonte: Agência Minas