Governo de Minas: tecnologia desenvolvida pela Fapemig é destaque na coleção de Ronaldo Fraga na SPFW

Coleção apresenta lançamento da linha Lume, desenvolvida em Minas Gerais, para iluminação impressa

Desde o início, a tecnologia é aliada da moda na busca por diferencial e identidade. Retornando às passarelas, Ronaldo Fraga promove a ligação entre moda e tecnologia de ponta desenvolvida no Brasil, a partir da aplicação de lâmpadas eletroluminescentes nas peças desfiladas na 33ª edição do São Paulo Fashion Week. O material utilizado pelo estilista foi desenvolvido pelo Centro de Inovações CSEM Brasil, único local da América Latina onde esses dispositivos podem ser preparados em lâminas de grande comprimento e em volume, utilizando a tecnologia eletrônica orgânica impressa por rolos (roll to roll).

O lançamento da aplicação de dispositivos eletroluminescentes no design durante uma das maiores semanas de moda do mundo expõe a ascensão do Brasil no mercado de tecnologia de produtos de alto valor agregado, como painéis de iluminação impressa e células fotovoltaicas, utilizando os chamados polímeros orgânicos, dos quais os OLEDs (organic light emitting diodes) fazem parte.

O baixo custo da tecnologia resulta também em alto fator competitivo em relação ao que já é desenvolvido na China, Estados Unidos e Europa, confirmando o papel determinante que a moda exerce no desenvolvimento econômico-industrial do país. Para Ronaldo Fraga, que volta às passarelas investindo em inovação aliada à cultura brasileira, o potencial de transformação do projeto vai ser sentido além do mundo da moda.“É realmente gratificante essa oportunidade de releitura da arte Marajoara, da pré-histórica brasileira, usando uma tecnologia de iluminação destinada ao futuro”, afirma.

A eletrônica orgânica e impressa é uma tecnologia recente que conjuga materiais orgânicos e técnicas de impressão para produção de eletrônica de menor custo. Umas das aplicações dessa técnica são as fitas flexíveis em plástico que emitem luz quando ligados à corrente elétrica, apresentadas na linha Lume, desenvolvida pelo CSEM Brasil com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

As fitas Lume podem ser utilizadas em inúmeras situações incluindo displays de eletrônicos como relógios, interiores de aviões e automóveis, placas comerciais e projetos de decoração. As lâmpadas eletroluminescentes apresentam extrema durabilidade, com vida útil de até dez mil horas, material flexível para diferentes aplicações e baixo consumo de energia através da utilização de materiais não agressivos ao meio ambiente, o que faz com que elas sejam consideradas uma tecnologia verde.

A possibilidade de desenvolver um mercado ainda pouco explorado no mundo, mas com muito potencial de crescimento é um dos impactos que o investimento em dispositivos eletroluminescentes pode trazer. Eles permitem ao Brasil a exploração de novos nichos de mercado, novas cadeias de valor e empregos além de atraírem novos investimentos.  Para o diretor do CSEM Brasil, Tiago Alves, o investimento na tecnologia eletrônica orgânica impressa é uma oportunidade para o Brasil se destacar no cenário internacional com a consequente geração de novos produtos e empresas. “A eletrônica orgânica e impressa é a próxima oportunidade que não pode ser perdida pelo Brasil representando verdadeiro potencial de mudança de patamar econômico para a nossa indústria. Os trabalhos do CSEM Brasil em Minas Gerais caminham nessa direção em parcerias com centros de excelência no Brasil e no mundo. A primeira planta de protótipo da tecnologia já foi construída em Belo Horizonte e sua expansão já se iniciou na cidade da Ciência e do Conhecimento em Belo Horizonte, em parceria com a Fiemg-Senai-Cetec-MG. A linha de produtos Lume inaugura essa nova capacidade produtiva do país”, afirma.

“A Fapemig é uma das agências de fomento do Brasil que mais aposta na interface entre academia, tecnologia e os diversos setores da indústria.  Nesse sentido, O CSEM Brasil tem sido exemplar trazendo excelentes resultados para Minas.  O seu projeto de Eletrônica Impressa realmente é emblemático ao fundir nas passarelas da moda elementos mineiros de design, ciência e tecnologia”, afirma Mario Neto Borges, presidente da Fundação. “O Governo de Minas identificou, no momento correto, o valor econômico e estratégico da Eletrônica Orgânica e Impressa para o estado e para o país. Esse projeto nos coloca na linha de frente do desenvolvimento mundial de dispositivos de iluminação e de geração elétrica por células fotovoltaicas”, destaca Narcio Rodrigues, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

CSEM Brasil

O CSEM Brasil foi criado em 2007 pelo CSEM S.A. da Suíça e a FIR Capital, com o apoio da Fapemig para fornecer soluções tecnológicas inovadoras ao mercado e para a indústria, utilizando plataformas e experiências dos sócios, e desenvolvimentos em parceria com universidades e centros de P&D brasileiros e estrangeiros. O CSEM Brasil conta com laboratórios e linhas de prototipagem avançada e produção piloto para o desenvolvimento de componentes e sistemas, além de profissionais altamente qualificados com experiência em indústrias e instituições de primeira linha no Brasil e no exterior.  Com aporte recente do BNDES de R$13 milhões para desenvolvimento de microssistemas e sensores com foco em ambientes hostis e aparelhamento para desenvolvimentos em nanotecnologia, microssistemas e sensores, o CSEM já soma aproximadamente R$30 milhões de investimentos em diferentes projetos para desenvolvimento de tecnologias inovadoras e transformação de pesquisas em produtos com alto valor agregado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/tecnologia-desenvolvida-pela-fapemig-e-destaque-na-colecao-de-ronaldo-fraga-na-spfw/

Publicado em 14/06/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: