Gestão Eficiente: Anastasia destaca importância da indústria no crescimento econômico e geração de empregos

Governador disse que prioridade deve ser agregar valor aos produtos e diversificar a economia do Estado

O governador Antonio Anastasia participou, na noite dessa quinta-feira (24), no Expominas, em Belo Horizonte, das comemorações do Dia da Indústria, celebrado oficialmente nesta sexta-feira (25). O evento foi organizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Anastasia falou da importância de se festejar o Dia da Indústria, destacando o Programa de Agregação de Valor ao Produto Mineiro (ProValor), que será implementado em parceria com a Fiemg.

O projeto terá também como parceira a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), através da Escola de Engenharia, que fará um diagnóstico do segmento metalmecânico, um dos principais setores da indústria de transformação mineira. O projeto piloto, que deverá estar concluído num prazo de 12 meses, será implantado na região do Vale do Aço e será coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico.

O ProValor tem como objetivo o fomento à geração de empregos de qualidade, a intensificação do conteúdo tecnológico das empresas, o aumento da participação das empresas envolvidas no mercado, com o consequente aumento da arrecadação, por meio da ampliação de base tributária e do maior valor do produto industrial mineiro.

“Sabemos que o desenvolvimento industrial de Minas nos permite a cada dia perseguir mais aquele velho sonho, qual seja de agregar permanentemente valor aos nossos produtos, aos produtos de Minas Gerais, e não ficarmos dependentes exclusivamente da exportação das commodities. O ProValor é um programa muito importante e tem como objetivo agregar valor aos produtos mineiros e gerar empregos de qualidade”, destacou o governador.

Anastasia enfatizou que a maior luta é exatamente diversificar a economia. “Não somente como no passado, naquela malfadada frase que Minas se caracterizava por exportar mineiros e minérios. Não queremos mais isso, nunca mais. Queremos ver a riqueza aqui em nosso Estado”, afirmou.

Para o presidente da Fiemg, Olavo Machado Júnior, a agregação de valor proporciona crescimento não só para a indústria, mas para todo o Estado. “Isso possibilita que as empresas cresçam e cumpram sua missão de gerar riqueza e produzir empregos de qualidade. Essa é uma das prioridades do Governo Antonio Anastasia juntamente com a Federação das Indústrias”, afirmou o empresário.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, disse que Minas Gerais se destaca pelo desenvolvimento industrial e também de todos os setores da economia. “Em Minas caminhamos em promissora direção. Contamos com o privilégio da liderança firme e segura do governador Anastasia, cuja obra muito nos anima. Nos últimos anos Minas Gerais pontifica como notável exemplo ao país.”

Dia da Indústria

Anastasia afirmou ainda que, neste ano, o Dia da Indústria, está sendo comemorado num cenário extremamente otimista e positivo. “Minas Gerais tem hoje um patamar de desenvolvimento e prosperidade que não imaginávamos há alguns anos. Ao longo dos últimos dez anos, Minas apresentou à nação resultados extraordinários. E nesse quadro a indústria mineira também realizou um trabalho excepcional”, disse o governador.

Antonio Anastasia salientou que a indústria é o lugar de empregos qualificados de longo prazo. O governador disse que o país e o Estado que têm uma indústria sólida, desenvolvida e diversificada certamente apresentam padrão de desenvolvimento bastante avançado.

Premiação

Durante a solenidade de comemoração do Dia da Indústria, o presidente do Grupo EBX, Eike Batista, recebeu o prêmio de Industrial do Ano. O empresário agradeceu a homenagem e as parcerias com Minas Gerais, afirmando que o governador Anastasia demonstra que “projetos grandes sempre necessitam de parceria público-privada.”

Também foram homenageados 13 empresários com a Medalha do Mérito Industrial. Participaram também das comemorações do Dia da Indústria o vice-governador Alberto Pinto Coelho; os ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Marco Antonio Raupp (Ciência, Tecnologia e Inovação); o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Dinis Pinheiro; o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda; os senadores Aécio Neves e Zezé Perrella; o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, entre outras autoridades.

Indústria em Minas Gerais

Minas Gerais abriga um dos mais importantes polos industriais do país. O setor emprega mais de 1 milhão de pessoas em 65 mil empresas. A indústria é responsável por um terço do PIB mineiro, que, em 2011, cresceu 2,7%. Liderado pela expansão da construção civil, o PIB da indústria registrou alta, no ano passado, de 1,9% – acima da média nacional (1,6%).

No ano passado, a indústria contribuiu com mais da metade da arrecadação do ICMS estadual. Do total de R$ 28,2 bilhões, R$ 15,4 bilhões foram arrecadados pela indústria, o que corresponde a 54,6% do total de tributos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/anastasia-destaca-importancia-da-industria-no-crescimento-economico-e-geracao-de-empregos/

Publicado em 25/05/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: