Arquivo mensal: abril 2012

Gestão em Minas: cinema 3D em penitenciária para alunos com bom desempenho escolar

A atividade foi elaborada para premiar os detentos que tiveram bom desempenho ENEM

Divulgação/Seds
Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII
Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII

Dezenove detentos da Penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, tiveram uma tarde diferente nesta sexta-feira (27). Em parceria com o Colégio de Aplicação João XXIII, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a unidade promoveu uma sessão de cinema 3D, com exibição do filme “Homem de Honra” e com direito a pipoca e refrigerante. A atividade foi elaborada para premiar os detentos que tiveram bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), no supletivo e nas Olimpíadas de Matemática do ano passado.

De acordo com a diretora da penitenciária, Ândrea Valéria Andries, a ideia é montar alguma atividade diferente sempre que houver bons resultados dos presos na escola. “Acho que vai incentivar o estudo e eles vão se lembrar que foram valorizados por conta do desempenho que apresentaram”, disse.

Hoje há quase 300 detentos estudando enquanto cumprem pena na Ariosvaldo Campos Pires. Dessa vez, participaram do cinema três detentos que obtiveram boa pontuação no ENEM, dez que foram aprovados em algumas disciplinas do supletivo e seis que passaram para a segunda etapa da Olimpíada de Matemática, que aconteceu no segundo semestre do ano passado. A pedagoga da unidade, Viviane Alves de Freitas, lembra que, nas Olimpíadas, não há um exame específico para o sistema prisional. “A mesma prova aplicada em outras escolas é aplicada aos presos”, disse.

Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII, que montou o telão e o projetor para exibição do filme e levou os óculos 3D. No que depender da diretoria da unidade, a parceria tende a se estender para outras atividades. “Pensei em algo que pudesse deixá-los entender como funciona uma câmera e o que eles podem fazer com ela. A ideia é fazer brotar a curiosidade, a sensibilidade. Estou estudando o projeto para ver o que eles podem filmar”, contou a diretora geral.

De acordo com a Lei de Execução Penal (LEP), o estudo dá aos detentos direito à remição da pena, que é reduzida em um dia a cada 12 horas de frequência escolar.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cinema-3d-em-penitenciaria-para-alunos-com-bom-desempenho-escolar/

Anúncios

Governo de Minas: Seplag apresenta Planejamento Estratégico e assina 2ª etapa do Acordo de Resultados

Iniciativa do Governo de Minas visa a busca constante pelo aprimoramento da gestão pública

Carlos Alberto / Imprensa-MG
Inovação é um dos traços que compõem a imagem de Minas no país e no exterior, disse Renata Vilhena
Inovação é um dos traços que compõem a imagem de Minas no país e no exterior, disse Renata Vilhena

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) apresentou, nesta sexta-feira (27), o Planejamento Estratégico de 2012 para seus servidores. Na ocasião, foi assinada a 2ª etapa do Acordo de Resultados, em que as metas estratégicas são pactuadas com as equipes da secretaria. O evento, realizado no Auditório JK, contou com a participação maciça dos servidores da Seplag.

O Acordo de Resultados é uma iniciativa do Governo de Minas que busca garantir o alcance dos objetivos estratégicos traçados pela administração pública para a melhoria da vida do cidadão. Ele prevê metas estipuladas para cada equipe em consonância com os “indicadores finalísticos”, atrelados ao Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), que contempla objetivos de longo prazo até 2030.

A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, abriu o encontro ressaltando a importância da construção coletiva de todos os servidores da secretaria, para que as metas sejam de fato atingidas. “A execução do planejamento estratégico só será possível se todas as equipes estiverem inseridas no mapa estratégico”, afirmou.

Na apresentação, a secretária destacou alguns dos valores primordiais da secretaria –  transparência; valorização do servidor; colaboração; foco em resultados; foco no cidadão e inovação – para salientar sua importância no trabalho cotidiano das equipes. “É essencial que cada um de nós incorpore os valores definidos pela secretaria. Porque as estratégias podem mudar a cada governo, mas os valores ficam”, disse ela.

Instituído em 2003, o Acordo de Resultados vem estimulando metas mais desafiadoras e ousadas, com o reconhecimento de Minas Gerais por organismos estrangeiros como modelo de administração pública.

Inovação

Ela lembrou aos presentes que a inovação é um dos traços marcantes que compõem a imagem de Minas no país e no exterior. “Somos reconhecidos hoje por nossa gestão pela inovação. Em seus discursos, o governador Antonio Anastasia sempre diz que precisamos ousar com responsabilidade. Por isso, temos que ser criativos e buscar formas alternativas, para prestar os melhores serviços à sociedade”, afirmou.

Dentro deste conceito de inovação e pioneirismo, o Acordo de Resultados neste ano se adapta à terceira geração do Choque de Gestão – a Gestão para a Cidadania, envolvendo o Estado em Rede. Dessa forma, o Acordo de Resultados de 2012 já prevê as metas estipuladas em conjunto com a sociedade civil nas regiões onde o Estado em Rede já está em desenvolvimento, no Rio Doce e no Norte de Minas.

“É natural que um modelo implantado há nove anos acompanhe as evoluções do processo. Além da Gestão Para a Cidadania, o Acordo apresenta uma estrutura modificada, em que já na 1ª etapa estabelecemos onde queremos chegar em 2014. Por isso, os anos de 2012, 2013 e 2014 são o caminho para que nós alcancemos as metas previstas no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI). Não podemos perder essas perspectivas”, afirmou.

No Acordo 2012 também foi criada a Carta de Missão, documento que foi entregue a cada secretário de Estado, estipulando as metas prioritárias de cada pasta, a serem acompanhadas diretamente pelo governador. A secretária lembrou aos servidores que o Acordo é o fio condutor que une a estratégia da secretaria com o que será entregue na execução das metas. “Nosso modelo não é uma fórmula. Se for assim, não funciona. Por isso é preciso um processo, a metodologia, e a participação. Todos devem estar incorporados ao processo”, enalteceu.

Planejamento Estratégico

Em seguida, a chefe de gabinete Thaís Santos; os subsecretários Adriane Ricieri (Gestão da Estratégia Governamental), Fernanda Neves (Gestão de Pessoas) e André Reis (Planejamento, Orçamento e Qualidade do Gasto) e a intendente da Cidade Administrativa, Kênnya Kreppel, apresentaram o planejamento estratégico de 2012 de suas áreas ao público.

Eles reforçaram a importância do envolvimento de cada servidor no cumprimento das metas pactuadas e elogiaram o trabalho desenvolvido pelas equipes até o momento. “Tenho muito orgulho de pertencer à equipe da Seplag. O que faz esse planejamento acontecer são as pessoas”, disse Thais Santos, que citou a meta-síntese do documento – oferecer uma gestão pública efetiva e próxima da sociedade.

No final, o secretário-adjunto de Planejamento, Paulo Sérgio Alves, deu um testemunho pessoal para justificar seu orgulho por compor a equipe da secretaria. “Me impressiona aqui o envolvimento de todos com o trabalho cotidiano. Mesmo na iniciativa privada, onde eu trabalhei muitos anos, esse comprometimento é raro”, disse. Ele citou o momento atual para reforçar a importância do cumprimento das estratégias. “Numa conjuntura com restrições orçamentárias, o Planejamento Estratégico é imprescindível para que o Estado supere as dificuldades”.

O evento foi encerrado com uma esquete teatral do grupo “Pelotão 193”, que apresenta atividades de boas práticas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Com uma performance bem humorada, ele reforçaram vários conceitos já divulgados, como o uso correto de equipamentos da Cidade Administrativa e a cooperação de todos para o alcance das metas.

Clique aqui para acessar a “Carta de Missão da Seplag – Acordo de Resultados 2012” (arquivo PDF).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/seplag-apresenta-planejamento-estrategico-e-assina-2a-etapa-do-acordo-de-resultados/

Governo de Minas: Secretaria de Saúde libera R$ 1 milhão para Monte Carmelo

Investimentos serão destinados a obras da infraestrutura e aquisição de equipamentos para o Hospital Municipal

Em continuidade à política de apoiar os hospitais que fazem parte da  rede do Sistema Único de Saúde (SUS), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) repassou no mês de abril a segunda parcela de R$ 1 milhão em um convênio firmado com a prefeitura de Monte Carmelo para beneficiar o Hospital Municipal. Ao todo serão investidos R$ 3 milhões, pagos em três parcelas, visando a construção da unidade. Os recursos são provenientes do Tesouro Estadual.

“Estes investimentos serão destinados a obras da infraestrutura e aquisição de equipamentos”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques. O Hospital será referência para Monte Carmelo e cidades próximas

Ainda segundo o secretário, o serviço possibilitará “a redução das transferências inter-hospitalares e o tempo-resposta do atendimento, oferecendo um ambiente hospitalar mais acolhedor, ágil, seguro e confortável, contando com um atendimento qualificado, equipamentos modernos e profissionais especializados”.

O Hospital Municipal terá 65 leitos de internação e, a princípio 08 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A unidade já está em construção desde o ano passado e a previsão é que esteja concluído no fim do primeiro semestre de 2013.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-saude-libera-r-1-milhao-para-monte-carmelo/

Governo de Minas: Vila Sumaré terá ações do Rua Livre neste sábado em Belo Horizonte

Haverá atendimento de assistentes sociais, psicólogos, advogados, atividades culturais, recreativas e palestras

Divulgação/Seds
Carreta do Rua Livre funciona de escritório e consultório
Carreta do Rua Livre funciona de escritório e consultório

Cerca de 1.500 moradores da região Noroeste de Belo Horizonte participam, neste sábado (28), de uma ação de prevenção ao uso de drogas e de acolhimento de usuários. A carreta do Projeto Rua Livre, projeto que integra o Programa Aliança pela Vida, da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), estará no bairro Vila Sumaré, a partir das 13h.

No local haverá atendimento de assistentes sociais, psicólogos e advogados e também atividades culturais, recreativas e palestras sobre planejamento familiar, empregabilidade, saúde e pedofilia. As atividades ocorrem com apoio e participação de igrejas evangélicas de Belo Horizonte, que possuem trabalhos de tratamento de dependentes químicos em comunidades terapêuticas.

O secretário de Políticas Sobre Drogas, Cloves Benevides, explica que o Rua Livre passou por uma reformulação e agora integra uma programação de música, dança e recreação para jovens e adultos. “Continuamos com a presença de uma equipe multidisciplinar de profissionais para acolher e dar informações sobre a infraestrutura disponível para o tratamento de dependências químicas”, explica Benevides. A carreta do Rua Livre funcionará como escritório e consultório.

Programação

Haverá recreação infantil, palestras e oficina de beleza, na qual serão oferecidos serviços de corte de cabelo, pintura e maquiagem, entre outros. O evento segue até às 21h30 com grupos de pagode, pop rock e outros ritmos, animados por vários músicos e grupos como Cris do Morro e Banda, Dinei Santos, Banda do Dogão, Banda Invoca-me, Grupo CBGD.

O Programa Aliança pela Vida foi lançado em agosto de 2011 pelo governador Antonio Anastasia para o combate e prevenção às drogas, como resultado de um decreto assinado pelo governador determinando a aplicação de até 1% do orçamento de órgãos e secretarias do Estado que desenvolvam programas sociais a projetos de prevenção e combate às drogas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/vila-sumare-tera-acoes-do-rua-livre-neste-sabado-em-belo-horizonte/

Gestão da Educação: escola do Sul de Minas conscientiza alunos sobre a Lei Maria da Penha

Estudantes aprendem sobre prevenção da violência doméstica e contra a mulher

Uma simples agenda doada à professora de língua portuguesa Lourdes Eliza de Seixas Oliveira, do município de Andrelândia, no Sul de Minas, cuja capa pregava o fim da violência contra a mulher, garantiu à Escola Estadual Visconde de Arantes, no bairro Rosário, a realização de um projeto de conscientização dos alunos sobre a violência doméstica e a importância da Lei Maria da Penha, por meio da produção de redações em sala de aula. E o resultado surpreendeu a direção da escola e professores, com o grande interesse e criatividade dos alunos, que demonstraram talento até para a poesia. Os trabalhos foram encaminhados ao Conselho Estadual da Mulher (CEM), vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

Segundo Lourdes Eliza, a ideia do projeto “Na sociedade que a gente quer, basta de violência contra a mulher” surgiu no início de março, durante as comemorações do Dia Internacional da Mulher. O trabalho envolveu, inicialmente, o conhecimento de casos de violência contra a mulher, a leitura e interpretação da Lei Maria da Penha e, posteriormente, a produção dos textos, que foram feitos por oito turmas de alunos do ensino médio.

“Na cidade, temos muitos casos de violência em família. E o projeto despertou grande euforia entre os alunos”, conta Lourdes Eliza, que pretende ampliar o trabalho com os estudantes no próximo semestre, com o levantamento de casos de violência contra a mulher que ganharam repercussão tanto no Brasil quanto no exterior. “Nosso objetivo é desenvolver um trabalho de conscientização sobre os direitos da mulher, de ter uma vida livre de violência, com a divulgação dos melhores textos produzidos”, explica.

Exposição

As melhores redações feitas nessa primeira etapa do projeto ficaram expostas no saguão da Escola Visconde de Arantes, nos meses de março e abril. “Estamos pensando, mais para frente, até garantir uma premiação aos melhores trabalhos”, conta a professora Lourdes Eliza.

Um dos aspectos mais ressaltados nos textos produzidos pelos alunos foi a necessidade de conscientização da mulher vítima de violência, para que denuncie o agressor, evitando a impunidade. “É fácil se livrar da humilhação de ser agredida por um covarde, existem leis que preservam os direitos da mulher.  No século da tecnologia, da liberdade de expressão, das conquistas, conquistemos mais esta: basta de violência contra a mulher! Denuncie! Recorra à Lei Maria da Penha!”, enfatizou a aluna Camila Roberta em sua redação.

Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha foi sancionada em 7 de agosto de 2006, como forma de coibir a violência contra as mulheres, estabelecendo medidas protetivas de urgência e punição ao agressor, que pode  cumprir detenção de 3 meses a 3 anos.

Considerada uma conquista da sociedade brasileira, a norma surgiu após a farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes, que deu nome à lei, ter sido agredida a tiros pelo marido, em 1983, enquanto dormia. Ela ficou paraplégica e se viu presa a uma cadeira de rodas. Posteriormente, sofreu nova tentativa de morte, dessa vez por eletrocussão. A partir daí, iniciou uma luta para combater a violência contra a mulher no país, o que foi garantido com a criação da Lei 11.340.

Em Minas Gerais, uma parceria da Sedese e do CEM com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) vai garantir a implementação do projeto “Maria da Penha vai às Escolas”, com o objetivo de desenvolver ações integradas para que as crianças e adolescentes reflitam sobre a violência doméstica e intrafamiliar, principalmente sofrida pelas mulheres.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/escola-do-sul-de-minas-conscientiza-alunos-sobre-a-lei-maria-da-penha/

Governo de Minas: Instituições estaduais se unem na luta pelo patrimônio cultural

Educação, transversalidade, leis e distribuição de recursos foram alguns dos temas discutidos

O I Encontro Nacional das Instituições Estaduais de Preservação do Patrimônio Cultural teve um saldo muito positivo. O encontro realizado em Recife durou três dias e possibilitou conversas e debates que resultaram na decisão de dar continuidade à troca de informações e à construção de uma política comum, pautadas no diálogo entre as instituições. Essa decisão deverá ser fortalecida com a criação do fórum Nacional das instituições Estaduais de Preservação do Patrimônio Cultural, de caráter permanente, que terá sua primeira reunião ainda este ano.

No encontro, o presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas gerais (Iepha/MG), Fernando Cabral leu a carta elaborada por ele, “Carta do Recife”. O documento explicita o intuito da construção dessa rede, fazendo ainda considerações, recomendações e proposições relacionadas à atuação dos órgãos e à política pública de preservação. Educação, transversalidade, exigência de uma nova postura, recomendações acerca de elaboração de novas leis e distribuição de recursos foram algumas das questões pactuadas.

Participaram do Encontro representantes de 13 estados, Amapá, Ceará, Goiás, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Paraíba, Distrito Federal, Maranhão, Sergipe, Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul.

Fernando Cabral, um dos idealizadores do encontro, junto a Severino Pessoa (Fundarpe/PE) e a Frederico Mendonça (Ipac/BA), apresentou um painel sobre a atuação do Iepha/MG e os desafios enfrentados, colocando ainda algumas questões comuns a todas as instituições presentes, como fontes de financiamento, especulação imobiliária, depredação, furtos, vandalismo, mineração e legislação sobre crimes contra o patrimônio cultural.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/instituicoes-estaduais-se-unem-na-luta-pelo-patrimonio-cultural/

Governo de Minas: Sine-MG cadastra autônomos para trabalho temporário no Alto Paranaíba

Iniciativa da SETE integra campanha de preservação ambiental em Patos de Minas

Trabalhadores desempregados de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, têm, a partir de agora, a oportunidade de realizarem um trabalho temporário, com remuneração por dia de serviço.  A Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), por meio da unidade de atendimento do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Patos de Minas, está cadastrando, gratuitamente, autônomos para capinar lotes e terrenos na cidade.

Essa é uma parceria com a Prefeitura de Patos de Minas, o Ministério Público Estadual e a Polícia Militar do Meio Ambiente e Trânsito, para limpeza de áreas particulares notificadas, como parte da campanha de prevenção de queimadas e preservação ambiental. Os proprietários dos terrenos também devem se cadastrar para que a unidade do Sine faça o encaminhamento do trabalhador que realizará o serviço. Os valores pagos por serviço serão definidos pelos próprios trabalhadores, em reunião com a coordenação da unidade.

Interessados devem procurar a unidade de atendimento ao trabalhador do Sine em Patos de Minas, localizada na rua José de Santana, nº 99 , Centro, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Os documentos necessários para cadastro são identidade, CPF, atestado médico e atestado de bons antecedentes.

Também são parceiros nessa iniciativa o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-MG), o Conselho Integrado de Meio Ambiente (Cima), a Associação de Proteção Animal e Ambiental de Patos de Minas (Aspaa) e o Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/sine-mg-cadastra-autonomos-para-trabalho-temporario-no-alto-paranaiba/

Gestão Anastasia: Governo de Minas destinará materiais de construção a municípios do Alto Paraopeba

Doação de vigas foi anunciada em Entre Rios de Minas pelo secretário Carlos Melles

Bernadete Amado
Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios, diz Carlos Melles
Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios, diz Carlos Melles

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), oficializou a entrega de 10 conjuntos de vigas para construção de pontes, para os municípios de Casa Grande, Brás Pires, Catas Altas da Noruega, Cristiano Otoni, Desterro de Entre Rios, Entre Rios de Minas, Itaverava, Piranga, Queluzito e Senhora de Oliveira.

As doações foram anunciadas durante a realização da última Assembleia Ordinária da Associação dos Municípios do Alto Paraopeba (Amalpa), que aconteceu em Entre Rios de Minas, na região Central do Estado, nesta sexta-feira (27).

Os termos de transferência gratuitas de bens tem como finalidade fornecer elementos estruturais aos municípios visando a melhoria das vias públicas, de forma a otimizar o escoamento de bens e serviços e a movimentação de pessoas, bem como apoiar o município em obras de infraestrutura para o desenvolvimento e crescimento sustentável.

Segundo o secretário de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, “a Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios com o objetivo de melhorar a infraestrutura local”. “É fundamental que as prefeituras tenham atenção ao cumprimento de toda a documentação exigida durante processo para a transferência dos bens”, concluiu o secretário Melles.

Transferência de materiais

Depois das assinaturas dos termos de transferências dos materiais, a entrega das vigas para as pontes dependerá do encaminhamento de documentação pelos municípios e de publicação no jornal “Minas Gerais“, diário oficial dos Poderes do Estado.

“Por estas pontes que serão reconstruídas passam o desenvolvimento de nossas cidades. É a educação, a saúde e a produção agrícola se deslocando em nossas estradas municipais”, disse o presidente da Amalpa e prefeito de Senhora de Oliveira, Sebastião Araújo de Oliveira.

O prefeito de Entre Rios de Minas, Mário Augusto Alves de Andrade, explicou a importância da liberação deste conjunto de vigas para o município. “Com as fortes chuvas de janeiro deste ano, a ponte que liga as comunidades de Brumadinho e Coelhos foi interditada e as cerca de 600 pessoas que transitam pela região têm que fazer um desvio de aproximadamente 14 quilômetros”, destacou o prefeito.

Mário Augusto avaliou como “muito produtiva” a presença do secretário Carlos Melles na cidade, já que além das assinaturas dos convênios de doações de materiais, foram apresentados todos os investimentos do Governo de Minas na região. Um dos exemplos é o detalhamento das obras de duplicação da MG-383, nos trechos entre Jeceaba, São Brás do Suaçuí e o entroncamento com a BR-040, que estão em fase de execução. O secretário também reiterou que, em breve, será executada a pavimentação do trecho que liga Passa Tempo a Desterro de Entre Rios, na MG-270.

Ações na região

Na região Central, há 517 quilômetros de estradas, divididos em 26 trechos, beneficiados pelo Programa Proacesso, sendo que vinte e duas obras já estão concluídas. Na região da Amalpa, duas obras do Proacesso estão concluídas, somando 52 quilômetros; são trechos da MG-270, ligando Desterro de Entre Rios a Entre Rios de Minas, com 34,1 km, e a rodovia de acesso, entre Santana dos Montes e o entroncamento BR 040, com 15,1 km.

Pelo ProMG estão contratados 1.511,2 quilômetros de rodovias na região Central, totalizando 110  trechos, gerenciados pelas Coordenadorias Regionais do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), de Belo Horizonte, Barbacena e Pará de Minas. Somente na região da Amalpa são cerca de 150 quilômetros, beneficiando 11 trechos e as cidades de Moeda, Itabirito, Santana dos Montes, Rio Espera, Lamim, Senhora de Oliveira, Catas Altas da Noruega, Jeceaba, Ouro Branco, Conselheiro Lafaiete, Itaverava e Casa Grande.

Por meio do Programa Caminhos de Minas, está prevista a pavimentação de sete trechos na região, que somam aproximadamente 250 quilômetros, beneficiando as cidades de Belo Vale, Bonfim, Brás Pires, Cipotânea, Rio espera, Congonhas, Jeceaba, Itabirito, São Brás do Suaçui, São João Del Rei. Um deles já está com obras em andamento, que é o da MG-383 e MG 155, que passa por Jeceaba, São Brás do Suaçui e o entroncamento da BR-040.

De 2003 a 2007 foram celebrados 170 convênios com municípios da Amalpa, com um valor médio de repasse de recursos por parte do Governo de Minas de R$ 25 milhões. De 2007 a 2011 foram doados 262 metros de bueiros metálicos e 26 conjuntos de vigas metálicas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-destinara-materiais-de-construcao-a-municipios-do-alto-paraopeba/

Gestão Anastasia: Governo de Minas participa de ação em bairros de Belo Horizonte e Sabará

Moradores de dois bairros da capital e um de Sabará poderão obter suas carteiras de trabalho e se candidatar a vagas de emprego

O final de semana será propício para o cidadão belo-horizontino e sabarense interessado em emitir carteira de trabalho e se cadastrar para uma vaga de emprego. Isso porque a Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete) vai colocar três equipes nas ruas de Belo Horizonte e Sabará para prestarem os serviços à população. A ação será realizada nos bairros Vila Pinho – neste sábado (28) – e Ribeiro de Abreu – neste domingo (29) –, em Belo Horizonte, e General Carneiro – neste sábado (28) –, em Sabará.

A equipe da Vila Pinho, região do Barreiro, emitirá Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS), e cadastrará e selecionará os trabalhadores interessados em atuar como atendentes de call center. A equipe vai estar na Escola Municipal Professor Lucas Monteiro (rua H, nº 12), das 9h às 16h. Para concorreràs vagas, o candidato deve ter mais de 18 anos, ensino médio em curso ou completo, conhecimentos básicos de informática, além de estar munido com Carteira de Identidade, CPF e Carteira de Trabalho (caso não tenha, ela pode ser emitida na hora).

O processo seletivo será realizado no mesmo dia e local. A ocupação oferta: salário fixo, plano de saúde, assistência odontológica, vale-transporte e lanche e oportunidade de crescimento profissional. O evento é fruto de uma parceria entre a Sete e s Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

A ação para os moradores da Vila Pinho envolve também a Secretaria de Estado de Saúde (SES), que vai trocar com a comunidade objetos inservíveis, que geram focos da dengue, por material escolar. A Cemig também participa da ação e vai renegociar débitos em condições especiais. A Faculdade Universo também vai prestar atendimento jurídico e o Clube Mackenzie vai promover uma seletiva de futsal feminino.

Outra equipe estará presente no bairro General Carneiro, em Sabará, participando do evento “Rua de Lazer da Casa Azul”. Durante o dia festivo para a comunidade, a equipe vai emitir a Carteira de Trabalho dos moradores a partir das 9h, na rua Mariana, 3.001. O evento é uma parceria entre Governo de Minas, Prefeitura de Sabará e Sesc.

Já o bairro Ribeiro de Abreu, na capital, receberá uma equipe da Sete para emitir a Carteira de Trabalho. A ação visa beneficiar os moradores com atividades voltadas para a cidadania, saúde, cultura e lazer. O evento será realizado das 9h às 15h, na rua Dianópolis, esquina com a rua Rogério Aparecido da Silva.

Documentos necessários para emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

O interessado em tirar a CTPS deverá apresentar o documento de identidade com foto ou certidão de nascimento/casamento e foto 3×4. É importante ressaltar que Carteira Nacional de Habilitação e Passaporte não servem para emissão de CTPS. O documento é gratuito e será entregue na hora.

Sine

Os trabalhadores que não puderem participar da ação realizada no fim de semana podem contar com 13 unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) existentes nos dois municípios beneficiados. Para emitir a carteira de trabalho, os interessados devem acessar o site da Sete e agendar dia e horário para atendimento.

Atualmente, existem 132 unidades de atendimento ao trabalhador do Sine em todo o Estado. Elas prestam serviços totalmente gratuitos de intermediação de mão de obra (cadastro de empresas para oferta de vagas e cadastro e encaminhamento de trabalhadores para oportunidades de trabalho); habilitação e postagem do seguro-desemprego; cadastro e encaminhamento do trabalhador para programas de qualificação profissional e também de competências básicas para o trabalho; e a emissão das Carteiras de Trabalho e Previdência Social.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-participa-de-acao-em-bairros-de-belo-horizonte-e-sabara/

Gestão em Minas: Emater-MG apresentará modelo de tecnologia sustentável na Expozebu

Sistema de integração, lavoura, pecuária e florestas será destaque na maior mostra de zebuínos do mundo

Emater Uberaba / Divulgação
Emater-MG integrará estande do Governo de Minas na Exposição Internacional das Raças Zebuínas
Emater-MG integrará estande do Governo de Minas na Exposição Internacional das Raças Zebuínas

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) integrará o estande do Governo de Minas na 78ª edição da Exposição Internacional das Raças Zebuínas (Expozebu), em Uberaba, no Triângulo mineiro. No local, ao lado de outras instituições do Estado, a Emater-MG disponibilizará material técnico para os visitantes da feira.

Além disso, extensionistas estarão disponíveis ao público para esclarecer eventuais dúvidas relativas aos trabalhos desenvolvidos pela extensão rural e divulgar as políticas públicas do setor. Programada para o período de 28 de abril a 10 de maio, no Parque Fernando Costa, a Expozebu é considerada a maior mostra de zebuínos do mundo. A feira é realizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Além de integrar o estande do Estado, a Emater-MG também marcará presença no Espaço da Sustentabilidade, área dedicado pelos organizadores do evento à exibição de práticas sustentáveis na agropecuária. Segundo o gerente da regional Emater-MG de Uberaba, Gustavo Laterza, será disponibilizada a “maquete viva” de uma unidade demonstrativa do sistema Integração, Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF).

“A ILPF é um exemplo de tecnologia sustentável, pois consiste em diferentes sistemas produtivos implantados na mesma área, em consórcio de rotação ou em sucessão. O sistema promove uma importante integração, envolvendo o plantio de árvores, grãos e forragens para recuperação de pastagens. E isso proporciona a produção de alimentos e de energia renovável de madeira. A ILPF fomenta a geração de empregos, renda e melhores condições ao produtor rural, estimulando uma harmonia entre produção e meio ambiente”, argumenta.

Desde o ano passado, a Emater-MG de Uberaba vem incentivando a ILPF nos municípios que compõem a regional, por meio da implantação de treze unidades demonstrativas. Cinco unidades com esse fim já foram montadas e outras oito estão em curso, segundo o gerente da regional da empresa. Os municípios que estão recebendo as unidades são Uberaba, União de Minas, Frutal, Pirajuba, Conceição das Alagoas, Campo Florido, Itapagipe, Tapira e Sacramento, de acordo informações do coordenador técnico regional da Emater-MG, Wilson Marajó.

“Esta tecnologia foi desenvolvida pela Embrapa e cabe à extensão rural, por meio da Emater-MG, compartilhar as informações com os produtores rurais. Trata-se basicamente de três culturas numa mesma área: lavoura de milho ou sorgo, pastagem e floresta de eucalipto”, explica Laterza. Ele pontua mais objetivos do Programa da ILPF, como diminuir impactos ambientais, oriundos da atividade agrícola e pecuária; e preservar florestas nativas e matas ciliares, diminuindo a necessidade de desmatamento de novas áreas.

Pró-Genética

O Projeto de Melhoria Genética do Rebanho Bovino do Estado de Minas Gerais (Pró-Genética) também marcará presença na Expozebu 2012. No próximo dia 03, às 14h, a Emater-MG participará de uma reunião para apresentar os resultados e oportunidades de expansão do programa em outros estados. O programa, incentivado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e pela Emater-MG, promove feiras de touros geneticamente melhorados e registrados, em parceria com a ABCZ e outras entidades. Também promove ações educativas.

Em 2011, o Pró-Genética promoveu 15 feiras em todo o Estado, com a comercialização de 279 touros. A regional Emater-MG de Uberaba teve o maior número de eventos, com a realização de seis feiras e a comercialização de 118 animais, representando 42% das vendas em Minas.

Iniciado em 2006, o Pró-Genética é um programa do Governo de Minas que objetiva melhorar a qualidade genética do rebanho bovino do Estado para fortalecer as cadeias produtivas da carne e do leite nas propriedades típicas do Estado, voltado, principalmente, para os pequenos produtores.

Já na próxima quarta-feira (02), a Emater-MG participará da reunião do Núcleo dos Sindicatos Rurais do Triângulo Mineiro, composto por 30 sindicatos rurais associados. Na oportunidade a empresa pública mineira vai mostrar o trabalho da extensão rural no estado. No dia 08, em outra reunião na Expozebu, promovida pela a Associação Pontal Leite, a Emater-MG vai mostrar as ações de incentivo à bovinocultura de leite, por meio de programas como Minas Sem Fome e o Minas Leite.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/emater-mg-apresentara-modelo-de-tecnologia-sustentavel-na-expozebu/