Arquivo da categoria: Desenvolvimento Regional

Gestão Anastasia: governo de Minas atende reivindicações históricas e propõe ajuste em carreiras de servidores

Projeto enviado à Assembleia prevê inúmeras melhorias ao funcionalismo

O Governo de Minas enviou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei (PL) nº 3.099 de 2012, que promove ajustes em carreiras dos servidores do Estado pertencentes às universidades estaduais, ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), à Controladoria-Geral do Estado (CGE) e à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

Com esse projeto, o Governo atende a antigas reivindicações, como a publicação semestral de promoções na carreira de Professor de Educação Superior da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e Universidade de Montes Claros (Unimontes).

Além disso, atendendo a demanda dos representantes dos professores das universidades estaduais, o projeto prevê que gratificações específicas que compõem a remuneração da categoria (gratificação de desempenho, gratificação de dedicação exclusiva e gratificação de incentivo à docência) possam ser incorporadas aos proventos de aposentadoria, uma vez que atualmente já integram a base de cálculo da contribuição previdenciária.

O PL prevê ainda o reajuste dos valores da tabela de vencimento básico da carreira de Auditor Interno, escalonado em três etapas a serem implementadas de agosto de 2012 a agosto de 2014. Atualmente, o número de servidores da carreira é insuficiente para atender à demanda. A remuneração dos novos auditores deve ser compatível com a qualificação exigida e com o grau de responsabilidade do cargo.

Entre as carreiras contempladas no projeto está a de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, para a qual são previstas alterações no sistema de sistema de progressões e promoções, visando ao reconhecimento do esforço individual e profissional do servidor, bem como correção de distorções de remuneração do modelo vigente, de maneira escalonada e sustentável, com vistas à retenção desses profissionais na administração pública estadual.

IMA

Servidores de carreira do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) serão beneficiados pela incorporação da parcela fixa da Gratificação de Escolaridade, Desempenho e Produtividade Individual e Institucional (Gedima) ao vencimento básico. Serão promovidos acréscimos nas tabelas de vencimento básico proporcionais aos valores a serem deduzidos da gratificação. A incorporação será realizada em duas etapas – em agosto de 2012 e agosto de 2013.

A Gedima integra a remuneração dos servidores desde 2008 e é composta por uma parcela fixa e uma variável. A parcela variável, com valores proporcionais à escolaridade, ao tempo de serviço e aos resultados das avaliações de desempenho individual e institucional, será mantida.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-atende-reivindicacoes-historicas-e-propoe-ajuste-em-carreiras-de-servidores/

Gestão da Educação: em Minas, estudos em ciência e tecnologia estão ao alcance de todos

Programa da Sectes estimula estudantes a apreciar e conhecer mais sobre o assunto

Sectes / Divulgação
Alunos visitam Parque da Ciência
Alunos visitam Parque da Ciência

O programa de popularização da Ciência e Tecnologia, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), já atingiu desde o início desse ano, 2.500 pessoas em Teófilo Otoni e região.

Com a mobilização do Polo de Inovação, aproximadamente 900 crianças e jovens foram estimuladas a visitar o Parque da Ciência na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) e a participar da elaboração de programas para a Rádio Ciência. Nas redes sociais, cerca de mil pessoas já integram um grupo no Facebook que discute iniciativas de ciência e tecnologia no nordeste de Minas Gerais.

Na escola Tiradentes de Teófilo Otoni, em apenas um dia, o projeto “Ciência na Escola” atendeu a 500 alunos. Eles participaram de diversas oficinas com os equipamentos do Parque e da Rádio Ciência, que fizeram parte de uma exposição na escola.

Na área externa do campus da UFVJM em Teófilo Otoni, o projeto “Terça no espaço” possibilitou que mais de 100 pessoas pudessem observar o espaço com o telescópio do Parque da Ciência.

De acordo com o coordenador do programa de Popularização da Ciência e Tecnologia em Teófilo Otoni, Wallas Siqueira Jardim, a parceria entre o Polo de Inovação e a UFVJM é importante para o desenvolvimento da educação na região. A estrutura da Universidade permite ao Polo promover o contato dos estudantes com diversos jogos, experimentos, brinquedos e desafios propostos nas visitas ao Parque da Ciência e à emissora de rádio.

“Os alunos percebem que a ciência não está apenas nos livros e decoreba das fórmulas matemáticas, mas também no olhar e no toque. O mundo a sua volta pode ser percebido e entendido de uma maneira fácil e divertida”, explicou Wallas.

Polos de Inovação

O polo de Teófilo Otoni é um dos oito instalados também nos municípios de Araçuaí, Almenara, Janaúba, Diamantina Januária, Pirapora e Salinas. Eles atuam no norte de Minas e vales do Jequitinhonha e Mucuri com o objetivo de catalisar oportunidades para o desenvolvimento econômico e social da região. As atividades oferecidas pelos Polos desenvolvem potenciais, fortalecem vocações e promovem a cidadania.

Para saber mais e participar das ações de popularização da ciência e tecnologia em Teófilo Otoni, entre em contato com o coordenador de Popularização da Ciência do Polo de Inovação de Teófilo Otoni, pelo email wallasmat@yahoo.com.br .

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/em-minas-estudos-em-ciencia-e-tecnologia-estao-ao-alcance-de-todos/

Governo de Minas: Belo Horizonte recebe em maio o 4º Salão Mineiro do Turismo

Entre 18 e 19 de maio, o evento apresentará roteiros turísticos de todas as regiões de Minas Gerais

O 4° Salão Mineiro do Turismo, considerado um dos mais importantes eventos do setor turístico do Estado, será realizado nos dias 18 e 19 de maio, no Minascentro, em Belo Horizonte. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho. O evento, que este ano comemora os 10 anos do Programa de Regionalização do Turismo em Minas, tem expectativa de público de 12 mil visitantes, que poderão conhecer os atrativos turísticos de todas as regiões do Estado.

O Salão Mineiro do Turismo é realizado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, em parceria com a Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais e o Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e sindicatos do setor.

De acordo com Agostinho Patrus, o “Salão Mineiro é o principal marco de promoção e divulgação dos destinos e roteiros turísticos do Estado”, além de fortalecer e qualificar a cadeia produtiva do turismo em Minas. “O evento, além de divulgar os atrativos de 45 regiões turísticas do Estado, através do trabalho das Associações de Circuitos Turísticos, representa um espaço para comercialização, troca de conhecimento e atualização das oportunidades e tendências do setor”, afirmou.

O Salão Mineiro do Turismo será também um convite para que o mineiro conheça os atrativos turísticos do Estado.  Durante o evento, haverá ainda espaços de discussão e palestras voltadas para a preparação e qualificação da cadeia produtiva para grandes eventos. “Estamos apresentando ao público belohorizontino nossos principais atrativos para a alta temporada turística em Minas Gerais, que é o inverno. Queremos incentivar o mineiro a viajar por Minas e, através da atividade turística, proporcionar a geração de riqueza para nossas comunidades. E, ainda, estamos preparando e capacitando os empresários e representantes públicos do turismo mineiro para receber os grandes eventos que chegarão a partir de 2013”, disse Patrus Filho.

“Iniciativas como o Salão Mineiro do Turismo fortalecem este setor que é tão representativo e importante para todo o Estado, principalmente para o comércio de bens e serviços. Possibilita a qualificação, reciclagem e acesso dos profissionais ao mercado e seus fornecedores, além de se tornar uma vitrine das riquezas do nosso Estado”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, Lázaro Luiz Gonzaga.

Este ano, participam as 45 Associações de Circuitos Turísticos, que representam aproximadamente 400 municípios mineiros e Belo Horizonte, além de cerca de 180 expositores, entre companhias aéreas, imprensa especializada, agências, operadoras e empresas de receptivo turísticos, além de entidades de classe ligadas ao segmento e demais empresas do setor.

Grandes Salões

Para dar destaque às diversas áreas de atuação da cadeia turística e apresentar os melhores roteiros e destinos para o público consumidor, o Salão Mineiro foi dividido em cinco espaços: Salão dos Destinos Turísticos, Salão Nossas Riquezas, Salão da Governança, Salão das Oportunidades e Negócios e Salão do Conhecimento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/belo-horizonte-recebe-em-maio-o-4o-salao-mineiro-do-turismo/

Governo de Minas: universidade Estadual de Montes Claros prepara o I Congresso de Ciências Humanas

O evento que está previsto para o mês de agosto irá proporcionar novos desafios para os alunos

Ascom/Unimontes
Professores discutem conteúdo do I Congresso de Ciências Humanas
Professores discutem conteúdo do I Congresso de Ciências Humanas

Avaliar o curso de graduação e pós-graduação e discutir novas perspectivas para as atividades de ensino, pesquisa e extensão são os principais objetivos do I Congresso de Ciências Humanas da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

O conteúdo programático do evento será elaborado pelo Conselho de ciências humanas (CCH). A primeira reunião para discutir esse tema foi na terça-feira (10). A ideia é realizar palestras, mesas redondas, conferências com professores, dirigentes da instituição e especialistas convidados, apresentar  trabalhos científico e publicação de resumos.

“Como proposta coletiva, o Congresso permitirá à comunidade acadêmica debater medidas concretas para a revitalização das licenciaturas em Ciências Humanas, além de apresentar resultados – e ao mesmo tempo demandas – dos projetos de pesquisa, de estágios e da formação inicial, para o acadêmico, e da formação continuada do docente”, observa Antônio Wagner Veloso Rocha, diretor do CCH.

O evento que tem o apoio da Fundação de amparo à pesquisa do estado de Minas Gerais (Fapemig), da Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior (Capes) e do Ministério da Educação será realizado entre os dias 8 e 10 de agosto no campus-sede.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/universidade-estadual-de-montes-claros-prepara-o-i-congresso-de-ciencias-humanas/

Governo de Minas: Renata Vilhena receberá prêmio nacional de gestão pública nesta sexta-feira

Premiação valoriza ações de modernização do poder público no Brasil

secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, recebe nesta sexta-feira (23) o prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública, concedido pelo Conselho Federal de Administração (CFA). A premiação é voltada a valorização de estudos e ações que contribuam para a modernização do poder público no Brasil.

Gestores públicos de todo o país concorreram ao prêmio e, neste ano, excepcionalmente, o comitê de julgamento decidiu agraciar dois destaques na gestão pública nacional: a secretária Renata Vilhena e o assessor especial da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos do Estado do Espírito Santo, Manoel Carlos Rocha. A cerimônia de certificação terá início às 19h, no auditório da Cidade Acadêmica do Pitágoras, Rua Madalena Sofia, 25, no bairro Vila Paris, em Belo Horizonte.

O presidente do comitê de julgamento e vice-presidente do CFA, Marcos Lael, destacou a alta qualidade dos trabalhos realizados. “É uma satisfação enorme presidir uma comissão que resgata o legado de Guerreiro Ramos. É impressionante a qualidade do material que recebemos. São estudos aprofundados, consistentes e de conteúdos respeitáveis”, destacou.

Premiação

Criado em 2010 pelo Conselho Federal de Administração, o prêmio faz homenagem a Alberto Guerreiro Ramos, professor que teve grande relevância política e acadêmica no Brasil e no mundo. Os trabalhos foram inscritos por meio de cada conselho regional do Estado de origem e os candidatos podem escolher a categoria em que disputarão o prêmio.

Formada em 1985, em Estatística pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Renata Vilhena especializou-se em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (FJP), em 1991. No Governo de Minas, Renata Vilhena participou da concepção e da implementação do “Choque de Gestão” no Estado, compreendido por medidas de reorganização e modernização administrativa, visando à redução de despesas, o aumento dos recursos para investimentos e a melhoria dos processos de gestão. Além disso, atuou na instituição de medidas voltadas ao aumento de produtividade do setor público, especialmente através da definição de critérios meritocráticos para avaliação e recompensa aos servidores.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/renata-vilhena-recebera-premio-nacional-de-gestao-publica-nesta-sexta-feira/

Governo de Minas: nova Porteirinha recebe Caravana de combate à dengue

Ação de mobilização será realizada em parceria com as secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e demais secretarias estratégicas.

A Caravana Guerra Contra a Dengue, do Governo de Minas, estará no município de Nova Porteirinha, no Norte de Minas, entre os dias 27 a 29 de março. Realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) nos municípios com maior incidência de dengue, é feita uma varredura em áreas consideradas de risco, eliminando focos do mosquito. A ação de mobilização será realizada em parceria com as secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e demais secretarias estratégicas.

Segundo a vigilância epidemiológica da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros, o município foi escolhido para receber a caravana devido à alta incidência de casos notificados de dengue. Somente neste ano já foram notificados 119 casos.

Programação

Na terça-feira (27), será realizada uma reunião com representantes dos três setores da sociedade (poder público, iniciativa privada e associações) para definir as estratégias da ação.

Na quarta-feira (28), será montando o Dengômetro, na Praça da Gameleira, no centro da cidade, um espaço de convivência disponibilizado pela SES-MG, onde serão desenvolvidas diversas atividades voltadas para a mobilização e educação em saúde, reforçando a guerra contra a dengue. No local também ficará estacionado o Dengue Móvel, caminhão que trocará material reciclável (latas, garrafas pets e pneus) por material escolar (borrachas, lápis e cadernos).

Na quinta-feira (29), será realizada uma mobilização orientando a população, através de panfletagem no comércio local, com afixação de cartazes e distribuição de material educativo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/nova-porteirinha-recebe-caravana-de-combate-a-dengue/

Governo Anastasia: inscrições para o programa Jogos de Minas vão até 30 de março

Até o momento, 100 municípios mineiros já garantiram participação no evento

Os municípios do interior do Estado e entidades de Belo Horizonte interessados em participar do Minas Olímpica Jogos de Minas 2012 já podem realizar suas inscrições. Para as cidades do interior, o prazo se encerra em 30 de março. O procedimento deve ser feito pelo Sistema Integrado de Gestão Esportiva (Sige) pelo site www.jogosdeminas.esportes.mg.gov.br . Até o momento, 100 municípios já garantiram participação no evento.

Também estão abertas as inscrições de atletas de modalidades coletivas para a competição. Para as microrregionais A, que acontecem de 26 de abril e 1º de maio, a inscrição de atletas termina em 13 de abril. Para as microrregionais B, que serão realizadas de 5 a 10 de junho, os atletas podem ser inscritos até 31 de maio. As inscrições de equipes e atletas estão condicionadas à regularização perante as federações esportivas do Estado.

O Minas Olímpica Jogos de Minas é uma ação de política pública do Governo de Minas, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), em parceria com asSecretaria de Estado de Educação (SEE), as federações esportivas mineiras e as prefeituras municipais.

Videoconferência

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) realizará a primeira videoconferência do Programa Minas Olímpica Jogos de Minas em 27 de março nos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) de todo o Estado. O evento tem por objetivo oferecer aos representantes de municípios e entidades, atletas, técnicos e público,  informações sobre o formato dos Jogos de Minas, que substituirá o Minas Olímpico Jogos do Interior de Minas (Jimi), realizado até o ano passado. Serão abordados temas, como regulamento geral e regulamentos específicos das modalidades coletivas, inscrição de municípios e atletas e cronograma de ações. Acesse http://www.inclusaodigital.mg.gov.br e localize o CVT mais próximo.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inscricoes-para-o-programa-jogos-de-minas-vao-ate-30-de-marco/

Governo de Minas: Secretaria de Desenvolvimento Social apresenta programas ao Governo do Acre

BELO HORIZONTE (13/01/12) – A metodologia dos principais programas e ações da área social desenvolvidos pelo Governo de Minas foi apresentada, nesta sexta-feira (13), para representantes do Governo do Acre que vieram conhecer as boas práticas adotadas em diversas áreas, bem como a estrutura física da Cidade Administrativa.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Wander Borges, ressaltou que mesmo com as diferenças entre os dois estados (Minas tem 853 municípios, enquanto o Acre, 22), muitos problemas e desafios são comuns. “A troca de experiência e essa interação são importantes. Cada um pode mostrar as boas práticas nos estados, que têm problemas e desafios semelhantes”, declarou.

Titular da pasta de Desenvolvimento Social no Acre, Antônio Torres destacou a importância da área social para o Governo de Minas, ressaltando que o Acre caminha no mesmo sentido. “Pelo que a gente percebe, a Sedese tem uma atenção especial do Governo de Minas. No nosso estado estamos conseguindo isso agora”, elogiou o secretário acreano.

Depois de conhecer a metodologia de programas da Sedese na parte da manhã, a equipe, composta por Antônio Torres, Davilson Cunha (diretor executivo) e Bernadette Luchesi (técnica responsável pelos programas de transferência de renda do governo acreano), foi conhecer de perto algumas ações da Sedese, como o Disque Direitos Humanos, o Centro Risoleta Neves de Atendimento (Cerna) e o Conselho Estadual de Assistência Social, todos com sede em Belo Horizonte.

Sobre o Acre

Localizado no Norte do Brasil (fronteira da Bolívia e Peru), o Acre tem uma população de 733.559 habitantes (Censo 2010). A capital do estado é Rio Branco, cidade com população estimada em 336.038 pessoas. São apenas 22 municípios no estado. A cidade mais populosa é a capital, Rio Branco, com 300 mil habitantes, sendo o município mais rico do estado.

Fonte: Agência Minas

Gestão Anastasia: Minas Gerais deverá ter em 2012 a maior produção de café e de grãos da história

BELO HORIZONTE (10/01/12) – As previsões de safra divulgadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta terça-feira (10), indicam que Minas Gerais deverá ter uma produção recorde de café e de grãos em 2012. No caso do café, a produção mineira deverá ficar entre 25,5 milhões e 27,1 milhões de sacas (60 kg). Os números superam os recordes de 2002 e 2010, quando o Estado produziu 25,1 milhões de sacas.

Em relação a 2011, a produção de café em Minas Gerais deverá crescer entre 15,2% e 22,3%. “A expectativa de uma safra recorde é o resultado da melhoria dos tratos culturais nas lavouras e da bienalidade da cultura, que alterna um ano de safra alta e outro de safra baixa”, explica o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento.

Segundo o secretário, o bom momento vivido pelo setor cafeeiro, com preços elevados nos mercados interno e internacional, justifica o investimento na produção. O crescimento de Minas supera a média nacional, que numa previsão mais otimista terá um aumento da safra de 20,2%. A pesquisa também mostra que, neste ano, o Estado será responsável por 52% da safra brasileira. Os números da Conab se referem aos dados coletados entre 8 de novembro e 17 de dezembro.

Grãos

A Conab também estima que a safra mineira de grãos será recorde, com um crescimento de 2,4% em relação a 2011, até então o melhor ano de produção mineira. Para 2012, a expectativa é de uma colheita de 10,9 milhões de toneladas, segundo o levantamento realizado entre 15 e 21 de dezembro.

“Ainda é cedo para informar se as chuvas de janeiro irão interferir nesta estimativa de produção. Até agora, não houve perdas significativas nas principais regiões produtoras de grãos no Estado”, explica o superintendente de Política e Economia da Secretaria de Agricultura, João Ricardo Albanez.

A produção de milho é o carro-chefe da safra mineira. A colheita deve atingir 6,8 milhões de toneladas, 4,7% a mais que em 2011. Já a produção de soja deverá ser de 2,9 milhões de toneladas, praticamente a mesma quantidade que no ano passado. A produção de feijão deverá ter uma redução de 2,1%. Segundo a Conab, a produção desse grão em Minas Gerais dever ser de 589,5 mil toneladas.

Números de Minas Gerais – safra 2012

Café: 25,5 milhões a 27,1 milhões de sacas (alta de 15,2% a 22,3%)

Grãos: 10,9 milhões de toneladas (alta de 2,4%)

Governo de Minas Gerais cria Área de Proteção Ambiental Alto do Mucuri

BELO HORIZONTE (02/01/12) – O Alto do Mucuri acaba de ganhar a sua Área de Proteção Ambiental (APA), por meio de decreto assinado no último dia 31 de dezembro pelo governador em exercício do Estado, Alberto Pinto Coelho. A APA vai beneficiar os municípios de Caraí, Catuji, Itaipé, Ladainha, Novo Cruzeiro, Malacacheta, Poté, Teófilo Otoni e região, que contarão com uma unidade de conservação de uso sustentável.

A nova APA abrange uma área de 325 mil hectares, com um perímetro de 426 mil metros. A unidade vai garantir a produção e a recuperação da qualidade das águas da região, proteção dos solos, da fauna e da flora, recuperação das áreas degradas e conectividade entre fragmentos florestais. Ao mesmo tempo, a APA vai buscar promover atividades econômicas compatíveis com a qualidade ambiental desejável para a região do Mucuri.

“A conservação do meio ambiente só é possível com a participação efetiva da sociedade e, nesse âmbito, o Governo de Minas enxerga as Unidades de Conservação de Uso Sustentável, especialmente as APAs, como um importante mecanismo de gestão do território e promoção da sustentabilidade”, afirmou o governador Antonio Anastasia.

Com a APA do Alto do Mucuri, Minas passou a contar, somente em 2011, com mais de 346 mil hectares de áreas protegidas, ultrapassando em 330% a meta pactuada em acordo de resultado, que era de 80 mil hectares. Em todo o Estado, são 285 unidades de conservação, num total de 3 milhões de hectares protegidos.

“A APA do Alto Mucuri contribui para a conservação de uma das regiões com maior cobertura vegetal nativa do Bioma da Mata Atlântica em Minas Gerais. Colabora, também, de forma decisiva para a preservação dos recursos hídricos na região”, destacou o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães.

O Instituto Estadual de Florestas (IEF), integrante do Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema), será o responsável por implantar e administrar a nova APA cujo conselho consultivo deverá ser formado nos próximos seis meses.

Ganho sem dimensão

Para a diretora do Instituto Mucuri – Movimento Pró Rio Todos os Santos, Alice de Faria Lorentz Godinho, a criação da APA do Alto Mucuri representa para a região um ganho inestimável. “Temos muita água no Mucuri, mas se não mudarmos o comportamento e cuidar da preservação dos recursos hídricos na região, teremos falta de água em muitos municípios”, disse.

Ela ressalta que a criação da APA vai contribuir para que sociedade civil, empresários e governo trabalhem em parceria, buscando atrair para a região o desenvolvimento sustentável. “Essa Área de Preservação Ambiental é a realização de um sonho, trabalhado há tempos por nós e alcançado com muita luta, mas que traz uma gratificação muito grande”, comemorou.

Além da APA do Alto do Mucuri, em 2011, foram criados os parques estaduais Paracatu e Mata do Limoeiro, o Refúgio de Vida Silvestre Estadual dos Rios Tijuco e da Prata, o Monumento Natural Estadual da Várzea do Lageado e Serra do Raio e cerca de 700 hectares de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs).

Fonte: Agência Minas