Governo de Minas: Secopa participa de troca de experiências com o Reino Unido na área de segurança pública

Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos foi realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro

Sylvio Coutinho/Divulgação
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio
Em BH, stewards atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio

A Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) participou do Seminário de Segurança para Grandes Eventos Esportivos, realizado pelo Consulado Geral Britânico, no Rio de Janeiro. O evento, encerrado nesta sexta-feira (25), foi iniciado na quinta (24). Autoridades britânicas apresentaram projetos de segurança aplicados aos principais estádios do Reino Unido, bem como planos de emergência e atuação dos assistentes de torcedores, conhecidos na Europa como stewards.

Um dos temas mais debatidos durante o encontro foi a necessidade de integração de todas as forças de segurança durante grandes eventos em arenas multiusos. “Os britânicos reforçaram que o segredo de um evento seguro está no trabalho conjunto entre policiais militares, civis, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e seguranças particulares. Essa nova modelagem de estádios vai exigir uma nova postura”, disse o assessor da Secopa, coronel Wilson Cardoso.

Em Belo Horizonte, os assistentes de torcedores, stewards, atuam na Arena Independência desde a abertura do estádio. Eles ficam posicionados em todos os setores da nova arena, sendo um para cada cem torcedores, com o objetivo de garantir segurança e tranqüilidade aos torcedores. Em caso de aglomeração de torcedores nas escadas de circulação nas arquibancadas durante jogos, por exemplo, eles atuam para evitar desconforto entre os demais visitantes. Em caso de conflito, buscam pronto auxílio da Polícia Militar.

Foco na segurança

O Governo de Minas prepara um estudo, elaborado pelos especialistas em inteligência das principais forças de segurança do Estado, com análise de riscos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, previsto para ser finalizado em setembro deste ano. O documento vai detalhar ações preventivas e situações hipotéticas de risco com soluções correspondentes em segurança, como ataques terroristas, sequestros, sabotagens, entre outros. Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e funcionários do sistema prisional do Estado vão trabalhar de forma integrada em futura sede comum, a Sala de Situação e Controle de Crise para a Copa.

O novo espaço tem previsão de abertura no segundo semestre deste ano. “É muito importante que as decisões das forças de segurança não sejam intuitivas. A partir do treinamento, o profissional deverá agir com base em informações científicas para manter a tranqüilidade e segurança durante os espetáculos da Copa de 2014”, concluiu o coronel.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secopa-participa-de-troca-de-experiencias-com-o-reino-unido-na-area-de-seguranca-publica/

Publicado em 25/05/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas, Gestão Pública e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: