Arquivo da categoria: Choque de Gestão

Gestão Eficiente: Defesa Social, Educação e Assembleia Legislativa lançam Concurso Viva Feliz sem Drogas

O concurso é realizado anualmente e, em 2012, tem como tema “Mais perto dos livros, mais longe das drogas”

Divulgação/Seds
Concurso foi lançado no encerramento da Semana Estadual de Prevenção às Drogas
Concurso foi lançado no encerramento da Semana Estadual de Prevenção às Drogas

O XIV Concurso Estadual de Redação, Frases e Desenhos: Viva Feliz sem Drogas foi lançado, na manhã desta sexta-feira (29), durante o encerramento da Semana Estadual de Prevenção às Drogas. Destinado a alunos de escolas estaduais, municipais e particulares, o concurso é uma parceria da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas, da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O convênio de parceria que institui o concurso foi assinado por representantes dos três órgãos durante o “Ato contra o crack e outras drogas”, realizado na Praça da Assembleia. A ação reuniu cerca de 4 mil alunos de instituições de ensino da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) em uma mobilização pela vida.

Durante o evento, o subsecretário de Políticas sobre Drogas, Cloves Benevides, chamou os estudantes para participarem do concurso e destacou a importância da parceria entre o Executivo e o Legislativo. “Juntos estamos somando esforços na luta contra as drogas. É fundamental planejar investimentos e estratégias de prevenção, articulação, capacitação, repressão e assistência a usuários”. A secretária-adjunta de Educação, Maria Sueli de Oliveira Pires, ressaltou que é muito importante a participação de todas as escolas na ação.

Segundo o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Dinis Pinheiro, a instituição comprou a luta contra as drogas. “A Assembleia está de mãos dadas com a juventude para vencer o drama do crack, resgatar quem entrou por esse caminho e construir a paz”. O deputado estadual Paulo Lamac, presidente da Comissão Especial de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas, completou: “a droga existe e está perto de casa e perto da escola. Precisamos conscientizar os jovens de que não vale a pena experimentar esse mal. Vamos defender a vida”.

Após acompanhar a assinatura do convênio, os alunos presentes no evento assistiram ao show do cantor e compositor mineiro Wilson Sideral.

O concurso

O Concurso Estadual de Redação, Frases e Desenhos: Viva Feliz sem Drogas é realizado anualmente e, em 2012, tem como tema “Mais perto dos livros, mais longe das drogas”. Baseados nessa temática e na ideia de superação das drogas, os alunos podem concorrer em cinco modalidades diferentes: desenho, desenho com frase, frase, redação e grafitismo. Além de estudantes dos ensinos Fundamental e Médio das escolas públicas e particulares, também podem participar do concurso alunos da Educação de Jovens e Adultos, adolescentes e jovens participantes dos Centros de Prevenção à Criminalidade e do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

O edital será publicado no site www.omid.mg.gov.br nos próximos dias e a previsão é que o resultado final seja divulgado em novembro. Ao todo, são mais de 50 prêmios, incluindo TVs, notebooks, filmadoras, câmeras fotográficas e vídeo games. Além dos próprios alunos, serão premiados ainda o professor e a escola dos estudantes vencedores.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/defesa-social-educacao-e-assembleia-legislativa-lancam-concurso-viva-feliz-sem-drogas/

Gestão Eficiente: Governo de Minas promove ações sociais e educativas no bairro Palmares

Ações da Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com outros órgãos e iniciativa provada, contam com rua de lazer e prestação de serviços

A Assessoria para Assuntos Sociais para Vilas e Favelas, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), promove, neste sábado (30), em Belo Horizonte, uma série de ações sociais e educativas. A iniciativa será realizada nas Vilas Andiroba e Maria Virgínia, nos bairros São Paulo e Palmares, na região Nordeste da capital.

Os moradores terão a oportunidade de trocar materiais inservíveis, que podem ser foco do mosquito transmissor da dengue, por material escolar. A população também poderá buscar uma vaga de emprego, negociar débitos com a Cemig, entre outros serviços. Já as crianças vão poder aproveitar o dia na rua de lazer.

“Essas ações fortalecem a comunidade, que recebe um retorno rápido às necessidades, previamente levantadas. É a valorização das associações de bairro, dos líderes comunitários e principalmente de cada morador, levando sempre cidadania, lazer e o compromisso do Governo de Minas de valorizar cada vez mais as vilas, favelas e periferias”, ressaltou o coordenador da Assessoria para Assuntos Sociais para Vilas e Favelas, Weslei Morais.

Programação

A ação será realizada no Bairro Palmares (Rua Modelo, entre Luiz Zudio e Av. Cristiano Machado), de 9h às 16h. A Assessoria para Assuntos Sociais para Vilas e Favelas conta com as parcerias das Secretarias de Estado da Saúde (SES), de Trabalho e Emprego (Sete), da Cemig, da Empresa Divina Providência e do Makenzie – que vai promover uma seletiva de futsal feminino durante a mobilização. A expectativa é que cerca de 350 pessoas sejam atendidas.

O Bairro Palmares é o terceiro a receber a iniciativa. Moradores da Vila Pinho e da Comunidade Nossa Senhora de Fátima foram beneficiados com os serviços, em abril e junho, respectivamente. A previsão é que as comunidades do bairro Nova Cintra, no dia 28 de julho, e do Aglomerado Santa Lúcia, no dia 25 de agosto, sejam as próximas favorecidas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-promove-acoes-sociais-e-educativas-no-bairro-palmares/

Governo de Minas: caminhoneiros aderem à Campanha Proteja Nossas Crianças

Profissionais que circulam em estradas de todo o Estado firmam compromisso para serem multiplicadores da campanha.

Divulgação / Sedese
Motoristas profissionais se comprometeram a serem multiplicadores da campanha nas estradas de Minas
Motoristas profissionais se comprometeram a serem multiplicadores da campanha nas estradas de Minas

A Campanha Proteja Nossas Crianças ganhou o reforço de 750 caminhoneiros, que circulam pelas estradas de Minas e de todo país.  Nesta sexta-feira (29), véspera do Dia dos Caminhoneiros, eles assinaram, voluntariamente, um termo de compromisso para serem multiplicadores da campanha. A ação foi realizada na Ceasa Minas e os caminhoneiros ganharam uma bolsa ecológica, doada pelos Correios, além do material gráfico da campanha que enfatiza o número do Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19). A ideia é fazer do caminhoneiro um parceiro na divulgação da campanha.

Pai de 13 filhos, o caminhoneiro Sebastião Peixoto, de 56 anos, foi um dos primeiros a assinar o certificado e a se compromissar com a causa. “A minha filha caçula tem apenas quatro anos e sei da importância dessa iniciativa”, disse Sebastião, que mora em Esmeraldas.

Lançada pelo Governo de Minas em maio de 2008, a Campanha Proteja Nossas Crianças é uma das maiores mobilizações já realizadas no país com foco no combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Conta com a parceria das emissoras de TV, rádio e jornais impressos do Estado, além de realizar ações educativas em todos os pontos e regiões de Minas.

O carioca Josimar Targino, de 53 anos, também é pai e sabe bem a necessidade de se criar mecanismos para combater a violência.. “É uma ação muito significativa. A maioria dos caminhoneiros é responsável e pai de família. Como em toda profissão, sempre têm os desviados”, ressaltou.

Denúncias

Das 1.553 denúncias recebidas pelo Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19), de janeiro a maio deste ano, 963 foram para relatar crimes contra crianças e adolescentes. A violência física dentro da própria família (379) e a negligência e abandono (320) permanecem como os tipos mais denunciados. Em seguida, aparecem os crimes sexuais, cometidos fora e dentro do eixo familiar. Juntos, somam 78 denúncias no período em questão.

As ações permanentes da Campanha Proteja Nossas Crianças são reforçadas três vezes por ano, nos dias 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração, 30 de Junho, Dia do Caminhoneiro, e na Semana da Criança, em outubro

A campanha é coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca). A mobilização visa sensibilizar e incentivar a população a denunciar as violações dos direitos das crianças por meio do Disque Direitos Humanos.

Pontos vulneráveis

Números da Polícia Rodoviária Federal, divulgados em maio deste ano, mostram que Minas Gerais possui um ponto vulnerável à exploração sexual a cada 42,35 quilômetros de rodovia, 17ª posição no ranking. No entanto, a preocupação é grande já que Minas possui a maior malha rodoviária do país (10,6 mil km).

“Qualquer divulgação do Disque traz retorno no número de denúncias. E o papel do caminhoneiro é importante, porque ele percorre o Estado todo e tem condições de identificar e denunciar pontos de exploração”, ressaltou o coordenador do Disque Direitos Humanos, Jorge Noronha.

Parceiros

Além dos órgãos de imprensa de Minas Gerais, a campanha conta com apoio de várias instituições privadas e públicas, como Polícia Rodoviária Federal, Ceasa Minas, Correios, Associação das Mães Chefe de Família do Estado de Minas Gerais (Assmig), entre outros.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caminhoneiros-aderem-a-campanha-proteja-nossas-criancas/

Governo de Minas: começa construção da via de integração entre Mineirão e Mineirinho

A nova via deve estar concluída no mês de outubro

BCMF Arquitetos/Minas Arena
Imagem ilustrativa do Novo Mineirão
Imagem ilustrativa do Novo Mineirão

As obras de modernização do Mineirão avançam em direção ao Mineirinho. A via de integração entre os dois espaços começou a ser construída nesta semana. As dimensões da nova via de formato em “Y” variam entre 100 e 300 metros de extensão, com altura variável de até 15 metros em relação à rua.

A estrutura permitirá acesso direto e seguro de um espaço ao outro, fazendo com que tenham funções complementares. Além de sua funcionalidade, a via oferecerá bela vista para o conjunto arquitetônico da Lagoa da Pampulha, em ambiente seguro com guarda-corpo e vigilância privada, iluminação central, assentos e árvores de acordo com seu projeto paisagístico.

“A via de integração vai oferecer um passeio com vista para um dos mais belos cartões-postais da capital, atraindo visitantes e consolidando o novo Mineirão como uma grande atração turística do Estado”, avalia o secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso.

Atualmente, está em execução a fundação da nova via na rua, após conclusão das fundações profundas dentro do terreno do Mineirão e do Mineirinho. A previsão de conclusão é para o mês de outubro.

O funcionamento da nova via de integração será conforme os eventos realizados tanto na esplanada do novo estádio como no Mineirinho. “A estrutura será construída por meio de rampas que permitirão o acesso direto e seguro de um equipamento para o outro, fazendo com que tenham funções complementares”, explica o presidente da empresa Minas Arena, responsável pela obra, Ricardo Barra.

Esplanada

A nova esplanada, que fica no entorno do estádio, será um espaço de 80 mil m2, com capacidade para abrigar eventos de lazer para até 65 mil pessoas. Terá como atrativos o Museu Brasileiro do Futebol, praças de convivência e lojas.

Novo Mineirão

Cerca de 65% das obras estão concluídas, com 99% dos pré-moldados da esplanada instalados e 64% da arquibancada inferior já montada. Há 2.600 operários em campo para finalizar a modernização do estádio em 21 de dezembro de 2012.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/comeca-construcao-da-via-de-integracao-entre-mineirao-e-mineirinho/

Gestão Eficiente: Governo de Minas assina protocolo para construção do Centro de Referência da Juventude

A obra é o resultado de necessidades apresentadas durante a 2ª Conferência Estadual da Juventude no ano passado.

O Governo de Minas,  por meio da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej),  e a Prefeitura de Belo Horizonte, irão assinar, na segunda-feira (2), às 10h30, o protocolo de intenções para construção do Centro de Referência da Juventude. A solenidade acontecerá no salão Nobre da Prefeitura de Belo Horizonte, na Avenida Afonso Pena, 1212, no Centro da capital.

O subsecretário da Juventude, Gabriel Azevedo, explica que a obra é resultado de demandas da população jovem, com idade entre 15 e 29 anos, apresentadas em 2011 durante a 2ª Conferência Estadual da Juventude. “Na oportunidade, eles listaram como uma das prioridades o olhar diferenciado do governo perante o público juvenil. Diante disso, empenhamos esforços para implementação de políticas públicas de juventude, dentre elas o Centro de Referência da Juventude”, afirma o subsecretário.

O espaço oferecerá espaços multiuso para as mais diversas formas de expressão ligadas às artes, esportes, cultura, culinária, comunicação e empregabilidade, além de locais específicos para a promoção de políticas de juventude e serviços de utilidade pública.

Situado na Praça da Estação, com 5.625 m² de área construída, o projeto de edificação é totalmente acessível e utiliza recursos sustentáveis. Sua localização favorece o acesso dos jovens da Região Metropolitana de Belo Horizonte por meio do transporte público e contribui com a revitalização da região central da capital.  O projeto contempla a restauração dos elementos remanescentes da fachada da primeira grande indústria têxtil inaugurada em Belo Horizonte, e promove uma relação cultural com a vizinhança.

O investimento total destinado ao projeto e obra é de R$ 14 milhões, sendo R$ 10 milhões provenientes do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Seej.

“O Centro de Referência da Juventude tornará a capital mineira um exemplo na potencialização do desenvolvimento juvenil por meio de atividades específicas, para uma  minas mais jovem e para uma juventude mineira em rede”, completou Gabriel.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-assina-protocolo-para-construcao-do-centro-de-referencia-da-juventude/

Gestão Anastasia: Governo de Minas leva Programa de Educação Profissional a todo o Estado

Por meio de parcerias, o programa oferece cursos gratuitos em diversas áreas

O Programa de Educação Profissional (PEP) já formou 68 mil alunos em Minas Gerais desde 2007 e está presente em todas as regiões do Estado.

Por meio de parcerias com instituições como o Senai, o programa do Governo de Minas oferece cursos gratuitos de ensino profissionalizante em diversas áreas.

Somente neste ano, o PEP oferece 30 mil vagas em todo o Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-leva-programa-de-educacao-profissional-a-todo-o-estado/

Gestão Anastasia: Jucemg Minas Fácil inaugura novas instalações em Juiz de Fora

Novo espaço da unidade receberá o nome do ex-presidente Itamar Franco

A cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, ganha, nesta quinta-feira (28), novas instalações da unidade Jucemg Minas Fácil. Dentro de um novo conceito de acessibilidade, que garante mais facilidade aos usuários, sobretudo para os portadores de mobilidade reduzida, o espaço recebe o nome do ex-presidente Itamar Franco, eu completaria 82 anos nesta quinta-feira, uma homenagem pelo seu importante legado ao país. A inauguração será às 11h, na Rua São Sebastião, 713, Centro, com a participação da presidente da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), Angela Pace, convidados de várias entidades de classe, políticos e lideranças sociais.

Há 35 anos em funcionamento, a unidade da Jucemg em Juiz de Fora é a quarta no ranking de abertura de empresas em Minas, com 599 empresas constituídas em maio, contra 76 empreendimentos extintos no mesmo mês. Em média, são 381 novos negócios abertos mensalmente na cidade da Zona da Mata, com um tempo médio de sete dias para formalização empresarial. Ao todo, são 30.532 empresas ativas, a maioria no comércio varejista de vestuário e acessórios. As novas instalações da Jucemg Minas Fácil contemplam rampa de acesso para deficientes, elevador para cadeirantes e balcão acessível, com altura e padrão de acordo com a legislação estadual em vigor sobre as normas de acessibilidade.

A reforma da unidade integra um conjunto de ações da Junta Comercial que objetiva modernizar seu atendimento e reforçar o compromisso na simplificação, agilidade e redução de custos e tempo do empresário, diretrizes do Projeto Estruturador Descomplicar, gerenciado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). A Jucemg vem, assim, criando ambientes favoráveis aos seus negócios no Estado e contribuindo para geração de riqueza e trabalho.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/jucemg-minas-facil-inaugura-novas-instalacoes-em-juiz-de-fora/

Governo de Minas: biblioteca pública móvel visita moradores da Região Metropolitana de BH

O objetivo da iniciativa é levar cultura a quem tem dificuldade de acesso à informação

De segunda a sexta-feira, seis bairros da região metropolitana de Belo Horizonte recebem o carro  biblioteca da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Dentro do veículo, que leva o acervo da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, estão disponíveis mais de 3500 exemplares, entre biografias, romances, livros didáticos, além de 40 títulos de revistas e um jornal diário.

Além da consulta local ao acervo e o empréstimo domiciliar, a biblioteca móvel também oferece o serviço de auxílio à pesquisa, com orientação quanto ao uso de enciclopédias, almanaques, dicionários e obras informativas.

Todos os dias são emprestados cerca de 70 livros. Para levar um para casa, basta apresentar identidade e comprovante de endereço.

Fonte: http://youtu.be/11NgCHjsxA4

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/biblioteca-publica-movel-visita-moradores-da-regiao-metropolitana-de-bh/

Gestão da Saúde: Força Tarefa de Combate à Dengue mobiliza população em Itambacuri

Objetos que servem de criadouro do mosquito são trocados por materiais escolares

Lineu Cardoso
A troca de materiais diminui o índice do foco do mosquito da dengue
A troca de materiais diminui o índice do foco do mosquito da dengue

A população da cidade de Itambacuri, na região do Vale do Rio Doce, se mobiliza no combate a dengue até sexta-feira (29). Hoje pela manhã foi a vez do bairro Várzea receber o Dengue Móvel, vários materiais que podem servir de criadouro para o mosquito da dengue, como latas, garrafas pets e pneus foram trocados por materiais escolares. A iniciativa é do Governo de Minas através da Secretaria de Estado de Saúde.

Petterson Bonifácio Nascimento, enfermeiro do município, disse que a Força Tarefa de Combate à Dengue está desenvolvendo um trabalho muito importante com a comunidade, pois além da troca de materiais, ajuda na diminuição do índice de infestação e eliminação do foco do Aedes aegypti.

“Essa iniciativa do Governo de Minas é muito boa. Vou continuar limpando sempre o meu quintal, estou junto no combate à dengue. Já tive dengue hemorrágica, fiquei bastante tempo acamada recebendo tratamento e não quero que ninguém passe o que passei. Só quem é preguiçoso é que não colabora. Essas pessoas não  sabem o perigo da dengue que rodeia a sua casa, não podemos nos acomodar”, ressaltou a moradora do bairro Santa Clara, Maria de Fátima Neves Batista, 59 anos.

Para a secretária Municipal de Saúde, Daniela de Cássia D’Avila Teixeira Tudeia, o trabalho da Força Tarefa e da Mobilização no município é fundamental para a que a população se conscientize da importância da sua participação na efetivação deste trabalho. “É importante destacar a diminuição dos casos de dengue após a mobilização de todos, como podemos notar depois do primeiro trabalho da Força Tarefa em Itambacuri no ano de 2011. Agradeço ao Governo de Minas pela parceria com o município na prevenção da dengue”, ressaltou a secretária.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/forca-tarefa-de-combate-a-dengue-mobiliza-populacao-em-itambacuri/

Governo de Minas: desemprego permanece estável na RMBH

Belo Horizonte mantém a menor taxa de desocupação entre todas as sete regiões metropolitanas pesquisadas.

SETE / Divulgação
"Para o Governo de Minas, a qualidade do emprego é agora a grande prioridade", destaca Igor Coura
“Para o Governo de Minas, a qualidade do emprego é agora a grande prioridade”, destaca Igor Coura

Em maio de 2012 a taxa de desemprego total na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) foi de 5,0% da População Economicamente Ativa (PEA), a mesma registrada no mês anterior. Assim como no mês de abril, a taxa é a menor registrada na série histórica da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED-RMBH), iniciada em 1996.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (27) pela Fundação João Pinheiro, Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), Dieese e Fundação Seade.

Entre as sete Regiões Metropolitanas avaliadas pela PED (Belo Horizonte, Distrito Federal, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo), a de Belo Horizonte mantém a menor taxa de desemprego pelo 11º mês consecutivo.

“O que mais impacta para que a taxa da RMBH permaneça a menor entre as regiões metropolitanas é o peso forte do setor de serviços, que representa 57% das pessoas que estão empregadas no mercado de trabalho hoje”, explica o coordenador da PED pela Fundação João Pinheiro, Plínio Campos.

No período avaliado, houve ligeiro acréscimo no contingente de ocupados (7 mil), mesmo número de pessoas que passaram a fazer parte do mercado de trabalho, o que resultou na estabilidade do número de desempregados. O tempo médio de procura por trabalho foi de 25 semanas, uma a mais que o mês de abril.

Para o coordenador do Observatório do Trabalho da Sete, Igor Coura, sempre haverá movimentação no mercado de trabalho; portanto, uma queda maior na taxa de desemprego é improvável. “Somos resistentes em dizer que estamos numa situação de pleno emprego, pois a estrutura do mercado não é homogênea. Para afirmarmos que essa é a taxa ideal, precisamos de um mercado de trabalho estável e organizado. Mas estamos bastante satisfeitos com os números alcançados. Para o Governo de Minas, por meio da Sete, a qualidade do emprego é agora a grande prioridade para que fiquemos numa situação confortável”, afirma.

Setores

Na comparação com o mês de abril, o setor de serviços registrou aumento de 23 mil empregos, o agregado “outros setores” 5.000, e a indústria 3.000. Em movimento contrário, construção civil e comércio sofreram reduções de 13 mil e 11 mil, respectivamente.

Entre abril de 2011 e abril de 2012, houve acréscimo de 56 mil postos de trabalho no setor privado (4,4%) e de 8 mil ocupações no emprego público (2,5%). Foram registrados aumentos de 83 mil (7,4%) trabalhadores assalariados com carteira assinada e de 11 mil (7,8%) ocupados no setor de empregados domésticos.

“É importante ressaltar que a geração de novas ocupações foi suficiente para absorver todas as pessoas que ingressaram no mercado de trabalho, o que fez com que a taxa permanecesse estável. Outro fato que chama a atenção é o de que, pelo sétimo mês consecutivo, observamos aumento na ocupação”, analisa Campos.

Rendimentos

Em abril, o rendimento real médio dos ocupados foi estimado em RS 1.403, sendo registrada redução de 0,9%, se comparado a março. No setor privado, foi observada relativa estabilidade no salário médio da indústria (0,3%). Em contrapartida, houve redução de 2,2% no salário médio do setor de serviços e de 4,6% no do comércio.

“A expectativa para os próximos meses é de que tenhamos taxas menores, se comparadas às do ano anterior”, conclui Plínio Campos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/desemprego-permanece-estavel-na-rmbh/