Arquivo da categoria: Gestão Pública

Gestão Anastasia: governo de Minas beneficia 30 famílias de Iguatama com entrega de casas

Conjunto Habitacional Cidade Nova será entregue a moradores nesta sexta-feira

Trinta famílias mineiras de Iguatama, no Centro-Oeste do Estado, passarão a ter casa própria a partir desta sexta-feira (23). As moradias foram construídas pela Cohab Minas para a parceria do Programa Lares Gerais Habitação Popular com o Minha Casa, Minha Vida. No empreendimento, o Governo de Minas investiu R$ 628.037,29; e o governo federal, R$ 377.000. A prefeitura participou com a contrapartida de R$ 87.000, em doação e urbanização do terreno.

Uma das casas do conjunto de Iguatama é especial e adaptada para pessoa com deficiência. Dentre as demais, 18 foram adquiridas por mulheres, e quatro por idosos. A solenidade de entrega das chaves das unidades do Conjunto Habitacional Cidade Nova será 18 horas, com a presença do prefeito Leonardo Carvalho Muniz e do diretor Administrativo e Financeiro da Cohab Minas, Paulo Roberto Delgado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-beneficia-30-familias-de-iguatama-com-entrega-de-casas/

Anúncios

Gestão Anastasia: governo e sociedade avançam no plano de ações para o Norte de Minas

Encontro realizado em Montes Claros incorpora a participação da população na gestão pública

Paulo Boa Nova/Seplag
No encontro de Montes Claros, foram apresentadas as ações que já estão sendo executadas na região Norte
No encontro de Montes Claros, foram apresentadas as ações que já estão sendo executadas na região Norte

Governo de Minas reuniu-se com representantes da sociedade civil, nesta quarta-feira (21), em Montes Claros, no Norte do Estado, para discutir os planos de ação que promovem a intersetorialidade entre órgãos e secretarias regionais e também a implementação das estratégias priorizadas pela sociedade em 2011.

O encontro, que integra o Estado em Rede, foi dividido em duas etapas. Pela manhã foi realizada a 4ª reunião do Comitê Regional, formado por membros governamentais que atuam na região. À tarde teve início o 2º Fórum Regional do Norte de Minas, com a participação dos representantes da sociedade civil organizada. O evento foi coordenado por técnicos daSecretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e pela Ouvidoria-Geral do Estado (OGE).

O Estado em Rede trabalha a regionalização da gestão governamental, uma das prioridades definidas pelo governador Antonio Anastasia, e incorpora um modelo de gestão transversal do desenvolvimento, viabilizando a intersetorialidade das políticas públicas e a articulação dos agentes responsáveis pelo sucesso de sua implementação. O programa, que teve início nas regiões do Rio Doce e no Norte de Minas, no ano passado, está sendo ampliado para as outras oito regiões de planejamento do Estado.

Na região Norte, após a realização em 2011 de reuniões do comitê regional, a equipe da Superintendência Central de Coordenação Geral da Seplag realizou um balanço do projeto-piloto na região para o governador Antonio Anastasia. As ações priorizadas pelas instâncias de governança integrarão o Acordo de Resultados de diversas secretarias, compondo a Agenda de Prioridades Regionais.

Ações em execução

No início da reunião desta quarta-feira, os representantes governamentais locais expuseram ações em execução na região, que estão contribuindo para a implementação das cinco estratégias priorizadas na primeira reunião do fórum, em novembro do ano passado.

Na apresentação do painel de contextualização do trabalho e da metodologia de priorização e integração da estratégia governamental, foram citados o Choque de Gestão e o Estado Para Resultados – os dois ciclos anteriores do Governo de Minas – para apresentar as metas do novo modelo, a Gestão para a Cidadania, que incorpora a sociedade como coautora e não apenas como destinatária das políticas sociais.

No período da tarde teve início o 2º Fórum Regional, um encontro permanente com os representantes da sociedade civil organizada, eleitos no encontro regional em outubro passado. Os técnicos da Seplag apresentaram o detalhamento dos programas e ações governamentais que representam os desdobramentos das cinco estratégias priorizadas em novembro. Foram mostrados cronogramas, valores e municípios que serão atendidos na região, entre outras informações.

A participação dos presentes foi intensa. Mediados pelos técnicos da Seplag, membros do governo na região e representantes da sociedade civil fizeram diversas intervenções. De acordo com eles, os encontros têm sido muito úteis para aprofundar as discussões sobre as estratégias priorizadas, a partir do olhar dos cidadãos do Norte do Estado.

Voz local

Para Adicléia Oliveira Azevedo, que representa a Rede Rural Sustentável, a sociedade civil está tomando parte de todas as fases de implementação das estratégias. “Este processo tem início, meio e fim. Em outras vezes foi implantado, mas não houve acompanhamento. Agora, com o trabalho em rede, fica mais fácil implantar as prioridades com eficácia”, disse ela.

Juliana de Fátima Miranda Santos, da Secretaria Regional de Trabalho e Emprego de Montes Claros, destaca que essas reuniões tem sido uma oportunidade única oferecida à sociedade: a de trazer suas necessidades, suas demandas, e ver suas reivindicações acolhidas nas discussões. “Acho que estamos tendo um retorno bem interessante. Desde o encontro passado, percebemos que estamos atendendo às expectativas dos participantes”, afirmou.

Os resultados deste 2º Fórum serão apresentados em 23 de abril, na próxima reunião da Câmara Multissetorial, formada pelos secretários adjuntos de cada pasta de governo. A Câmara se reúne para garantir o alinhamento estratégico entre necessidades das regiões de planejamento do Estado, apontando as maneiras de viabilizá-las.

O Fórum irá se reunir a cada quatro meses, para que se possa monitorar a implementação das estratégias. A próxima reunião no Norte de Minas está prevista para a segunda quinzena de junho, também em Montes Claros.

Próximas etapas

No próximo dia 29 será realizada a primeira reunião do Comitê Regional do Sul de Minas, em Varginha. Em abril é a vez do Comitê do Triângulo. No fim do primeiro semestre tomam posse os membros dos comitês regionais das regiões do Noroeste; Alto Paranaíba; Centro-Oeste e Central, totalizando a formação de comitês nas dez regiões de planejamento do Estado.

O trabalho de coordenação do Estado em Rede é de competência conjunta da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão; Secretaria de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais (SECCRI); Ouvidoria Geral do Estado (OGE) e Secretaria de Estado do Governo (Segov).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-e-sociedade-avancam-no-plano-de-acoes-para-o-norte-de-minas/