Mães de Minas: site amplia informação para mulheres

Mães de Minas: iniciativa do Governo de Minas fornece conteúdos educativos e divulga boas práticas para gestantes e mães de bebês.

Boa prática

Fonte: Estado de Minas

Rede voltada à vida

Site com rede social para grávidas e mães de bebês encerra 2013 com 1,5 milhão de visualizações de páginas e serve de referência para pelo menos 8 mil mulheres no país

A cada ano que passa, a internet vem ganhando mais força como fonte para a busca de informações. Mas, quando o assunto é saúde, logo surge a dúvida: esse site é confiável? Foi pensando na credibilidade das informações sobre maternidade que a gestante Mariana Seijas (foto), de 29 anos, buscou o www.redemaesdeminas.com.br e http://www.redemaesdeminas.com.br.

Grávida de oito meses do primeiro filho, a moradora de Belo Horizonte conta que as dúvidas surgiam a todo momento e a ansiedade para esclarecê-las era tamanha que ficava difícil esperar até a próxima consulta médica. E, na rede de amigos, também sentia insegurança, quando cada um falava uma coisa diferente. “Tenho a Rede Mães de Minascomo uma fonte confiável de informação para o dia a dia.

Além de encontrar vários textos e vídeos, a gente pode conversar com outras mulheres na mesma fase sobre o que estamos sentindo e com profissionais de saúde, que estão sempre de olho no que estamos falando, para corrigir possíveis informações erradas e tirar as nossas dúvidas. Eles interagem com a gente”, destaca.

A proposta da Rede Mães de Minas, parceria entre a Fundação Assis Chateaubriand e a Secretaria de Saúde Minas Gerais, a partir do programa Mães de Minas, é fornecer conteúdos educativos de saúde, divulgar boas práticas e orientar para o autocuidado de gestantes e mães de bebês de até 1 ano de idade de todo o estado de Minas Gerais, além de oferecer uma rede social que permite a interatividade entre essas mulheres, profissionais e gestores da saúde.

Os textos são produzidos por uma equipe de médicosnutricionistasenfermeiros e outros especialistas, que também faz a moderação na rede. O objetivo é contribuir para a redução da mortalidade materna e neonatal no estado. Desde o lançamento oficial, em fevereiro de 2013, o site já soma mais de 415 mil visitantes únicos, 540 mil visitas e mais de 1,6 milhão de visualizações de páginas.

Somente em dezembro foram 52 mil visitantes únicos e 66,7 mil visitas. Na rede social do site, já são mais de 8 mil membros cadastrados. E, no Facebook, a página do projeto http://www.facebook.com/RedeMaesdeMinas já conta com cerca de 6,2 mil seguidores.

“Estimulamos a troca de experiências, o que contribui para a compreensão de temas importantes para a saúde da mulher e do bebê como a atenção ao pré-natal, ao partoaleitamento, alimentação da gestante. As mensagens postadas na rede, muitas vezes ricas de emoção, demonstram a eficácia de estratégia”, avalia Mariana Borges, superintendente executiva da Fundação Assis Chateaubriand.

Ela destaca que há outros serviços disponíveis para quem se cadastra, como chats semanais com especialistas, grupos temáticos de discussão e aplicativos para acompanhar a gravidez e o pós-parto, como o registro de consultas, nível de glicemia, pressão arterial, teste sobre amamentação.

Grávida da segunda filha, Sônia Carvalho, de 25 anos, de Patrocínio (MG), afirma que os bate-papos da Rede Mães de Minas têm ajudado. “Na primeira gestação, fiquei com muitas dúvidas, não tinha quem me esclarecesse. Com os bate-papos da rede, fiquei sabendo que coisas básicas que não sabia sobre amamentação, por exemplo. Com as dicas dos médicos, ficou melhor para eu me preparar.”

VISITAS Como a internet não tem fronteiras, o site da Rede Mães de Minas também tem levado informação e ajudado pessoas de outros estados brasileiros e até de outros países, como Portugal, Estados Unidos, Angola, Moçambique e Suíça. Em território nacional, Minas Gerais é o estado com maior número de visitas. Em dezembro, foram 21,5 mil. Em segundo lugar, apareceu São Paulo (14.172), seguido de Rio de Janeiro (4.442), Paraná (2.682), Bahia (2.216), Rio Grande do Sul (1.927), Pernambuco (1.315), Ceará (1.310), Distrito Federal (1.243) e Santa Catarina, com 1.234 visitas.

Anúncios

Publicado em 20/01/2014, em política e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: