Gestão em Minas: Fapemig libera R$ 27 milhões para projetos aprovados em editais

Recursos são destinados a projetos aprovados em editais publicados em 2011

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) libera o total de R$ 27 milhões de recursos para projetos aprovados em editais publicados em 2011. Confira quais são os programas:

Universal

O edital Universal aprovou 750 projetos no ano passado. Eles começam a ser pagos a partir de hoje, somando R$ 23 milhões em recursos. O Edital Universal é um dos mais esperados no meio científico do Estado, por oferecer apoio a projetos desenvolvidos em todas as áreas do conhecimento e reunir o maior volume de recursos. Ele dá ao pesquisador a liberdade de propor o tema e permite melhor estruturação de laboratórios de pesquisa, permitindo, inclusive, o custeio de material bibliográfico.

Programa Mineiro de Capacitação Docente (PMCD)

O programa destinará R$ 2,5 milhões às instituições e docentes beneficiados no ano passado. O PMCD foi concebido em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), visando promover a melhoria das atividades de ensino, pesquisa e extensão nas IES públicas e confessionais de Minas Gerais, por meio do apoio à capacitação e ao aprimoramento da qualificação de seus docentes.

Bolsa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (BIPDT)

A BIPDT beneficiará 100 pesquisadores, totalizando mais de R$ 1,2 milhão em recursos. A bolsa visa estimular a fixação e a qualificação de pesquisadores no Estado, além de ampliar as pesquisas já realizadas. A bolsa é uma ajuda de custo acrescida ao salário dos servidores que já tenham pesquisas financiadas por agências oficiais. O apoio é concedido por um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um. A partir daí, nova solicitação deverá ser submetida.

PPM

As parcelas do PPM referentes ao ano de 2011 foram pagas na quase totalidade ainda no ano passado. Será feita agora a finalização do processo. O Programa Pesquisador Mineiro (PPM) tem como objetivo apoiar, por meio de concorrência, as melhores propostas coordenadas por pesquisadores ou tecnólogos de reconhecida liderança na sua área, visando a prover apoio mensal para o desenvolvimento de seus projetos. Nos quatro anos de vigência do programa, mais de R$ 46 milhões já foram investidos.

Outras informações pelo e-mail ci@fapemig.br

Fonte: Agência Minas

Publicado em 02/03/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: