Gestão Anastasia: municípios mineiros contarão com monitoramento especial de áreas de risco

BELO HORIZONTE (13/01/12) – O Governo de Minas, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MG), desencadeou, nesta sexta-feira (13), uma operação especial de monitoramento nos municípios mineiros onde foram identificadas áreas de risco de desabamentos ou deslizamento de encostas. Por meio de análises geológicas, a Cedec-MG fará um mapeamento minucioso sobre as alterações ocorridas no solo, em decorrência do intenso volume de chuvas que atingem o Estado.

No total, áreas de risco de 20 municípios mineiros serão vistoriadas até este domingo (15). As primeiras cidades a receberem o monitoramento serão Ouro Preto, na região Central do Estado, e Além Paraíba, na Zona da Mata. Por meio dessa operação, a Cedec-MG irá intensificar as ações preventivas que se fizerem necessárias, caso o risco de deslizamento de encostas for constatado em algum dos locais vistoriados.

A ação terá apoio efetivo da Secretaria Nacional de Defesa Civil, que cedeu à Cedec-MG 14 geólogos, especializados em prevenção a desastres naturais. As análises de solo serão realizadas com base em um mapeamento feito pela Cedec-MG. “Os técnicos farão uma avaliação detalhada das áreas de risco das cidades atingidas pelas chuvas. O foco são os municípios onde o índice pluviométrico é mais elevado, como na região Central e na Zona da Mata. Essa parceria com a Secretaria Nacional de Defesa Civil é fundamental para minimizar eventuais danos naturais”, explica o secretário-executivo da Cedec-MG, tenente-coronel Eduardo Reis.

O diretor do Departamento de Minimização de Desastres da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Rafael Schadeck, que está em Belo Horizonte, destaca o papel da Cedec-MG nas ações de enfrentamento ao período chuvoso. “A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil vem apresentando uma resposta eficiente diante do alto volume de chuvas que atingem diversas regiões de Minas”, afirmou. “Por meio desta vistoria, os geólogos acionarão a Cedec-MG caso alguma anormalidade seja detectada. Nesse caso, serão enviados alertas para que os moradores de áreas de risco sejam retirados de suas casas imediatamente”, completou Schadeck, responsável pela equipe de geólogos.

Histórico

Desde o início do ano passado, o Governo de Minas vem realizando uma série de ações preparatórias para o enfrentamento ao período chuvoso, com foco nas medidas preventivas. As prefeituras mineiras recebem apoio permanente do Estado. Entre outras ações, nos últimos anos o Governo de Minas Gerais tem investido na estruturação dos municípios para atuação em casos de emergência. Em 2004, dos 853 municípios mineiros, apenas 374 possuíam Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (Comdecs). Desde então, esse número quase dobrou. Atualmente, o Estado possui 696 Comdecs. O Estado oferece, ainda, cursos de treinamento e capacitação aos agentes municipais.

Fonte: Agência Minas

Publicado em 16/01/2012, em Anastasia, Antonio Anastasia, Choque de Gestão, Gestao Pública, Gestão, Gestão Eficiente, Gestão em Minas, Gestão Pública e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: