Governo de Minas: Parreira encerra primeira rodada de vistorias como consultor do Estado para a Copa

Consultor tem a missão de atrair seleções a Minas Gerais durante a Copa do Mundo de 2014

Alexandra Martins/Secopa
Carlos Alberto Parreira e o secretário Sérgio Barroso
Carlos Alberto Parreira e o secretário Sérgio Barroso

O ex-técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, terminou nesta sexta-feira (18) sua primeira rodada de vistorias como consultor da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa (Secopa) no Estado. O segundo e último dia da agenda começou com visitas à unidade de treinamentos do Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), à Toca da Raposa II, do Cruzeiro, e ao Centro de Treinamento Lanna Drumond, do América. Parreira encerrou suas atividades nesta tarde com participação em debate dentro do 4º Salão Mineiro do Turismo, no Minascentro, em Belo Horizonte. Nessa quinta-feira (17), Parreira também visitou dois hotéis e a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e a Cidade do Galo, em Vespasiano.

O consultor da Secopa destacou a qualidade da infraestrutura esportiva oferecida pelos três clubes da capital ao resumir sua estada de dois dias em Belo Horizonte. “Foram dois dias muito agradáveis pela qualidade das instalações que visitei. Gostei de tudo que vi. Eu não conhecia os hotéis, a Cidade do Galo e nem a Arena do Jacaré. Alguns espaços precisariam de algumas pequenas adaptações, mas irão sim atrair boas seleções. A Toca II eu já conhecia da época em que fiquei hospedado durante uma semana com a Seleção Brasileira, em 2010. É fantástica. O CT do América está muito bem localizado, numa área verde com bom clima e topografia”, elogiou.

Desde abril deste ano, Carlos Alberto Parreira se dedica à revisão do material técnico-promocional das cidades candidatas a Centro de Treinamento de Seleção (CTS), local onde as equipes fazem treinamento cerca de duas semanas antes do início da Copa. O trabalho de Parreira junto à Secopa prevê ainda a possibilidade de visitas às 19 cidades de Minas que pretendem receber seleções e contatos com as federações e confederações para mostrar as estruturas disponíveis no Estado.

As seleções são as responsáveis por escolherem aonde vão se hospedar. Parreira lembrou que, durante a Copa de 2010, na África do Sul, a equipe brasileira preferiu um hotel que não fazia parte do catálogo da FIFA. “A escolha depende da comissão técnica, do treinador e da cultura daquela seleção. A seleção holandesa, por exemplo, já afirmou que pretende ficar em Copacabana, no Rio de Janeiro. Outras preferem a tranquilidade. A Seleção Brasileira gosta de equilibrar entre o sossego e a movimentação. Se houver só tranquilidade, vira também uma panela de pressão depois de uma semana de concentração”, revelou.

O secretário da Secopa, Sergio Barroso, espera obter bons resultados através da parceria do Governo de Minas com o treinador. “Parreira é um profissional dedicado com muita experiência internacional. Seu trabalho tem um valor enorme porque nosso Estado está preparado para receber seleções internacionais que aqui poderão desfrutar de uma infraestrutura esportiva moderna, além das inúmeras atrações turísticas, como nossas cidades históricas”, reiterou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/parreira-encerra-primeira-rodada-de-vistorias-como-consultor-do-estado-para-a-copa/

Publicado em 18/05/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: