Arquivo mensal: fevereiro 2010

Saneamento: Aécio Neves e Anastasia autorizam obras em Patos de Minas

Obras Públicas

Fonte: Agência Minas

O governador Aécio Neves e o vice-governador Antonio Anastasia, assinaram, nesta quarta-feira (24), em Patos de Minas, autorização para início imediato de obras da Copasapara implantação do sistema de tratamento de esgoto do município, localizado no Alto Paranaíba. Serão investidos R$  46 milhões na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e de seis unidades de bombeamento de esgoto. Os 150 empregos diretos que serão gerados nas obras sejam preferencialmente ocupados por trabalhadores de Patos de Minas.

“O que assinamos hoje é um conjunto de tratamento de esgoto que vai despoluir o Rio Paranaíba e que vai levar saúde a toda a população de Patos. Uma das maiores obras feitas no Estado de Minas Gerais. Não são promessas, são recursos autorizados e que agora começam imediatamente”, disse Aécio Neves.

Ao lado da prefeita Béia Savassi, o governador anunciou também a assinatura de convênio com a Prefeitura Municipal de Patos de Minas para dar início ao projeto de canalização da avenida Fátima Porto. “A canalização da avenida é uma reivindicação histórica da cidade. Vamos definir qual será o cronograma dessa liberação, mas espero ver essas obras começadas nos próximos meses”, afirmou o governador.

Faz parte do conjunto de investimentos em Patos de Minas a reforma do Parque Municipal do Mocambo, uma área verde de 17 hectares, que abriga vegetação típica do cerrado, além de lago e quadras de esportes.

Parceria

O vice-governador Antonio Anastasia, ressaltou a importância das parcerias com as prefeituras municipais nos projetos implantados pelo Governo do Estado. “Todo o nosso governo foi firmado nas parcerias. Ninguém governa sozinho. Ao longo dos últimos sete anos, fizemos obras de asfaltamento, de infraestrutura, de telefonia, saúde e educação, todas em comunhão com os prefeitos, de todos os partidos. Isso é fundamental, porque demonstra o grau de maturidade política do nosso Estado”, disse Anastasia.

Saúde e habitação

Durante o evento, que reuniu 18 prefeitos de municípios vizinhos, deputados e lideranças políticas da região, o presidente da Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab), Mauro Brito, foi autorizado pelo governador a construir 80 casas em Patos de Minas, por meio do programa Lares Geraes.

O governador assinou ainda autorização para a liberação de R$ 250 mil para a ampliação da Policlínica do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Paranaíba, com sede na cidade de Lagoa Formosa.

Os recursos para a policlínica serão usados na construção do segundo andar do prédio, que terá 310 metros quadrados, dobrando a área da policlínica. Atualmente, são realizados procedimentos nas áreas de cardiologia, urologia, neurologia, oftalmologia, além dos exames eletrocardiograma, eletroencefalograma, endoscopia e ultrassom. Em 2009, a Policlínica realizou 42 mil atendimentos, uma média de 175 por dia.

A construção da Policlínica e da sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Paranaíba foram realizados com investimentos de R$ 250 mil da Secretaria de Estado de Saúde, por meio do Programa de Fortalecimento dos Consórcios Intermunicipais de Saúde, lançado em 2005.

A policlínica foi inaugurada em 2007 e atende os municípios de Arapuá, Brasilândia de Minas, Carmo do Paranaíba, Guarda-Mor, João Pinheiro, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Matutina, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, São Gonçalo do Abaeté, São Gotardo, Tiros e Varjão de Minas. A população beneficiada é estimada em 270 mil pessoas.

Anúncios

Aécio Neves inaugura no Jequitinhonha Centro Viva Vida

Gestão Social

Fonte:Agência Minas

A luta pela redução das mortalidades infantil e materna recebeu mais uma vez, nesta sexta-feira (29), a consolidação de investimentos do Governo de Minas. O governador Aécio Neves inaugurou o Centro Viva Vida da cidade de Jequitinhonha, que recebeu recursos de R$ 2,1 milhões, para obras e aquisição de equipamentos. Durante a entrega do centro, o governador também autorizou a liberação de R$ 133 mil para a reforma e ampliação da quadra poliesportiva do distrito de Guaranilândia.

Em entrevista, Aécio Neves destacou que o Centro Viva Vida faz parte de um conjunto de ações empreendidas pelo Governo de Minas para acelerar o crescimento social das regiões mais carentes do Estado, como o Vale do Jequitinhonha e o Norte de Minas.

“Essa região foi a que mais investimento recebeu. Pela primeira vez na história de Minas, essa região recebeu quase três vezes mais investimento per capita que as demais regiões. Está aí o Proacesso. Estão aí os investimentos de saneamento básico em toda a região através, inclusive, da Copanor. Estão aí os investimentos como os que estamos inaugurando na área da saúde, as Unidades de Pronto Atendimento. São investimentos na área de infraestrutura de todas as formas. Há um conjunto de ações hoje, importantes nessa região, que visa exatamente minimizar os efeitos da seca e dar mais esperança e condições de desenvolvimento para cada uma das cidades dessa região”, disse Aécio Neves.

Viva Vida

O Centro Viva Vida de Jequitinhonha faz parte de um conjunto de 19 unidades já em funcionamento em todo o Estado de Minas Gerais, sendo cinco deles (Brasília de Minas, Janaúba, Capelinha, Taiobeiras e Januária) nas regiões Norte e vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“Esse Centro Viva Vida em Jequitinhonha terá o mesmo efeito que os demais tiveram nas outras regiões do Estado: diminuição da mortalidade infantil, da mortalidade materna; mais cuidado com as mães e com as crianças”, disse o governador, em seu pronunciamento.

Até o final do ano, outros setes centros estarão concluídos. Desde 2003, o Governo de Minas já aplicou R$ 80 milhões no Viva Vida. Somando-se às outras ações do Governo de Minas, o programa ajudou a reduzir a mortalidade infantil no Estado em 36,01%, entre 2002 e 2009. No mesmo período, a redução da mortalidade materna foi de 30,31%.

“Esse 19º Centro Viva Vida talvez seja um dos trabalhos mais importantes da saúde pública em Minas Grais e no Brasil. De todos os dons que temos e os bens, a vida que Deus nos deu é o que temos de preservar e aqui a vida vai ser curada. Cuidando bem da saúde, cada vez mais haverá dedicação ao trabalho e ao desenvolvimento dessa região tão especial de Minas Gerais”, disse o vice-governador Antonio Anastasia, em seu pronunciamento, em Jequitinhonha.

Luz para Todos

Ainda em Jequitinhonha, o governador Aécio Neves, acompanhado por Anastasia e pelo diretor de Distribuição e Comercialização da Cemig, Fernando Schuffner, fez a ligação da energia elétrica da residência do trabalhador rural Gláucio Pereira Cabral, no Assentamento Transval. A ação simboliza as duas primeiras etapas do programa Energia Rural – Luz para Todos, que terá atendido 817 famílias do município até o final deste ano, com investimentos totais de R$ 9,3 milhões.

“Música para divertir, facilidade para lavar as roupas e muitos benefícios para a minha família. Eu não posso mais enxergar, mas sinto que agora a vida clareou”, disse emocionada Maria Cristina de Jesus, 89 anos, mãe da esposa do trabalhador rural, Jovenita da Silva. Com deficiência visual há alguns anos em decorrência das complicações de um glaucoma, Maria Cristina espera que a sua família possa ter mais conforto de agora em diante.

O proprietário da casa disse que o cotidiano nunca mais será o mesmo e que as noites serão muito mais agradáveis. A família já possui alguns eletrodomésticos, como um tanquinho lava-roupas, um liquidificador e um rádio, antes inativos, e pretende, até o fim do ano, adquirir uma geladeira e uma televisão.

“O Luz para Todos significa uma inclusão social plena, porque temos a possibilidade de levar energia elétrica às pessoas. Então, como o nome diz, é um programa social, fundamental e ele permite de fato que as pessoas tenham acesso à geladeira, à televisão, a uma vida moderna através da energia. É um programa muito positivo que estamos estendendo por toda Minas e esperamos, até o final de 2010, concluir”, disse Anastasia.

Entre os atendidos na cidade de Jequitinhonha estão 79 famílias do Assentamento Franco Duarte e todas as 219 famílias da Reserva Biológica Mata Escura.

Na primeira etapa do Luz para Todos, a Cemig realizou 190 mil ligações em Minas Gerais, beneficiando 800 mil pessoas. A segunda etapa, já em andamento, priorizará os municípios dos vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas. Serão mais 73 mil ligações até o final deste ano, com investimentos de R$ 796 milhões, sendo 67% do Governo de Minas e 33 do governo federal. Deste total, R$ 292 milhões são para o Vale do Jequitinhonha com 25.693 ligações.