Gestão Antonio Anastasia: Complexo Penitenciário Estevão Pinto recebe projeto que incentiva a valorização de detentas

O Se Cuida tem como objetivo principal ajudar as mulheres a serem reinseridas na sociedade de maneira digna

Divulgação/Seds MG
A primeira atividade do projeto foi realizada na ala feminina do Presídio de São Joaquim de Bicas
A primeira atividade do projeto foi realizada na ala feminina do Presídio de São Joaquim de Bicas

O Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, localizado no bairro Horto, em Belo Horizonte, será o segundo a receber a visita do Projeto Se Cuida, lançado este ano pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres (Cepam). Nesta terça-feira (13), a partir das 14h, as detentas do complexo irão participar de atividades culturais, de palestras sobre saúde da mulher e de cursos.

A primeira atividade do projeto foi realizada no Dia Internacional da Mulher (8 de março), na ala feminina do Presídio de São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de BH, e contou com a participação da cônsul dos Estados Unidos para Minas Gerais, Merry Miller, além da promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos do Ministério Público, Nívia  Mônica. Mais de 232 mulheres participaram da ação, que teve distribuição de kits de higiene pessoal, capacitação profissional, palestras e até show com o humorista Thiago Comédia.

Idealizadora do Se Cuida, a coordenadora Especial de Políticas Públicas para Mulheres, Eliana Piola, explica que o projeto tem como objetivo principal ajudar as mulheres a serem reinseridas na sociedade de maneira digna. “A aparência é importante para ingressar no mercado de trabalho. Às vezes, quando essas mulheres saem do presídio, a autoestima está muito baixa e elas precisam se cuidar em todos os aspectos: estético, intelectual, espiritual, profissional. Buscamos mostrar e ajuda-las nessas questões”, explica Eliana Piola.

O Se Cuida conta com a parceria do Conselho da Mulher Empreendedora da Associação Comercial de Minas Gerais, além do apoio da Secretaria de Estado de Defesa Social. “A reação das meninas é emocionante. Elas choram e sempre pedem para ter continuidade”, conta Piola. Eliana Piola afirma que, em um segundo momento, serão distribuídos livros para as detentas. Já existe um acervo com mais de 200 livros de autores renomados.

Fonte: Agência Minas

Publicado em 13/03/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: