Governo de Minas: professor da rede estadual de ensino retorna do Programa Liep

Aprendizados adquiridos no intercâmbio nos Estados Unidos vão aprimorar o ensino da Língua Inglesa na sala de aula

Divulgação SEE
Professor durante o intercâmbio nos Estados Unidos
Professor durante o intercâmbio nos Estados Unidos

A Escola Estadual José Severino Filho, em São João Batista da Gloria , no Sul do Estado, ligada à Secretaria de Estado de Educação recebe o professor de língua inglesa Carlos Henrique Borim que após cinco meses de intercâmbio nos Estados Unidos, pelo programa Lideres Internacionais em Educação (LIEP), retoma suas atividades na escola. Depois do curso na Universidade Clemson, no estado da Carolina do Sul, Carlos Henrique poderá aprimorar suas aulas com os conhecimentos adquiridos.

Entre os conteúdos estudados estavam: Tecnologias aplicadas à educação e orientações para o trabalho em sala como: Disciplina, avaliação e trabalhado psicológico com o aluno. O educador também teve a opção de escolher dois conteúdos específicos que foram a psicologia da educação e a educação internacional.

O contato não ficou apenas no campo da teoria. Carlos Henrique também teve uma rotina em uma escola colegial, que corresponde ao ensino médio no Brasil. “Nós também tivemos estágio em uma escola pública. Eu fiquei em uma do interior, onde eu tinha que ir para a sala e dar aula para os alunos norte-americanos”, conta.

Experiência Extra

Além da experiência na Universidade da Carolina do Sul, Carlos Henrique assistiu a uma palestra na Universidade de Harvard, com o idealizador da teoria das múltiplas inteligências, o pesquisador e cientista norte-americano, Howard Gardner.

“Esse cientista já escreveu mais de 20 livros e, em sua teoria, mostra que cada pessoa pode ter uma forma diferente de aprender, alguns têm mais aptidão com a visão, outros com a audição. Trabalhar prestando atenção a essas diferenças é muito importante para o professor”, avalia Carlos Henrique, que trabalha na rede estadual de ensino há 14 anos.

Sobre a experiência no exterior, o professor destaca que a experiência agregou  conhecimento profissional e pessoal e também serviu de exemplo para os alunos da escola em que trabalha. “Conversando com a minha diretora, ela disse que comentou com os alunos a importância de correr atrás daquilo que deseja. Ela usou o meu exemplo. Eu havia tentado uma vez participar do Ilep e não consegui, mas resolvi tentar de novo e veio a minha vez. Quero trazer para a sala de aula os conhecimentos que adquiri nesse período, não só com os norte- americanos, mas com professores de outros países que, assim como eu, também tiveram essa oportunidade”, finaliza.

Experiência às avessas

Educadores dos Estados Unidos também têm a oportunidade de conhecer a experiência brasileira em educação. Desde o dia 10 de junho, 12 professores norte-americanos estão no Brasil para conhecerem as experiências pedagógicas do país na área da educação básica. Entre esses educadores estão as professoras Alison Gisk e Shauna Waters que realizam visita a escolas mineiras da Superintendência Regional de Ensino de Poços de Caldas. As professoras foram selecionadas dentro do Programa Teachers for Global Classrooms, (TGC), do Departamento de Estado Americano e Embaixada Americana no Brasil.

A professora Rita de Cássia, da Escola Estadual David Campista, em Poços de Caldas, no Sul do Estado, é uma das responsáveis por acompanhar as professoras na visitas às escolas. Segundo a educadora, as professoras visitantes têm gostado do que viram. “Eles têm gostado de conhecer nossas escolas e as diferentes realidades. Também acham os nossos alunos muito carinhosos. Em uma visita que fizemos à Campestrinho, distrito de Andradas, os alunos fizeram uma ‘roda de viola’ para recepcioná-las”, explica Rita de Cássia que já viveu experiência semelhante ao ter participado do Ilep na edição de 2011.

Na próxima quinta-feira (21), as professoras norte-americanas participarão de um encontro com 80 professores de Língua Inglesa, organizado pela Superintendência Regional de Ensino de Poços de Caldas. O encontro contará com a participação dos especialistas do Programa de Intervenção Pedagógica/ Conteúdos Básicos Comuns.

Programa de Intercâmbio

O Programa Líderes Internacional em Educação é realizado pela Embaixada Americana, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). O Programa tem como foco capacitar professores de inglês do ensino médio da rede pública. Além de um aprimoramento na língua, os educadores terão a oportunidade de conhecer de perto a cultura norte-americana e trocar experiências com estudantes e professores dos Estados Unidos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/professor-da-rede-estadual-de-ensino-retorna-do-programa-liep/

Publicado em 20/06/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: