Arquivo da categoria: Governo Antonio Anastasia

Gestão da Educação: operários do Mineirão recebem diploma

Governo Anstasia: Seis profissionais que atuam na reforma e estudam na instituição montada no canteiro do estádio vão se formar no ensino fundamental

Sylvio Coutinho
Cerca de 80 trabalhadores da obra já passaram pela escola montada no canteiro do estádio
Cerca de 80 trabalhadores da obra já passaram pela escola montada no canteiro do estádio
 

Seis operários da escola de alfabetização do Mineirão vão se formar como estudantes do ensino fundamental nesta sexta-feira (10). O carpinteiro Roberto Carlos de Souza, 45 anos, é um deles. “Se não fosse essa obra, não teria chegado até aqui. Havia parado de estudar em 1980”, conta o formando, que vendia picolé em porta de escola. Ele planeja continuar os estudos para conseguir novos trabalhos. “Já perdi muitas oportunidades porque não sabia ler ou escrever corretamente. Agora faço contas de cabeça”, comemora o aluno de Divino, cidade da Zona da Mata mineira.

Cerca de 80 trabalhadores da obra já passaram pela escola montada no canteiro do estádio. As aulas fazem parte da modalidade de Educação para Jovens e Adultos (EJA), da rede pública de ensinos fundamental e médio. Atualmente, os 31 alunos estão distribuídos em três tipos distintos de turmas: de alfabetização, de nível intermediário e, por último, a classe de certificação, da qual fazem parte os formandos.

Para Ricardo Barra, diretor-presidente da Minas Arena, empresa responsável pela obra, a iniciativa é parte indispensável de um empreendimento dessa magnitude. “É gratificante oferecer essa oportunidade e saber que muitos operários passam a acumular novos conhecimentos em busca de qualificação profissional e realização pessoal”, comenta.

A professora Danusa Carvalhaes reforça a grandeza de sua atuação. “Meu trabalho é muito reconhecido por todos eles, que participam ativamente das aulas. É muito gratificante, minha relação com eles é ótima”, diz.

O motorista Melchisedec Harlem de Brito, 40 anos, conhecido como Mequinha, também é outro exemplo de determinação por ter corrigido a distância de 17 anos longe da escola. “Entrei na obra como servente e hoje sou motorista. Parei de estudar na quinta série e fui trabalhar para sobreviver. Uma das melhores coisas foi ter aprendido mais sobre matemática para melhorar na soma de medidas e outros cálculos”, revela.

O secretário interino da Secopa, Fuad Noman, elogia a iniciativa. “Responsabilidade social hoje é uma realidade que gera resultados perenes não só para o próprio beneficiado, como é o caso dos alunos da escola do estádio, mas também para o mercado, que passa a contar com mão de obra mais qualificada”, conclui.

Fontehttp://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/operarios-da-escola-de-alfabetizacao-do-mineirao-recebem-diploma/

Anúncios

Gestão Anastasia: Governo de Minas assina protocolo com empresas de energia

Serão investidos R$ 461 milhões para construção de cinco Pequenas Centrais Hidrelétricas no Norte e Região Central do Estado

O governador Antonio Anastasia assinou nesta segunda-feira (18), no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, protocolos de intenções com a Orteng Energia e a RBO Energia S.A. para instalação de cinco Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) em Minas Gerais. Com investimento total R$ 461 milhões, as PCHs serão instaladas em quatro municípios do Norte do Estado: Cristália, Lassance, Riachinho e Santa Fé de Minas e uma em Morada Nova de Minas, na Região Central.

Com previsão de operação para 2015, as PCHs irão gerar 69,3 MW, energia suficiente para abastecer uma cidade com 170 mil habitantes. Durante a construção das PCHs serão gerados 3,3 mil empregos, sendo 1,4 mil diretos e 1,9 mil indiretos. Após a entrada em operação, as PCHs vão gerar 24 empregos em cada unidade, seis diretos e 18 indiretos.

“Estamos vivendo essa semana um momento ambiental muito apropriado para esse protocolo, na medida em que estamos tratando de energia limpa e sustentável, pequenas centrais hidrelétricas em regiões importantes do Estado e que necessitam de investimentos alternativos. Tenho certeza que estes investimentos darão retorno aos investidores, mas trará, principalmente, retorno social, inclusão regional e, ao mesmo tempo, vai fomentar o desenvolvimento econômico dessas regiões”, disse o governador.

A RBO Energia investirá R$ 369 milhões para construção de quatro PCHs: Jatobá, em Santa Fé de Minas, com geração de 15,3 MW; Santo André, em Riachinho, com geração de 12,0 MW; Santa Helena, em Lassance, com geração de 5,5 MW, e Grão Mogol, em Cristália, com geração de 27,0 MW.

O diretor operacional da RBO Energia, Carlos Pavanelli, destacou os investimentos nas quatro PCHs a serem instaladas no Norte de Minas. “Esses empreendimentos serão responsáveis pela ampliação de 1.200 empregos diretos e 1.600 empregos indiretos durante a etapa de construção ao longo de três ou quatro anos contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de Minas Gerais”, disse ele. A empresa se compromete a utilizar, preferencialmente, fornecedores e prestadores de serviço sediados em Minas Gerais, desde que atinjam os requisitos de igualdade de condições e o nível técnico.

A Orteng investirá R$ 92,2 milhões para instalação da PCH Borrachudo, em Morada Nova de Minas, com geração de 9,56 MW. A estimativa é de que 500 empregos diretos e indiretos sejam gerados durante as obras.

“No caso de Morada Nova de Minas uma coincidência muito feliz também com a presença da jazida de gás, certamente essa energia lá produzida vai ajudar também a fomentar a matriz energética alternativa no São Francisco e em Morada Nova de Minas”, ressaltou Anastasia.

Participaram da solenidade a secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, o presidente do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), José Frederico Álvares, o vice-presidente da Cemig, Arlindo Porto, o presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e do grupo Orteng, Robson Andrade, e o presidente da Orteng Energia, Ricardo Vinhas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-assina-protocolo-com-empresas-de-energia/

Governo de Minas: Secretaria de Estado de Meio Ambiente participa de debates preparatórios para a Rio + 20

Segundo a subsecretária Marília Melo, discussões frisaram que as soluções para os problemas globais devem partir de ações locais.

Divulgação / Semad
Subsecretária de Fiscalização e Controle Ambiental da Semad, Marília Melo, participou de debates no Riocentro
Subsecretária de Fiscalização e Controle Ambiental da Semad, Marília Melo, participou de debates no Riocentro

A subsecretária de Fiscalização e Controle Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Sisema), Marília Melo, participou nesta quarta-feira (13) de um dos debates da III Reunião do Comitê Preparatório para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio + 20. O “Draft Zero”, como é conhecido o documento, é fruto de sugestões e contribuições de países, grupos regionais, organizações internacionais e da sociedade civil. De acordo com Marília Melo, as discussões frisaram que a construção de soluções para problemas globais deve ser pautada em ações de âmbito local.

Outro ponto ressaltado nos debates, segundo a subsecretária, foi a necessidade de um fortalecimento institucional para a gestão ambiental, que segundo os conferencistas da mesa, passa pela efetiva participação da sociedade civil nas discussões, formulações e implementação das políticaspúblicas. “Em Minas Gerais o Conselho de PolíticaAmbiental e suas unidades regionais colegiadas, além do Conselho Estadual de Recursos Hídricos já vêm exercendo essa  função há alguns anos”, avaliou.

Participação Mineira

O Governo de Minas participa da delegação brasileira na Rio+ 20 com 10 representantes das Secretarias de  Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sects), do Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema), da Secretaria de Estado para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas (Sedvan), da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), da Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas Unesco (Hidroex) e da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O Estado conta também com um estande, montado no Parque dos Atletas.O espaço foi desenvolvido com materiais sustentáveis como o piso reciclado, feito com material composto por 70% de caixinhas longa vida, 30% de fibras vegetais, plástico e outros reciclados, além da cobertura das paredes feita de pastilhas obtidas pela casca do coco.

Com 100 metros quadrados, o estande apresenta aos visitantes os projetos e ações do Governo de Minas, alinhados aos temas da Rio+ 20. Alguns projetos tiveram destaque no estande Mineiro como o Programa Ambientação, educação ambiental em prédios públicos de MG, que oferece quatro jogos interativos ao público; o Pólo de Excelência em Inovação Ambiental, que visa atender o desafio da diversificação da economia mineira via inovação ambiental; e o Projeto de Inclusão Produtiva, por meio do assessoramento e qualificação profissional de empreendimentos individuais, familiares e coletivos das cadeias produtivas da reciclagem, confecção, alimentos, artesanato e o setor de serviços autônomos.

Rio + 20

A Conferência contará com a presença de chefes de Estado e de Governos do mundo inteiro e marca o 20o aniversário da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento realizada no Rio de Janeiro em 1992 e o décimo aniversário da Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável promovida em Joanesburgo em 2002.

Além de abordar os novos desafios enfrentados mundialmente, a conferência tem como objetivos avaliar os progressos já obtidos e as lacunas que ainda existem na implementação dos resultados dos principais encontros sobre desenvolvimento sustentável e assegurar um comportamento político renovado, com referência aos temas tratados no encontro.

O evento espera reunir diplomatas e chefes de Estado de 183 países. Um grupo de cerca de 50 representantes de diversas secretarias do Estado de Minas Gerais participam dos encontros e debates da conferência.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-estado-de-meio-ambiente-participa-de-debates-preparatorios-para-a-rio-20/

Governo de Minas: Governador Antonio Anastasia recebe embaixadora da União Europeia

Ana Paula Zacarias colocou Minas Gerais como uma das principais opções de cooperação internacional em ciência e tecnologia

Divulgação
Antonio Anastasia recebeu a embaixadora da União Europeia no Brasil, Ana Paula Zacarias (esq.), para discutir assuntos de interesses mútuos
Antonio Anastasia recebeu a embaixadora da União Europeia no Brasil, Ana Paula Zacarias (esq.), para discutir assuntos de interesses mútuos

O governador Antonio Anastasia recebeu, em audiência, nesta quinta-feira (24), no Palácio das Magabeiras, em Belo Horizonte, a embaixadora da União Europeia no Brasil, Ana Paula Zacarias.

Durante o encontro a embaixadora falou da disposição do bloco em aumentar os investimentos em Ciência e Tecnologia e colocou Minas Gerais como uma das principais opções de cooperação na área para os próximos anos. A troca de experiências na área ambiental também está na pauta dos dois entes.

A intenção do Estado é, em meio a crise econômica que atinge parte dos países europeus, gerar mais oportunidades de negócios para Minas Gerais. Desde 2007, a parceria entre a União Europeia e Estado mineiro vem crescendo exponencialmente. O objetivo agora é catalizar ainda mais essa cooperação.

Para tanto, a embaixadora anunciou ao governador que o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, optou por prolongar sua estadia no Brasil durante o encontro ambiental da Rio + 20 para visitar Minas Gerais. Entre os dias 22 e 24 de junho, Durão deverá se encontrar com Anastasia, secretários de Estado e empresários para mostrar sua disposição em garantir a maior cooperação entre o bloco e Minas Gerais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-antonio-anastasia-recebe-embaixadora-da-uniao-europeia/

Governo de Minas: alunos de música do Cefar apresentam primeiro recital de 2012 no Palácio das Artes

Programa terá obras de Bach, Villa-Lobos, Tom Jobim e Vinícius de Moraes

Os alunos do curso de música do Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado (Cefar) apresentam na próxima segunda-feira (28), às 19h, na Sala Juvenal Dias, no Palácio das Artes, o primeiro recital do programa acadêmico de 2012. O concerto tem entrada gratuita.

No programa da apresentação, estão obras de compositores consagrados na música erudita – como Bach, Browner, Mozart e Villa-Lobos – e na Música Popular Brasileira – como Chico Buarque, Vinícius de Moraes e Tom Jobim. Dentre os destaques do concerto estão as presenças de instrumentos menos conhecidos fora da formação de grandes grupos, como o trombone e o oboé, por exemplo, e a participação do Coro do Cefar, com mais de 70 vozes. A apresentação contará, ainda, com a participação de professores do curso de música do Cefar, que dividirão o palco com seus alunos em diversos momentos (piano, oboé e regência do coro da escola) e dos músicos convidados Thiago Braz e Arthur Azzi (ex-alunos Cefar).

Para a coordenadora do curso de Música do Cefar, Jacyara Araújo, “os recitais agregam de maneira fundamental o processo de formação dos alunos, sendo o momento em que estes iniciarão contato com o palco e o público na interpretação de pequenas peças ou movimentos musicais de grandes compositores clássicos”. E completa: “As apresentações contribuem para que os alunos formem-se com a capacidade técnica, artística e emocional de executar um repertório completo com qualidade, em espaço adequado para audição acústica, e para os mais diversos públicos”.

Serviço:

Recital de Alunos de Música do Cefar e convidados

Data: 28.05 – segunda-feira | Horário: 19h

Local: Sala Juvenal Dias (Avenida Afonso Pena, 1.537 – piso inferior)

Classificação etária: Livre

Entrada Gratuita

Informações: 3236-7400

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/alunos-de-musica-do-cefar-apresentam-primeiro-recital-de-2012-no-palacio-das-artes/

Gestão Antonio Anastasia: Governo de Minas redobra atividades de prevenção a incêndios florestais em todo o Estado

Equipes do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos realizam treinamentos especiais

O Governo de Minas intensifica o trabalho de prevenção aos incêndios florestais com a proximidade do período mais seco do ano e mais vulnerável ao fogo. Em maio, as equipes do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) realizarão treinamentos, visitas a proprietários rurais e atividades de campo em diversos pontos Estado.

As atividades são voltadas principalmente para os moradores do entorno das unidades de conservação estaduais. “O objetivo é conseguir sensibilizar as pessoas que convivem com essas áreas e torná-las parceiras na prevenção”, afirma a Diretora de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Eventos Críticos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Zenilde das Graças Guimarães Viola.

Nos dias 08, 09 e 10 de maio são realizados Dias de Campo nos Parques Estaduais de Sete Salões (no município de Resplendor) e Rio Corrente (em Açucena) e no Monumento Natural Gruta Rei do Mato (Sete Lagoas), respectivamente. No dia 16, a atividade acontecerá na Área de Proteção Ambiental Cachoeira das Andorinhas, em Ouro Preto.

O Dia de Campo é uma atividade realizada junto às comunidades rurais que vivem no entorno das unidades de conservação na qual são apresentados cuidados que devem ser observados para o uso da queima controlada e para prevenção a incêndios florestais. Também são apresentadas outras atividades desenvolvidas pelo Sisema e que são de interesse dos produtores rurais, como os projetos de fomento florestal, regularização de reserva legal e o programa Bolsa Verde.

Agenda

Do dia 08 ao dia 10 de maio, será realizada uma Caravana Ambiental que visitará diversas localidades no entorno do Parque Estadual do Itacolomi, em Ouro Preto e Mariana. Do dia 15 ao dia 18, a atividade acontecerá no Parque Estadual do Sumidouro, em Lagoa Santa e Pedro Leopoldo.

As Caravanas Ambientais também têm o objetivo de sensibilizar as comunidades sobre a importância das áreas de preservação e o efeito das queimadas na biodiversidade, incentivando a participação de todos na busca integrada de soluções dos problemas referentes ao uso do fogo. Durante a atividade, é demonstrado o trabalho desenvolvido pelo Sisema de forma a estimular os moradores a participarem ativamente do trabalho, fazendo o curso de brigadistas voluntários, por exemplo.

Também serão realizadas visitas preventivas aos Parques Estaduais de Grão Mogol e Serra Nova e à Área de Proteção Ambiental Cochá e Gibão. As visitas são feitas às propriedades rurais para orientar os produtores a não usarem o fogo como forma de limpeza de áreas sem autorização e também para que os técnicos do Previncêndio e funcionários das unidades de conservação identifiquem áreas mais vulneráveis ao início de incêndios.

Em maio, também serão realizados cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Brigada, Primeiros Socorros e Resgate, bem com o de Técnicas de Emprego de Aeronave em Combate a Incêndios. Veja a agenda completa de atividades do Previncêndio em maio no quadro abaixo.

As atividades fazem parte do Plano de Ação para Prevenção e Combate a Incêndios Florestais 2012, desenvolvido pela Semad para reduzir o número de incêndios florestais nas Unidades de Conservação.

O objetivo é dar respostas cada vez mais rápidas e melhorar a articulação entre organizações públicas e privadas e da sociedade civil no esforço conjunto de evitar e combater o fogo nas unidades de conservação de Minas Gerais.

 

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-redobra-atividades-de-prevencao-a-incendios-florestais-em-todo-o-estado/

Governo de Minas: Workshop sobre piscicultura destaca produção de tilápias do nilo

O evento é destinado a produtores rurais, extensionistas, professores e estudantes

Epamig / Divulgação
Epamig vai promover, na Fazenda Experimental de Arcos, um workshop sobre piscicultura
Epamig vai promover, na Fazenda Experimental de Arcos, um workshop sobre piscicultura

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) promove, no próximo dia 11 de maio, na Fazenda Experimental de Arcos, no Centro-Oeste do Estado, um workshop sobre piscicultura. O pesquisador da Epamig Centro-Oeste, Vicente de Paulo Macedo Gontijo, apresentará a palestra “Sistema de fluxo contínuo de água para produção de tilápias do nilo”. Trata-se de uma técnica que utiliza caixas de fibra de vidro onde a água circula ininterruptamente. O sistema oferece várias vantagens, como facilidade de manejo, redução dos impactos ambientais e aumento significativo do volume produzido.

Os participantes do workshop poderão visitar a Unidade Demonstrativa do sistema instalada na Fazenda Experimental. Eles também poderão obter informações sobre os benefícios ambientais e econômicos do uso das caixas d’água, tais como reutilização da água na produção de microalgas e no cultivo de vegetais por hidroponia, e controle de variáveis como a temperatura da água, limpeza e desinfecção.

O evento, que terá início às 13h, é gratuito e destinado a produtores rurais, extensionistas, professores e estudantes. As inscrições serão feitas no local do workshop, a partir de 13h.

Workshop piscicultura

Data: 11 de maio de 2012

Local: Fazenda Experimental da EPAMIG em Arcos – Rodovia MG 170, Km 73 – Zona Rural

Informações: (37) 3351-5124 – fear@epamig.br.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/workshop-sobre-piscicultura-destaca-producao-de-tilapias-do-nilo/

Governo de Minas: mineirão recebe estrutura de sustentação da nova cobertura

Todas as cadeiras do estádio ficarão cobertas, inclusive as que serão instaladas na arquibancada inferior

As estruturas de aço que irão sustentar a cobertura do Novo Mineirão já estão chegando ao estádio da Pampulha. A cobertura que está sendo construída será um prolongamento de 26 metros da estrutura já existente.

Com as obras, todas as cadeiras do estádio ficarão cobertas, inclusive as que serão instaladas na arquibancada inferior do Novo Mineirão. A modernização do estádio fará com que Minas Gerais seja uma referência durante a realização da Copa do Mundo de 2014.

A cobertura será feita com um material especial, que reduz o calor, sem interferir na passagem de luz, assegurando mais conforto aos torcedores, atletas e profissionais de imprensa.

A estrutura será, ainda, um exemplo de sustentabilidade. Calhas coletoras armazenarão água da chuva, para reutilização no próprio Mineirão. Além disso, a cobertura também fará absorção da luz solar, para conversão em energia. As obras serão concluídas até dezembro de 2013.

Para mais informações, assista o vídeo ao lado. Para saber mais sobre a nova cobertura do Mineirão clique aqui.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mineirao-recebe-estrutura-de-sustentacao-da-nova-cobertura/

Gestão Anastasia: secretaria de Estado de Cultura assina convênio para continuidade do programa Música Minas em 2012

Convênio será de R$ 1,1 milhão para estruturação e desenvolvimento da cadeia produtiva da música

A Secretaria de Estado de Cultura assina convênio com o Fórum da Música de Minas Gerais, no dia 10 de maio, para garantir a continuidade do programa Música Minas em 2012. A solenidade será realizada no Teatro João Ceschiatti, no Palácio das Artes, e contará com a presença da secretária Eliane Parreiras e de representantes das entidades que compõem o Fórum da Música. O valor total do convênio da edição 2012 será de R$ 1,1 milhão.

Voltado para a estruturação e o desenvolvimento da cadeia produtiva da música produzida em Minas Gerais, o programa foi criado em 2009 por meio de parceria inédita e bem sucedida entre a sociedade civil e o Estado.

A gestão do programa é feita pela Secretaria de Estado de Cultura, com dotação orçamentária do Governo de Minas, em parceria com o Fórum da Música de Minas Gerais, que reúne entidades representativas da música no Estado – Ammuce (Associação dos Amigos do Museu Clube da Esquina), Comum (Cooperativa da Música de Minas), FEM (Fora do Eixo Minas), Grupo Cultural NUC, Rede Catitu, SIM (Sociedade Independente da Música) e Vale Mais (Instituto Sociocultural do Jequitinhonha).

Durante seus três anos de existência, foram contemplados artistas dos mais diversos gêneros, a exemplo de nomes como Affonsinho, Aline Calixto, Babilak Bah, Berimbrown, Black Sonora, Capim Seco, Cartoon, Dead Lover’s Twisted Heart, Éderson Urias, Eminence, Érika Machado, Flávio Henrique, Flávio Renegado, Fusile, Gilberto Mauro, Graveola e o Lixo Polifônico, Kdu dos Anjos, Kiko Klaus, Lúdica Música, Mariana Nunes, Mestre Jonas, Orquestra Ouro Preto, Patrícia Ahmaral, Raquel Coutinho, Samba de Luiz, Tabajara Belo, Transmissor, Vander Lee, entre outros importantes representantes da multiplicidade musical do Estado.

Com resultados expressivos, o programa é reconhecido internacionalmente pelos resultados obtidos na divulgação da música mineira, além de ser um dos principais responsáveis por Minas Gerais ser o estado brasileiro que atualmente mais exporta e divulga a música produzida em seu território.

Trajetória

Desde o seu lançamento, em 2009, o programa beneficiou cerca de 740 artistas, por meio de 173 propostas selecionadas pelos Editais de Circulação Estadual, Circulação Nacional, Circulação Internacional e Intercâmbio. Também contaram com a presença de artistas mineiros as mais importantes Feiras e os mais renomados eventos internacionais

Interiorização

Para fortalecer o programa Música Minas, foi iniciada em 2011, em 25 municípios mineiros, uma ação de interiorização com o objetivo de mapear a produção musical, apresentar o programa e incentivar a participação de artistas e agentes culturais do interior do Estado. Após essa ação, foi registrado um aumento considerável de participação de artistas do interior de Minas no editais do programa.

Novidades

Para a edição de 2012, estão previstos o lançamento de mais um edital para a seleção de artistas que irão compor a Coletânea Música Minas, apresentando trabalhos dos mais diversos gêneros e estilos, além de um livro focado na trajetória do programa e a tradução do Portal Música Minas para o inglês e espanhol. Também para esse ano, as ações de interiorização serão ampliadas para atingir mais 28 municípios.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-estado-de-cultura-assina-convenio-para-continuidade-do-programa-musica-minas-em-2012/

Governo de Minas: mobilização do Poupança Jovem arrecada cerca de 1.200 livros para distribuição no Ação Global

Programa é destinado a alunos da rede estadual que residem em áreas de vulnerabilidade social

Cristiane Soares/Poupança Jovem
Durante a Ação Global, em Betim, Cantinho da Leitura arrecadou cententas de livros
Durante a Ação Global, em Betim, Cantinho da Leitura arrecadou cententas de livros

A mobilização dos alunos do Poupança Jovem de Sabará e Esmeraldas resultou na doação de quase 1.200 livros literários para os moradores de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As obras foram disponibilizadas durante a Ação Global, realizada no último sábado (5). O Cantinho da Leitura ainda contou com os estudantes como voluntários. “É a primeira vez que participo da Ação Global. Vejo que valeu a pena ter coletado os livros, pois muitos deles, que ficam parados em nossas casas, serão úteis para outras pessoas”, destacou a estudante Adriele Fernanda, de 17 anos.

A coordenadora do Processo Estratégico Poupança Jovem em Esmeraldas, Marilane Rodrigues, garantiu que a iniciativa não vai se resumir à Ação Global. “A partir dessa ideia, o Poupança Jovem de Esmeraldas criará um espaço na biblioteca municipal da cidade e outro na Associação Nossa Senhora Aparecida. Vamos potencializar a ação que, com certeza, vai ajudar os jovens a pontuarem no cardápio de atividades”, ressaltou.

Criado em 2007, e coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o Poupança Jovem é destinado a estudantes do ensino médio público estadual que residem em municípios com alto índice de evasão escolar e vulnerabilidade social. Ao final dos três anos, o jovem aprovado e concluinte das atividades do Poupança Jovem tem direito ao saque da bolsa, no valor de R$ 3 mil.

Combate à violência contra a mulher

O Conselho Estadual da Mulher (CEM), vinculado à Sedese, também aproveitou a Ação Global para sensibilizar a população a denunciar casos de violência contra a mulher, por meio do Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19).

Durante o evento, a equipe do CEM distribuiu cartilhas da Lei Maria da Penha, que prevê punições para os agressores de mulheres, divulgou as ações que têm sido desenvolvidas pelo conselho e incentivou as adesões à Campanha do Laço Branco: Homens de Minas pelo Fim da Violência contra a Mulher.

A Ação Global, promovida pela Rede Globo e pelo Serviço Social da Indústria (Sesi),  prestou uma série de serviços gratuitos à população  nas áreas de saúde, meio ambiente, cultura, esporte, lazer, cidadania e inclusão social. Os serviços foram disponibilizados por meio da mobilização de instituições públicas e privadas, bem como por profissionais voluntários.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mobilizacao-do-poupanca-jovem-arrecada-cerca-de-1200-livros-para-distribuicao-no-acao-global/