Nordeste: Aécio diz que desenvolvimento é prioridade

Aécio disse que a conclusão das obras da Transposição do Rio São Francisco é prioridade, assim com a manutenção dos programas sociais.

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder

Entrevista do candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves

Assuntos: eleições 2014; desenvolvimento regional; Nordeste Forte; irrigação
Sobre desenvolvimento regional e compromissos.

[É prioridade] a conclusão das obras permanentemente adiadas pela incompetência desse governo. A conclusão da Transposição do São Francisco é prioridade absoluta do nosso governo. Os programas sociais, como o Bolsa Família, não serão apenas mantidos, serão ampliados para atender aqueles que menos têm. Mas serei o presidente do desenvolvimento e principalmente do desenvolvimento regional. Teremos políticas públicas específicas para essa região, que passam pela simplificação do sistema tributário com situações específicas para investimentos que venham pra cá. Teremos uma preocupação clara com a conclusão de todos os gargalos de infraestrutura que têm impedido aqueles que aqui produzem de produzirem com maior competitividade.

Serei o governo da Segurança Pública. O Governo Aécio Neves é um governo que não vai se omitir, como o atual governo. E vai conduzir uma política nacional de segurança, impedindo o contingenciamento de recursos, fazendo uma profunda reforma no Código Penal e no Código de Processo Penal para que a impunidade não continue a imperar Brasil afora. E vamos colocar policiais nas ruas. O governo federal vai subsidiar os Estados para que todos os policiais que estão hoje em serviços administrativos possam cumprir a função para a qual foram preparados. E, ao final, seremos o governo da generosidade na saúde pública. O governo do PT, ao longo dos últimos 12 anos, vem reduzindo ano a ano a participação federal no financiamento da saúde pública no Brasil.

Vamos ser o governo não apenas do financiamento, mas da gestão e principalmente dos investimentos regionalizados. Já tem uma demanda do governador Cássio Cunha Lima, vamos trazer para essa região as clínicas de especialidades, onde o cidadão chega, se consulta com os especialistas, faz os exames e já sai dali medicado, com os remédios. Temos que dar uma nova qualificação no atendimento de saúde pública aos que menos têm.

Sobre propostas para a Paraíba e o Nordeste Forte

Me referi aqui a obras de infraestrutura, mas há um compromisso meu com o Cássio de buscar trazer o desenvolvimento e a indústria novamente para a Paraíba. Temos que reaquecer o polo industrial da Paraíba. Existem potencialidades extraordinárias que podem ser exploradas, mas só serão se conseguirmos fazer o governo crescer. Governei Minas Gerais, que tem uma região nordeste incrustrada em nosso Estado, para muito orgulho nosso. Terminei o meu governo gastando três vezes mais na região de menor IDH do que nas regiões mais ricas. E quando vencer as eleições, esse é o meu compromisso: os investimentos prioritários começarão por aqui.

Estarei ao lado do governador Cássio, ao lado do governador José Agripino, que nos acompanha, no próximo sábado, lançando em Salvador o programa que estamos chamando de Nordeste Forte, que passa por investimentos em irrigação no nosso semiárido, passa também pela questão tributária, a qual eu me referi, específica para essa região. Vamos definir quais são esses principais gargalos de infraestrutura e vamos dar um choque de infraestrutura no Brasil. Mas vamos principalmente estabelecer quais as vocações especificas de cada uma das nossas microrregiões. E, ao final, estarei anunciando no sábado, e antecipo pra vocês, vamos refundar a Federação no Brasil.

Vamos dotar os municípios novamente de condições de eles próprios enfrentarem as suas dificuldades, porque o Brasil se transformou num Estado unitário hoje. Apenas o governo federal tudo tem. Apenas o governo federal tudo pode e todos dele são dependentes. O nosso governo será o governo da descentralização. E repito, tenho compromisso com o governador Cássio de trazer novos e importantes investimentos que vão gerar renda e desenvolvimento para essa região, obviamente acompanhados da qualificação, porque educação é sempre aquilo que há de mais importante para transformarmos a realidade de qualquer região do país, e na Paraíba não é diferente.

Sobre a seca.

Essa é uma questão histórica. Você, obviamente, não muda o clima, mas pode minimizar os efeitos da seca e da estiagem com políticas públicas específicas para essa região. Me referi aqui à Transposição, que já poderia estar minimizando o sofrimento de milhões de paraibanos, de nordestinos de todas as regiões. Sabemos que existem também já cidades onde falta água para o consumo humano, isso é inaceitável em um país com as potencialidades do Brasil. Temos políticas específicas de irrigação para o nosso semiárido, inclusive, que vocês vão conhecer em detalhes no próximo sábado.

O que quero dizer de forma muito clara é que sempre defendi que as regiões desiguais devem ser tratadas de forma desigual, porque só dessa forma você vai diminuir as desigualdades. Eu serei, como foi há 60 anos um presidente mineiro, talvez o primeiro a colocar um olhar mais generoso para essa região, que foi Juscelino Kubitscheck, com a criação da Sudene. Quero dizer que 60 anos se passaram, e eu serei o novo presidente do Nordeste brasileiro.

Anúncios

Publicado em 22/08/2014, em política e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: